Planejamento de viagem

Os 5 documentos obrigatórios para entrar como turista em Portugal

Confira detalhes sobre todos os documentos obrigatórios para entrar como turista em Portugal e o que é sempre exigido na imigração.

Atualmente, até que mudem as regras, estes são os documentos e comprovantes obrigatórios para entrar em Portugal como turista. Nem todos costumam ser cobrados pelo fiscal da imigração, mas podem ser solicitados e por isso é essencial ter tudo à mão, de preferência impresso.

Confira quais são esses documentos obrigatórios para entrar em Portugal como turista, o que de fato é cobrado e como e onde solicitar cada um deles a tempo para a sua viagem.

Dica importante a turistas de primeira viagem internacional

Apesar de serem todos documentos obrigatórios em Portugal para turistas, NÃO chegue e jogue tudo na mesa do fiscal. Isso só faz levantar suspeitas, ainda mais que o Aeroporto de Lisboa é um dos mais rigorosos da Europa com brasileiros. Chegue e apresente primeiramente apenas o passaporte. Então, à medida que ele solicitar, mostre os demais comprovantes.


1. Passaporte brasileiro

É o mais importante documento para entrar em Portugal como turista. Sempre é cobrado pelo fiscal da imigração. Regra que nem todo mundo sabe: seu passaporte brasileiro deve ter, no mínimo, três meses de validade a partir da data de partida do Espaço Schengen, do qual Portugal faz parte. Exemplo: se a sua passagem de volta de Portugal para o Brasil for no dia 10 de junho, seu passaporte deve ser válido pelo menos até o dia 10 de setembro.

Como solicitar o passaporte:

A Polícia Federal é o único órgão emissor de passaporte comum no Brasil. A solicitação pode ser feita online no site oficial da PF. Hoje a taxa cobrada é de R$ 257,25. A partir da data de entrevista na Polícia Federal, o passaporte leva no mínimo 6 dias para ficar pronto. Por precaução, recomendo solicitar o seu no mínimo 3 meses antes da viagem. Dúvidas? Consulte o Portal Consular do Itamaraty.

Precisa levar o passaporte antigo?

Ter um passaporte anterior bastante carimbado ajuda você a ser visto como um viajante frequente, e não um potencial imigrante ilegal. Então, por mais que seja um documento vencido e inválido, pode ser útil levar seu passaporte antigo.


2. Passagem de volta ou de saída da Europa

Com o grande número de imigrantes ilegais brasileiros em Portugal, esse documento é cada vez mais cobrado na imigração. O que o fiscal quer saber é se você é realmente turista ou se pretende morar em Portugal. Então, tenha uma prova da sua saída. Por isso, leve na mala de bordo um comprovante da sua passagem de volta para o Brasil ou de saída do Espaço Schengen, do que Portugal faz parte.

Pede ter a passagem apenas no celular?

A lei que realmente vale numa imigração, infelizmente, é se o fiscal vai ou não com a sua cara. Comprovantes no celular são válidos e aceitos na maioria das situações. Mas para criar aquela tensão e deixar o viajante e suposto imigrante nervoso, eles podem criar caso. Por isso, repito, tenha documentos impressos.


3. Comprovante de hospedagem

Em qualquer imigração internacional, inclusive em Portugal, o fiscal sempre pergunta o seu endereço no país. Primeiramente, eles não querem saber nome de hotel ou para onde você vai depois. Basta cidade, rua e número da primeira hospedagem. Mas, se cair no pente-fino, podem sim cobrar um comprovante de reserva em hotel ou a carta-convite, caso vá se hospedar na casa de alguém.

Como providenciar o comprovante de hospedagem:

Os principais sites de reservas enviam um e-mail de confirmação e oferecem essa mesma informação dentro do seu perfil de usuário. Basta dar um print na tela e imprimir. Geralmente contém as informações mais importantes, como endereço, datas de check-in e check-out e telefones para contato.


4. Seguro Viagem

Documento obrigatório em Portugal para brasileiros, o seguro viagem também pode ser solicitado pelo fiscal da imigração. Não acontece sempre, mas se você cair no pente-fino, é essencial ter um comprovante. Como Portugal faz parte do Espaço Schengen, seu seguro viagem deve ter cobertura mínima de 30 mil euros, que é o chamado Seguro Schengen. Se estiver num roteiro maior pela Europa, esse mesmo seguro é válido para entrar em qualquer outro país.

Quanto custa e como solicitar seu seguro viagem para Portugal:

Em média, os planos mais baratos planos custam a partir de R$ 10 por dia. Se ficar por exemplo 10 dias em Portugal, terá um gasto de cerca de R$ 100. Recomendo utilizar esse comparador de preços e planos, assim fica por dentro dos tipos de coberturas, franquias e vantagens de cada plano.


5. Comprovante financeiro

Sim, apesar de nem sempre ser cobrado, o comprovante financeiro é considerado um documento obrigatório para entrar como turista em Portugal. Então tenha com você a quantia mínima necessária em dinheiro ou os comprovantes impressos para outras formas de gastos em Portugal.

Quanto é preciso ter e como comprovar esses valores:

Segundo o Consulado de Portugal, é preciso comprovar ter um valor de 40 euros por dia de permanência em Portugal, além de 70 euros pela entrada. Por exemplo, se pretende ficar 10 dias em Portugal, é preciso ter pelo menos 47 euros por dia. Esses valores podem ser apresentados em dinheiro, extrato bancário e limites de cartões de crédito ou cartões de viagem.


Documentos NÃO necessários em Portugal e outras informações

Até o presente momento, ainda não é exigido visto de brasileiros em Portugal, embora o parlamento europeu esteja propenso a declarar a obrigatoriedade desse documento. Vistos são exigidos apenas de quem pretende morar, estudar ou trabalhar em Portugal. Outro documento comumente solicitado a brasileiros no exterior, o CIVP (Certificado Internacional de Vacina e Profilaxia) carimbado contra febre-amarela, também NÃO é pedido em Portugal.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
  • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

→ Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem

→ Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

→ Chip internacional de dados e voz com  15% de desconto  se usar o cupom CHIPMAISBARATO.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários