Califórnia

Napa Valley: conheça as melhores vinícolas da Califórnia

Tudo para visitar Napa Valley sem gastar muito. Saiba como ir de carro, tipos de excursões, preços, melhores vinícolas, degustações e o que vale a pena visitar.
Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Napa Valley, perto de San Francisco, é um destino praticamente obrigatório para os amantes de vinho. A região é como se fosse a Disney dos adultos: um complexo de parques com espaços e atrações diferentes em cada vinícola. E o melhor, são todos vinhos dos bons. O condado de Napa Valley é considerado um dos 10 melhores destinos do vinho no mundo.

Se você já imaginou seu dinheiro evaporando ao ler a palavra vinho, fique tranquilo. Apesar de ser um passeio phyno, não precisa ser rico pra chegar lá e degustar pelo menos duas levas de deliciosos vinhos da região. Mas se você aprecia muito a coisa, é o melhor lugar para esbanjar, então prepare o bolso.

Como chegar em Napa Valley – Ir da carro ou tour?

O condado fica entre 1 e 2 horas de distância de San Francisco. Não tem como ir de transporte público, mas você pode contratar um tour ou alugar um carro, o que sai mais barato se estiver em grupo de quatro ou cinco pessoas.

Como sou mais simplinha, o passeio que fiz foi de bate e volta, com mais 4 amigos. Tínhamos um grupo diverso, com pessoas que eram apaixonadas por vinho e outras que nem bebiam, e acho que isso facilitou nossas decisões do dia, que foram bastante equilibradas. Alugamos um carro que custou U$75 (já com gasolina) e saímos de San Francisco por volta de 8h da manhã. Chegamos em Napa às 9h30. Pegamos a estrada que passa pela Golden Gate, porque queríamos ver a ponte maravilhosa.

Mapa com estradas de San Francisco para Napa Valley

Tipos de tours para Napa Valley

Se preferir comprar um pacote de excursão, saiba que existem diferentes opções, da visita mais simples até opções luxuosas, como percorrer as vinícolas em limusine.  Algumas experiências são mais caras e a última delas exige muito esforço físico.

Aliás, indico que vá num tour se não tiver alguém sóbrio pra dirigir ida e volta, porque vai que anima e fica todo mundo bêbado, né? E se você adora vinho, vale a pena passar 2 dias por lá, porque tem muito lugarzinho pra conhecer, muito vinho pra degustar e, principalmente, muita beleza natural pra curtir aos poucos.

– Tour em Napa Valley de limousine

Se quiser esbanjar, tem como visitar Napa de Limousine. Algumas empresas da Bay Area oferecem esse serviço que dura por volta de 10 horas e custa cerca de U$450. Básico, né? Outro jeito bom, são os tours privados que custam caro também, mas evitam que você vá em vinícolas que não valem a pena.

– Tour em Napa Valley de Bicicleta

Se for atleta da bike e animar fazer o trajeto na raça, acho que terá o menor custo possível. Na volta, vimos algumas pessoas pedalando. Mas, sinceramente, apesar de gostar de pedalar, eu não faria por conta da estrada, que é estreita e cheia de subidas e descidas.

– Outros tours para Napa Valley

Aqui abaixo você vê passeios para Napa vendidos pela Get Your Guide, agência de turismo on-line que é parceira do Buenas Dicas. Eles realizam as atividades por meio das melhores operadoras locais.

Roteiro de 1 dia em Napa Valley – Melhores vinícolas e lugares pelo caminho

Subir Santa Helena Highway, chegar até Calistoga e descer pela Silverado. Essa foi a rota escolhida e a seguir estão as vinícolas visitadas e outros lugares de interesse turísticos.

– Welcome Center – Informações turísticas

Chegando em Napa, nossa primeira parada foi no Napa Valley Welcome Center. A cidade ainda estava toda muito calma, porque as coisas começam a abrir às 10h no final de semana, mas essa lojinha de informações turísticas já estava aberta. A nossa passagem por lá foi ótima, porque ganhamos cupons de 50% de desconto pra vinícola Raymond. Já nos sentimos presenteados. Nessa loja você pode pedir informações sobre o trajeto, comprar um mapa detalhado e outras coisas turísticas.

– Passeios de balão por Napa Valley

Descobrimos nesse momento que os passeios de balão se encerravam às 9 a.m. Então, se o seu plano é ver Napa de cima, é preciso agendar com antecedência em sites como o Balloon Rides e talvez pensar em um planejamento diferente de horários e dias.

Começamos nosso tour pelo caminho sugerido de subir a Santa Helena Highway até Calistoga e descer pela Silverado Trail. São tantas vinícolas, que, se for passar apenas um dia, fica até difícil escolher. Mas eis o nosso passeio, que pra mim foi ótimo.

– Como é a degustação de vinhos

A degustação pode acontecer de várias formas, mas a mais comum é no balcão da vinícola. Algumas vezes você escolhe o que quer beber, outras vezes o menu é escolhido pela vinícola. Em geral, são servidas de 3 a 5 taças com doses pequenas.

Vinícola Domaine Chandon

Essa é uma vinícola da Chandon, super lindinha e chique. Ela tem um espaço externo muito agradável, cheio de muito verde e aconchegante. No cardápio, eles oferecem degustações diferentes, de acordo com o passeio. No blog Hotel California tem muitos detalhes da vista.

Vinícola Raymond Vineyards

O brinde que ganhamos foi pra pagar metade do preço em uma das degustações dessa vinícola. Ela é toda bonitinha, com uma entrada artística e com possibilidades de tomar seu vinho em vários ambientes. Caso tenha interesse em reservar uma das salas, é interessante já deixar agendado. Elas são de estilos muito diferentes, mas todas são super interessantes.

Fizemos uma degustação aqui por $15 que valeu muito a pena. A degustação começou do vinho branco/rosé mais leve até chegar ao tinto mais denso. Uma delícia.

No final do passeio nessa vinícola, você pode ver uma pequena demonstração da área verde deles. Tem alguns poucos bichos nessa área de visitação do público.

Vinícola V.Sattui

Quando passamos em V. Sattui aproveitamos pra descansar um pouco e planejar o almoço. Dentro da vinícola tem um espaço charmosíssimo de piqueniques. Você pode levar coisas pra fazer seu lanche com amigos, mas se for utilizar alguma das mesas, é importante que consuma algo. Como tínhamos acabado de beber, só sentamos um tempinho nesse espaço super agradável enquanto decidíamos o próximo passo.

A famosa placa de Napa Valley

Antes de chegar em Santa Helena, você vai passar por esse marco de todas as fotos de quem visita o Vale de Napa: a famosa placa. Claro que vale a pena tirar mil fotos. De graça, ó.

Santa Helena

Fomos pra Santa Helena, porque descobrimos que era o lugar com mais opções de restaurantes e mercados. Confesso que essa hora não foi tão fácil. Acabamos almoçando no Market. Antes passamos em alguns cafés e no Cook pra avaliar cardápios. Como é uma rua só, sugiro que estacione e façam uma caminhada pra decidir onde ficar. São poucas opções e os preços não são muito convidativos.

Em Santa Helena você vai se sentir super refinado ou muito pobre. As lojas são na maioria galerias de arte ou jóias. O preço das roupas é um absurdo. Mas é tudo muito limpo e bonito, como o dinheiro é capaz de tornar. :)

Castelo di Amorosa e sua vinícola

Como demoramos um bocado na ruazinha delícia da riqueza, acabamos visitando o Castello di Amorosa em seguida, mais pro meio da tarde. Um castelo europeu no meio da Califórnia. Essa vinícola em estilo italiano do século 13 tem um tour guiado que é mais salgado de bancar. E infelizmente, não é possível nem entrar pra ver como é por dentro, se não pagar pela degustação e passeio.

O ticket só pela entrada é U$30 e para tours guiados é de $45 a $50. Dentro tem 2 degustações de vinhos diferentes e uma loja de presentes. Fora do castelo, o visual é incrível e tem um monte de bicho. Até pavão tem aqui. É um bom lugar pra pausar e relaxar mais um pouco.

As vinícolas do Napa Valley costumam fechar entre 17 e 18h, ou seja, é bom que você defina onde quer parar antes de ir, porque cada lugar é de uma beleza única que merece sua pausa e contemplação.

Voltamos pela Silverado e estávamos todos muito cansados pra ver mais coisas. Precisaríamos de mais um dia pra visitar as vinícolas no caminho de volta. Pegamos a Golden Gate novamente pra ver se tinha alguma chance de ver o sol se por às 19h na praia próxima, mas era um daqueles dias cheios de neblina cobrindo a ponte, infelizmente.

Vale a pena visitar Napa Valley?

Demais! Mesmo sem muita grana pra dispor, o passeio todo me custou 40 dólares, com 1 degustação só. Se eu fosse a alucinada dos vinhos, com certeza iria me planejar pra passar 2 dias conhecendo pouco a pouco cada cantinho e me embebedando. É um ótimo passeio que pode ser um tour romântico, de amigos ou de despedida de solteiro (imagina isso, que loucura). Isso me custaria algum rim, mas me faria extremamente feliz.

Cada vinícola tem sua personalidade e merece uma pausa, mesmo pra quem não curte vinhos, é um passeio muito agradável e relaxante.

Mais dicas de San Francisco e Califórnia:

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Chip Internacional: internet no celular em qualquer lugar do mundo

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Pago de blogueirinha ripe, mas tô lançando a moda tilelê-geek. Sou designer de formação, peregrina por opção, cidadã do mundo de coração. Amo viver novas experiências, principalmente se forem mágicas e transformadoras.

2 Comments

  1. A D O R E I A S D I C A S! Sou amante de vinho e estava buscando uma nova aventura para conhecer outros vinhos! Obrigada e parabéns pelo trabalho. 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

    • Livia Holanda responder

      Que coisa boa, Ana! Se tiver qualquer dúvida e eu puder ajudar, só chamar! ;)

Comentários