Já falei aqui no blog que considero Atins a melhor praia do Maranhão. Mas, pra curtir ao máximo essa paradisíaca vila de pescadores, é preciso escolher muito bem onde se hospedar. Porque, apesar de muito pequena, a vila tem alguns poréns de localização e mobilidade. Vem com a gente escolher onde ficar em Atins!

Como assim poréns de mobilidade? Atins tem cerca de 1.500 habitantes, um número crescente de turistas e nenhuma rua asfaltada. A vila não é de terra, é de areia fofa mesmo. É difícil andar de um ponto a outro, principalmente com o sol escaldante durante o dia. Bom pra malhar as pernas, ruim pra quem não gosta de suar ou está viajando com crianças ou idosos.

Se você escolher uma pousada fora do eixo central de Atins, fica difícil sair por conta própria pra jantar ou contratar os passeios, já que restaurantes e agências de turismo se concentram no região central. E como em Atins não pega telefone, wi-fi é raro e não tem táxi, a única opção é tentar marcar com os pilotos de quadriciclo, que não cobram menos de R$ 10 por qualquer trajeto. Por isso é importante escolher uma pousada bem localizada.

→ É essencial chegar em Atins com pousada reservada?

SIM, porque pousada te busca: como quase todo mundo, você provavelmente vai chegar em Atins de barco, depois do passeio pra Caburé. E todos os barcos estacionam num ponto distante da vila, em hora de sol a pino. Então é desumano ir andando pra pousada. Por isso a maioria das pousadas busca seus hóspedes no porto, sem cobrar nada a mais por isso. É só deixar a pousada avisada da sua chegada. Além da comodidade de chegar de uma viagem cansativa e já ter onde ficar.

NÃO, porque existem mais pousadas: Atins ainda tem muitas pousadas sem internet, que não estão cadastradas nos sites de reservas. E geralmente elas custam bem menos do que as outras de mesmo padrão. Um exemplo é a Estrela dos Lençóis, onde me hospedei. Mesmo na alta temporada, entre junho e agosto, não é impossível encontrar vaga. Mas no resto do ano é bem mais tranquilo se arriscar sem reserva.

→ Mapa: entenda onde ficar em Atins

O melhor jeito de entender as localizações em Atins é com a imagem de satélite, que mostra os traçados das ruas de areia. Pra dar pontos de referência, nesse mapa já estão marcados algumas pousadas e restaurantes da vila. Na parte alta do mapa, a faixa de areia é a praia principal de Atins, onde ficam bares e escolas de kitesurf. Vou detalhar abaixo.

Praia principal de Atins: na parte alta, do lado esquerdo do mapa, está o Bar.Co, o bar chique de praia dos franceses. Siga pela faixa de areia até o Bar Estresse Zero, um exótico e gostoso bar de praia. Esse trecho entre os dois bares é a parte mais movimentada da praia de Atins. É para onde todo mundo vai andando todo dia.

Rua Principal: acompanhe o caminho entre a Pousada Nativa e a Casa Moana. Essa é a principal rua de Atins, onde estão muitas pousadas e restaurantes. Mas boa parte da rua é deserta. Para ir de um ponto ao outro, são mais de 15 minutos de caminhada na areia fofa.

→ Os melhores lugares para se hospedar em Atins

Entendidas as localizações básicas da vila, é hora de escolher onde ficar. Pra poder ir andando para os restaurantes e para a praia, recomendo dois pontos principais da vila. É como se Atins tivesse dois centros, que dividem os principais restaurantes e os dois mercados principais da vila. Outra vantagem é que são lugares com fácil acesso à praia principal.

Centro 1 – Entre a Nativa e a Flamboyant: o curto caminho entre a Pousada Nativa e a Pousada Flamboyant é o mais importante de Atins. Isso porque nele estão a Igreja, o mercadinho, a frutaria, a sorveteria e muitas outras pousadas e hostels. A única balada de Atins, conhecida como “Amsterdam”, também fica nesse pedaço. Perto da Pousada Nativa também tem a Satur, principal agência de turismo da vila. Tem alguns poucos restaurantes e uma pizzaria. É uma região de lugares mais simples e baratos.

Centro 2 – Perto do Rico: onde está marcado o Restaurante do Rico é o miolo desse outro centrinho de Atins. É uma região bem mais rica de restaurantes, dos mais simples aos mais caros da vila. Hostels, pousadas simples e as pousadas mais luxuosas também dividem espaço aí. Também tem algumas agências de turismo. É uma região de lugares mais caros, mas também há opções bem em conta.

→ Dicas de pousadas bem localizadas em Atins

Então, se você quer evitar andar demais e ter restaurantes, mercados e praia por perto, a dica é ficar de olho no mapa na hora de reservar sua pousada. Ou conferir direto algumas das pousadas em que me hospedei ou que reparei bem na localização, exatamente pra indicar aqui.

Pousada Nativaprimeira pousada onde me hospedei em Atins. Muito simples e perto do tudo. Tem um restaurante barato numa esquina (Sarnambi), uma agência de turismo na outra e o mercadinho a uma quadra de distância. Perto da balada e a uma curta caminhada da parte mais movimentada da praia.

Pousada Estrela dos Lençóissegunda pousada onde me hospedei, fica no quarteirão da Nativa, em uma rua ainda mais movimentada. Tem apenas 3 chalés bem espaços, com varanda pra rede.

Rota da Praia Hostel: é o albergue agitado da cidade, onde acontece a única balada de Atins. Clima hippie, carne assada na hora, cerveja gelada, redes no quintal e muitos beliches.

Pousada Flamboyanté a pousada mais charmosa e bem avaliada da região. Também perto do mercadinho, da sorveteria e da agência de turismo Satur. E fica ainda mais perto da praia. É só pegar o atalho, cheio de cajueiros, e se jogar no mar.

Kite House: a pousada mais cara de Atins e uma das poucas opções em frente ao mar. Fica no trecho mais movimentado da praia, onde se concentram os profissionais e aprendizes de kitesurf.

Casa Moanafica na ponta do praia, no que chamei de Centro 2 de Atins. É isolada, mas com 5 minutos de caminhada dá pra chegar na parte movimentada de rua. E, se andar pro outro lado, dá pra comer muito bem e pagar barato no exótico Bar Zero Estresse.

Irmão Atins: é pousada, restaurante e agência de turismo no mesmo lugar. A agência em não recomendo, porque eu contratei um passeio lá e eles simplesmente ME ESQUECERAM. O restaurante é amplo e a pousada é uma das mais estruturadas da vila.

Fihos do Vento: visitei a pousada e infelizmente não tinha vaga. É uma das mais antigas e charmosas de Atins. Além de ser colada na praia e perto de lugares estratégicas no que eu chamei de Centro 2 de Atins.

Oceano Atins Casa Boutique: abrir a porta do chalé e dar de cara com o mar é raro em Atins. Por isso essa pousada boutique é tão valorizada. Se de um lado está o mar, do outro estão os melhores restaurantes de Atins. Localização excelente mesmo.

→ Mais pousadas e lugares para se hospedar em Atins

Se você tem apenas um dia em Atins, não se importa de caminhar muito ou pretende ficar mais no seu hotel mesmo, existem muitas outras boas opções de hospedagem na vila. Entre os lugares mais afastados, está uma das primeiras pousadas de Atins, o Rancho do Buna. Outra opção é a charmosa Pousada Cajueiro, que ocupa um grande terreno algumas centenas de metros acima do centro de Atins. E para quem busca um lugar exclusivo, afastado da vila e pertinho das dunas dos Lençóis Maranhenses, a dica é a La Ferme de Georges.

Para mais opções de pousadas em Atins, veja a lista completa do Booking, que atualmente conta com mais de 30 pousadas e hostels na vila. E agora que você já entende os melhores e piores lugares da vila, tenho certeza que vai escolher muito bem onde ficar em Atins. Caso sobre alguma dúvida, é só perguntar nos comentários aqui embaixo. Boa viagem!

 Como economizar na viagem:  

  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Seguros Promo: compare preços de seguro viagem (cupom de desconto: BUENASDICAS5)
  • RentCars: compare preços de aluguel de carro

Escreva seu comentário