Planejamento de viagem

Tudo Azul: problemas para acumular milhas com parceiros

Minhas experiências, problemas e dicas para você conseguir suas milhas com os parceiros Tudo Azul.

Depois de 1 ano focado em acumular milhas no programada Tudo Azul, da Azul Linhas Aéreas, chegou a hora de compartilhar essa experiência, com vantagens e desvantagens percebidas.

Importante lembrar que foi um ano de pandemia. Não fiz nenhuma viagem de avião nesse período, que usei apenas para acumular milhas utilizando algumas das diferentes formas oferecidas pelo Tudo Azul.

Em parte também devido ao COVID-19, e outros problemas relacionados, os últimos meses foram de grande desvalorização do Real frente ao Dólar dos EUA. Isso prejudicou bastante o acúmulo de milhas. Vou explicar em detalhes as situações enfrentadas.

Cartão utilizado: Azul Itaucard Platinum Mastercard

Quando resolvi focar no Tudo Azul, fui pesquisar os cartões oferecidos pela própria Azul. Esse Itaucard Platinum Mastercard está em 48º Lugar no ranking de melhores cartões para acumular milhas, do Melhores Destinos.

  • Acúmulo de pontos: 2,2 pontos por dólar

Além da pontuação relativamente alta para um cartão do nível platinum, de anuidade gratuita para gastos acima de R$ 4 mil por mês, o cartão ainda oferece benefícios como 10% de desconto em passagens da Azul, acesso à sala VIP da Azul no Aeroporto de Viracopos e isenção de cobrança no despacho da bagagem.

Os pontos expiram em 3 anos e são automaticamente enviados para o site do programa Tudo Azul, alguns dias após o pagamento da fatura. Ou seja, não dá a possibilidade de enviar os pontos para outros programas que estejam mais vantajosos no momento.

Acúmulo de pontos com as compras online

Com a desvalorização absurda do Real, o acúmulo de pontos, que é vinculado ao Dólar, se tornou praticamente irrelevante. Fui no site do Tudo Azul buscar outras formas de fazer render o programa de milhagem.

Encontrei grandes empresas cadastradas como parceiras do Tudo Azul. Hoje, estas são algumas das lojas online em que é possível comprar e acumular milhas pelo programas:

  • Casas Bahia
  • Extra
  • Magalu
  • Natura
  • Ponto Frio
  • Netshoes
  • Fast Shop

A lógica é simples: acesse o site do parceiro pelo link no Tudo Azul, e no final da compra, informe o CPF para acumular milhas que podem ser no valor do produto, ou multiplicadas por 2, 3 e até mais, dependendo das promoções. Por exemplo: se comprou um produto de R$ 1.000 num parceiro que multiplica por 2, você receberá 2 mil milhas no Tudo Azul.

Mas cada loja tem suas particularidades. Testei algumas, e enfrentei problemas junto ao Ponto Frio e às Casas Bahia.

Dica: aguarde promoções de multiplicação de milhas. Em época de Black Friday, por exemplo, algumas promoções já ofereceram multiplicadores acima de 20.

Problema 1 – Os preços podem ser mais altos

Pesquisei diferentes produtos em muitos dos sites cadastrados como parceiros Tudo Azul. Não foram raros os casos de preços maiores para quem compra através da parceria com o Tudo Azul.

Dessa forma, não compensa privilegiar as milhas, a não ser que seja uma diferença irrisória, o que geralmente não é. Então, nesses casos é melhor comprar no site original, gastando menos, do que no site parceiro. Então sempre compare o valor do produto na loja oficial do parceiro.

Saiba também que nem todos os produtos do site oficial são vendidos pelo site da parceria.

Problema 2 – O sistema não é 100% confiável

Tive problemas, e ainda estou tendo, para receber as milhas das duas maiores compras que realizei até o momento. A primeira delas, nas Casas Bahia, já faz 1 ano e ainda não recebi. A segunda, realizada em novembro de 2020, e que era pra ser creditada no mês seguinte, precisou de dezenas de ligações e reclamações para ser depositada, mais de um mês depois do prazo estipulado. Detalhes a seguir.

Compra no site das Casas Bahia

A primeira compra, em março de 2020, nas Casas Bahia, deveria me render 2.399 milhas. O produto estava sendo vendido pelo mesmo valor em diferentes sites. Optei pelas Casas Bahia somente para ganhar as milhas. No final da compra, não surgiu o campo para inclusão do CPF e “coleta” das milhas.

Liguei para o Tudo Azul e para as Casas Bahia para explicar o problema. Enviei todas as telas com prints da compra. Não conseguiram resolver nada. Mandei minha queixa ao Reclame Aqui. Me responderam, disseram que iriam averiguar.

Depois de muitas tratativas e longas esperas, a última informação que consegui com as Casas Bahia, foi a seguinte:

“Nossos analistas concluíram que o senhor não fez a compra pelo site da parceria.”

Sim, eu fiz a compra pelo site da parceria e seu muito bem disso. Seguir todo o fluxo de compra e realizei o pagamento exatamente pela mesma janela de navegador em que cliquei no link, diretamente no site Tudo Azul.

Compra no site do Ponto Frio

A segunda compra “grande” que fiz via Tudo Azul, foi no site do Ponto Frio. Aproveitei uma oferta “incrível” de Black Friday. Prometeram multiplicar as milhas por 14. E se o pagamento fosse pelo Itaucard da Azul, o que foi o meu caso, ganharia 25x o valor da compra, em milhas.

Não dá pra perder uma chance dessas né?

Lá fui eu, com todo o cuidado do mundo pra não clicar fora da janela. E dando todos os prints possíveis para comprovar o compra. A pontução x14 estava sendo mostrada junto aos preços dos produtos. Beleza, ainda não é x25 mas já é alguma coisa. Finalizada a compra, dessa vez apareceu o campo para inserção de CPF e “coleta” de milhas.

Ufa, deu tudo certo, pensei.

Não deu não. Essa compra foi realizada no final de novembro de 2020. Aguardei o prazo para depósito automático das milhas, que é de 15 dias úteis após a entrega do produto. Não veio.

Entrei em contato com a central do Ponto Frio. Me passaram para uma outra central, exclusiva para assunto de milhas. É ligação direta, não precisa ficar no labirinto de ramais.

  • Número do telefone para reclamar suas milhas: 3003 8890.

Recebi um e-mail confirmando que as milhas serão enviadas. Esperei o prazo, mas nada das milhas. Depois de mais algumas esperas e ligações, finalmente as milhas foram depositadas. É um tanto bom de milhas. Mas, sinceramente, não vale a dor de cabeça.

Confiança abalada no acúmulo de pontos no Tudo Azul

Depois dessas duas experiências, eu não confio no acúmulo automático de pontos pelo programa de milhas Tudo Azul, principalmente pelos parceiros Casas Bahia e Ponto Frio. E não confio também na resolução do problema, nem pelos canais tradicionais de atendimento, nem pelo Reclame Aqui.

Meu próximo passo é buscar mecanismos de defesa do consumidor, como o site consumidor.gov.br, onde as empresas são obrigados a responder aos clientes lesados.

Não sei se o problema é do Tudo Azul ou somente dos sites parceiros. Algumas compras que fiz, foram pontuadas corretamente, como pelo portal MAGALU e pelo Netshoes. Aliás, esse último não mostra a pontuação na hora da compra e não tem campo para inserção de CPF, mas credita corretamente as milhas.

Fica aqui o meu desabafo e a principal dica de todas:

FILME SUA COMPRA.

É importante ter as provas da sua compra para mostrar ao parceiro do Tudo Azul. Já tentei com prints e estou sofrendo para receber minhas milhas. Grave sua tela na hora da compra, desde o clique no link via Tudo Azul. Tem muitos aplicativos para isso. Ou filme mesmo, com a câmera do celular.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Passagens aéreas: melhores sites para pesquisar preços de passagens
      • Airbnb: reservas de quartos e apartamentos de temporada

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários