Os jogos de fuga, comuns nos Estados Unidos, no Reino Unido e outros países da Europa, chegaram com tudo em São Paulo. Semana passada, com vários amigos marmanjos e uma criança de 8 anos, fui conhecer o Escape Hotel, uma das mais novas (e interessantes) empresas de Escape Room em São Paulo. Fui, gostei e será que escapei?

Já na chegada, me surpreendi: o lugar realmente parece um hotel. Tem tamanho de hotel, tapete de entrada de hotel e até cordas vermelhas com mini-postes dourados, típicos de hotéis antigos. Gostei.

escape-hotel

Lá dentro, a recepcionista simpática me explicou um pouco do funcionamento do Escape Hotel. Os amigos chegaram e guardamos os pertences no armário. Essa é uma regra da casa, o que evita que os participantes busquem dicas na internet ou fotografem o ambiente da sala.

Atualmente, são três salas de escape

escape-hotel-fuga-salaEscolhemos a sala O Templo e gostamos. Não vou dar mais detalhes aqui para não estragar as surpresas. Só digo que tivemos que vasculhar cada canto em busca de pistas, fazer cálculos e associações improváveis para superar os desafios até o final e… não conseguir escapar.

• Veja mais Buenas Dicas de São Paulo

Pois é, essa foi a segunda vez que participei de um jogo de fuga, e a segunda vez que não consegui escapar. Da primeira vez, em outra Escape Room de São Paulo, faltou só seguir a última pista direito. Dessa vez, no Escape Hotel, um mísero detalhe nos fez perder o tesouro maia que estava trancado. E continuou trancado. =(

É para crianças, adolescentes ou adultos?

escape-room-brazil-fuga

Simplesmente, é para todo mundo. Lá na recepção do Escape Hotel, vi grupos de vários tipos: só adultos na faixa dos 40 anos, famílias com gente de 10 a 50 anos e adolescentes viciados em jogos de escape. Assuntando por lá, descobri que os adolescentes foram na mesma sala que eu e escaparam em 30 MINUTOS. Meu grupo passou o máximo de 60 MINUTOS e, como falei acima, não conseguimos.

E crianças, gostam de jogos de escapar? Bom, pelo menos o filho do meu amigo se amarrou. Ele tem 8 anos e estava super animado desde o início. Dentro da sala, era o mais empolgado e atento às pistas. Mas, pelo menos na sala O Templo, é bom ter alguns adultos orientando,senão as crianças se enrolam nas pistas mais complicadas.

Resumindo, adultos adoram, adolescentes ficam viciados e crianças precisam de salas mais simples ou da companhia de adultos.

Gringos podem participar?

Yes, you can! Ou melhor, they can. As salas Cenas do Crime e O Templo podem ter as pistas e o texto introdutório em inglês. É só agendar com antecedência e avisar que prefere em inglês. Eu mesmo tinha pedido IN ENGLISH, pra dar aquela treinada básica, mas como levamos uma criança, voltamos ao bom e velho português pra facilitar pra ele. E pra gente, claro, porque se não conseguimos sair em português, pensa se tivéssemos que traduzir tudo sem ajuda do Google.

E atividades para empresas?

jogo-fuga-sp-escape-hotel

Eu trabalho com campanhas de incentivo e eventos e, vez ou outra, os clientes pedem projetos que podem muito bem ser encaixados nos jogos de escape. Por isso mesmo perguntei lá no Escape Hotel se eles têm experiência com ações corporativas. A resposta? Já fizeram muitos projetos do tipo, inclusive sob medida.

Voltar ou não voltar ao Escape Hotel?

Voltar! Eu e meus amigos já saímos de lá com vontade de agendar a próxima rodada, que tem que ser na sala Loira do Banheiro, baseada na lenda urbana mais famosa (e horripilante) do Brasil.

Onde fica e como chegar ao Escape Hotel

Av. Pedroso de Morais, 832 – Pinheiros (São Paulo – SP)

Pra quem vai de metrô, é muito fácil de chegar. Basta pegar a Linha Amarela e descer na Estação Faria Lima. Aí, são só 650 metros até lá, o que dá pra fazer em 10 minutos ou menos.

Antes ou depois de jogar, vale a pena passar no Mercado de Pinheiros, a poucos metros de distância, onde tem a melhor pizza de São Paulo. E tem muitas outras coisas pra ver e comer.

jogo-de-fuga-escape-room

Sobre o Escape Hotel – O Escape Hotel é a primeira opção de entretenimento interativo do Brasil 100% temática e cuja ambientação e imersão no universo dos jogos de escape começam na calçada. Ao entrar na recepção, os jogadores fazem check-in e são conduzidos ao quarto previamente reservado, onde têm uma hora para procurar pistas, decifrar enigmas e encontrar a saída.

Criado pelas empresárias Vanessa Von Leszna e Patrícia Estefano, o Escape Hotel fica em um prédio de três andares em São Paulo e oferece salas com jogos roteirizados para diferentes públicos e faixas etárias, além de cine sala,  espaço para treinamentos de RH e vivências de escape games customizadas para o mercado corporativo.

* Fui jogar a convite da assessoria de imprensa do Escape Hotel, mas isso não influenciou em nada na minha opinião. Gostei mesmo, indico e realmente já quero jogar de novo. =D

Veja mais Buenas Dicas de São Paulo

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários