Nem tudo que reluz é ouro. Se já está com viagem marcada, recomendo não chegar em Nova Iorque com as expectativas elevadas. Estamos acostumados a vê-la todos os dias em filmes e séries, mas a verdade é que o dia a dia de um turista classe média por lá não tem nenhum glamour. Sim, Nova Iorque pode ser ruim!

Depois de ver NYC em Friends, Homem-Aranha, Suits, Billions, Esqueceram de Mim, Ghost, O Lobo de Wall Street, Os Caça-Fantasmas e outras dezenas de clássicos, a realidade me pareceu mais próxima do que se passa em Tartarugas-Ninja. Selecionei apenas 7 coisas muito sinceras que você precisa saber antes de embarcar, para não se decepcionar tanto com Nova Iorque.

 

1. O metrô é quente como o inferno

A temperatura nas estações de metrô de NY pode ser mais de 10 ºC acima do que está na rua. Enquanto fazia 30 ºC a céu aberto, o The Guardian mediu 41 ºC na estação Brooklyn Bridge-City Hall. Na prática, ma pareceu bem pior. Mesmo viajando na primavera, com temperaturas abaixo de 10 ºC, bastava entrar numa estação para sentir cheiro de churrasco de gente. O suor escorre pelos poros. Mas não tem jeito, mesmo que o desodorante não resista, ele é a mais mais rápida e pratica para conhecer Nova Iorque.

Essa estação de metrô apareceu em Esqueceram de Mim 2. Chique né? Mas prepare-se para pingar suor aí dentro.

 

2. Os hotéis são absurdamente caros

Não tem hospedagem barata em Nova Iorque. Hotel é caro, hostel é caro, AirBnb é caro. Só comparando: a diária do meu AirBnb no Brooklyn foi mais cara do que num resort all-inclusive no Brasil. Isso num quarto sem banheiro, no quarto andar de um prédio velho sem elevador. Em Manhattan, espeluncas com nota inferior a 6 no Booking cobram mais de R$ 500 por quartos sujos cheios de manchas estranhas.

Aí você paga quase MIL REAIS por dia no AirBnb, e precisa subir 4 lances de escada padrão Nazaré Tedesco.

 

3. Você é bom em se segurar? Prepare-se para um mundo sem banheiros.

Para explorar NYC, é preciso andar muito e às vezes passar o dia inteiro na rua. O que significa beber água, comer, fazer xixi e outras coisas fora do hotel. Mas, com um volume assustador de gente necessitada, o comércio, mesmo restaurantes e cafés melhorzinhos, têm banheiros somente para funcionários. Em grandes redes de fast-food, banheiros têm senhas e cada um recebe a sua na nota fiscal da compra.

Gente, eu sei o que o hambúrguer do Shake Shack é até gostosinho, mas não tem privada suficiente pra todo mundo…

 

4. Pontos turísticos famosos são impraticáveis

Filas não são exclusividade de restaurantes da moda. Em NY, tem fila pra entrar no Empire State, fila na balsa para conseguir o melhor ângulo da Estátua da Liberdade e até fila para se fotografar junto a um touro sem graça, o tal do Touro de Wall Street. Pra mim, ver tanta gente se espremendo diante dele e da estátua da ‘Menina Sem Medo’ foi a comprovação de que o turismo pode gerar coisas muito estúpidas.

Em Pequim, digo, em NY, tem fila até pra tirar foto com estátua de boi. É o apocalipse turístico.

 

5. A famosa Little Italy foi engolida pela caótica China Town

Sabe aquela cena comum nos filmes de máfia, dos criminosos na pizzaria quase vazia? Ou do chefão pacatamente comprando frutas? Isso não tem mais como acontecer em Little Italy. Restou ao bairro somente uma rua, abarrotada de restaurantes com cara de armadilha pra turista e lojas de souvenir. A “China Tonwn” ao redor é igualmente sem charme, mas parece que os milhares de turistas não percebem.

Bem-vindos à Little Italy!

 

6. A Times Square é uma grande armadilha pra turista

Se as filas te incomodam e o mar de gente chega a dar náusea, nem passe perto da Times Square. Não sei como esse lugar surgiu e nem porque tanta gente fica parada ali. É basicamente uma rua de prédios altos e luminosos gigantes, lotada por turistas que parecem baratas tontas. Acho que ninguém entende o que foi fazer ali. Não tem nada de interessante ao redor, fora a esperança de que Os Vingadores desçam voando pra enfrentar um vilão de Pixels com o Adam Sandler. Lojas caras, restaurantes ruins, buzinação sem fim. Pra quem gosta de chocolate, a única coisa que salva é a Loja da M&M’s, que indicamos no Roteiro em NYC.

Gente, pra onde vocês tão indo?? Tão fazendo o que aqui??

 

7. O Brooklyn é mais legal do que Manhattan

Antes de viajar, eu queria por tudo me hospedar em Manhattan, para estar mais próximo dos pontos turísticos. Mas aí, hospedado no Brooklyn por ser levemente menos caro, todos os dias eu ficava feliz ao ir embora de Manhattan. Na ilha é tudo artificial e lotado demais. Já no Brooklyn parece que as pessoas realmente vivem ali, as pizzas são mais gostosas, as ruas menos lotadas, os bosques tem mais vida (e mais esquilos), nessa vida mais amores.

Pra começar, a foto mais bonita de Nova Iorque, você tira é no Brooklyn
E no bairro tem a Joe’s Pizza, onde o Peter Parker trabalhou no Homem-Aranha 2. Melhor e mais barata do que as pizzas do mesmo tipo em Manhattan.

Alguma dúvida ou dica de NY?

Se você ainda vai viajar, pode perguntar à vontade. Aqui as dicas são sinceras e sem rabo preso. E se você já conhece Nova Iorque, mande sua dica pelos comentários. Achou algo ruim, que não vale a pena, que é chato, que não merece o dinheiro e o tempo de mais turistas brasileiros? Então aproveita pra avisar todo mundo. Nova Iorque pode ser ruim, por isso é importante planejar bem a viagem.

Olha que legal essa mapa de turismo em Nova Iorque. Praticamente todas as atrações listadas nele fazem parte do nosso Roteiro em NYC. Clique aí pra ver. Boa viagem!
Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Chip Internacional: internet no celular em qualquer lugar do mundo

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

  1. muito legal o post! é sempre bom ver os dois lados da moeda. pois sabemos que todo lugar tem seus contras e geralmente ninguém expõe.

    tenho uma questão:
    o que vocês acharam no quesito “segurança” da cidade? os bairros são tranquilos pra andar a pé?

    • Nivaldo responder

      Obrigado, Caio! Sobre esse tema segurança, em breve teremos todos os detalhes no post de hospedagem em NYC. Mas já te adianto: andei somente em partes que achei muito seguras de Manhattan e do Brooklyn. Outros bairros como Queens e Bronx tem partes que outros viajantes não recomendam. Mas, só pro fazer um turismo básico, você não precisa sair da área mais tranquila.

Comentários