América do Sul

Dicas de seguro viagem para a América do Sul

Pinterest LinkedIn Tumblr

Não é obrigatório ter seguro viagem para conhecer os países mais visitados da América do Sul, como Chile, Argentina, Uruguai e Colômbia. Mesmo assim, recomendo muito contratar um plano antes de viajar. E aqui você descobre tudo sobre seguro viagem para a América do Sul, desde onde comprar até preços, melhores planos e relatos de uso.

Se já quer fazer uma pesquisa de valores e planos por conta própria, recomendo fazer uma busca rápida nesse comparador de preços e seguros, que mostra detalhes de planos das principais assistências e seguradoras e ainda oferece descontos. É uma empresa parceira do blog, que eu mesmo já utilizei e recomendo.

É seguro viajar pela América do Sul?

  • País mais seguro da América do Sul: Chile
  • País me perigoso da América do Sul: Venezuela

Na maioria dos países, me senti mais seguro do que no Brasil. Principalmente em Argentina, Chile e Uruguai, onde os índices de roubos e violência são baixos em comparação aos nossos. Na Bolívia e no Peru, achei as estradas perigosas, com grandes penhascos e poucos acostamentos e muitos bêbados ao volante. Na Colômbia, apesar de ter cidades e bairros violentos e a questão do tráfico, as regiões turísticas são seguras. Não dá pra comprar com Europa ou América do Norte, mas não é nada que nós brasileiros não estejamos acostumados. E esse é mais um motivo para fazer um seguro viagem.

Países da América do Sul onde seguro viagem é obrigatório

Atualmente, apenas Equador e Venezuela exigem seguro viagem de brasileiros. Para entrar no Equador, basta ter um plano, pois eles não especificam um valor mínimo de cobertura, então pode contratar o mais barato. Já para a Venezuela, é necessário que seu plano cubra o valor mínimo de 40 mil dólares em assistência médica e repatriação médica e funerária, além da obrigação de contratar um seguro extra contra roubos, furtos e extravio de bagagem, no valor de 1 mil dólares.

Países da América do Sul onde seguro viagem NÃO é necessário

Todos os outros. Mas vamos citá-los. Apesar de altamente recomendável, segundo a lei de imigração dos seguintes países você não precisa de seguro viagem quando estiver a turismo. São eles:

  • Argentina
  • Bolívia
  • Chile
  • Guiana
  • Guiana Francesa
  • Colômbia
  • Ilhas Falklands (Pertence à Inglaterra, e como tal não exige seguro viagem)
  • Suriname
  • Paraguai
  • Peru

É preciso contratar um seguro para cada país?

Não. Se numa viagem só você passar por diversos dos países acima, que não exigem seguro, seu plano será aceito pela rede hospitalar cadastrada em todas as cidades desses países. Por exemplo, se vai fazer um roteiro por Chile e Argentina, pode contratar apenas um seguro, englobando todo o período da viagem. O mesmo vale para outros roteiros, como por Bolívia, Peru e Chile na mesma viagem, por exemplo.

Porque é importante contratar um seguro viagem para a América do Sul

Numa viagem, a gente se expõe a um número maior de riscos do que em nossas próprias cidades. Experimentamos comidas diferentes, transporte diferentes e conhecemos dezenas de lugares em pouco tempo. Na América do Sul não é diferente.

Intoxicação alimentar é um dos maiores motivos de uso de seguro viagem no exterior. Nos países da América do Sul a comida é deliciosa, inclusive a comida de rua. O que facilita a contração de infecções que causam vômitos e diarreias.

Acidentes de trânsito são relativamente comuns. E não pense no seguro apenas se precisar de um hospital. Saiba que muitos planos oferecem apoio jurídico em caso de acidentes de trânsito entre os itens da cobertura.

A paisagem da Cordilheira dos Andes é um convite para passeios arriscados e esportes de aventura. Se vai percorrer essa região, recomendo que tenha um bom plano de seguro viagem.

Seguro viagem para a América do Sul é mais barato do que você pensa

Lembro que gastei mais de mil reais com seguro quando fiz meu primeiro mochilão pela América do Sul. Dez anos depois, o valor dos planos reduziu drasticamente. Isso graças à internet. Antes, éramos obrigados a fazer cotação e contratar assistências em agências de turismo e intercâmbio. Hoje, podemos ir direto à fonte. E melhor do que contratar nas próprias seguradoras, é utilizar sites comparadores de preços.

Comparação de preços de seguro viagem para a América do Sul. Mais detalhes abaixo.

Preços de seguro viagem para a América do Sul

Para saber quanto custa um seguro viagem para a América do Sul, recomendo utilizar este comparador de preços, que é um dos principais sites de seguro viagem do Brasil. Pesquisando agora, encontrei planos que custam menos de R$ 7 por dia. Então, se vai passar 20 dias viajando pelo continente, vai gastar cerca de R$ 130.

Esse valor é muito mais barato do que um plano de saúde no Brasil, por exemplo. E também mais em conta do que um seguro para a Europa. E essa é a grande vantagem de viajar pela América do Sul. Como seguro é opcional na maioria dos países, você pode contratar um plano básico. No quadro abaixo, simulação de preços de seguros baratos para América do Sul.

Valores dos seguros mais baratos para América do Sul

Simulando diferentes períodos de viagem, encontrei diferentes planos entre os mais baratos. No caso do plano da Assist Card, ele também foi apontado com o melhor custo-benefício em praticamente todos os períodos.

      • Viagem de 5 dias – Plano mais barato: Intermac 15 – Preço: R$ 25,50
      • Viagem de 7 dias – Plano mais barato: Assist Card AC 50 – Preço: R$ 58,94
      • Viagem de 10 dias – Plano mais barato: Assist Card AC 50 – Preço: R$ 84,20
      • Viagem de 14 dias – Plano mais barato: Affinity 15 – Preço: R$ 84,90
      • Viagem de 30 dias – Plano mais barato: GTA 12 Bronze Student – Preço: R$ 228,90

Além dos planos mais baratos, existem também os mais completos. Por exemplo, tem planos para idosos de até 120 anos, que custam em média quase o dobro do preço do plano padrão. E tem planos super completos. Por exemplo, enquanto um plano básico para dez dias de viagem custa a partir de R$ 70, um plano completo pode custa até R$ 1.300 pelo mesmo período. Aí que vem a importância de entender os planos.

Tipos de seguro viagem para a América do Sul

Já falei aqui no blog sobre os 10 tipos de seguro viagem. Mas aqui vou especificar quais deles são mais importantes para sua viagem pelo sul do continente americano.

– Seguro para a prática de esportes

Se um dos focos da sua viagem é se aventurar, você precisa de um desses. Os planos mais baratos não cobrem esportes de aventura. Então fique atento. Por exemplo, se vai esquiar em Bariloche, descer o vale de morte de bicicleta na Bolívia, fazer a trilha Inca no Peru ou surfar no Chile, contrate um seguro com Cobertura Médica para prática de esportes.

– Seguro para idosos

Se já passou dos 60 anos, fique ligado, pois alguns seguros cobram um valor extra para viajantes acima dessa idade. Ou não cobrem essa faixa etária. Outros são mais abrangentes e aumentam o preços a partir de idades mais elevadas, como 70, 75 ou 90 anos, por exemplo. E não se preocupe, pois a não ser que você já tenha 120 anos, sempre vai ter um plano que aceita sua idade.

– Seguro para gestantes

Tá grávida ou tá pensando em estar nas datas da sua viagem? Então informe esse pequeno detalhe na hora de contratar seu plano. E fique de olho nas coberturas disponíveis. Nem todos os planos cobrem despesas relacionadas à gestação e os que cobrem geralmente custam um pouco mais.

Qual o melhor seguro viagem para a América do Sul

Se alguém te disser qual o melhor, desconfie. Não tem como uma pessoa ter testado todos os planos oferecidos. Por isso, busque muitas opiniões.

Experiência pessoal

Eu, por exemplo, já precisei acionar meu plano da Assist Card em Buenos Aires, devido a uma crise de sinusite aguda Achei eficiente. Apesar do atendimento em espanhol, enviaram uma ambulância (nem precisava) e indicaram o hospital mais próximo, onde fui atendido rapidamente. Não precisei pagar nada.

Depois, comprei remédios, inclusive um antibiótico caro. Esses custos teoricamente teriam reembolso pelo plano, mas achei a burocracia tão complicada que acabei desistindo. Gostei, com essa ressalva para o custo com medicamentos.

Principais planos e avaliações de clientes

Então vá em busca do que andam falando sobre cada seguro. Procure na fanpage no facebook, no endereço das seguradoras pelo Google Maps, no Tripadvisor e no Reclame Aqui. Pra facilitar, aqui vão algumas dessas páginas das principais empresas de seguro viagem que operam na América do Sul:

Mais dicas de seguro viagem para a América do Sul

Se além das dicas básicas para contratar sua assistência internacional válida na América do Sul, você quiser dicas específicas sobre cada país da região, aqui no blog também tem essas informações. Assim você descobre mais detalhes como preços de consultas, possibilidade de atendimento gratuito e outros detalhes. Até o momento, já temos tudo sobre:

Viajar com tudo reservado é bem melhor
        • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
        • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
        • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
        • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
        • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS10 na EasySim4U e tenha  10% de desconto  em chip internacional
        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários