O bom de viajar na Europa é poder conhecer vários países num curto espaço de tempo. Os voos são baratos, os trens são rápidos e confortáveis e em muitos deles a moeda oficial é o Euro, o que facilita o câmbio. O problema é entender o que é necessário para passar pela imigração. Por exemplo, em alguns países da Europa é obrigatório, para brasileiros, ter seguro viagem.

Afinal, quais são esses países onde seguro viagem é obrigatório na Europa? Pra começar, em todos os países membros do chamado Espaço Schengen. Entre eles estão alguns dos mais conhecidos e visitados países da Europa Continental. Além da obrigatoriedade, esse seguro viagem, conhecido como Carta Schengen, deve ter cobertura mínima de 30 mil euros. Atualmente, 26 países fazem parte do tratado:

  1. Alemanha
  2. Áustria
  3. Bélgica
  4. Dinamarca
  5. Eslováquia
  6. Eslovénia
  7. Espanha
  8. Estônia
  9. Finlândia
  10. França
  11. Grécia
  12. Hungria
  13. Islândia
  14. Itália
  15. Letônia
  16. Liechtenstein
  17. Lituânia
  18. Luxemburgo
  19. Malta
  20. Noruega
  21. Países Baixos
  22. Polônia
  23. Portugal
  24. República Tcheca
  25. Suécia
  26. Suíça

Existem mais países onde seguro viagem é obrigatório na Europa?

Segundo o Portal Consular, site oficial do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, por enquanto não. Li em alguns sites que na Rússia é obrigatório ter o seguro viagem, mas a página do país no Portal Consular contradiz essa informação e apenas recomenda a posse do documento, pois o país não oferece assistência médica gratuita a estrangeiros.

Fique atento que 3 países muito visitados por brasileiros, seja a negócios, turismo ou intercâmbio, não exigem seguro viagem: Inglaterra, Escócia e Irlanda. De qualquer forma, mesmo se for apenas para essas países, recomendo fortemente, assim como o Itamaraty, que o viajante embarque devidamente segurado, de preferência com um seguro saúde, para despesas médicas, e que também tenha coberturas para roubos, cancelamento de viagem, perda de malas e outras coisas chatas que podem acontecer.

Seguro viagem na Europa para mochileiros, aventureiros e estudantes

Mesmo em países onde seguro viagem não é obrigatório, como Inglaterra e Rússia, recomendo contrata um plano antes de embarcar. De preferência um seguro válido também para cancelamento de viagem, atraso de voo, perda e danos na bagagem, entre outras não relacionadas somente a saúde. O seguro contratado deve ser de acordo com seu tipo de viagem.

Por exemplo, se vai fazer intercâmbio ou para algum outro curso, o seguro viagem é mais barato, como expliquei no post 3 dicas de seguro viagem para intercâmbio na Europa. Mas se o seu foco é praticar esportes, seja surfe, iatismo, esqui ou qualquer outro, é melhor escolher um seguro que inclua coberturas contra acidentes. Para mochileiros e turistas convencionais, aí qualquer seguro pode ser utilizado, desde que tenha cobertura mínima de 30 mil euros se for para algum país do Espaço Schengen, como expliquei acima.

Mais dicas sobre seguro viagem

Como existem muitas dúvidas sobre seguro viagem, este se tornou um assunto recorrente aqui no blog. Eu já contratei planos por diversas seguradoras e comparadores de preço e, felizmente, precisei utilizar poucas vezes. Aqui vão alguns dos artigos mais importantes sobre o assunto aqui no Buenas Dicas. E se tiver alguma dúvida, é só perguntar aqui ou no post em questão. São eles:

Onde comprar seguro viagem

3 dicas para economizar com seguro viagem

Como fazer o seguro viagem grátis do Mastercard Platinum

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários