O que fazer em um dia em Montevidéu? Pra começar, saiba que não é preciso mais do que isso para percorrer os principais pontos da cidade. Leia este mini-guia e veja como explorar a cidade. E se ainda estiver planejando a viagem, veja aqui onde ficar em Montevideo.

A capital uruguaia conquista o visitante mais por sua tranquilidade do que por qualquer atração específica. Especialmente ao longo de sua orla, que proporciona excelentes vistas para o Rio da Prata, o mesmo que também banha sua vizinha Buenos Aires.

Com a diferença de que em Montevidéu o rio é um verdadeiro mar.

PRAIA_MONTEVIDEU
Sim, existe praia em Montevidéu.

Aliás, comparar Montevidéu à capital argentina é sempre interessante.

Repleta de carros antigos, estátuas de seus heróis e casarões centenários, Montevidéu parece uma Buenos Aires parada no tempo, cheia de charme.

PLAZA_ENTREVERO_MONTEVIDEU

Até mesmo o ritmo das pessoas nas ruas parece ser de uma outra época, onde a pressa não tinha lugar. Um dos motivos, talvez, seja por Montevidéu ser a capital de um país predominantemente agrário e não receber um fluxo muito grande de turistas. E, numa cidade grande, com uma linda orla e ritmo de interior, parece que tudo fica mais gostoso.

Falando em sabor, um boa pedida num dia em Montevidéu, é saborear os principais pratos da culinária uruguaia.

Pratos típicos do Uruguai

No café da manhã e em qualquer sobremesa, é sempre hora de saborear um delicioso doce de leite uruguaio. São bem parecidos com os argentinos, mas com um toque mais caseiro.

CHIVITO_URUGUAI_MONTEVIDEU
E aí, vai encarar o chivito?

Para aqueles com apetite selvagem, a dica é experimentar o Chivito. O mais tradicional prato do país, um sanduíche de carne e outros ingredientes (geralmente salada, ovo e maionese) , costuma ser de tamanho exagerado.

Mas a verdadeira paixão nacional – além do futebol e do mate –, é o típico e suculento churrasco uruguaio.

Um ótimo lugar para comprar e provar as delícias gastronômicas do Uruguai é o Mercado del Puerto, um enorme galpão na região do porto da cidade, cheio de restaurantes, especialmente especializados em carnes. Ou, como chamam por lá, “asado de carne vacuna”.

São dezenas – talvez centenas – de parrillas acesas e algumas barraquinhas do lado de fora, vendendo desde artesanatos aos mais clichês dos artigos turísticos.

Se quer entender mais a gastronomia do país, vale a pena ver: 7 comidas realmente típicas do Uruguai.

Ciudad Vieja – Onde ir no centro de Montevidéu

PLAZA_INDEPENDENCIA_MONTEVIDEU
Esse é o cara no Uruguai: Jose Artigas.

A dica é seguir até o Mercado del Puerto andando, num passeio que passa pelas principais atrações históricas e culturais da cidade, como a Plaza Independencia – em cujo centro está uma grande estátua de José Artigas, principal herói do uruguaios. (Entenda um pouco mais da história do Uruguai).

Ao redor da Plaza Independência e em suas imediações, estão importantes atrações, como:

Palacio Estévez – Ex-sede do governo, o prédio hoje abriga um museu que conta a sangrenta história dos governantes do país,

Palácio Salvo – Com 95 metros de altura, foi criado pelo arquiteto italiano Mario Palanti e inaugurado em 1928. Permaneceu por muitos anos como o edifício mais alto da América do Sul.

TEATRO_SOLIS_MONTEVIDEU

Teatro Sólis – Inaugurado em 1856, é palco de importantes obras desde então e representa a paixão uruguaia pela cultura em geral, especialmente a literatura e o teatro. Antes de ir embarcar a Montevidéu vale conferir a programação do teatro.

Nessa região do centro também estão dezenas de bares e restaurante, que durante o dia recebem executivos e funcionários de empresas locais e à noite, se aproveitando das ruas arborizadas e fechadas aos carros, trazem um pouco de agito boêmio à cidade.

Mas, se procura uma balada da moda, com gente bonita e músicas internacionais, melhor procurar fora do centro, pois na Ciudad Vieja predominam os “boliches” alternativos, embalados por cumbia, reggaeton, e, acreditem, sertanejo universitário made in Brazil.

BAR_CENTRO_MONTEVIDEU
Rua fechada, barzinhos, frio de leve e cantor de rua. Não é a Europa, é Montevidéu mesmo.

Fora esse clássico passeio pelo centro, as atrações de Montevidéu se confundem às de outras metrópoles latinas, embora com um quê de charme europeu e aquela já mencionada tranquilidade uruguaia.

Em Punta Carretas, por exemplo, existe um clube de golfe na orla e o shopping center Punta Carretas, além de hotéis como o Sheraton Montevideo – assim com “O” no final mesmo, como se escreve o nome da cidade em espanhol. Um bairro que, apesar de moderno, é tão pacato que inclusive sua avenida de orla leva um nome apaziguador: Rambla Gandhi.

RAMBLA_MONTEVIDEU

Qualidade de vida

Montevidéu, inclusive, costuma ser listada entre as cidades mais seguras do mundo, principalmente quando comparada às outras capitais do continente.

Assim, a dica é caminhar – ou pedalar – no calçadão de suas enormes ramblas (avenidas à beira do rio-mar), principalmente do Centro em direção a Pocitos, o bairro mais sofisticado da cidade, atravessando os parques da orla, apreciando a calmaria das águas e o belíssimo pôr do sol.

RAMBLA_ARGENTINA_MONTEVIDEU-2

Mais Buenas Dicas no Uruguai

Dicas de Colonia del Sacramento

Dicas de Punta del Este

As melhores praias do Uruguai

 Como economizar na viagem:  

  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Seguros Promo: compare preços de seguro viagem (cupom de desconto: BUENASDICAS5)

1 Comment

  1. Michel Pouvoir Responda

    Um passeio imperdível em Montevideo é o Museo de Artes Decorativas, na Ciudad Vieja.

Escreva seu comentário