Tá rolando a #MuseumWeek2018. Uma campanha mundial, que no Brasil tem o apoio da RBBV. Logo eu, que não sou cata museu e dificilmente visito algum nos museus roteiros, resolvi participar. Isso porque o Museu Botero, em Bogotá, me conquistou com méritos. E a entrada ainda é gratuita.

Mas o que tem de tão especial no Museu Botero? Pra começar, a obra do Fernando Botero, claro. Nascido em Medellín em 1932, ele é pintor e escultor. E é difícil dizer qual das duas coisas ele faz melhor.

O estilo do Botero é inconfundível: ele pinta e esculpe figuras arredondadas. Gordinhas. Principalmente mulheres. Também tem muitos animais na sua obra, como cavalos. Suas paródias de obras famosas conseguem ser mais legais do que as “originais”. E digo mais. Se ele tivesse começado na era da internet, sem dúvida seria famoso no Instagram. (Antes de embarcar, leia 15 dicas de viagem para a Colômbia)

Informações práticas sobre o Museu Botero

• Acervo: 123 obras de Fernando Botero e 85 obras de artistas internacionais, incluindo pinturas de Pablo Picasso e Gustav Klimt.

• Horários de funcionamento:  segundas a sábados, das 9h às 19h, exceto às terças, quando o museu é fechado.  Domingos e feriados, das 10h às 17h.

• Endereço: Calle 11, 4-41, La Candelaria – Perto da Plaza Bolívar

• Preço: grátis

 

Alguns quadros e esculturas do Museu Botero

Obras famosas do artista estão expostas nos salões do museu. Por exemplo, a paródia que ele fez da Mona Lisa, do Da Vinci. Também está presente seu auto-retrato mais conhecido. Achei o museu tão legal, que nem perdi muito tempo tirando fotos. Aliás, é melhor ver pouco agora, assim você terá boas surpresas ao visitar seus salões.

A Mona Lisa do Fernando Botero, mais simpática que a de Da Vinci.
Pequena escultura de pássaro em bronze, quase similar ao seu El Pájaro de la Paz, que Botero doou a Medellín.
Auto-retrato de Botero, enquanto pinta mulher

Quatro museus em um, todos grátis

Só por sua obra, já considero o Museu Botero o melhor museu de Bogotá. Mas ele tem outras coisas legais, como o fato de ser colado a outros museus, todos com entrada grátis. No mesmo complexo, você pode acessar o MAMU (Museu de Arte Miguel Urrutia), a Casa de La Moneda e o Museo de Arte del Banco de la Republica.

Cafés, jardim e localização privilegiada

E se por acaso se cansar de olhar quadros e esculturas, você pode se sentar com vista para o belo jardim. Ou aproveitar o café interno. Do lado de fora, tem um Juan Valdés logo na esquina.

Tudo isso em um dos melhores pontos de La Candelaria, no meio do caminho entre a Plaza Bolívar e a Plazoleta Chorro de Quevendo. Sério, são apenas 5 minutos de caminhada para um lado ou outro. E apenas dois quarteirões abaixo, está o restaurante La Puerta de la Catedral, um dos melhores de Bogotá e excelente lugar para comer as melhores comidas típicas da Colômbia.

Sim, tudo isso fica perto do Museu Botero

Rua de La Candelaria, com montanha ao fundo
Prato Frijoles Ranchero, no restaurante La Puerta de la Catedral
Rua paralela ao museu, com vista para a Casa de José María Vergara y Vergara

Além de ser um museu realmente muito legal, cheguei lá com a expectativa baixa.  Isso porque eu tinha acabado de visitar o Museo del Oro, que é pago, muito mais famoso e não achei nada interessante.

Para quem está planejando um roteiro em Bogotá e não tem tempo a perder, vale a pena visitar o Museu Botero. E para você viajar na leitura por museus em outras partes do mundo, dê uma olhada na lista da #Museumweek2018 aqui embaixo.

Mais museus nos blogs participantes da Museum Week 2018

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Get Your Guide: ingressos e tours para atrações no mundo inteiro

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

14 Comments

  1. Reserva Agora 300x250
  2. Adorei o post! Essa foi atração que mais gostei em Bogotá! Também estive no museu do Ouro e como você não me agradou tanto assim. As obras de Botero são super interessantes e o museu em si muito agradável de passear. Amei o jardim.

  3. Que legal Nivaldo! Meu irmão está planejando uma viagem para a Colômbia, vou falar para ele deste post! Valeu!

  4. Carol Miranda responder

    Adoro visitar bons museus e esse parece tudo de bom!As obras de Botero são incríveis. Dica anotada

  5. Amei o Museu Botero, mas como sou rata de museu, não conta rsrs, brincadeira à parte, concordo com tudo o que vc disse, localização privilegiada e pertinho dos doces do La puerta, hummmm, me fez voltar no tempo agora…

  6. Quero muito viajar pra Colômbia!!! E esse museu já estava na lista antes mesmo de saber que era gratuito e que tinha obras de outros artistas além de Botero!! rs

  7. Emilia Brito responder

    Também acho as obras de Botero de uma genialidade única, e seu post super me instigou a querer visita-lo!

  8. Eu ando louca de vontade de Colômbia e esse museu certamente está na minha lista de desejos, afinal Botero merece muitas reverências. Obrigada por compartilhar com tanta riqueza esse museu show.

  9. Tá brincando que você não frequenta muitos museus rsrsrs. Adorei o post! Tenho vontade de ir a este museu!

  10. Oi Nivaldo, adorei esta dica. A Monalisa gordinha é realmente bem famosa, e eu na minha ignorância nem sabia que o autor é hermano Colombiano. E museu grátis então!? A gente adora né… Dica anotada!

Comentários