Londres é uma das maiores cidades do mundo. Mas também é uma das mais concentradas. Como assim? Isso significa que os pontos turísticos de Londres estão bem próximos uns dos outros. E com um excelente metrô e segurança pra andar na rua a qualquer hora, dá pra conhecer o melhor de Londres em apenas 3 dias. Veja esse roteiro de 3 dias em Londres feito por um amigo que conhece a fundo a capital inglesa e não gosta de perder nenhum detalhe em suas viagens.

Ah, vou dividir o post em 3 partes. Assim fica mais fácil ver o que fazer em Londres a cada dia, seguindo uma lógica para economizar tempo e dinheiro. Afinal, mesmo com a recente queda na cotação da Libra, ela ainda vale ouro pra nós, pobre reais. Digo, pobres mortais.

Dia 2 em Londres | Dia 3 em Londres

foto 1.1 - cabine telefonica londres

Roteiro em Londres | Dia 1 de 3

Comece o dia na estação de metrô Westminster. Saindo de lá você já vai dar de cara com o prédio do parlamento inglês e com o famoso Big Ben, que estará pronto para você tirar as primeiras fotos do dia. De lá, é só atravessar a rua e caminhar até a Westminster Abbey, a Igreja Anglicana onde acontece a coroação dos reis do Reino Unido.

Se for a primeira vez que estiver em Londres, vale a pena pagar as 20 libras para poder entrar na Abadia, onde você verá a Coronation Chair, que é a cadeira usada pelos monarcas coroados, vários túmulos de antigos reis e, também, toda a arquitetura gótica do local.

foto 1.2 - big ben londres

 Saindo da abadia, vá caminhando até o Palácio de Buckingham. Para chegar lá, vá pela Birdcage Walk, passando pelos St. James’s Park, que é o Parque Real mais antigo de Londres. O lugar é bem tranquilo e rende boas fotos de Buckingham e da London Eye.

 foto 2 - St. James's Park londres

 É aqui em Buckingham que acontece a famosa troca da guarda real da Rainha. De abril a julho, acontece todos os dias, às 11h30. Em outros meses do ano, acontece em dias alternados. Se quiser ver a troca, chegue cedo para pegar um bom lugar!

Dependendo da época, pode-se visitar o interior do palácio. Mas existe uma exposição fixa ali, onde dá pra visitar os estábulos reais (The Royal Mews) e conhecer todas as carruagens e alguns cavalos criados pela própria rainha, que adora esses animais.

Em 2016, é possível visitar o Palácio entre 23/07 e 02/10. Basta acompanhar pelo site Royal Collection.

Foto 3 - Bickingham

De Buckingham, caminhe pela Avenida The Mall até chegar a Trafalgar Square.

 

Casa do Príncipe Charles e mais Banda Real

Enquanto estiver descendo pela The Mall, você passará por várias casas dos monarcas britânicos, inclusive a casa do Príncipe Charles, o herdeiro do trono britânico. Ele mora no St. James’s Palace, que fica na Marlborough Road, a segunda rua à esquerda, no sentindo de quem está descendo a avenida. Ali você poderá ver algumas apresentações da Banda Real, que toca músicas um pouco mais animadas, um pouco antes de marcharem para a troca da Guarda Real de Buckingham.

 Assista aqui à Troca de Guarda

A Trafalgar Square foi construída em homenagem à vitória Britânica na batalha de Trafalgar e está bem no centro da cidade. Aqui, você encontrará vários ingleses correndo para o trabalho e vários turistas fotografando a praça, que tem várias fontes e esculturas em homenagem ao Almirante Nelson, que comandou essa batalha.

A incrível National Gallery

É aqui que você vai encontrar o primeiro de muitos museus na sua visita a Londres: a National Gallery. Assim como vários museus de Londres, a entrada é gratuita, mas você pode contribuir com qualquer quantias. Existem vários locais para depositar alguns Pounds (Ou reais). E, pasmem, todo mundo contribui.

foto 4 National Gallery londres

Saindo da Trafalgar Square, desça a avenida Whitehall. Esta avenida abriga vários prédios do governo britânico e por isso considerada o centro administrativo do governo. Você passará pelos cavalos da rainha na Horseguards (cuidado com coices e mordidas!) e pela entrada da famosa Downing Street (à direita), onde fica a casa do Prime Minister. Esta é uma rua fechada, onde você não conseguirá entrar. Continue descendo a avenida e encontre novamento o prédio do Parlamento. Mas, dessa vez, atravesse a ponte de Westminster para seguir em frente.

 Atravesse a Westminster Bridge e vá até a London Eye. Passeie pelo calçadão da margem sul do Tâmisa, entre a London Eye e a ponte de Waterloo, passando pelo Southbank Center, onde você poderá aproveitar para fazer um lanche. Olha aqui no mapa!

Onde foi o casamento de Lady Di e Príncipe Charles

Após uma pausa em Southbank, o próximo destino será a St. Paul’s Cathedral. Para chegar lá, você poderá ir andando, mas é uma boa caminhada. Outra opção de transporte é pegar um metrô na estação Embankment até a estação Blackfriars ou St. Paul’s.

foto 6 St. Paul's Cathedral londres

Foi nesta catedral que aconteceu o casamento de Charles e Diana. O prédio é uma obra do arquiteto Sir Christopher Wren. Para uma vista espetacular da cidade, você pode subir até a cúpula da Catedral.

Saindo da Catedral, atravesse a Millenium Bridge para chegar até o Tate Modern, um dos museus de arte moderna da cidade. Do meio da ponte, pode-se tirar muitas fotos bonitas da St. Paul’s Cathedral.

 foto 5 - Millenium Bridge londres

Saindo do Tate Modern, se você for para a direita, poderá ver o Shakespeare’s Globe, que recria um teatro sheakesperiano. Em frente ao Globe está o píer Bankside, de onde saem barcos com destino ao píer Tower Millenium.

Pegue o barco na direção “eastbound” até a estação Tower Pier, que fica em frente à Tower of London. Fique tranquilo, pois as viagens de barco estão inclusas no seu Oyster Card (compre-o ao chegar ao aeroporto, vale muito a pena, é aceito em todo o transporte público de Londres).

O trajeto é percorrido em menos de 10 minutos e, no caminho, você verá, além de outras coisas, o HMS Belfast, um navio da II Guerra que hoje é um museu aberto para visitação, um prédio de vidro, em formato de capacete, que é o City Hall, a prefeitura de Londres e também a ponte cartão postal da cidade, a Tower Bridge.

 foto 7 - london tower e prefeitura de londres

Se não quiser ir de barco, que está incluso no Oyster Card, pode ir de metrô até a estação Tower Hill (outra dica: quando for embora, não esqueça de devolver seu cartão em qualquer guichê do aeroporto. Eles te reembolsam 5 libras).

Por dentro da Tower of London

Também é possível fazer o tour completo no Palácio e Fortaleza Real de Sua Majestade da Torre de Londres. Ou, simplesmente, Tower of London. Um castelo que é um importante ponto turístico de Londres desde os anos 1500.

Primeiro, suba até o topo e veja como funcionam os motores da ponte. E você poderá ver a exposição com as joias da realeza britânica e também, acreditem, os corvos que ali vivem e não podem ser expulsos de lá, para que o reino não caia.foto 8 - castelo londres

Olhando assim, a Tower Of London parece não justificar ser chamada de “torre”, mas imagine a imponência de seus 27 metros de altura em 1066, ano em que foi inaugurada.

Vá em frente nesse exclusivo roteiro em Londres

Continue acompanhando esta saga cheia de pontos turísticos, curiosidades, gastronomias e dicas para aproveitar ao máximo um roteiro de 3 três dias em Londres:

Dia 2 em Londres | Dia 3 em Londres

Viajar com tudo reservado é bem melhor
        • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
        • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
        • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
        • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
        • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS10 na EasySim4U e tenha  10% de desconto  em chip internacional
        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

Comentários