Francês fede? Essa foi só a primeira dúvida que eu tirei com a brasileira Louise, que mora em Paris há alguns anos, de onde escreve seu blog SOS Viagem. E eu fiz mais 7 perguntas sobre Paris que todo brasileiro gostaria de fazer. Mais que uma entrevista, esse post é um pequeno guia de curiosidades e dicas de Paris que só uma moradora da cidade poderia fazer.

Louise, apresente-se para os leitores do Buenas Dicas.

Estou em Paris há quase três anos. Vim pra cá pela primeira vez para estudar francês, e fiquei com a sensação que tinha que voltar, que tinha alguma coisa pra eu fazer em Paris. Seis anos depois… voltei. Já morei em quatro bairros bem diferentes, dois ao sul e dois ao norte do Sena. Paris é dessas cidades que cada bairro é um mundo totalmente único, então morar nesses lugares diferentes é legal para ter uma ideia mais completa da cidade e seus habitantes.

perguntas-paris-torre-eiffel

1. É verdade que muitos franceses não tomam banho?

LOUISE: Os franceses que eu conheço são bem limpinhos. A norma geral por aqui é um banho por dia. Essa mania de brasileiro de tomar dois ou três é exagero para eles. Até porque, o clima é bem diferente, né? Não se sua tanto quanto no Brasil. Mas também não vou mentir: é verdade que muitas vezes, no metrô, você vai sentir aquele cheiro desagradável vindo do seu vizinho…

2. Qual é a melhor coisa de morar em Paris?

LOUISE: Tem que escolher uma só? Eu gosto da cidade cosmopolita, cheia de gente de vários lugares do mundo, gosto da gastronomia de altíssimo nível, gosto de poder voltar para casa sozinha de metrô de madrugada e não ter que me preocupar com assaltos. Mas se tiver que escolher só uma coisa mesmo, são aqueles momentos inesperados quando você vira a esquina e dá de cara com uma vista maravilhosa da Torre Eiffel ou da Sacré-Coeur.

3. E a pior?

LOUISE: Hoje é, sem dúvidas, a ameaça de terroristas. A cidade sofreu dois atentados marcantes no ano passado e a cada nova ameaça ou atentado, mesmo em outro país, a população já fica com medo.

4. O que as pessoas devem evitar em Paris? Certamente a cidade tem algumas armadilhas pra turistas.

LOUISE: Tem que ter cuidado com os pequenos golpes para “pegar turista”, como os homens que chegam na simpatia para amarrar uma fita no seu braço e depois querem dinheiro, ou as pessoas que te pedem para assinar petições para te distraírem enquanto colegas levam sua carteira, ou a “pegadinha do anel“, quando alguém “encontra” um anel “de ouro” (mas que na verdade é de plástico) na sua frente, pergunta se é seu e depois te oferece o anel por uma quantia que o anel não vale, óbvio.

5. Sentiu alguma mudança no clima da cidade depois dos atentados de 2014 e 2015?

LOUISE: As pessoas ficaram com mais medo. E também achei que tem mais presença de policiais militares armados nas ruas.

6. No Brasil, todo mundo sai com fome de restaurante francês. Em Paris eles também economizam na quantidade?

LOUISE: Restaurante francês preza por qualidade, não quantidade. O que os brasileiros não notaram é que os franceses não comem só um prato. Geralmente a refeição é feita com uns cinco pratos, no mínimo. Aí sim mata a fome.
comida-francesa-paris
É assim que eu imagino um prato quando me falam de comida francesa.

7. Parisiense também vai à praia? Se sim, qual é o destino mais comum de fim de semana por aí?

LOUISE: Parisiense vai à praia no mês de agosto, quando a prefeitura organiza a “Paris Plage”: eles trazem toneladas de areia das praias do norte da França e colocam nas margens do Rio Sena, criando uma espécie de praia artificial (mas não pode tomar banho no rio!). Viagens de fim de semana para o norte ou para o sul da França também são bem comuns.

8. Tem alguma dica exclusiva de Paris que o turismo de massa ainda não descobriu?

LOUISE: Eu sou fã dos parques enormes do 19ème arrondissement. A grande maioria dos turistas nem chega a ir nesse bairro, mas lá tem dois parques belíssimos com vistas incríveis da Cidade Luz: o Belleville (de onde você vê a Torre Eiffel) e Buttes-Chaumont (com vista da Sacré-Coeur).
Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Touron: ingressos e tours em todo o Brasil.
      • Airbnb: reservas de quartos e apartamentos de temporada.

Descontos paraco economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários