O que fazer em Viña del Mar: pontos turísticos, cassino, museu e roteiro

Não falta o que fazer em Viña del Mar, uma das cidades mais importantes para o turismo do Chile. Além de muitas praias, a cidade tem outras excelentes atrações, mas é preciso ficar ligado para não fazer programações chatas, que são indicadas por muitos blogs de viagem e agências, além de passeios desnecessários. Faça só o que vale a pena!

Como assim programações chatas? Bom, isso depende do ponto de vista, mas tem coisas que, de tão dispensáveis, são chatas para qualquer pessoa. Em Viña del Mar, o principal exemplo é o tal Reloj de Flores (Relógio de Flores). Tal “atração turística” não passa de uma praça bem cuidada.

E você se abalou até o Chile para perder tempo com um praça normal? Claro que não.

Mapa de turismo de Viña del Mar, com a localização dos pontos turísticos.

O que fazer em Viña del Mar – 10 melhores passeios e pontos turísticos

Então bora ver o que fazer em Viña del Mar para aproveitar ao máximo sua viagem. Os textos refletem minha opinião, mas como ela é sempre bem sincera, vai ajudar você a descobrir o que pode ser legal de acordo com seu próprio gosto.

1. Praias de Viña del Mar

As praias de Viña del Mar estão entre as mais próximas de Santiago. Inclusive as praias centrais são muito bonitas, mas suas águas são geladas e não são aptas para banho.

Para encontrar praias mais limpas, é preciso ir até Reñaca, 8 quilômetros ao norte de Viña del Mar, um dos principais balneários no verão do Chile.

Mas, apenas para admirar, as praias Praias centrais de Viña del Mar já valem o passeio, pois tem um extenso calçadão e um mole mar adentro, o Muelle Vergara.

Durante o dia, as pedras ficam cheias de pelicanos e outras aves marinhas. No fim do dia, o pôr do sol no Oceano Pacífico é indescritível.

  • Cuidado: algumas mulheres na praia, supostas videntes, costumam furtar celulares e carteiras de turistas.

2. Cassino Enjoy del Mar

Diferente do Brasil, no Chile os cassinos são legalizados. E em Viña del Mar está um dos maiores e mais visitados do Chile, o Cassino Enjoy del Mar.

Ele está localizado na orla da praia central, sendo o coração dessa região repleta de bares e restaurantes. E inclusive tem seu próprio hotel, o Hotel Enjoy del Mar.

Se você quiser tentar a sorte, entre no cassino, repleto de máquinas caça-níquel, crupiês, meses de baralho e outras tentações. É uma boa programação para o inverno e dias de chuva em Viña del Mar.

3. Castillo Wulff

Construído por um rico empresário, o Castillo Wulff se tornou um dos principais pontos turísticos de Viña del Mar, pois, além do charmosa arquitetura teutônica, ela fica a beira de um penhasco junto ao mar.

O lugar, que já foi sede do Museu da História Naval do Chile e abriga exposições de arte, tem uma grande pátio de acesso gratuito, onde os turistas admiram as aves marinhas e a força das ondas. E ainda tem um mirante.

  • Atualmente, encontra-se fechado para visitação.

4. Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck

A Ilha de Páscoa, pertencente ao Chile, é conhecida pelas misteriosas estátuas gigantes de pedra, os Moais.

Até hoje, apenas dois Moais foram retirados da ilha: um deles foi roubado pelo Museu Britânico, em Londres, e o outro está exposto no pequeno Museu Fonck, em Viña del Mar.

Além da estátua de pedra, instalada do lado de fora, o Museu Fonck tem um rico acervo arqueológico da cultura andina, incluindo cerâmica, artesanato e animais empalhados.

5. Passeio a Valparaíso

Valparaíso, mais conhecida no Chile como Valpo, é uma cidade colada a Viña del Mar. Inclusive, é possível ir até lá de metô.

Mas, diferente da plana e organizada Viña del Mar, a cidade de Valparaíso se ergue sobre colinas, repletas de casinhas multicoloridas, e tem um centro caótico.

Ela é conhecida por ser a cidade mais cultural do Chile. Com seus muros grafitados, longas escadarias e elevadores centenários, ligando o centro aos bairros altos, Valpo é um passeio imperdível.

Entre os lugares imperdíveis no passeio a Valparaíso, estão a casa-museu La Sebastiana, onde morou o poeta chileno Pablo Neruda, e o Cerro Concepcíon, de onde se tem as melhores vistas para o mar.

6. Jardín Botanico Nacional

Mais um lugar de descanso frequentado pelos chilenos do que um ponto turístico de Viña del Mar, o Jardim Botânico da cidade tem mais de 700 espécies de plantas, grande parte delas nativas do Chile.

A dica é alugar uma bicicleta para percorrer suas longas trilhas entre viveiros, aves e um pequeno lago artificial. Como é afastado do centro da cidade e tem longas distâncias internas, é um passeio que gasta bastante tempo.

Então vá apenas se tiver uma longa estadia e já não souber mais o que fazer em Viña del Mar.

  • Horários, ingressos e atividades: jbn.cl

7. Festival Internacional da Canção de Viña del Mar

O Festival Internacional de la Canción de Viña del Mar, que acontece desde 1960, é o maior festival de música da América Latina.

Tradicionalmente, o festival é realizado nos meses de fevereiro, no Parque Quinta Vergara, próximo ao centro de Viña del Mar. Já recebeu grandes artistas como Julio Iglesias, Shakira, The Police, Elton John, Roberto Carlos, Rita Lee e até a Xuxa, conhecida no Chile como “la reina de los chiquitos”.

Então, se você vai a Viña del Mar em fevereiro, tenha atenção a duas coisas: garanta seu ingresso com antecedência e prepare-se para pagar caro pela hospedagem, pois os hotéis da cidade ficam lotados.

8. Degustação de vinhos em Viña del Mar

A cidade de Viña del Mar não tem esse nome em vão: na época colonial, a região da cidade era uma plantação de vinhedos.

E ainda hoje, há muitas vinícolas ao redor da cidade, sendo que muitas delas podem ser visitadas, e oferecem degustações de vinhos.

A mais famosa delas é a Casa Valle Viñamar, a 55 quilômetros do Centro de Viña del Mar. Você pode ir por conta própria, de carro, ou com algum dos “tours de vinícolas” que partem diariamente de Viña del Mar e Valparaíso.

9. Restaurantes de Viña del Mar

Os dois melhores peixes que comi até hoje, em décadas de apetite insaciável, foram em Viña del Mar. E foram dois congríos (congro, no Brasil), o peixe mais comum nas mesas chilenas.

Um deles eu provei no Restaurante Nogaró, bem ao lado do cassino, e veio acompanhado de uma salada de palta com quinoa, maravilhosa.

Além dele, há muitos outros bons restaurantes em Viña del Mar, muitos deles especializados em culinária chilena.

10. Relógio de Flores

Como falei no início, o famoso “Reloj de Flores” de Viña del Mar, nada mais é do que uma praça, com um simpático jardim.

O toque turístico de quem fez o jardim, foi montar um relógio, que funciona de verdade, apontando para os números feitos com plantas. Parabéns para o jardineiro, pois deve o maio trabalho manter essa atração funcionando.

É fácil incluir a visita ao relógio no seu roteiro em Viña del Mar, pois ele fica perto do Castillo Wulff.

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem

  • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
  • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *