Se tem uma atividade realmente obrigatória em Montreal, é o passeio ladeira acima ao Monte Royal (Parc du Mont-Royal), que se eleva a 233 metros de altura e oferece a melhor visita da cidade. Indico subir ao Chalet du Mont-Royal, um casarão onde funciona o Café des Amis e tem um belo mirante.

Além de ser uma atividade legal pra todo mundo, é uma das melhores alternativas de passeios grátis em Montreal. Então é um raro momento de economizar dólares canadenses e ainda gastar calorias.

Como chegar

Chegar ao Monte Royal é fácil. Se for de metrô, desça na Estação Peel e ande menos de 1 km, em linha reta pela íngreme rua de mesmo nome, até a entrada principal do monte, localizada exatamente aqui.

Caminho ao mirante Chalet du Mont-Royal

Não tem como se perder. Se entrou pelo acesso indicado, tem muitas placar que orientam como chegar ao Chalet du Mont-Royal.

A partir da entrada do parque, o esforço de subida aumenta. São longas escadarias de madeira e trechos de trilha em paralelepípedos, que cruzam ciclovias e pistas de corrida. Se estiver com o preparo ruim, pode descansar nos bancos pelo caminho, admirando esquilos e as folhas de bordo (maple) caídas no chão.

Fui no início do outono, com as árvores já ganhando diferentes colorações e o frio não era tanto, imagino que por volta de 5 ºC no interior do parque. Então, se não for verão, vá bastante agasalhado, porque quanto mais alto, mais frio.

Nem todos os trechos da subida estavam urbanizados. Uma das últimas escadarias estava em reforma, então tinha uma desvio por trilhas de terra e lama na mata. Foi mais ou menos 10 minutos nesse trecho, já com algumas bonitas vistas de Montreal.

Chegada ao mirante e Chalet du Mont-Royal.

Passando ao lado de área de que fato é o Parc du Mont-Royal, finalmente vi o Chalet du Mont-Royal. Contruído em estilo Beaux-Arts em 1931, durante a Grande Depressão, foi projetado pelo arquiteto Aristide Beaugrand-Champagne. No interior do casarão  estão pinturas de artistas canadenses que contam a história de Montreal, entre eles Marc-Aurèle Fortin, Paul-Émile Borduas e Edwin H. Holgate. Entre as obras, destaque para um esquilo entalhado.

Cara de quem conseguiu chegar vivo ao topo
Foto panorâmica, 360º. Mirante e Chalet Mont Royal
Montreal no início do outono
Centro de Montreal e Ponte Jacques-Cartier

Apesar de histórico, muito bonito por fora e contar com essa exposição, achei o lado de dentro do Chalet du Mont-Royal pouco interessante. O mesmo digo sobre o Café des Amis, que lembra um restaurante de posto de gasolina. De qualquer forma, é um bom local para comprar um café, usar o banheiro e retomar as energias para a descida.

Bom mesmo é a vista do mirante, de onde se tem a vista mais completa de Montreal. Lá do alto é possível observar os prédios do centro, a Cidade Velha e até mesmo a Biosfera de Montreal, localizada na ilha, do outro lado da Ponte Jacques Cartier.

Exposição no interior do Chalet Du Mont Royal

Tem ciclovias com acesso ao Parque Mont-Royal e ao Chalet

Outra atração do parque, que demanda uma subida ainda maior, é a Cruz do Monte Royal (Croix du mont Royal), mas não cheguei até lá. Aliás, nem cogitei, dado o esforço para subir ao Chalet.

Vale a pena subir ao mirante do Mont-Royal?

Gente, até o cachorro tá feliz, então não tem como negar. Vale a pena sim subir ao mirante do Chalet du Mont-Royal. É um caminho fácil, todo urbanizado em condições normais. Tive que fazer um trecho de trilha na terra por uma escadaria estar interditada. Fora isso, basta ter um condicionamento razoável para chegar ao topo.

Recomendo fazer o passeio no final da viagem, assim você já terá uma noção do mapa de Montreal, e poderá identificar locais lá embaixo. Eu fui no primeiro dia, então não sabia nada do que estava vendo.

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

1 Comment

Comentários