O Cajón del Maipo é um cânion da Cordilheira dos Andes localizado na região metropolitana de Santiago, a aproximadamente 1 hora de distância da capital chilena. É um destino comum para fãs de esportes radicais e apreciadores da natureza. Apesar da proximidade, é certamente um passeio para o dia todo.

Eu fiz esse bate e volta em dezembro, quando já é verão no Chile. Mesmo assim, fazia um pouco de frio e havia neve nas montanhas. Aqui nesse post, entenda como chegar e quais são as principais atrações de Cajón del Maipo, como Embalse el Yeso. Além de dicas importantes como alimentação e o que levar.

Como chegar

Estive somente no Embalse El Yeso. Tentamos ir também para o Monumento Natural El Morado, mas a estrada estava sem condições para carros comuns. Se estava assim no verão, imagine no inverno, quando chove mais e a neve toma conta das estradas. Então, se quer saber quando ir, a dica é apenas evitar os meses de inverno, principalmente julho, agosto e setembro, quando há mais chances de nevasca.

Fomos com um carro alugado, dirigido por amigos que moram em Santiago há algum tempo e já conheciam a estrada. Alguns trechos são bem complicados, e podem ficar ainda mais perigosos dependendo da época do ano, por conta de nevascas. Por isso, a menos que você seja um motorista muito experiente ou conheça alguém que já sabe como é a estrada, recomendo a contratação de um passeio.

Companheiros da estrada! Cajón del Maipo – Santiago, Chile

Se vai encarar a estrada de carro, aproveite que você pode alugar carro no Chile sem IOF e pagando em reais pela RentCars. E for comprar um passeio, existem dezenas de agências de turismo que comercializam esse pacote de bate e volta.

O que levar e como se vestir para o passeio

• Mesmo no verão, faz frio e venta bastante. Portanto, leve agasalhos!
• Leve bastante água e beba! O clima por lá é bem seco e, dependendo do passeio, hidratar-se é ainda mais importante para evitar efeitos de altitude.
• Leve também lanchinhos e snacks. Há vários restaurantes na entrada do Cajón del Maipo mas, ao menos no caminho para o Embalse El Yeso, ficamos um bom tempo sem ver qualquer tipo de comércio.

Principais atrações e o que fazer em Cajón del Maipo

Não falta o que fazer em Cajón del Maipo. Ou melhor, não falta o que admirar! Passamos por lagoas, animais silvestres nativos da Cordilheira dos Andes e até por uma estação de esqui, que funciona somente no inverno. Para esse bate e volta, olha só o que é mais interessante de ver e curtir.

• El Morado

O Monumento Natural El Morado é um conjunto de geleiras que chega a 5060 metros de altitude. Pertence à bacia do Rio Volcán e é uma área protegida. Aqui há diversas trilhas e passeios a cavalo, mas a principal atração fica por conta de Baños Morales, um conjunto de águas termais que é uma das portas de entrada de El Morado. É uma das regiões mais visitadas do Cajón del Maipo.

• Lagunillas

A 2200m de altitude, Lagunillas é uma estação de esqui com 13 pistas com diferentes níveis de dificuldade e 305 metros de desnível. Além de esqui, é possível praticar também o snowboard. Sua proximidade da capital é um atrativo, além de ser menos concorrida que as famosas estações de esqui de Valle Nevado e Portillo.

• Embalse El Yeso

A cor da água impressiona! Embalse El Yeso, Cajón del Maipo – Santiago, Chile

O Embalse El Yeso é uma represa a 2500m de altitude, inaugurada em 1964. É a principal fonte de abastecimento de água potável para os habitantes da Região Metropolitana de Santiago.
É, provavelmente, um dos lugares mais bonitos que já conheci. A paisagem muda bastante conforme a época do ano. Estive lá em dezembro e havia pouca neve, mas mesmo assim fazia friozinho.

O local não tem muita estrutura para turistas, não há banheiros e muito menos sinal de celular. Ainda assim, é um destino popular para os chilenos, que vão até lá fazer “asados” e curtir a natureza.

Para chegar ao Cajón del Maipo de transporte público, pegue a linha 4 do metrô até a estação Las Mercedes e, de lá, pegar o ônibus que vai até o Cajón del Maipo. Ainda assim, as principais atrações não são acessíveis via transporte público.

E aí, pronto para curtir a neve perto de Santiago?

Para quem nunca viu neve e gosta de natureza, esse é um passeio imperdível em Santiago. Principalmente porque pode ser feito em um único dia, sem a necessidade de reservar hotel. Se ainda estiver planejando sua viagem para Santiago, veja outras dicas que vão ajudar:

Viña del Mar: dicas, praias e o que fazer

Santiago: pontos turísticos e o que fazer

Valparaíso, ame ou odeie

 

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem

Comentários