Bento Gonçalves

Casa da Ovelha, um passeio diferente em Bento Gonçalves

Como é visitar o parque da Casa da Ovelha, uma das principais atrações da Bento Gonçalves.

Para não ter uma overdose de vinícolas, é preciso variar um pouco o roteiro em Bento Gonçalves. E a Casa da Ovelha é uma das principais atrações na região do Caminhos de Pedra.

Dá pra passar quase um dia inteiro no parque da Casa da Ovelha, que costuma agradar de crianças a idosos. Fiz algumas atividades por lá e vou contar agora como foi essa visita.

O que é a Casa da Ovelha

Resumindo muito, é uma fazenda que recebe turistas. Trata-se de uma de criação de ovelhas para tosquia de lã e produção de leite e queijos. Mas lá também é possível observar outros processos ainda menos comuns no Brasil, como pastoreio e falcoaria. Esse conjunto turístico é chamado de Parque da Ovelha.

Atividades possíveis da Casa da Ovelha

A loja da Casa da Ovelha ocupa uma antiga casa de pedra e madeira, característica da região. Lá estão à venda artigos produzidos na fazenda, como queijos e doces, além de lembranças turísticas, como ovelhas de pelúcia, camisetas e bonés.

O ingresso para o Parque da Ovelha é vendido na loja (aceita cartão) e é válido para todas as atrações do local, que acontecem ao longo do dia, no ritmo da fazenda. O ingresso adulto custa R$ 80. Crianças de 6 a 10 anos e idosos acima de 60 pagam meia-entrada. Esse ingresso é válido para as seguintes atividades (já com os horários em que ocorrem):

  • “Amamentação” de filhotes de ovelha – 10h, 13h, 16h
  • Vivencia no rebanho – 14h
  • Demonstração de falcoaria – 10h30, 13h30, 15h30 – Não estava disponível quando fui
  • Demonstração de pastoreio – 11h, 14h30, 16h30
  • Alimentação de ovelhas – 11h30
  • Processo de tosquia – 12h30
  • Degustação de queijos – 9h30, 12h, 15h, 17h

Uma atividade extra é o passeio em veículo 4×4 para acompanhar a movimentação e trabalho real dos cães treinados. Hoje custa R$ 120 e inclui as demais atividades.

Minha visita à Casa da Ovelha

Fiz o passeio acompanhado pela guia Morgana Braido, da AR Transportes, que montou todo o meu roteiro em Bento Gonçalves. Ela já trabalhou na Casa da Ovelha e quando criança morou na casa de madeira que hoje é a sede da loja. Assim, com os relatos dela, a experiência foi muito mais rica do que uma visita padrão.

Importante entender a questão dos horários de cada atividade. Lembre-se que é uma fazenda real, com bichos reais e produção de verdade. Então, os turistas é que precisam se adaptar aos horários das atividades, que acontecem com hora marcada. Por mais que você queira ver tudo para valer o preço do seu ingresso, adianto que a visita é bem cansativa.

Eu passei a manhã toda no Parque da Ovelha e consegui participar apenas de três atividades, que foram a “amamentação”, o pastoreio e a degustação.

“Amamentação” de filhotes da Casa da Ovelha

Olha que ridículo esse turista (eu mesmo) se achando o mestre das ovelhas.

São dezenas de cordeiros (nome do filhote da ovelha) esperando ansiosamente pela hora de mamar. Como eles são separados das mães para não esgotarem o leite, cabe aos funcionários e turistas usar mamadeiras para alimentá-los. Tudo explicado pela guia da fazenda.

Os bichinhos e as mamadeiras são entregues aos visitantes. Eles conseguem sugar aquela copada de leite em poucos segundos. Nessa hora, vi o quanto os adultos e principalmente as crianças gostam da experiência.

Tinha um menino no grupo, com cerca de 5 anos, que entrou no curral e se jogou no meio dos cordeirinhos. Saiu todo babado e com as orelhas sugadas, mas completamente feliz.

No final, visitamos também um curral de cordeiros recém-nascidos, e o encantamento dele não poderia ser maior. Realmente uma experiência inesquecível para crianças em Bento Gonçalves.

Ps: coloco “amamentação” entre aspas pois é a palavra que eles utilizam. Mas amamentação de fato leva esse nome quando a alimentação é fornecida direto do peito. Nesse caso, em mamadeira, é apenas alimentação.

Apresentação dos cães de pastoreio

Se você é como eu e ralou para ensinar seu cachorro a dar a patinha, vai ficar impressionado com o treinamento dos Border Collies da Casa da Ovelha. A Tinha e a Beca deram um show.

Guiadas pelo pastor, funcionário da fazenda, os cadelas demostraram alguns comandos e conduziram o rebanho de ovelhas com maestria. Sem petiscos ou broncas, o pastor fala em voz baixa e serena e os animais simplesmente obedecem.

Segundo o pastor, eles dominam as ovelhas basicamente com o olhar. Movimentação e latido obviamente ajudam, mas é no olho no olho que os cães exercem domínio sobre o rebanho.

Não só parece, como aqueles cães de fato nasceram pra isso. São séculos de aprimoramento genético e meses de treinamento demonstrados ali em alguns minutos.

Degustação de queijos de ovelha

Obviamente essa é a menos cansativa das atividades. Fomos levados a uma pequena sala, junto à produção de queijos da fazenda. Assim entendemos um pouco mais sobre a história da Casa da Ovelha e seu produto principal, que são os queijos 100% feitos com leite de ovelha.

Pude degustar vários tipos de queijos. Pra quem gosta de queijo e não tem problemas de intolerância, afinal são queijos mais gordurosos, é uma parte indispensável do passeio. Recomendo que seja a primeira da sua visita, assim vai entender melhor quando olhar pessoalmente a fazenda e seus processos.

Vale a pena conhecer o parque Casa da Ovelha?

Eu gostei bastante de visita. A família que estava no mesmo grupo, com adultos, idosos e crianças, também aproveitou bastante. Especialmente a parte de dar mamadeira aos cordeirinhos, parece encantar a criançada. Pra mim, a demonstração de pastoreio foi a melhor parte e fez valer a visita.

Mas convenhamos que não é um passeio barato. Por R$ 80 para adultos e R$ 40 para crianças, o valor pode assustar quem vai pagar por uma família inteira. Mas, pense bem: dá pra passar o dia inteiro se fizer todas as atividades.

Dica pra visitar o parque Casa da Ovelha

É preciso caminhar um pouco no pasto e nas estradas de terra. Então vá de calçado fechado. Evite chinelos e sandálias. Calça é melhor do que saia ou bermuda. Se for no verão, como eu, saiba que o calor é forte e no meio da tarde é quase insuportável. No inverno é o contrário, pois o frio é mais intenso na manhã e no final da tarde. Eles oferecem grandes chapéus de palha e repelente natural.

Preços de ingressos no Parque da Ovelha

Os valores de ingressos e horários de visitas e atividades no parque Casa da Ovelha aqui nesse artigo são referentes a fevereiro de 2020. Para valores e horários atualizados, além de outras informações, acesse o site oficial da empresa: casadaovelha.com.br

Se o seu filho tem até 5 anos, aproveite para fazer a visita sem pagar ingresso pra ele. Vale a pena ir com crianças ao parque da Casa da Ovelha.

Mais dicas de Bento Gonçalves e da Serra Gaúcha


A viagem a Bento Gonçalves foi uma parceria do blog com a AR Transportes e Turismo.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
  • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

→ Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem

→ Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

→ Chip internacional de dados e voz com  15% de desconto  se usar o cupom CHIPMAISBARATO.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários