Portugal

Onde ficar em Lisboa (melhor custo-benefício)

Conheça as melhores regiões para se hospedar em Lisboa. Lugares seguros, perto do metrô e de pontos turísticos.

Eu levo a sério a localização de um hotel, considerando fatores como transporte, segurança, atrações próximas e restaurantes. Antes de escolher onde ficar em Lisboa, pesquisei muito. Me hospedei em três bairros diferentes e percorri muitos outros lugares. Aqui vou indicar as melhores regiões para você se hospedar, além de outras áreas mais baratas como segunda opção.

Não se confunda em guias intermináveis. Aqui vou resumir os 3 melhores bairros de Lisboa para turistas, onde estão os melhores restaurantes, estações de metrô, vida noturna e pontos turísticos. Bom pra fazer quase tudo a pé. Sem dúvidas os melhores lugares para se hospedar na capital portuguesa.


Dicas importantes para escolher onde ficar em Lisboa

  • Segurança – Lisboa é uma cidade muito tranquila, praticamente sem roubos e violência. Mas regiões turísticas são visadas e tem alguns batedores de carteiras e vendedores de orégano (que dizem ser maconha) que importunam na região da Rua Augusta e Praça do Comércio.
  • Transporte – O trânsito na região central de Lisboa é ruim nas horas de pico, sendo praticamente impossível estacionar. Não recomendo alugar carro. Uber em Lisboa é mais caro do que no Brasil. Bondinho, só pra tirar foto. A melhor forma de se locomover é de metrô, que tem estações perto de pontos turísticos e custa pouco (1,33 a viagem ou 6,40 por dia).
  • Quer economizar muito? Em vez de procurar pelos melhores bairros, busque hotéis baratos perto das estações de metrô, transporte eficiente e com estações perto dos principais pontos turísticos. (Mapa do metrô de Lisboa 2020 – PDF)
  • Ladeiras – Na região central de Lisboa, alguns bairros turísticos ficam no alto de colinas, como o Bairro Alto e parte da Alfama. E no topo não tem metrô. Se não está com bom preparo físico ou tem mobilidade reduzida, melhor evitá-los.
  • Reservas com (muita) antecedência – Lisboa ganhou vários prêmio de turismo na Europa e é uma cidade quase sempre lotada. Se quer ficar num hotel bem avaliado, nos melhores bairros ou com o melhor custo-benefício, reserve com muita antecedência.

Os 3 melhores bairros e regiões para se hospedar em Lisboa

  1. Centro turístico
  2. Bairros boêmios
  3. Bairros modernos

Preferi não falar de bairros inteiros. Porque isso é confuso em Lisboa. Por exemplo, a Alfama é um lindo bairro histórico, que começa às margens do Rio Tejo, numa rua plana e com estação de metrô. Aí ele vai ladeira acima, onde o transporte é complicado. Em outros bairros grandes acontecem situações parecidas.

1. Centrão turístico (Todo o bairro da Baixa e partes do Chiado e da Alfama)

Quer ficar perto de tudo em Lisboa? Não tem região melhor do que essa. Aqui estão alguns dos melhores restaurantes tradicionais, muitas estações de metrô, pontos turísticos famosos e dezenas de hotéis e Airbnb’s. A região mais movimentada é o entorno da Rua Augusta, que liga a Praça do Comércio à Praça do Rossio.

  • Pontos turísticos centrais: Praça do Comércio, Arco e Rua Augusta, Elevador de Santa Justa, Sé de Lisboa, além dos próprios bairros em si.
  • Vantagens: muitas ruas planas, estações de metrô, vida noturna animada. Proximidade a lugares emblemáticos da capital, facilitando roteiros a pé e economia de dinheiro com transporte.
  • Desvantagens: gente demais, a ponto de ter engarrafamento humano nas calçadas. Hotéis supervalorizados. Até pousadas simples custam caro para o que oferecem.

