Seguro Viagem

Conheça os 10 principais tipos de seguro viagem

Para cada tipo de viagem, um tipo de seguro. Se vai praticar esportes, se está grávida, se é idoso, tudo isso deve ser considerado. Fique atento às letras miúdas e saiba como escolher um bom plano. É mais fácil do que parece.
Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Assim como existem diferentes tipos de viagem, existem diferentes tipos de seguro viagem. Um para cada grau de risco ou propósito. Afinal, há viagens focadas em esportes, estudos, trabalho e viagens marítimas, além de condições do próprio viajante, como idade e gestação. A duração também interfere no tipo de seguro, no preço e no custo-benefício.

Comentei sobre o assunto no post 7 dicas para comprar seguro viagem mais barato e aqui vou explicar em detalhes quais são os diferentes tipos de seguro viagem e porque é importante informar para a seguradora a finalidade da sua viagem. Assim é possível economizar na contratação, além de garantir atendimento, pagamento das despesas ou reembolso, conforme o plano.

10 tipos de seguro viagem – Qual escolher?

Repare que vou linkar para diferentes comparadores de preços e seguradoras. Isso porque cada uma delas é a melhor opção nos casos específicos. São todas empresas que eu confio e utilizo em minhas próprias viagens.

  1. Seguro viagem Cruzeiros
  2. Seguro viagem Anual
  3. Seguro viagem Intercâmbio
  4. Seguro viagem Idosos
  5. Seguro viagem Gestantes
  6. Seguro viagem Esportes
  7. Seguro viagem Europa
  8. Seguro viagem Estados Unidos
  9. Seguro viagem América do Sul
  10. Seguro viagem Nacional

1.Seguro viagem para cruzeiros 

Para quem vai conhecer vários lugares de uma vez, a bordo de um cruzeiro, também há planos que se adequam mais a esse tipo de viagem. Então, se vai embarcar numa jornada pelos oceanos, veja os planos de Seguro Viagem Marítimo, que cobrem acidentes e imprevistos que podem acontecer em alto-mar.

2.Seguro viagem anual

Para quem faz  duas ou mais viagens internacionais por ano , a economia vai ser grande se fizer o seguro Multitrip. Ele oferece assistências para todas as suas viagens internacionais no prazo de 1 ano, com duração máxima de 30 dias cada.

3.Seguro viagem para estudos e intercâmbio 

Viagens de estudos tendem a ser mais tranquilas do que viagens de turismo e aventura. Por isso mesmo os planos são mais baratos, então lembre-se de especificar o motivo da sua viagem na hora da pesquisa, como explico no post Seguro Viagem para Intercâmbio. No post cito apenas intercâmbio na Europa, mas as mesmas dicas são válidas para viagens de estudo em outros países, como Canadá e Estados Unidos.

4.Seguro viagem para idosos

A maioria dos planos de seguro viagem cobra uma taxa extra para viajantes idosos. Fique atento à idade em que essa cobrança começa a ser feitas. Varia muito. Pode ser a partir dos 70 anos ou de 75, 76, 80, 81. Mas isso é fácil de encontrar. Se você não gosta de ler contratos, há sites que já mostram essa idade, como a Seguros Promo, onde a idade e o valor extra já estão indicados na busca.


Repare no valor do plano mais caro para viajantes idosos a partir de diferentes idades.

5.Seguro viagem para gestantes

Grávidas também precisam ter atenção na hora de contratar um seguro viagem. A maioria dos planos inclui gestantes na cobertura, mas somente até certo número de semanas, geralmente até 34 semanas. A idade da mulher também costuma aparecer nos contratos, válidos para grávidas de até 40 anos. Se algum destes é o seu caso, prefira planos mais abrangentes, por exemplo aqueles que não especificam limites de tempo de gravides ou idade da gestante.

6.Seguro viagem para aventuras ou esportes 

No seu roteiro tem alguma competição esportiva? Trilha de bicicleta? Prática de esqui ou snowboard? Rafting? Escalada? Nesses casos, contrate apenas planos que cobrem acidentes em práticas de esportes e aventuras. Esses planos geralmente custam apenas um pouco mais caro, mas você estará devidamente coberto se precisar. Se tiver alguma dúvida sobre quais esportes pode praticar sem precisar de um plano desses, pergunte para a seguradora. Por exemplo, eu sempre gosto de dar umas voltas de bicicleta, mas apenas passeios assim não caracterizam esporte.

Vai esquiar? Então você precisa de um seguro viagem que cubra esportes radicais. Geralmente são válidos apenas para pistas regulamentadas.

7.Seguro viagem para os Estados Unidos 🇺🇸

Um dos principais destinos de brasileiros que viajam para o exterior, os EUA não exigem seguro viagem. Então é um bom motivo pra economizar, certo? Muito pelo contrários. Apesar de não ser um documento necessário na imigração, eu sempre faço seguro viagem antes de ir pra lá. Isso porque, além dos riscos que existem em qualquer lugar, os  EUA tem os serviços médicos, hospitalares e odontológicos entre os mais caros do mundo .

E turistas brasileiros não têm direito de utilizar a rede pública de saúde dos Estados Unidos (Sim, os EUA tem sistema de saúde pública, então aproveito para desmentir essa notícia falsa que costuma circular no Brasil). Então, antes de embarcar, salve essas dicas de seguro viagem e contrate o melhor plano, de preferência com uma boa cobertura em dólares.

8.Seguro viagem para a Europa 🇪🇺

A maior parte dos países da Europa Ocidental exige seguro viagem de brasileiros. Entre eles estão França, Itália, Portugal, Alemanha e Holanda. E não é um seguro qualquer, então não basta escolher um baratinho e pronto. Para entrar nesses países europeus, é preciso ter um seguro viagem com cobertura mínima de 30 MIL EUROS para despesas médicas e hospitalares. É o que costumam chamar de “carta schengen“, que de fato é apenas um seguro dentro das regras do Espaço Schengen.

Já que é obrigatório ter esse seguro viagem com cobertura mínima, recomendo que aproveite e gaste um pouco mais para contratar um plano com outras assistências, como para malas extraviadas, cancelamento de viagem, atrasos de voos e outras coisas assim, muito mais comuns do que acidentes sérios (ainda bem!).

9.Seguro viagem para a América do Sul

Somente Equador e Venezuela exigem seguro viagem em nosso continente. Para entrar nos outros países da América do Sul, basta RG ou Passaporte válidos. De qualquer forma, também recomendo muito que contrate um plano. Pra começar,  nosso continente é um dos lugares mais violentos e inseguros do mundo, com grande número de roubos , agressões, sequestros e outros problemas. E muitas viagens por aqui, são focadas em aventura em locais inóspitos como o Salar de Uyuni, o Atacama, a Patagônia e milhares de praias.

Inclusive já escrevi aqui um post somente com dicas de seguro viagem para a Colômbia e pretendo fazer o mesmo com dicas para outros países que já visitei. E como seguro viagem não é obrigatório, para países como Colômbia, Argentina, Chile, Uruguai, Peru e Bolívia, aproveite para contratar um plano barato, que é melhor do que viajar desprotegido.

Salar de Uyuni, na Bolívia. Não encare essa e outras aventuras sem seguro viagem.

10. Seguro viagem nacional

Sim, existe seguro viagem nacional. Essa é uma boa escolha pra quem não tem plano de saúde e planeja uma viagem com esportes de aventura, por exemplo. Ou prefere se precaver de prejuízos como em casos de mala extraviada e cancelamento de viagem.

Qual tipo de seguro viagem você precisa? Tem alguma experiência pra contar?

Detalhei aqui os principais tipos de seguro viagem vendidos pelas seguradoras e também quais são os melhores planos para os destinos mais visitados do mundo. Se o tipo de seguro viagem que você precisa não está listado, mande sua pergunta pelos comentário, que responderei o mais rápido possível.

E se você tem algum elogio, crítica ou experiência para contar com algum comparador de preços ou plano de seguro viagem, mande pra gente. É raro encontrar relatos reais de uso de seguro viagem, então qualquer comentário pode ajudar o próximo viajante.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Get Your Guide: ingressos e tours para atrações no mundo inteiro

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários