Montreal

10 melhores pontos turísticos de Montreal, no Canadá

Apresentamos os pontos turísticos de Montreal preferidos dos viajantes, com fotos, informações básicas e preços de ingressos.
Pinterest LinkedIn Tumblr

Aqui vou ser democrático: selecionei os melhores pontos turísticos de Montreal na opinião de milhares de viajantes. São as atrações mais elogiadas e bem avaliadas nos principais sites de viagem e turismo do mundo. E antes que alguém pergunte: vale a pena visitar Montreal, uma das mais lindas do Canadá.

Além de mostrar esse ranking com as 10 melhores atrações de Montreal, aqui também tem explicações e fotos sobre cada uma delas. Não é uma lista pessoal. Se quiser ver minha opinião sobre a cidade, veja o post O que fazer em Montreal, que tem dicas mais originais pra você montar seu roteiro.

Os principais pontos turísticos de Montreal estão no Centro Histórico, que é bem sinalizado com essas charmosas placas.

Melhores pontos turísticos de Montreal, com preços e informações

Nesse ranking com as principais atrações e lugares para visitar em Montreal, com fotos e descrições básicas, também indiquei onde encontrar informações mais completas sobre cada um, linkando para os melhores vídeos e blogs de viagem sobre Montreal. Além de indicar preços de ingressos e quais atrações são gratuitas. O que é muito útil para calcular quanto gastar em Montreal.


Veja também


1. Monte Royal (e o melhor mirante de Montreal)

Com mais de 200 hectares de área verde, o Parque Monte Royal é um grande parque no coração de Montreal. E não é um parque qualquer. De fato é uma montanha, que chega a 233 metros de altura. Com pistas de caminhada entre bosques repletos de esquilos e folhas de bordo (símbolo do Canadá), o parque tem como sua principal atração o Mount Royal Chalet, edifício de 1932, próximo ao topo da colina. De lá se tem uma das melhores vistas de Montreal.

2. Basílica de Notre-Dame

Bonita por fora, impressionante por dentro. Inaugurada em 1829 em estilo neogótico, é um dos mais importantes monumentos religiosos de Montreal e de todo o estado de Québec. Alcança 69 metros de altura e já foi o maior templo da América do Norte. Localizada na Place d’Armes, é um dos principais símbolos da história de Montreal. Além de uma parada imperdível para quem faz um roteiro a pé pelo Centro Histórico de Montreal.

  • Preço do ingresso: 6 CAD. À noite acontece o espetáculo Aura, um show de luzes no interior da igreja, cujo ingresso adulto custa 29,50 no site oficial.
  • Mais informações: o blog Me Leva de Leve tem um relato sobre o espetáculo Aura.

3. Old Montreal (Vieux-Montréal)

Rua na Cidade Velha de Montreal

É o centro histórico de Montreal. Região mais antiga da cidade, concentra monumentos emblemáticos e prédios importantes, como o Marché Bonsecours (antigo mercado público) e a própria Basílica de Notre-Dame. Não existe nada mais europeu na América do Norte do que esse bairro, com ruas de paralelepípedos, cafés e a praça Jacques-Cartier.

4. Oratório de São José do Monte Royal (Oratoire Saint-Joseph du Mont-Royal)

Uma grande basílica católica cuja construção, em diferentes etapas, foi de 1904 até 1967. Possui seu próprio museu, onde estão expostas imagens religiosas e relíquias relacionadas à história do templo e milagres do Irmão André (Alfred Bessette), religioso canadense que iniciou a construção da basílica e foi beatificado pelo Papa João Paulo II.

5. Jardim Botânico de Montreal (Jardin botanique de Montréal)

Trata-se do segundo maior jardim botânico do mundo. Reúne 22 mil diferentes espécies de plantas em seus jardins temáticos, como o jardim japonês, o jardim chinês e o Jardim das Primeiras Nações, em homenagem aos povos originários do Canadá. Uma atração à parte por lá é o Insetário de Montreal, local que costuma agradar desde crianças em idade escolar a adultos curiosos.

  • Preço do ingresso: 20,50 CAD para adultos. Tem descontos para idosos, crianças e estudantes.
  • Mais informações no site oficial (em francês e inglês) e no blog Gaby no Canada.

6. Museu de Belas Artes de Montreal (Musee des Beaux-Arts)

Maior museu do Canadá em área construída. Sua coleção também é gigante: são mais de 43 mil itens no acervo permanente, entre obras de arte, design e objetos históricos. Em 1972, foram roubadas dezenas de pinturas e outras obras do museu, avaliadas na época em mais de 2 milhões de dólares, sendo este o maior roubo de obras de arte da história do Canadá.

  • Preços do ingresso: grátis para quem tem até 20 anos. Descontos até 30 anos e outras idades. Para quem tem acima de 30, custa 24 CAD.
  • Mais informações como exibições e horários de funcionamento estão no site oficial (em inglês e francês)

7. Barbie Expo (Museu da Barbie)

A maior exposição permanente de Barbies do mundo. Isso mesmo, um museu inteiro dedicado à famosa boneca Barbie. Lá estão praticamente todos os modelos já lançados desse ícone fashion dos brinquedos. Barbie noiva, Barbie atleta, Barbie Mulher-Maravilha e logicamente um pouco de Ken, o eterno namorado da Barbie. Para os saudosistas, lá também está uma réplica da primeira Barbie da história, lançada em 1959.

  • Entrada gratuita
  • Mais informações e horários de funcionamento no site oficial.

8. Jean-Talon Market

Mercado Público de Montreal. Segue a lógica de outros grandes mercados centrais pelo mundo, sendo originalmente um centro de compras de alimentos frescos, que aos poucos se tornou principalmente um ponto turístico. Tem algumas bancas e pequenos restaurantes de comidas típicas do Canadá, sendo um bom lugar para comer bem sem gastar muito em Montreal.

9. Pointe-a-Callière (Museu de Arqueologia e História de Montreal)

Fundado em 1992, é o mais importante museu nacional sobre a história da província do Québec. Conta a história da região de Montreal desde muito antes da chegada dos colonizadores europeus. Seu acervo também ilustra como ingleses e principalmente franceses influenciaram culturalmente esse território ao longo dos últimos séculos.

  • Preço do ingresso: 19 CAD para adultos. Tem descontos para crianças e idosos.
  • Mais informações e horários de visita no site oficial do museu (em inglês e francês)

10. Old Port of Montreal (Vieux-Port de Montreal)

Colado ao centro histórico, o Porto Antigo de Montreal é uma das regiões mais turísticas da cidade. E sem dúvidas um dos lugares mais interessantes. Zona portuária revitalizada às margens do Rio Saint Laurent, concentra atrações como o Cinema IMAX, a Roda Gigante “La Grande Roue de Montreal”, cafés, restaurantes e atrativos que chegam somente para os curtos meses de verão.

  • Passeio gratuito. Paga-se apenas para atividades particulares, como tirolesa e roda-gigante.
  • Mais informações e dicas no nosso artigo O que fazer em Montreal.


Créditos: acervo Buenas Dicas, bancos de imagens gratuitas e fotos com direitos autorais livres (CC), nesse caso a imagem do Oratoire Saint-Joseph du Mont-Royal, de GuillhemVellut. Outras imagens e informações já estão devidamente creditadas.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
        • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
        • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
        • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
        • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
        • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS10 na EasySim4U e tenha  10% de desconto  em chip internacional
        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários