Até 1992 Barcelona tinha apenas duas praias e elas estavam tomadas por indústrias. Hoje Barcelona tem 7 praias e elas estão tomadas por águas cristalinas, areias limpas e gente descolada do mundo inteiro. De onde veio essa transformação?

Inclusive, Barcelona é considerada a melhor cidade praiana do mundo, à frente de concorrentes com praias até mais famosas, como Rio de Janeiro, Cape Town, Honolulu, Miami, Santa Monica e Sidney. E quem diz isso não sou eu, é o ranking do National Geographic.

O marco transformador de Barcelona foi o esporte. Mais especificamente as Olimpíadas de 1992. Foi para receber os jogos que a cidade revolucionou sua estrutura urbana e abriu os olhos para uma beleza escondida sob a fumaça das indústrias: sua extensa orla, com espaço e mar de sobra para renovar e construir lindas praias.

 

O que faz as praias de Barcelona tão incríveis assim

Já imaginou um lugar em que todas as praias são limpas, rodeadas de incentivo ao esporte, gente do mundo inteiro e chuveirinhos para lavar o pé na saída? Veja os 7 motivos que fazem das praias de Barcelona únicas no mundo.

 

1. Infraestrutura esportiva

skate barcelona 800

Sim, eles incentivam o esporte. Nas praias de Barcelona estão montadas estruturas esportivas gratuitas para a população. São redes de vôlei, cestas de basquete, pistas de skate, mesas de ping-pong e barras para a prática de musculação.

praias barcelona basquete

Nos dias que andei pela área não reparei em nenhum tipo de vandalismo nos equipamentos. Se isso não ocorre nunca mesmo, significa que a população não só utiliza como respeita a iniciativa. Cestas de basque como essa acima estão espalhadas não só nas praias, mas em lugares como o Park Guell, por exemplo.

2. Infraestrutura de segurança e higiene

A primeira coisa que reparei e utilizei por lá foram os chuveirinhos localizados a cada saída de praia. Afinal as praias de Barcelona estão coladas na cidade e ninguém quer entrar no metrô com areia no pé. Muito menos chegar no trabalho com aquele grude do sal no corpo.

As praias contam ainda com banheiros utilizáveis e estações de socorro, com uma aparente boa estrutura de salva-vidas. Digo aparente porque não precisei utilizar e espero que você também não.

praias barcelona chuveiro

Sério, repare nos chuveiros. E ainda tem uma obra supostamente de arte, de gosto um pouco duvidoso, “adornando” essa beleza de praia. Ou seria só um banheiro estilizado? Galera alternativa delira em Barcelona.

praias barcelona estrutura

 

3. Praias limpas (areia e água)

Imagine uma praia no centro de uma cidade com quase 2 milhões de habitantes. Acrescente ainda uma população de turistas que costuma passar dos 9 milhões por ano. Isso é mais do que o número de turistas que visita o Brasil no mesmo período.

Imaginou prostituição à luz do dia, cocô na areia, pombos e latas de cerveja jogadas?

praias barcelona limpeza

Felizmente essas mazelas não existem por lá. Apesar do número enorme de frequentadores, as praias de Barcelona são limpas e suas águas transparentes. Inclusive a mais famosa delas, La Barceloneta, é inacreditavelmente limpa.

Só não digo que dá pra nadar o ano inteiro por causa da temperatura. No Mediterrâneo a água fica gelada na maior parte do ano. Principalmente para nós brasileiro, acostumados com as águas mornas do nordeste e toleráveis do litoral de São Paulo, por exemplo.

4. Os bares

praias barcelona bar chiringuito

Ao longo das 7 praias de Barcelona existem dezenas de quiosques conhecidos  como “chiringuitos”, um misto de bar, lounge e cabana de praia. São simplesmente lugares para tomar um drink apreciando o vaivém das ondas no mar e das pessoas nas calçadas. Os preços são um pouco altos para quem está numa viagem econômica, mas vale a parada pelo menos uma vez. Veja os melhores xiringuitos de Barcelona.

5. Gente descolada

Capital da Catalunha, dona de um respeitável acervo histórico e centro mundial de artes e inovação. Só essas características de Barcelona já moldariam um tipo de turista que pode ser classificado, como, digamos, “descolado”. Cool.

metro barcelona

Além disso, Barcelona ainda é a maior cidade litorânea da Europa ocidental e está localizada a menos de 300 km das Ilhas Baleares. Ou seja, a cidade é ponto de partida por terra e ar para as praias mundialmente famosas de Ibiza e Palma de Mallorca.

Isso significa uma gama enorme de estilos e personalidades em Barcelona. Gente que adora passar o dia nas areias ou simplesmente andando pelo largo calçadão (Outro excelente lugar para a prática esportiva, principalmente bike, skate e patinete).

Analisando friamente, olhe só alguns tipos que abundam na cidade. E sempre colocam a cara no sol nas praias de Barcelona:

• Jovens aficcionados por DJs a caminho de Ibiza;

• Famílias a caminho de Mallorca e Menorca;

• Mochileiros em sua primeira Eurotrip (veja Primeira vez na Europa: 7 destinos indispensáveis);

• Fãs de arquitetura e admiradores de Gaudí;

• Torcedores e simpatizantes do futebol do Barcelona;

• Mulheres do mundo inteiro afim de fazer um topless em Barcelona. Justíssimo.

6. O sol do Mediterrâneo

 

Já citei o sol de Barcelona várias vezes nesse texto, mas ainda não tentei descrevê-lo. Aliás, acho que é impossível fazer isso. O sol de Barcelona, principalmente na primavera e início do verão, é daqueles que esquentam mas não queimam.

Dá pra ficar na praia sem guarda-sol, por exemplo. Dá pra atravessar a cidade sem pingar suor. Sem falar que a luz natural nas fotos fica demais. Aquele solzinho leve, meio de lado, que bronzeia mas não causa insolação.

 

7. Quando pegar praia em Barcelona?

Não existe uma estação inteira que seja ideal para curtir a praia em Barcelona. Na verdade, eu diria que as melhores épocas para ir são: Fim da primavera e início do verão; Fim do verão e início do outono.

Isso porque no auge do verão esse “solzinho camarada” vira um torrador de gente do Saara. No início da primavera os ventos ainda são fortes e no auge do outono já chove bastante.

barceloneta bairro barcelona praia

Estações do ano na Europa

Primavera: 21 de março a 21 de junho

Verão: 21 de junho a 20 de setembro

Outono: 21 de setembro a 20 de dezembro

21 de dezembro a 20 de março

Ou seja, para curtir as praias de Barcelona sem se queimar, sem passar frio e sem brigar por espaço na areia, as datas mais razoáveis seriam simplesmente os seguintes meses: Maio e junho / Setembro e outubro

Partiu Barcelona!

Quando estiver por lá, aproveite para conhecer também o Parque Tibidabo e cada uma das 7 praias de Barcelona.

Aliás, veja 10 motivos para incluir Barcelona no seu roteiro de viagem e todas as Dicas de Barcelona.

E boa viagem!

Dicas para economizar na viagem
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Seguros Promo: compare preços de seguro viagem (cupom de desconto: BUENASDICAS5)
  • RentCars: compare preços de aluguel de carro

Escreva seu comentário