Montevidéu

O que fazer em Montevidéu: dicas, pontos turísticos e passeios imperdíveis

Tudo para planejar sua primeira viagem ao Uruguai. Da chegada no aeroporto, até os principais pontos turísticos.

Capital e maior cidade do Uruguai, Montevidéu é uma cidade grande com ares de interior. Relativamente segura e cada vez mais voltada ao turismo, lá estão atrações que não podem faltar no seu roteiro. Entenda aqui o que fazer em Montevidéu, com dicas de passeios, pontos turísticos e lugares imperdíveis.

Além desse guia de atividades em Montevidéu, aqui também estão dicas gerais para planejar melhor a vigem e o roteiro, incluindo informações sobre transporte, segurança e câmbio de moeda, entre outras.

Sobre Montevidéu:

  • População: 1,4 milhões de habitantes;
  • Fundação: 1724 – 296 anos de idade em 2020;
  • Fuso Horário: GMT –3, igual ao horário de Brasília;
  • Curiosidade: já foi avaliada como a cidade sul-americana com melhor qualidade de vida.
  • Melhores regiões: para hospedagem, veja nosso artigo Onde ficar em Montevidéu

Dicas de Montevidéu

Onde fica o letreiro de Montevidéu: Rambla Peru, no final da Praia de Pocitos.

Antes de partir para as atrações, recomendo ver estas dicas rápidas para planejar sua viagem a Montevidéu sem passar perrengue. Com elas você vai economizar tempo e dinheiro desde o primeiro dia no Uruguai.

Câmbio e que moeda levar

A moeda oficial do país é o Peso Uruguaio. Compensa mais fazer o câmbio em solo uruguaio, trocando direto de Real para Peso. Evite cambiar no aeroporto, onde a cotação costuma ser péssima.

Tem casas de câmbio por toda a cidade, em bairros como o Centro, Punta Carretas e Pocitos. Já troquei na Cambio Gales e gostei do local, bem estruturado e na ocasião o Real estava com boa cotação.

Chegada no Aeroporto de Montevidéu

O Aeroporto Internacional de Carrasco fica a 20 km de distância dos principais bairros de Montevidéu, como Pocitos. A corrida do táxi oficial e único permitido no aeroporto custa em média o equivalente a R$ 150. Melhor custo-benefício tem a van, que custa o equivalente a uns R$ 40 por pessoa. Mais detalhes e agendamentos no site oficial.

Na volta, fica mais barato ir de táxi, pois pode pegar o táxi comum. Neles, uma corrida até o aeroporto vai ficar na faixa nos R$ 70 em média. Uber funciona normalmente em Montevidéu, mas pra chamar no aeroporto tem os clássicos problemas com taxistas e locais de embarque. (Última viagem em 2019. Se alguém tiver atualizações quanto a Uber e outros apps de transporte, comenta aí).

Transporte em Montevidéu

Montevidéu não tem metrô. Táxi é relativamente barato e funciona bem à moda antiga, erguendo o braço para o carro que passa com bandeira livre. Uber e Cabify são abundantes, e pode utilizar o mesmo app que usamos no Brasil. Em nenhum momento precisei usar ônibus. Se quiser gastar pouco, o blog Mineiros na Estrada explicou bem como pegar ônibus em Montevidéu.

Mas, sinceramente, a melhor forma de se deslocar é a pé. Montevidéu é uma ótima cidade para caminhar. As ruas dos bairros centrais são arborizadas e tranquilas. E ainda tem o calçadão das ramblas, que são um convite para longas caminhadas à beira do Rio-Mar.

Segurança em Montevidéu

O Uruguai costuma liderar rankings de segurança e qualidade de vida na América do Sul. Montevidéu inclusive já figurou em alguns índices como a capital menos violenta do continente.

Há controvérsias? Sempre. Particularmente, achei muito seguro andar nas ruas de Montevidéu. Mas muitos viajantes não recomendam andar à noite pelo Centro. E de uns anos pra cá, vi algumas notícias de roubos e crimes violentos em Montevidéu, inclusive a morte de um turista brasileiro durante um tiroteio.

Por isso, apesar de estar num país bem mais seguro do que o Brasil, ande com atenção pelas regiões turísticas e fique esperto com os seus pertences assim como se estivesse na sua cidade.

O que fazer em Montevidéu: principais pontos turísticos e passeios

Antes de tudo, entenda que é preciso ficar no mínimo 2 ou 3 dias inteiros em Montevidéu para conseguir visitar os principais pontos turísticos e fazer passeios essenciais. O que é perfeito para uma viagem de fim de semana, por exemplo. Confira nossas dicas de Montevidéu:

1. Las Ramblas

Não tem mar em Montevidéu. Mas isso não parece verdade quando a gente olha as praias da cidade e a vista infinita sobre o estuário do Rio da Prata. E na cidade não faltam lugares para passear curtindo esse atípico litoral.

Praticamente toda a orla do Montevidéu é acompanhada por largas avenidas de trânsito rápido, as chamadas Ramblas. Quase todas elas tem um calçadão com ciclovia. Ótimo lugar para passear e curtir um fim de tarde como os locais, bebericando seu mate.

Gostei bastante de caminhar na Rambla República Argentina, perto do Centro. Mas sem dúvidas a rambla mais conhecida e frequentada é a Rambla República del Peru, onde fica a Praia de Pocitos. Aliás, se for para Montevidéu no verão, melhor levar roupa de banho para curtir um dia de praia.

2. Puerta de la Ciudadela

A Porta da Cidadela marca o início do Centro Histórico de Montevidéu. Ela simboliza a muralha construída pelos espanhóis, que protegia a região mais importante de Montevidéu no século XVIII. Embora a muralha original tenha sido demolida, esse portal foi construído à semelhança da histórica estrutura de defesa.

Visita à Porta da Cidadela: ela fica na extremidade da Plaza Independencia, perto do Museu Torres Garcia. Passar por ela é a melhor forma de entrar no principal bairro turístico de Montevidéu, a Cidade Velha.

3. Cidade Velha (Casco Viejo)

Antes de conhecer cada atração especificamente, vale a pena dar uma volta geral pelo Casco Viejo de Montevideo, como é chamada a região do Centro Histórico da Cidade.

Roteiro no Centro Histórico de Montevidéu: é na Cidade Velha que estão os prédios antigos mais bonitos e os museus mais importantes de Montevidéu. E suas ruas, algumas delas exclusivas para pedestres, são cheias de bares e restaurantes tradicionais. Um deles é o Jacinto, de ambiente simpático e comida gostosa. O melhor jeito de explorar a região é a pé, de olho no mapa pra não perder nenhum lugar importante.

4. Mercado del Puerto

Não tem como falar sobre o que fazer em Montevidéu, sem indicar uma visita ao Mercado del Puerto. Mas se você é vegano, é melhor pular esse parte do texto.

O Mercado del Puerto é uma espécie de mercado público dedicado à carne, particularmente ao churrasco na parrilla, à moda uruguaia. O espaço concentra diversos restaurantes. São grades e mais grades de carne assando ao mesmo tempo, praticamente o dia inteiro.

Mas assim, cá entre nós, eu não gostei das comidas que provei. Como é um dos lugares mais turísticos da cidade, pouco frequentado por moradores, a qualidade acaba ficando de lado. Embora não dê pra negar que, para carnívoros, é um dos principais lugares para conhecer em Montevidéu.

5. Plaza Independencia

Localizada no início do Centro Histórico, a Plaza Independência é a principal praça de Montevidéu. Passar por ela é essencial para um roteiro completo. Foi inaugurada em 1840 e ao seu redor estão os principais edifícios públicos e culturais do Uruguai, como o Museu da Presidência, o Palácio Salvo e o Museu do Tango. No centro da praça, está a estátua de José Artigas, herói nacional e considerado o fundador do Uruguai.

5. Museu da Casa do Governo – Palácio Estévez

Em frente à Plaza Independencia, esse edifício do século XIX foi durante muitos anos a sede da Presidência do Uruguai. Quando o gabinete presidencial mudou de endereço, o local foi transformado em museu, guardando um rico acervo da história do Uruguai, como documentos, fotos e uniformes do exército, entre outros.

Visita ou Museu da Casa do Governo: fiz essa visita e acho que vale a pena. Além de interessante e em localização central, a entrada é gratuita. Além de ser uma atividade histórica e cultural que não vai impactar em tempo no seu roteiro.

6. Teatro Sólis

Projetado à semelhança de teatros italianos, o Sólis é o mais famoso e importante teatro de Montevidéu e de todo o Uruguai. Foi inaugurado em 1856 e desde então recebe as principais peças de teatro, óperas e concertos no país. Fica em frente à Plaza Independencia, então é fácil incluir no roteiro.

Visita ao Teatro Sólis: a visita guiada acontece de terças a domingos, às 11h, 12h e 16h. Custa o equivalente a R$ 11. Mas não deixe de conferir a agenda oficial para ver se tem algo em cartaz na época da sua viagem.

7. Palacio Salvo

Com 95 metros de altura e 27 andares, foi durante algum tempo o prédio mais alto do Uruguai e da América do Sul. Por sua arquitetura, história e localização privilegiada, no coração da cidade, se tornou um dos principais pontos turísticos de Montevidéu.

Visita ao Palacio Salvo: é possível conhecer o interior do edifício numa vista guiada, que percorre alas históricas e termina no mirante no topo do prédio. Custa o equivalente a R$ 20. Tem todos os detalhes no blog Viver Uruguay.

8. Fortaleza General Artigas (Fuerte del Cerro)

Museu General Artigas – Foto: MunicipioA

Se você gosta de história, esse é um dos pontos turísticos imperdíveis em Montevidéu. Construída numa colina junto ao Rio da Prata, a 132 metros acima do nível do mar, foi a última fortaleza erguida no Uruguai pelo Império Espanhol. Tem pouco mais de 200 anos de idade e sua principal função era proteger o farol. Além de oferecer uma das melhores vistas de Montevidéu, no local hoje funciona o Museu General Artigas, que guarda relíquias da época.

Visita ao Forte do Cerro: a 12 km de distância do Centro de Montevidéu, a fortaleza é um passeio que demanda mais tempo. Aberto para visitas somente de quartas a domingos. Mais detalhes, como preços, horários e fotos, também no Viver Uruguay, blog especialista em Montevidéu.

9. Shopping Punta Carretas

Já pensou fazer compras no prédio de uma prisão? Em Montevidéu isso é possível. O Shopping Punta Carretas, um dos principais da cidade, funciona no mesmo edifício da antiga penitenciária. Foi nela que ex-presidente Pepe Mujica passou 14 anos como preso político da ditadura militar no Uruguai. Obviamente o interior foi todo remodelado, mas a fachada continua a mesma dos tempos de presídio.

Visita ao Shopping Punta Carretas: com cinema e praça de alimentação, localizado num dos melhores bairros de Montevidéu, o Punta Carretas é um bom lugar pra fazer compras e sair um pouco do roteiro turístico.

10. Degustação de vinhos em bodegas

Aos poucos o Uruguai vem se tornando um importante destino de enoturismo na América do Sul. A principal região produtora de vinhos no país é Canelones, a 50 km de distância da capital. Mas é possível visitar bodegas e fazer degustações no próprio município de Montevidéu.

Entre as bodegas perto de Montevidéu, a Bodega Bouza é uma das mais visitadas e com melhor estrutura. Também na região metropolitana, os vinhos da Bodega Carrau são bastante elogiados. Para entender mais sobre os passeios a vinícolas e enoturismo no Uruguai, recomendo ler este artigo no Blog do Vinho.

Como visitar os pontos turísticos de Montevidéu

Como falei no início, Montevidéu é uma ótima cidade para caminhar. Muitas atrações estão próximas, principalmente entre o Centro e o Casco Viejo, então dá pra combinar vários lugares de uma vez.

Eu fiz tudo por conta própria e achei tranquilo. Mas, se preferir facilitar os passeios e atividades, pode utilizar uma agência de turismo. Por exemplo, se tiver pouco tempo em Montevidéu, pode embarcar num city tour e passar pelos principais pontos turísticos. Inclusive por lá circulam muitos daqueles ônibus turísticos com teto aberto.

Também é possível alugar um carro. Tem muitas locadoras na cidade e no aeroporto. Mas, se a ideia é fazer um turismo urbano, não compensa, devido ao trânsito e à dificuldade para estacionar. Agora, se pensa em fazer um tour pelas praias do Uruguai ou esticar até outros destinos como Punta del Este e Colonia del Sacramento, aí sim vale a pena estar motorizado.

O que achou das nossas dicas de Montevidéu? Se ainda tiver dúvidas, basta comentar que eu respondo o mais rápido possível. E boa viagem!

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
  • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

→ Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem

→ Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

→ Chip internacional de dados e voz com  15% de desconto  se usar o cupom CHIPMAISBARATO.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

1 Comment

  1. Michel Pouvoir responder

    Um passeio imperdível em Montevideo é o Museo de Artes Decorativas, na Ciudad Vieja.

Comentários