Savannah

Savannah, uma das cidades mais bonitas (e macabras) dos EUA

Da arquitetura tradicional aos tours mal-assombrados, entenda por que vale a pena visitar Savannah.

Visitei Savannah, na Geórgia. Confesso que não esperava muito. Mas Savannah se mostrou muito diferente de outros lugares que eu conhecia nos EUA. A cidade, famosa pelas histórias de assombrações, é um museu a céu a aberto e cenário de grandes produções do cinema.

Se você gosta de arquitetura e gastronomia, também vai se apaixonar por Savannah.

Entenda agora o que fazer em Savannah, com dicas de onde comer (muito bem) e passeios que valem a pena, além de recomendações sobre hotéis, roteiro e onde ficar, e também como chegar até lá.

Sobre Savannah

  • Localização: Geórgia, Sul dos Estados Unidos.
  • População: 145 mil habitantes.
  • Sede do terceiro maior porto dos Estados Unidos.
  • Enriqueceu no auge do ciclo do algodão, no século XVIII.
  • Porque é turística: arquitetura, acontecimentos históricos e “mal-assombrada”.

O que fazer em Savannah – 10 dicas para sua viagem

Além de descobrir quais são os principais passeios e atrações em Savannah, neste guia de viagem também tem dicas para você acertar em todo o restante do planejamento.

1. Por que vale a pena visitar Savannah

Praticamente desconhecida por turistas estrangeiros, Savannah é um destino autêntico.

Depois de conhecer lugares como Nova Iorque e Miami, cheguei a Savannah com algum preconceito. Esperava ver mais do mesmo: lugares lotados, atrações forçadas e comida local ruim.

Mas foi justamente o oposto. Em Savannah, uma das primeiras cidades planejadas dos EUA, tive aquela sensação de descoberta mais comum em viagens pela Europa, que a gente vai se perdendo pelas ruas e se encantando com lugares que nem imaginava.

E como falei no início, a comida é boa e a arquitetura é diversa, com casas e palacetes históricos em diferentes estilos. As possibilidades de passeios também: de tours por lugares mal assombrados, a passeios de bicicleta e barco, Savannah não decepciona.

2. Onde fica Savannah no mapa dos Estados Unidos

Savannah está localizada no litoral norte do estado da Geórgia, separada da Carolina do Sul pelas águas do Rio Savannah. Apesar de ser na costa, a praia mais próxima, Tybee Island, fica a 28 km de distância do centro.

A capital da Geórgia, Atlanta, está a 400 km de distância, o que dá mais ou menos 4h20 de viagem de carro. Outras grandes cidades relativamente próximas estão na Flórida, como Orlando, a 450 km, e Miami, a 790 km.

Importantes cidades do nordeste dos EUA, como Philadélfia e NYC, estão a mais de mil km de distância.

3. Como chegar em Savannah

Eu fui de carro, a partir de Orlando, na Flórida. No carro alugado (preços aqui) já tinha equipamento para passar direto pelos pedágios.

A maior parte da viagem foi pela rodovia N95, uma das estradas mais movimentadas dos EUA. Com as paradas e o trânsito pesado, a viagem durou 5 horas, uma hora a mais do que o previsto no Google Maps.

Não vi nada de interessante pelo caminho, apenas fazendas.

Se quiser parar para comer ou ir ao banheiro, pode usar as “rest areas” (áreas de descanso), onde há banheiros em boas condições com acesso gratuito e máquinas de petiscos. Ou vá num dos bolsões de lanchonetes próximos aos trevos, onde quase sempre tem McDonalds, Waffle House e Wendy’s.

Apesar de não ser uma rota cênica, acho que vale a pena ir de carro.

Avião e trem para Savannah

O aeroporto de Savannah recebe voos das principais cidades dos EUA. Ele fica a apenas 16 km do centro da cidade e possui locadoras de carro.

Também pode ir de trem, pela cia férrea nacional dos EUA, a Amtrak. Era a minha ideia inicial, mas a duração da viagem desde Orlando (7h) e os horários de chegada me desanimaram.

4. Como se deslocar em Savannah

Chegou de carro? Deixe ele na garagem.

Savannah é uma cidade perfeita para caminhar. O centro histórico é todo plano e muito arborizado, com longas sombras pelas calçadas. Forradas por “spanish moss”, as árvores dão um toque sombrio à cidade.

Os principais pontos turísticos estão relativamente próximos. Em cerca de 30 minutos de caminhada se vai de uma ponta a outra da região mais interessante.

Além do que, é complicado estacionar. É difícil encontrar vagas nas ruas e os estacionamentos privativos são caros.

Se precisar fazer um trajeto maior, chame um Uber. Não é tão barato quanto no Brasil, mas os valores não assustam. Fiz algumas vezes o trajeto do rio ao hotel, cerca de 3 km, e custava em média 10 dólares a corrida.

5. Onde ficar em Savannah + Dicas de hotéis

O melhor lugar para se hospedar é no Historic District (Centro Histórico) e imediações. A região está dividida em duas partes: o movimentado Distrito Histórico Norte e o mais tranquilo Distrito Histórico Sul.

Distrito Histórico Norte

Na região da orla do Rio Savannah estão os melhores hotéis, como o Hyatt Regency e o Savannah Riverfront, que possuem vista para o rio, na localização mais nobre da cidade.

A vida noturna também se concentra no Distrito Histórico Norte. A poucos passos do Hilton Garden está o City Market, uma larga rua de pedestres que concentra bares e restaurantes, além de pontos de interesse como o American Prohibition Museum.

Ficando nessa área, você pode fazer tudo a pé, pois estará a poucos passos dos melhores restaurantes e de muitos pontos turísticos.

Distrito Histórico Sul

Prefere tranquilidade?

Então fique um pouco mais distante do rio. Menos de 2 km adentro de Savannah, ainda no Centro Histórico, a badalação dá lugar a praças bucólicas e ruas silenciosas, especialmente nas redondezas do Forsyth Park.

Bem em frente ao parque, o Forsyth Park Inn é uma pousada charmosa, que ocupa um dos tradicionais casarões de Savannah. É muito elogiado, inclusive seu café da manhã, incluído na diária.

Eu me hospedei nessa região, perto da casa de temporada Anderson House. Mas minha casa, alugada pelo Airbnb, teve um pequeno vazamento de gás e as luzes se acendiam sozinhas (fantasmas?), por isso não vou indicá-la.

Hotéis mal-assombrados em Savannah

Eu não gostaria de ficar num lugar com assombração. Mas entendo que tem gosto pra tudo. Caso queira passar um susto ou outro, estes são os hotéis com histórias de assombrações em Savannah:

        • Hamilton-Turner Inn / Muitos hóspedes relatam “encontros paranormais” nas dependências do hotel.
        • The Marshall House Hotel / Funcionou como hospital durante a Guerra Civil e tem um famoso café da manhã.
        • The Kehoe House / Há muitos relatos de hóspedes que foram visitados por um espírito no meio da noite.
        • Foley House Inn / Além de hotel, é ponto turístico. Por causa dos fantasmas, lógico.
        • The Olde Harbour Inn / Hotel boutique tradicional e muito elogiado pelos hóspedes, menos por quem fica nos quartos 405 e 406. Quer arriscar?

6. O que fazer em Savannah

Falando em assombração, elas são parte importante do turismo em Savannah. Mas há muito mais o que fazer. Por exemplo, visitar o local do ponto de ônibus do filme Forrest Gump.

Ou simplesmente caminhar observando a tradicional arquitetura americana, seja em casinhas de madeira ou em palacetes de pedra e ferro.

Olha esta lista legal de atividades na cidade:

Passeios guiados pelas assombrações de Savannah

Há muitos tipos de “Ghost Tours” em Savannah.

O mais comum deles é a caminhada com um guia turístico. Uma variação interessante é a caminhada com uma guia drag queen gótica.

Entre os lugares mais mal-assombrados de Savannah, estão estas três praças:

  • Wright Square – Local onde aconteciam os enforcamentos públicos.
  • Calhoun Square – Sob a praça estão os restos mortais de milhares de escravos, enterrados sem nomes e sem homenagens.
  • Madison Square – Ocupada por acampamentos militares durante a Guerra Civil, hoje há relatos de aparições de soldados.

Nossas dicas de passeios que percorrem estes e outros pontos turísticos de Savannah:

Ônibus elétrico caça-fantasmas

Tá com preguiça de andar? Então faça um tour pelo lado sombrio de Savannah a bordo de um ônibus elétrico, todo caracterizado com a temática gótica. Por exemplo, com o Ghosts & Gravestones Trolleybus Sightseeing Tour, passeio com 1h15 de duração.

Pub crawl assombrado

Savannah tem uma vida noturna animada, repleta de bares e música ao vivo, especialmente no City Market. E também tem fantasmas. Unindo a bebida ao macabro, criaram o Pub Crawl Ghost Tour, que vai de bar em bar, de fantasma em fantasma. Com alto teor alcoólico, é mais provável que você obtenha mais sucesso na busca espiritual.

Passeios de barco no Rio Savannah

Conheça histórias do 3º maior porto dos Estados Unidos, além de muitas curiosidades pelo caminho, enquanto navega pelo Rio Savannah, que cruza a cidade e demarca a divisa entre os estados da Geórgia e da Carolina do Sul. Esse passeio é narrado em inglês e tem 1h30 de duração.

Como fazer um passeio gratuito de barco

Para navegar no Rio Savannah sem gastar nada, um passeio alternativo é fazer a rápida travessia de Savannah para o Convention Center, que fica na outra margem. O transporte é realmente gratuito, com embarque no City Hall ou no Morrel Park.

Passeio de bicicleta por locais históricos de Savannah

Pra evitar sustos, preferi fazer apenas um passeio de bicicleta pelos principais pontos turísticos e simbólicos de Savannah. Reservei com a Savannah Bike Tours, que fica no Distrito Histórico.

Foi a melhor atividade que fiz na viagem. As bicicleta estavam em ótimo estado e o guia era um morador apaixonado pelo cidade, entendido dos costumes e histórias.

Em 2 horas de passeio, paramos na orla do rio, em igrejas das mais diversas religiões, como a Cathedral Parish Center, principal templo católico de Savannah, e pelas grandes praças.

Visitamos também cenários de filmes, como a própria loja do passeio, que apareceu no filme do Bob Esponja.

Mas, se você prefere pedalar atrás de espíritos, também é possível fazer um tour por locais assombrados. Outra possibilidade é o passeio em bicicletas elétricas. Mas Savannah é tão plana e agradável que não há muita necessidade.

SCAD Museum of Art

Andando por Savannah, vi uma lojinha legal e entrei. Mas não era só uma lojinha. O SCAD Museum of Art é uma grande loja com produtos criativos, como quadros e acessórios. E todos os dias, às 17h, exceto às terças, acontece uma visita guiada.

O site oficial informa que a visita custa 10 dólares. Mas no dia minha visita foi gratuita, não sei dizer o motivo. O passeio guiado, mesmo que seja uma propaganda da universidade, é cheio de animações e ideias criativas, que achei muito legal de ver. Aliás, achei melhor do que ir na Disney.

7. Filmes gravados em Savannah

Muitos filmes em que as histórias se passam em outras cidades, na verdade foram filmados em Savannah. E muitos outros são ambientados na própria cidade.

Alguns deles:

  • Homem-Formiga e a Vespa – Cenas que supostamente mostram Buenos Aires, são na verdade em Savannah.
  • Forrest Gump – Jenny, namorada de Forrest Gump, mora e trabalha em Savannah. O banco em que Forrest espera o ônibus não existe ali, pois era apenas parte do cenário. No local está um jardim.
  • Bay Watch / SOS Malibu – O filme com The Rock e Zac Efron, ambientado na Califórnia, foi gravado em Tybee, a praia de Savannah.
  • Cobra Kai – A série continuação do filme Karate Kid tem cenas em Savannah e Tybee.
  • A Pequena Sereia – O filme de 2019 foi parcialmente rodado em Savannah.
  • Bob Esponja Calça Quadrada – Também filmado em Savannah. Inclusive a loja do passeio de bicicleta acima aparece em algumas cenas.
  • Meia-noite no Jardim do Bem e do Mal – Com Kevin Spacey, Jude Law e John Cusack, o filme e a história real do livro Midnight in the Garden of Good and Evil se passam em Savannah. Aliás, foi com a fala do livro que a cidade se tornou um importante destino turístico dos EUA.

8. Onde comer em Savannah

Restaurante histórico

Numa casa histórica, que sobreviveu a grandes incêndios, The Olde Pink House é o mais importante restaurante de Savannah. Além de histórico e, claro, mal-assombrado, é famoso também por seus pratos, de culinária típica do sul dos EUA.

Mas eu não consegui mesa. A fila pra comer no The Olde Pink House costuma ter meses de espera. A dica dos funcionários é comer no bar anexo, que serve os mesmos pratos, mas em ambiente menos concorrido. Basta chegar cedo.

Para comer bem, sem gastar muito

Em busca de comidas típicas dos EUA, fui ao The Cotton Exchange Tavern. À beira do rio, o restaurante serve pratos tradicionais da Geórgia, como rabo de jacaré frito, asas de frango e torta de caranguejo.

Também fui em cafés, como o exótico Maté Factor, um bom lugar pra café da manhã, e o Fox and Fig, um pequeno restaurante vegano, de pratos bem servidos.

Mas sem dúvidas o melhor lugar que comi em Savannah foi no Flying Monk Noodle Bar, um restaurante asiático no centro histórico. Lugar simples e preços justos para pratos fartos. O Pho estava sensacional. Também aprovei o ramen vegan.

Não deixe de conhecer

Para a sobremesa, visite uma unidade da Savannah’s Candy Kitchen, uma fábrica de doces e sorveteria, que lembra a Fantástica Fábrica de Chocolates. Tem uma loja da rede no City Market, rua boêmia que concentra muitos bares e restaurantes.

Drinques com a melhor vista de Savannah você encontra no Peregrin, um bar no terraço de um prédio no Distrito Histórico. Se não tiver coragem de pagar 20 dólares numa bebida, pode ir só pelas fotos mesmo, pois não paga pra entrar.

9. Quantos dias ficas em Savannah

Fiquei 2 noites em Savannah e foi o bastante para conhecer o básico da cidade, principalmente porque fiz o passeio de bicicleta. É o mínimo possível pra valer a viagem, pois assim você tem pelo menos 1 dia inteiro.

Caso queria fazer um passeio à praia de Tybee Island, recomendo adicionar mais uma noite em Savannah.

Lembrando que fui de carro, chegando num final de tarde e partindo logo depois do almoço, então tive esses períodos extras para caminhar sem pressa pela cidade.

10. Roteiro em Savannah

Nossa dica de roteiro para sua viagem a Savannah, considerando que você também fique 3 dias e duas noites na cidade.

  • Dia 1 – Chegada em Savannah. Vá jantar a pé na orla do Rio, por exemplo no The Cotton Exchange Tavern, e observe com calma a arquitetura e as belezas da cidade.
  • Dia 2 – Comece a manhã com o passeio guiado de bicicleta. Almoce e à tarde faça o passeio gratuito de barco, com embarque no City Hall. À noite, vá num tour gótico pelas assombrações de Savannah.
  • Dia 3 – Tome um café da manhã tradicional no The Funky Brunch Cafe e vá fazer seu checkout.

Aproveitei a volta da viagem de Savannah para Orlando para conhecer St. Augustine, a cidade mais antiga dos EUA, que fica no litoral da Flórida, mais ou menos no meio do caminho. Recomendo muito que você faça o mesmo, assim a viagem fica mais leve e você enrique muito seu roteiro.

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

    • Nivaldo responder

      Oi Nath! Tem aeroporto em Savannah mesmo, a 16 km da região central. Dependendo de onde vc estiver, também pode valer a pena ir de trem.

Comentários