Porto Alegre

Onde ficar em Porto Alegre: bairros, hotéis e transporte

Eu já me hospedei nos principais bairros da capital gaúcha. Entenda vantagens e problemas de cada região, com dicas de hotéis bons e baratos.

Antes de passar uma semana na capital gaúcha, pesquisei muito onde ficar em Porto Alegre. As dicas até que ajudaram um pouco, mas nenhuma delas segmentava a cidade tão bem quanto eu vou fazer agora, indicando os melhores bairros para se hospedar em Porto Alegre para estar perto do metrô, dos restaurantes, da vida noturna, dos parques e pontos turísticos. E uma coisa eu já adianto: nenhum bairro tem tudo, por isso é preciso saber suas prioridades.

Encontre hotéis com o melhor custo-benefício em Porto Alegre

Achei Porto Alegre uma cidade barata para se hospedar, principalmente se comparada às outras capitais do Sul e Sudeste. Nos melhores bairros da cidade, encontrei boas opções de hotéis e hostels a preços honestos, alguns perto do metrô, o que facilita muito o transporte para o aeroporto Salgado Filho. Veja agora esses bairros e dicas de onde ficar em Porto Alegre.

* Como os sites de reservas de hotéis ainda não segmentam Porto Alegre por bairro, vou indicar alguns hotéis em cada região. Para encontrar mais opções, pesquise o hotel que você gostou no Google Maps e veja se está numa boa localização.

Os 4 melhores bairros para se hospedar em Porto Alegre

Me desloquei em Porto Alegre de várias formas: táxi, metrô/trem, uber, carro de amigos e ônibus. E também andei muito a pé, especialmente para conhecer os bairros, sentir o nível de segurança, verificar a localização de alguns hotéis e poder dar essas dicas com total sinceridade. Foi assim que cheguei a essa seleção dos melhores bairros e também às dicas de hospedagem extras. Facilidade geral: Porto Alegre é uma cidade boa de se caminhar, o aeroporto não é longe e boa parte do que interessa está muito perto ou nos próprios bairros a seguir.

1. Moinhos de Vento | Luxo e bons restaurantes para ir a pé

Bonito, rico em parques e praças, bom pra caminhar (apesar das ladeiras) e com o maior número de cafés e restaurantes por metro quadrado. Comparando com São Paulo e Rio, o bairro Moinhos de Vento é como se fosse os Jardins ou a Ipanema de Porto Alegre. Inclusive, sua Rua Padre Chagas é conhecida como a Oscar Freire Gaúcha, devido ao grande número de lojas de grife e cafés luxuosos.

Destaques do bairro: Moinhos Shopping, preferido dos ricos de Porto Alegre; Rua Padre Chagas e adjacências, com seus cafés charmosos e lojas de grife; Parque Moinhos de Vento, mais conhecido como Parcão, bom lugar pra correr e relaxar à beira da pequena lagoa; Rua Félix da Cunha, onde está o Casario, conjunto de sobrados históricos da cidade.

Vantagens: bairro com muitos hotéis e ruas cheias de gente bonita, praças e parques arborizados e a possibilidade de ir a pé para bons cafés e restaurantes. Senti um clima de segurança no ar, com muitas famílias andando a pé e crianças brincando no parque.

Desvantagens: é a região mais cara de Porto Alegre. Um hotel no Moinhos chega a ter o dobro do preço de hotéis em padrão semelhantes em bairros próximos. Não tem metrô e está um pouco afastado do Centro Histórico, onde estão os principais pontos turísticos de Porto Alegre. Mas sem dúvidas é a melhor região para se hospedar em Porto Alegre.

Dicas de hotéis no Moinhos de Vento

2. Cidade Baixa | Vida noturna e muitos restaurantes pertinho do centro

Ao lado do centro, onde é possível ir a pé tranquilamente durante o dia, a Cidade Baixa é o melhor bairro para curtir a noite em Porto Alegre, ao som de rock gaúcho. É como se fosse uma imensa Rua Augusta de São Paulo, com a vantagem de ter ótimos lugares para comer bem ser gastar muito.

Mas a agitação traz alguns problemas, como o barulho até altas horas nas ruas principais, como a Rua General Lima e Silva, que vira uma balada a céu aberto nas noites de sexta e sábado. E com a proximidade ao centro histórico, o número de pedintes, malucos e cracudos é altíssimo.

Destaques: vale a pena curtir a noite no Rock’n Soul ou em algum destes bares do bairro. Pra matar a fome sem gastar muito, passe no Cavanhas e coma o autêntico XIS. E a Ciao Pizzeria Napoletana é uma das melhores da cidade.

Vantagens: o bairro é colado ao Parque Farroupilha, onde acontece o Brique da Redenção, e também ao Centro Histórico, onde estão o Mercado Público e outros atrativos históricos da cidade. Tem bons hotéis bem localizados e a preços justos.

Desvantagens: impossível andar no bairro sem alguém te pedir dinheiro. Apesar da Cidade Baixa ser movimentada dia e noite, principalmente por jovens, é melhor andar esperto por lá. Na Rua João Alfredo e imediações, o barulho de pubs e gente na rua pode incomodar quem gosta de dormir cedo.

Dicas de hotéis e hostels na Cidade Baixa

  • Economia máxima: o clima jovem da cidade baixa favoreceu o surgimento de ótimos albergues. Os melhores do bairro são o CBH, o Eco Hostel, Solar63 e a Casa Azul.
  • Bom e barato: eu já fiquei duas vezes no Eko Residence, que tem ótima localização, numa rua super silenciosa. Da primeira vez, fiquei num quarto reformado com excelente vista. Da segunda, acabei num subsolo bem estranho e úmido. Na hora de reservar, peça quartos em andar alto.
  • No coração do bairro: em plena rua com os melhores bares e baladas da Cidade Baixa, o Master Express é um hotel moderno e tem ótimo custo-benefício.

3. Centro Histórico | Pontos turísticos, restaurantes e lazer durante o dia

A região central de Porto Alegre está entre as mais bonitas e preservadas da América do Sul. Prédios imponentes, construções históricas, ruas para pedestres e grandes árvores pelo caminho. Um bom lugar para caminhar e entrar em museus como o MARGS (Museu de Arte do Rio Grande do Sul) e a Casa de Cultura Mário Quintana. Pra comer, visite o Mercado Público de Porto Alegre e mergulhe nas comidas típicas do Rio Grande do Sul.

Destaques: a arquitetura do bairro, que vai garantir fotos incríveis, o Mercado Público, a Casa de Cultura Mário Quintana e o pôr do sol na Usina do Gasômetro. Não faltam boas opções de bares e restaurantes no bairro, mas, pra tomar uma boa cerveja artesanal, indico o Solar Coruja.

Vantagens: além de estar ao lado das principais atrações de Porto Alegre, quem se hospeda no Centro Histórico tem acesso às principais linhas de ônibus e pode ir caminhando para a Estação Mercado, do trem/metrô.

Desvantagens: evite andar à noite nas ruas mais centrais do bairro. Apesar de ser mais limpo e bonito do que o centro das principais capitais do continente, também é bom ficar esperto no bairro.

Dicas de hotéis no Centro de Porto Alegre – Vale a pena se hospedar aqui

Se você não pensa em sair a pé à noite, compensa muito se hospedar no Centro Histórico de Porto Alegre, pois estará perto dos lugares mais bonitos e culturais da capital gaúcha. Selecionei hotéis que valem a hospedagem na região.

4. Floresta | Localização estratégica e perto da Rodoviária

Foi onde me hospedei em 2017, no hotel Açores Premium,  e não tenho muito do que reclamar. O bairro concentra grande número de hotéis e está perto da rodoviária, de onde saem ônibus e metrô para os pontos mais importantes da grande Porto Alegre.

O bairro não tem atrativos, é basicamente a mistura de um bairro comercial com ares de decadência, com prédios residenciais antigos de classe média. Seu ponto forte é mesmo a localização estratégica, perto dos principais pontos de interesse na capital gaúcha.

Destaques: tem o Shopping Total, um centro de compras mediano, e a Rua Gonçalo de Carvalho, considerada a mais bonita do mundo.

Vantagens: perto da Rodoviária, onde tem uma estação de metrô/trem que leva para Centro Histórico, Aeroporto e cidades da Grande Porto Alegre, como Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo. Está a menos de 4 km de distância do Centro Histórico, da Cidade Baixa e do Moinhos de Vento. Fui a pé, em 10 minutos, para o Brique da Redenção.

Desvantagens:  pouca gente anda nas ruas, dando um clima de insegurança ao bairro, principalmente ao redor da Rodoviária. Durante o dia achei tranquilo andar até lá, mas não me arriscaria caminhar à noite em boa parte do bairro. A Av. Farrapos, que corta o bairro, é ponto de prostituição (inclusive lá esta a famosa casa Gruta Azul).

Dicas de hotéis perto da Rodoviária de Porto Alegre

Outras dicas de hospedagem em Porto Alegre

Com mais de 4 milhões de habitantes e uma intensa agenda de eventos e negócio, não falta onde ficar em Porto Alegre. Além dos 4 bairros selecionados, muitas outras regiões da cidade tem bons hotéis para receber os viajantes, a maioria de estilo executivo, com bom custo-benefício.

Bairro Menino Deus: o bairro é perto do Centro, tem bons restaurantes, como o Costela no Roletchê e algumas opções de hospedagem, como o Blue Tree Millenium, um dos melhores hotéis de Porto Alegre.

Bairro Praia de Belas: lar do Estádio Beira-Rio, sede do Internacional de Porto Alegre, o bairro é colado no centro, tem uma longa ciclovia na orla do Guaíba e hotéis como o Intercity, pertinho da Cidade Baixa.

Bairro Bom Fim: bairro de classe média, com muitas casas e alguns poucos hotéis, como o bem avaliado Intercity Piazza Navona.

Perto do Aeroporto: o Aeroporto Salgado Filho fica a apenas 10 km de distância do centro, barato de pra ir de táxi ou Cabify. Mas, se for ficar apenas uma noite em Porto Alegre e achar útil estar pertinho do embarque, veja os hotéis Ibis Aeroporto, Novotel AeroportoApt 1D Aeroporto/Arena. (Sim, ARENA! O aeroporto fica pertinho do novo estádio do Grêmio. Se vai assistir um jogo lá, também vale se hospedar por aqui).

Hospedagem no Vale dos Sinos – Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo

Além da capital, essas são as outras principais cidades da Grande Porto Alegre. Se o seu compromisso principal na região fica em alguma delas, é melhor se hospedar nas proximidades, aproveitando que as três cidades tem boas opções de hotéis e uma média de preço abaixo de Porto Alegre. Assim você também evita o trânsito, que fica pesado nos horários de pico, afinal muita gente que mora nessas cidades trabalha em Porto Alegre.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Passagens aéreas: melhores sites para pesquisar preços de passagens
      • Airbnb: reservas de quartos e apartamentos de temporada

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

11 Comments

  1. Boa tarde Nivaldo,

    O que me diz das opções abaixo:

    1. Ibis Porto Alegre Moinhos De Vento
    Rua Marquês do Herval 540

    2. Swan Molinos Business
    Rua 24 de Outubro, 1611

    3. Quality Porto Alegre hotel 4 estrelas
    Rua Comendador Caminha , 42

    Muito obrigado

    • Nivaldo responder

      Olá, José. São todas ótimas localizações. Eu escolhieria o Ibis Moinhos, por ser um pouco mais barato que o Quality e, particularmente, gostar do padrão Ibis (que muita gente odeia). Inclusive acho até que vou reservá-lo também, porque vou a Porto Alegre semana que vem e tava na dúvida entre ficar perto do aeroporto (porque sigo pra Gramado) ou no Moinhos de Vento…Obrigado pela dica!

  2. Boa tarde,

    Vou para Porto Alegre e estou em dúvida sobre me hospedar na Cidade Baixa ou no Centro Histórico.
    Gostaria de saber qual região tem mais movimento de noite e tem mais lugares para comer.

    Obrigada

    • Nivaldo responder

      Oi Rafaela. O Centro Histórico é meio deserto à noite e mais perigoso. Cidade Baixa tem muitos bares e restaurantes abertos até altas horas, qualquer dia da semana. Além de pubs e baladas. Por exemplo, na Rua João Alfredo e na General Lima e Silva estão bons lugares pra comer, como o Cavanhas, ótima lanchonete pra comer o famoso Xis Gaúcho.

  3. Maria das Dores Pereira de Souza responder

    Bom dia Nivaldo! Vou para Gramado, qual é a melhor opção sindo do aeroporto de Porto Alegre Salgado filho, Táxi ou ônibus, vi que tem uma rodoviária (não sei se perto)! Ficarei no Lagheto Toscana.
    Ah, adorei sua página!

    • Nivaldo responder

      Olá, Maria. O transporte mais barato e que vale mais a pena é ônibus. Tem todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados, de hora em hora, das 8h15 às 21h15. Pra voltar, é possível ir ainda mais cedo ou mais tarde. A passagem custa em média R$ 44. A principal empresa que faz o trajeto é a Citral: https://www.citral.tur.br/

      Outra alternativa, se for passar pouco tempo em Gramado, é alugar carro no aeroporto. Bom que fica livre pra explorar mais a Serra Gaúcha. E se não conhece Porto Alegre, na volta vale se hospedar na capital pelo menos uma noite.

      Boa viagem!

  4. CARLA CECILIA RIBEIRO MENDONCA responder

    Muito obrigada pelas dicas. Você nos ajudou muito!

  5. Ola, boa noite. Gostaria de dicas de cidades p conhecer ai proximo a POA. Ja conheci gramado, canelas e nova petropolis. Agradeco desde ja suas sugestoes!

    • Nivaldo responder

      Olá, Augusto. Conheço as mesmas que você, que são realmente as mais interessantes. E algumas outras da Serra Gaúcha, como Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Garibaldi e Bento Gonçalves. Se não passou muito tempo, vale a pena explorar de novo a região. Tem cachoeiras, vinícolas e lugares históricos pra conhecer.

      Se for numa época boa, dá uma esticada até Tramandaí, no litoral gaúcho. Pro sul, a cidade mais interessante é Pelotas, mas aí a viagem já é um tanto maior.

      • gostaria de saber qual o melhor hotel: o intercity ou o garibaldi bussiness.?

        • Nivaldo responder

          Oi Heloisa. Eu ficaria no Intercity, tanto pela localização quanto pelo hotel em si, que tem ótima estrutura. Boa viagem.

Comentários