Qualquer um com o mapa da cidade de Buenos Aires na mão vai discordar dessa afirmação, mas não estou falando do ponto de vista geográfico.

Sem dúvidas o bairro de La Boca, em especial seu Caminito – uma espécie de galeria de arte a céu aberto, idealizada e materializada pelo artista local Benito Quintela Martín – pode ser cenário de algumas das mais bonitas fotos de um fotógrafo amador na capital argentina.

(Para não errar no bairro e na região do seu hotel, entenda onde ficar em Buenos Aires)

Suas casas à base de ferro e madeira, multicoloridas, pintadas em tons fortes e vibrantes, sob a copa das grandes árvores portenhas, garantem o visual vivo e fotogênico. Um prato cheio para os viciados usuários do instagram.

Armadilha para turistas.

De resto, La Boca não oferece muita originalidade. Inclusive, suas casinhas coloridas podem soar artificiais em meio a restaurantes inflacionados e de qualidade duvidosa e dezenas de lojas de souvenires, que vendem desde chaveiros com a marca da Quilmes a perucas do Maradona.

O craque, aliás, é uma verdadeira atração em La Boca.

LA-BOMBONERA-LA-BOCADiego Armando Maradona, nascido em Lanús, região metropolitana de Buenos Aires, viveu dias de glória em La Bombonera, estádio do Boca Juniors – localizado no bairro e que também pode ser visitado mediante o pagamento de uma módica quantia. Existe até uma estátua de Maradona, imagino que em tamanho real, à espera dos turistas em uma esquina do Caminito.

Na hora do tango, você pode dançar na sua carteira.

O tango, belíssimo ritmo musical imortalizado nas vozes de Carlos Gardel e Ignacio Corsini, por exemplo, é uma das principais armadilhas para turistas em Buenos Aires, especialmente nas ruas de La Boca.

Encantados pelos passos sensuais da dança, turistas homens e mulheres aceitam o convite do “artista” para uma dança, seja nas praças ou em meio às mesas dos bares. Bom pra aprender uns passos e mergulhar na cultura, certo?

Errado!

É no vaivém do tango, no compasso de dois por quatro, que o leviano dançarino leva a mão ao bolso ou à bolsa do seu desprevenido par.

TANGO-LA-BOCA-BUENOS-AIRES

Quando o incauto turista percebe, provavelmente um tempo razoável depois, já está sem dinheiro e sem documento, caminhando contra o vento à delegacia mais próxima. Uma baita dor de cabeça que pode estragar a viagem.

Claro que isso não é regra.

Existem os verdadeiros dançarinos de rua, artistas que dão uma show de tango a céu aberto e no máximo passam o chapéu para receber contribuições honestamente.

La Boca vale uma visita. Não mais que isso.

Pra quem nunca foi a Buenos Aires e sonha em ter uma daquelas clássicas fotos com as casinhas coloridas do Caminito ao fundo, La Boca pode ser um passeio válido, desde que com atenção redobrada e inteligência na hora de escolher onde comer, pois parrilladas frias de cortes nada nobres são a especlidade de churrasco argentino local.

CAMINITO-BUENOS-AIRES

Vai pra Buenos Aires e não sabe onde ficar? Veja aqui os 7 melhores hostels de Buenos Aires.

Uma das dicas, aliás, é não sentir fome em La Boca. Coma antes e depois de ir, de preferência em bairros mais propícios para isso, como Recoleta, Las Cañitas, Centro e Palermo. Você provavelmente estará hospedado em um desses mesmo, que têm os melhores restaurantes de parrilla argentina de Buenos Aires.

Outra dica que vai lhe ajudar a economizar em Buenos Aires é ir por conta própria a La Boca, afinal é desperdício pagar uma empresa de turismo para levar você até um bairro tão próximo do centro. Sem falar que assim não precisará ficar praticamente amarrado a um guia falastrão e cheio de acordos com os comerciantes.

Se você tem disposição, pegue um bom mapa da cidade e vá andando. Se não, pode pegar um ônibus e ir direto pra lá, a preço de banana. Ou melhor, de Pesos Argentinos.

De ônibus para La Boca.

Ônibus 29 – se estiver nas avenida Corrientes ou Avenida de Mayo.

Ônibus 80 – se estiver na Plaza de Mayo.

Ônibus 53 – se estiver na Plaza Constitución, nas imediações da Avenida 9 de Julio.

E lembre-se de evitar os horários de pico, pois a lotação dos ônibus e o trânsito em Buenos Aires podem deixar seu passeio com cara caos, como se fosse um dia qualquer um São Paulo.

Resumidamente, se quer mesmo conhecer La Boca, faça um passeio rápido e volte correndo à verdadeira Buenos Aires e seus bairros legitimamente portenhos, repletos de parques, cafés e restaurantes, em sua maioria excelentes e com preços honestos.

Descubra o que é mais legal em Buenos Aires.  Veja o guia completo.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
  • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

→ Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem

→ Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

→ Chip internacional de dados e voz com  15% de desconto  se usar o cupom CHIPMAISBARATO.

Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários