Saiu o resultado do World Travel Awards, o “Oscar do Turismo”. O prêmio avalia diversos destinos e serviços voltados ao turismo em todos os continentes. Na categoria Aluguel de Carro no Chile, a vencedora foi a Europcar, uma das gigantes do setor, com sede na França e presença em 140 países.

Eu sou um usuário frequente de empresas de aluguel de carro e valorizo o prêmio, que incentiva a qualidade do setor. Afinal, é um segmento vital no turismo, que dá mobilidade ao viajante, permitindo conhecer o máximo de atrações em um destino. Principalmente na América do Sul, onde quase não existem trens de passageiro e o transporte é quase sempre rodoviário. Eu já aluguei carro no Chile e gostei das estradas do país, como explico melhor mais abaixo.

A Europcar, vencedora do prêmio, é a única entre as indicadas que faz parte do sistema de comparação de preços da RentCars, empresa brasileira que facilita a reserva de carros no Chile, e cobra os mesmos preços dos sites oficiais das locadoras.

As 4 indicadas ao prêmio de melhor empresa de aluguel de carro no Chile

  • Europcar
  • Sixt
  • Avis
  • Thrifty

Onde alugar carro com a Europcar no Chile

A vencedora do prêmio de melhor locadora de carros no Chile em 2017 tem agências espalhadas por todo o país. No site oficial chileno, estão listadas locadoras em cidades de norte a sul, como:

Arica, Iquique, Calama, San Pedro de Atacama, Antofagasta, Copiapó, La Serena, Viña del Mar, Rancágua, Talca, Concepción, Los Angeles, Temuco, Valdívia, Osorno, Puerto Varas, Chiloe, Coyhaique, Puerto Natales e Punta Arenas. Além, é claro, de locadoras em diferentes bairros e no aeroporto da capital, Santiago.

Como são as estradas no Chile

Eu já aluguei carro no Chile em diferentes ocasiões e dirigi bastante nas estradas do país. Sem burocracia, mostrando apenas meu passaporte e minha CNH brasileira. E as experiências foram sempre positivas, tanto na região de San Pedro de Atacama, quanto nas imediações de Pucón.

Dirigi somente em estradas em ótimas condições. Na famosa Ruta Panamericana, as pistas duplas estão em ótimas condições, mas o trânsito é pesado e a fiscalização é séria. Por isso a importância de estar com documentos em dia e de alugar carro em uma empresa de confiança.

Cruzar a Cordilheira dos Andes, entre Santiago em Mendoza, é a certeza de lindas paisagens e curvas assustadoras, como nessa parte da estrada chamada de Los Caracoles.

Na região de Araucanía, em direção a pontos turísticos de Pucón, precisei dirigir em estradas de terra. Mas fiquei surpreso com a qualidade das pistas, sempre transitáveis e com poucos buracos, mesmo sendo a estação das chuvas. No inverno, quando neva bastante na região, é preciso utilizar correntes nos pneus do carro.

Em Santiago, vale a pena alugar carro apenas se você vai para destinos menos turísticos no interior. Isso porque o trânsito na capital é ruim, o preços dos estacionamento é alto e rotas para destinos famosos mais próximos, como Valparaíso e Valle Nevado, compensam mais ir de ônibus ou com agências de turismo. (Saiba mais sobre ônibus no Chile)

De qualquer forma, antes de reservar o carro, pesquise em nos blogs de viagem como está a condição das estradas no Chile, e todos os documentos que você precisa para dirigir dentro da lei do país. Sempre vale também dar aquela conferida no Street View, atento à data em que as fotos foram tiradas.

Agora que você já sabe quais são as melhores locadoras de carro no Chile, é hora de traçar seu roteiro para curtir os melhores destinos do país. Uma dica: veja nosso roteiro por Santiago, Mendoza e Viña del Mar. Boa viagem de carro no Chile!

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

  1. Olá Nivaldo, bem explicativo seu post, mais ainda estou com alguma duvidas…estarei em santiago em Abril e vou a Viña de Mar/Valparaíso, Cajon de Maipo (Embalse el Yeso e Termas Colina), Vinicolas (Concha y Toro e Undurraga) e Rancaguá (Safari)…estes gostaria de fazer de carro alugado, o que você me diz?

    Abraços!

    • Nivaldo responder

      Olá, Fabricio. Depende de como você pretende organizar esse roteiro. Se vai fazer tudo de uma vez, indo de um destino pro outro, vai ser prático ter carro. Mas se vai sempre retornar a Santiago, essa escolha passa a perder em custo-benefício. Além do trânsito pesado, da falta de estacionamento e das garagens caras na capital. Sobre os destinos:

      Viña del Mar e Valparaíso: é muito fácil e barato ir de ônibus. E são cidades ruins pra dirigir e estacionar, especialmente Valparaíso. Tem metrô ligando uma à outra e à rodoviária de Viña.

      • Concha y Toro pode ir combinando metrô + táxi ou ônibus.

      Cajón del Maipo: a estrada até lá é sinuosa, montanha acima e tem muitos trechos de terra. Se tiver experiência em dirigir nessas condições, tudo bem, se não, é melhor ir num passeio, tem várias agências que fazer o tour.

      • Rancágua vou ficar te devendo, pois ainda não conheço.

      Se fosse eu, pegaria o carro apenas para Rancágua. E para passar por Viña e Valpo caso esteja a caminho de uma praia mais distante.

Comentários