Os 5 documentos obrigatórios para viajar à França

Até o presente momento, brasileiros não precisam de visto para visitar a França a turismo. Mas é preciso ter atenção às regras de uma série de documentos e comprovantes, entre outras regras.

Antes de comprar sua passagem, confira esta lista com os documentos obrigatórios em viagem à França.

Se chegar pelo aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, a atenção deve ser redobrada, pois trata-se de uma das imigrações mais rigorosas da Europa.

A França atualmente, em 2024, também não exige a apresentação do CIVP e estão interrompidas as regras sanitárias relativas à COVID-19, como comprovantes de vacinação ou recuperação, segundo comunicado do Consulado da França em São Paulo.

Documentos necessários em viagem à França

A França é um país do Espaço Schengen e possui leis imigratórias comuns com os demais membros, como as regras de passaporte e seguro viagem, mas algumas regras são específicas para o território francês, como os valores de comprovação financeira.

De acordo com os requisitos oficiais para entrada como turista em território francês, listados pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil, detalhei e incluí experiências pessoais para clarificar as regras sobre as documentações necessárias.

Caso seja uma viagem a trabalho ou estudo, as obrigatoriedades pode sem diferentes, de acordo com cada caso. Abaixo, documentação relativa somente a viagens de turismo.

1. Passaporte válido • Obrigatório na França

Este é o mais importante documento de qualquer viajante internacional. É sempre cobrado pelo fiscal da imigração na França.

Atenção à validade: seu passaporte deve ter, no mínimo, 3 meses de validade na sua data de saída da França ou do Espaço Schengen. Exemplo: se o seu voo de volta é no dia 30 de maio, seu passaporte deve ser válido pelo menos até 30 de agosto.

Como solicitar o passaporte

A Polícia Federal é o único órgão emissor de passaporte comum no Brasil. Faça a solicitação no site oficial da Polícia Federal, mediante taxa de R$ 257,25 para o passaporte comum.

Devido à possibilidade de atrasos, a Polícia Federal recomenda a compra da passagem apenas quando já tiver recebido o passaporte. Dúvidas? Consulte o Portal Consular.

2. Seguro viagem • Obrigatório na França

Assim como os demais Países Schengen, a França exige o comprovante de seguro viagem dos portadores de passaporte brasileiro. Deve ser um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros, ou equivalente em outra moeda, válido durante tudo o período de permanência no país ou no Espaço Schengen.

Além de ser obrigatório, o seguro viagem pode te livrar de altos gastos imprevistos, por exemplo com consultas médicas e odontológicas. De acordo com as coberturas do seu plano, também pode receber indenização em caso de extravio de bagagem e cancelamento de viagem, entre outras.

Apesar de ser um documento obrigatório para viajar à França, o comprovante de seguro viagem nem sempre fiscalizado. Já passei pela imigração no Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, entre outros em países do Espaço Schengen, e nunca me solicitaram comprovante de seguro. Mas não se arrisque, faça seu seguro antes de viagem.

3. Passagem de volta • Obrigatório na França

Diferente do seguro, a passagem de volta ao Brasil ou de saída do Espaço Schengen é comumente fiscalizada na chegada à França. Também pode ser aceita a comprovação financeira para a compra da passagem na data prevista.

Observe que não precisa ser necessariamente uma passagem de avião de retorno ao Brasil. Exemplo próprio: já apresentei passagem de trem para saída do Espaço Schengen, e foi aceita na imigração.

  • O tempo máximo de permanência nos países membros do Espaço Schengen, incluindo a França, é de no máximo 90 dias. Exemplos: você pode ficar até 90 dias corridos na França, ou 50 dias na França e 40 dias na Holanda.

4. Comprovante de hospedagem • Obrigatório na França

Tenha com você o comprovante de hospedagem na França. É um documento ocasionalmente cobrado na imigração.

Não precisa mostrar os hotéis ou endereços que ficará durante toda a viagem, caso vá também para outras cidades além de Paris. Já passei algumas vezes por essa situação, e o fiscal se deu por satisfeito apenas com o endereço dos primeiros dias de hospedagem.

Pode ser a reserva do hotel ou do Airbnb, entre outros meios de hospedagem pagos.

Caso vá para a casa de algum amigos ou familiar que mora na França, é recomendável ter um carta convite, assinada por seu anfitrião, com o endereço e a cópia do passaporte do mesmo.

5. Comprovante financeiro • Obrigatório na França

A apresentação de comprovantes financeiros pode ser solicitada na sua chegada à França. O site oficial do Governo da França, Frances-Visas, especifica os seguintes valores e condições em 2024:

  • 65 euros por dia em caso de apresentação de reserva de hotel;
  • 120 euros por dia em caso de não apresentação de reserva de hotel;
  • 32 euros por dia em caso de hospedagem em casa de amigo ou familiar

Entre os comprovante financeiros aceitos na França, estão dinheiro em espécie, limite no cartão de crédito internacional, extrato bancário e saldo em cartão de viagem pré-pago.

Atualmente a forma mais econômica de levar dinheiro à França, é por meio de um cartão em Euros ou multimoedas, como o Cartão Wise, que cobra apenas 1,1% de taxa de IOF, bem menos que os 4,38% dos cartões convencionais. E ainda oferece melhores taxas de câmbio.

Chip internacional de celular • Recomendável na França

Antes de embarcar a Paris, solicite pela internet seu chip internacional pré-pago, para usar seu celular na França.

Na minha viagem, fui com um chip Casa do Chip, empresa parceira do blog, que oferece conexão 4G ou 5G na Europa. Já testei e gostei da qualidade do sinal.

Também é possível adquirir um eSim, o que fica ainda mais barato, pois não é preciso gastar com taxa de entrega.

Vai para outros países na Europa além da França? O mesmo chip pode ser válido em todo o território europeu. Basta comprar um pacote com a duração total da viagem, de olhos nas regras e territórios com cobertura.

Reserve o que for necessário para sua viagem à França

Com a documentação resolvida, organize outros aspectos da sua viagem a Paris e outros destinos na França e na Europa.

Aqui no blog você encontras os melhores sites para reservar passeios, hotéis, seguro viagem, passagem e outros itens necessários.


Fotos: Maksim Shutov (CC).

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem

  • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
  • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

  1. Oi Nivaldo. tudo bem?
    França está exigindo algum documento relacionado a Covid?

    1. Oi Vanessa. Imigração normal na França, sem nada relacionado aos tempos de pandemia. Fui neste ano em março a Paris, e apresentei apenas a documentação padrão. Boa viagem!