Dicas de hotéis no Centro Turístico de Lisboa

  • Pestana CR7 – O exótico e moderno  hotel do Cristiano Ronaldo . Distância do metrô: 350 metros (Terreiro do Paço)
  • Augusta Boutique House – Charmosa pousada com ótimo custo-benefício, em plena Rua Augusta. Distância do metrô: 130 metros (Rossio)
  • Yes Lisbon Hostel – Um dos melhores hostels de Lisboa. Distância do metrô: 270 metros (Baixa-Chiado)

2. Bairros históricos colados no centro (Cais do Sodré e partes do Bairro Alto)

Minhas regiões preferidas. Perto de tudo, mas com espaço pra andar na calçada. Procure ficar perto das estações do metrô. No revitalizado Cais do Sodré, fique perto do Mercado da Ribeira e da estação que leva o nome do bairro. Bairro com ótimas padarias e bares nas esquinas, que proporcionam uma rica vida noturna. No Bairro Alto, procure não ir tão alto: tem bons hotéis na Rua da Misericórdia e próximos da estação Baixa-Chiado. Ladeira acima, apesar do esforço, tem boas pousadas, restaurantes históricos e casas de fado, como a Tasca do Chico.

  • Pontos turísticos na região: Mercado da Ribeira, Elevador da Bica, Rua Rosa (R. Nova de Carvalho), Miradouro de Santa Catarina, Tasca do Chico, Praça Luís de Camões, entre outros.
  • Vantagens: esteja a uma curta caminhada dos pontos turísticos do centro e atrações próprias. Quem se hospeda perto da Estação Cais do Sodré, chega de trem em 7 minutos em Belém.
  • Desvantagens: são poucas as estações de metrô. Procure ficar próximo a elas. No Bairro Alto, as ladeiras são intermináveis.

Dicas de hospedagem no Cais do Sodré

  • Azulejos Cais Sodré B&B – Pousada de charme perto da Rua Rosa. Boa opção para casais mais animados. Distância do metrô: menos de 200 metros.
  • Sunset Destination Hostel – Albergue  DENTRO da estação de metrô e trens Cais do Sodré . Piscina com vista pro Rio Tejo.
  • New! Lisbon 8 Building – Apartamento confortável para até 5 pessoas pelo Airbnb.

3. Bairros modernos nas imediações do Parque Eduardo VII

O monumental Parque Eduardo VII é praticamente a única atração dessa região mais nova de Lisboa. Aqui você vai ver prédios espelhados, complexo de cinemas (Cinema City Campo Pequeno) e até um shopping center (El Corte Inglés). E sem estar longe do centro histórico: da Estação Marquês de Pombal até a Rua Augusta, são menos de 2 km de distância. Procure ficar perto de um metrô. Tem muitos hotéis perto da Estação Picoas e da Saldanha.

  • Pontos turísticos: Miradouro do Parque Eduardo VII, Palácio Sotto Mayor e Museu Calouste Gulbenkian.
  • Vantagens:  hotéis com melhor custo-benefício  e mais opções de hotéis com estacionamento. Bairro rico em serviços, como bancos e agências de aluguel de carro. Região mais silenciosa, estão de metrô menos lotadas.
  • Desvantagens: vai utilizar mais o metrô ou fazer longas caminhadas, pois não terá tantas opções de restaurantes e pontos turísticos por perto.

Dicas de hotéis na região do Parque Eduardo VII e Marquês de Pombal

  • O melhor hotel 5 estrelas – Four Seasons Ritz – Distância do metrô: 400 metros (Marquês de Pombal)
  • Melhor custo-benefício – Hotel Açores Lisboa – Distância do metrô: bem em frente (Praça de Espanha)
  • Pousada barata perto do parque – Pousada Home Sweet Lisbon – Distância do metrô: 100 metros (Parque)

Outros lugares e bairros para se hospedar em Lisboa

A capital portuguesa é muito maior do que o centro e os bairros turísticos. Se não fizer questão de estar perto do metrô ou dos atrativos centrais, há muitas outras regiões para explorar. Vou citar as principais alternativas.

Belém – Bairro histórico longe do centro

Vale a pena? Apenas se busca mais tranquilidade.

Essa antiga cidade e hoje bairro de Lisboa foi o berço das grandes navegações. E aqui estão alguns dos mais importantes monumentos e pontos turísticos de Portugal, como:

  • Torre de Belém
  • Padrão dos Descobrimentos
  • Mosteiro dos Jerónimos
  • Museu MAAT
  • Pastéis de Belém

Apesar de tantas atrações, Belém é um tranquilo bairro residencial, sendo uma boa opção de hospedagem pra fugir das multidões. Outra vantagem de escolher uma pousada em Belém, são os preços mais baixos do que no Centro. A oferta gastronômica e de transporte não são grandes, mas aqui estão a Estação Belém do trem, que se conecta ao metrô, e alguns bons restaurantes.

Parque das Nações – O bairro mais moderno de Lisboa

Vale a pena? Apenas se viaja a negócios e prefere ficar perto do aeroporto.

Oposto a Belém em todos os sentidos. É o bairro mais moderno de Lisboa, as margens do Rio Tejo, por onde passa a ponte Vasco da Gama. Entre os destaque do bairro estão a Feira Internacional de Lisboa, o Casino de Lisboa, a Torre Vasco da Gama e o Oceanário de Lisboa, considerado o um dos 10 melhores pontos turísticos de Portugal.

Além dessas atrações, outra vantagem de se hospedar no Parque das Nações é a proximidade com o aeroporto, a apenas 4 km de distância e com ligação direta pela Linha Vermelha do metrô, que também facilita a viagem até o Centro.

Cascais – Cidade com as melhores praias perto de Lisboa

Vale a pena? Apenas na baixa temporada (meses frios) quando tem promoções nos hotéis.

Com praias frequentadas desde os tempos do império e um simpático centro histórico, Cascais é um importante destino turístico em Portugal. E fica a menos de 30 km distância de Lisboa, o que pode ser feito em 40 minutos de trem (preço da passagem: € 2,25)  Os pontos turísticos são concentrados no centro e dá pra conhecer as principais praias num único dia.

Tem bons hotéis e pousadas em Cascais, principalmente no centro histórico perto da praia. No verão, a cidade fica lotada. Mas se for nos meses mais frios do ano, pode curtir a vida beira-mar e aproveitar as promoções nos hotéis, que ficam muito baratos. Não recomendo fazer de Cascais sua principal base, mas vale a pena se hospedar umas duas noites se for no inverno , pra sair um pouco do caos turístico de Lisboa.

Mapa de hotéis indicados em Lisboa

Se não quer ler tudo sobre os melhores bairros de Lisboa, veja no mapa os hotéis recomendados nesse artigo. Selecionei apenas hotéis muito bem avaliados e que têm ótimo relação custo-benefício em diferentes categorias, de pousadas baratas a hotéis 5 estrelas.

Quer mais dicas de hospedagem em Lisboa, só pra você?

Se estiver com muitas dúvidas entre bairros e hotéis em Lisboa, mande sua pergunta nos comentários ou entre em contato pelo e-mail  buenasdicas@gmail.com para receber uma consultoria personalizada .

Vai ser um prazer ajudar você encontrar o melhor lugar para ficar em Lisboa, de acordo com seu perfil e orçamento de viagem. Afinal, Lisboa oferece diferentes possibilidades. Boa viagem!

Bonde elétrico no Bairro Alto de Lisboa, uma dos melhores lugares para quem tem preparo físico se hospedar.

Fontes: além dos meus diários de viagem, consultei também outros sites para coletar e/ou confirmar informações importantes para esse guia de hospedagem em Lisboa, como: Metropolitano de Lisboa, Comboios de Portugal, Dicas Portugal, Google Maps, Wikipedia e TimeOut

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
  • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

→ Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem

→ Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

→ Chip internacional de dados e voz com  15% de desconto  se usar o cupom CHIPMAISBARATO.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários