Israel

Mar Morto em Israel – Vá enquanto existe!

Conhecido desde os tempos bíblicos e até por Cleópatra, o Mar Morto pode secar completamente. Vá conhecer enquanto é tempo, vale a pena. E aqui tem todas as dicas, como quando ir, o que levar e o que fazer por lá.
Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Na fronteira entre Israel e a Jordânia, o Mar Morto na verdade é um lago. Fica 392 metros abaixo do nível do mar. Tem esse nome porque ele é tão salgado que peixes não sobrevivem em suas águas. Por outro lado, o excesso de sal faz o banhista flutuar, além de ter supostas propriedades medicinais.

Eu visitei o Mar Morto em um tour com saída de Tel Aviv. Excursão de um dia inteiro, com paradas também em Masada e Ein Gedi. Foram cerca de duas horas para curtir a praia do Mar Morto, num clube meio estranho, mas sem dúvidas foi a parte mais divertida do passeio.

  • Distância de Tel Aviv: 141 km
  • Distância de Jerusalém: 83 km
  • Profundidade máxima: 306 metros (em 2010)
Clube que visitei no Mar Morto: bonito, mas ordinário

Vale a pena visitar o Mar Morto?

Sem dúvidas!  Sério, pode comprar o passeio. Inclusive indiquei algumas agências de turismo em Israel. Mas procure visitar um bom clube ou hotel. Sendo muito sincero: o lago é bonito de longe, mas a praia que visitei não tem nada de paradisíaca. Não tem areia, apenas uma lama escura e pegajosa. Parece beira de rio. Clima de farofa. Banheiros ruins no que a agência chama de “Beach Club”. Apesar disso, a experiência é fascinante. O Mar Morto realmente faz a gente boiar muito. É impressionante a força da água contra a gravidade.

Praia no Mar Morto: nada VIP, mas a diversão fez valer a pena

O clube que visitei se chama Neve Midbar e o ingresso estava incluído no preço do pacote. Ele fica na Kalia Beach, onde estão outros clubes de praia, restaurantes e lojas para comprar artigos do Mar Morto, como os famosos cosméticos para tratamentos de pele. Aliás, regra de segurança: não invente de procurar praias desertas no Mar Morto para nadar em qualquer lugar. Devido às explosões (explico daqui a pouco) é muito perigoso ir por conta própria.

Quando é melhor visitar o Mar Morto?

Evite os meses de calor intenso, que são julho, agosto e início de setembro, principalmente se for numa praia com infraestrutura ruim, sem cadeiras e sem duchas suficientes. Evite também os meses de frio e chuva, principalmente dezembro e janeiro. Fui em fevereiro, ainda no inverno, e tive a sorte de visitar o Mar Morto num dia de sol e pouco frio. Mesmo assim quase faltou coragem pra entrar na água gelada. Por isso, como expliquei no artigo Quando ir para Israel, prefira viajar na primavera e no outono.

Estrada em Israel, na chegada ao Mar Morto.

O que levar para o Mar Morto

Se fizer apenas esse bate e volta, leve itens básicos na mochila, como:

  • Roupa de banho (sunga, biquini ou maiô)
  • Chinelos (o banheiro estava nojento, foi o item mais importante)
  • Protetor solar
  • Toalha
  • GoPro ou capa de câmera ou celular à prova d’água
  • Livro, jornal ou revista

Se quiser a clássica foto lendo um jornal enquanto flutua, é melhor levar o seu, pois no local não tem pra emprestar. Pra começar a flutuar, é preciso andar até a água ficar pela cintura. Não tem ondas, mas o caminho é acidentado, então você pode tropeçar e derrubar a câmera na água. Por isso recomendo levar câmera com capa à prova d’água.

Banho de lama no Mar Morto

O que fazer no Mar Morto

Flutuar e esfregar lama supostamente medicinal pelo corpo. Repetidamente. Principalmente a parte de flutuar. A água do Mar Morto tem dez vezes mais mais sal do que a água do oceano. Parece um óleo. Como a praia não é lá essas coisas e não é nada legal ficar sentado com tanto sal no corpo, aproveite seu tempo para flutuar. Nessa praia que visitei tinha um ducha, mas a fila era grande. O vestiário com chuveiros ficava acima da escadaria, então era inviável ficar indo e voltando.

Cleópatra já sabia: propriedades medicinais das águas e da lama do Mar Morto

A água do Mar Morto é a mais rica do mundo em minerais. Pode ser benéfica para a pele, sendo usada em tratamentos para rejuvenescimento, cuidados e prevenção contra doenças dermatológicas. E sua lama negra é comercializada mundo afora, em produtos de importantes marcas, com algumas finalidades específicas:

  • Equilíbrio da pele, com aporte de minerais básicos.
  • Melhora de problemas musculares ou reumáticos.
  • Tratamento de artrites e celulites, por possuir propriedades anti-inflamatórias
  • Tratamento de varizes, pois melhora o sistema circulatório
  • Calmante, devido a propriedades relaxantes para nervos e músculos
  • Tratamento de Psoríase, inclusive com relatos de cura após utilização da lama do Mar Morto
  • Tratamentos de outras doenças como asma e pressão alta

Fontes: Embaixada de Israel, Mega Curioso, Marnin

Cuidados para entrar no Mar Morto

Com tamanha concentração de sal, é preciso tomar alguns cuidados na hora de entrar no Mar Morto. Essas dicas foram passadas pelo guia da excursão e também estão expostas em placas nos clubes e hotéis. Então atenção às regras de segurança e dicas para entrar no Mar Morto:

  • Não salte
  • Não mergulhe
  • Não molhe os olhos
  • Entre somente até a cintura, depois deite-se devagar
  • Não afunde a cabeça
  • Não jogue água nos outros
  • Não beba a água. Se engolir, procure um salva-vidas ou primeiros socorros
  • Não se esqueça de tomar água mineral, pois a água salgada desidrata o corpo rapidamente

Conheça o Mar Morto enquanto é tempo

Nos últimos 60 anos, o Mar Morto perdeu 35% do seu volume de água. Segundo especialistas, ele pode desaparecer até 2050. Mas isso não significa que você ainda tem décadas para conhecê-lo. Além de estar secando, o Mar Morto tem margens explosivas. Hotéis inteiros já foram abandonados na orla devida a erosões muito loucas. São milhares de buracos com até 30 metros de profundidade, chamados “bolaines”.

Alguma dúvida sobre o Mar Morto?

Esse foi um relato de viagem rápido, sem enrolação. Se sentiu falta de alguma informação, mande sua pergunta abaixo pelos comentários. Eu respondo sempre o mais rápido possível. Vai ser um prazer ajudar você a planejar sua viagem para Israel com essa parada obrigatória no Mar Morto.

Tchau, Mar Morto! Você é lindo mesmo.

Continue planejando sua viagem para Israel:

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Get Your Guide: ingressos e tours para atrações no mundo inteiro

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

  • Utilize o cupom BUENASDICAS10 na EasySim4U e tenha  10% de desconto  em chip internacional
  • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
Seguro viagem america do sul 300x250

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

5 Comments

  1. Reserva Agora 300x250
  2. Oi Nivaldo,
    Parabéns pela riqueza de informações!!! Me ajuda muito!
    Por favor, faço todas as minhas viagens internacionais sempre sozinha, na sua opinião acha que para uma mulher visitar Israel sozinha é perigoso? oferece algum risco?

    Obrigada!
    Bjs.

    • Nivaldo responder

      Obrigado, Ana!

      Olha, segurança é uma coisa que reparo bastante. Mas é difícil para um homem saber coisas que mulheres passam. Por exemplo, acho a Itália um lugar incrível e seguro. Aí minha esposa foi sozinha e voltou reclamando muito das cantadas bizarras e do assédio, pois italianos (boa parte deles) são folgados e machistas.

      Opinião pessoal: acho que vai gostar de Israel. Generalizando, os israelenses são bem mais educados e modernos do que muitos europeus. Tel Aviv é uma capital jovem, de povo jovem e libertário. Lá tem praia LGBT, balada gay, pessoal bebendo nos bares em pleno Shabat (o dia santo), mulheres andando sozinhas à noite tranquilamente, tudo com muito respeito. Por lá os costumes são praticamente ocidentais. No hostel que fiquei, vi alguns grupos de mulheres viajando solo, inclusive as recepcionistas, brasileiras que estavam passando um tempo lá. Além de ser uma das cidades com a melhor gastronomia que já conheci.

      Já em Jerusalém tem mais fanáticos religiosos, o que leva a costumes mais severos e roupas mais conservadores para mulheres. E a tensão na cidade, dividida entre cristãos, judeus e muçulmanos, dá um clima de insegurança em relação a terrorismo. Mas é um lugar praticamente livre de assaltos. De qualquer forma, fique atenta a seus pertences em locais de grande movimento, como na Cidade Sagrada.

      • Oi Nivaldo,
        Super esclarecedor sua resposta e percepção!
        Valeu mesmo pela ajuda!!!!

  3. ALBANETE NAIR AZEVEDO responder

    Boa noite, minha duvida todas as entradas para o mar morto são pagas? qual o valor você sabe?
    obrigada

Comentários