Os 5 documentos obrigatórios para viajar a Portugal (2024)

Até o presente momento, brasileiros não precisam de visto ou certificado de vacinação para viajar a turismo para Portugal. Mas existe uma série de documentos obrigatórios, a começar pelo passaporte.

Confira agora a lista com todos os documentos obrigatórios para viajar a Portugal, com suas respectivas regras, além de comprovantes que podem ser solicitados pelo fiscal na imigração.

E tenha atenção redobrada em Portugal. Aeroporto de Lisboa é um dos mais rigorosos da Europa com brasileiros. Chegue e apresente primeiramente apenas o passaporte. Então, à medida que o fiscal da imigração solicitar, mostre os demais comprovantes.

Documentos para viajar a Portugal 🇵🇹

  1. Passaporte (veja regras)
  2. Passagem de volta (ou de saída do Espaço Schengen)
  3. Comprovante de hospedagem (dicas e regras)
  4. Seguro viagem (orçamento aqui)
  5. Comprovante financeiro (valores mínimos)

Recomendações importantes:

COVID-19. Em junho de 2022 Portugal deixou de exigir o teste negativo e o certificado de vacinação ou recuperação. Portanto, não é mais preciso apresentar documentos relacionados à COVID-19 em Portugal. Atualizações no site oficial: turismodeportugal.pt.

Todos os documentos serão solicitados? Dificilmente. Nas últimas vezes que entrei na Europa, uma delas por Portugal, me solicitaram apenas o passaporte e nada mais. Numa única oportunidade, há muito anos, me pediram comprovante de hospedagem. Mas evite aborrecimentos e tenha todos os comprovantes ao desembarcar em Portugal.


1. Passaporte / Obrigatório

É o mais importante documento para entrar em Portugal como turista. Sempre é cobrado pelo fiscal da imigração. Regra que nem todo mundo sabe: seu passaporte brasileiro deve ter, no mínimo, três meses de validade a partir da data de partida do Espaço Schengen, do qual Portugal faz parte. Exemplo: se a sua passagem de volta de Portugal para o Brasil for no dia 10 de junho, seu passaporte deve ser válido pelo menos até o dia 10 de setembro.

Como solicitar o passaporte

A Polícia Federal é o único órgão emissor de passaporte comum no Brasil. A solicitação pode ser feita online no site oficial da PF. Hoje a taxa cobrada é de R$ 257,25. A partir da data de entrevista na Polícia Federal, o passaporte leva no mínimo 6 dias para ficar pronto. Por precaução, recomendo solicitar o seu no mínimo 3 meses antes da viagem.

Precisa levar o passaporte antigo?

Ter um passaporte anterior bastante carimbado ajuda você a ser visto como um viajante frequente, e não um potencial imigrante ilegal. Então, por mais que seja um documento vencido e inválido, pode ser útil levar seu passaporte antigo.


2. Passagem de volta ou saída da Europa / Obrigatório

Com o grande número de imigrantes ilegais brasileiros em Portugal, esse documento é cada vez mais cobrado na imigração. O que o fiscal quer saber é se você é realmente turista ou se pretende morar em Portugal. Então, tenha uma prova da sua saída. Por isso, leve na mala de bordo um comprovante da sua passagem de volta para o Brasil ou de saída do Espaço Schengen, do que Portugal faz parte.

Pode ter a passagem apenas no celular?

A lei que realmente vale numa imigração, infelizmente, é se o fiscal vai ou não com a sua cara. Comprovantes no celular são válidos e aceitos na maioria das situações. Mas para criar aquela tensão e deixar o viajante e suposto imigrante nervoso, eles podem criar caso. Eu ainda imprimo tudo, o que talvez seja excesso de precaução.

Consulte preços de passagens para Portugal, comparando em várias cias aéreas ao mesmo tempo. Em caso de dúvidas, veja nossa avaliação sobre o Booking Flights, com muitas dicas e opiniões.


3. Comprovante de hospedagem em Portugal / Obrigatório

Em qualquer imigração internacional, inclusive em Portugal, o fiscal sempre pergunta o seu endereço no país. Primeiramente, eles não querem saber nome de hotel ou para onde você vai depois. Basta cidade, rua e número da primeira hospedagem. Mas, se cair no pente-fino, podem sim cobrar um comprovante de reserva em hotel ou a carta-convite, caso vá se hospedar na casa de alguém.

Ao reservar um hotel no Booking.com, você recebe na hora o seu comprovante de hospedagem por email.  Se ainda não sabe onde ficar, confira aqui no blog Onde se hospedar em Lisboa, uma lista completa de bairros e hotéis.

Vai ficar hospedado na casa de amigo ou familiar? Nesse caso, é importante apresentar uma carta convite, com o endereço e uma cópia do passaporte do seu anfitrião.


4. Seguro Viagem em Portugal

Documento obrigatório em Portugal para brasileiros, o seguro viagem também pode ser solicitado pelo fiscal da imigração. Não acontece sempre, mas se você cair no pente-fino, é essencial ter um comprovante. Como Portugal faz parte do Espaço Schengen, seu seguro viagem deve ter cobertura mínima de 30 mil euros, que é o chamado Seguro Schengen. Se estiver num roteiro maior pela Europa, esse mesmo seguro é válido para entrar em qualquer outro país.

Quanto custa e como solicitar seu seguro viagem para Portugal:

Em média, os planos mais baratos planos custam a partir de R$ 10 por dia. Se ficar por exemplo 10 dias em Portugal, terá um gasto de cerca de R$ 100. Recomendo utilizar este comparador de preços de seguros, e assim ficar por dentro dos tipos de coberturas, franquias e vantagens de cada plano.


5. Comprovante financeiro em Portugal / Obrigatório

Sim, apesar de nem sempre ser cobrado, o comprovante financeiro é considerado um documento obrigatório para entrar como turista em Portugal. Então tenha com você a quantia mínima necessária em dinheiro ou os comprovantes impressos para outras formas de gastos em Portugal.

Quanto é preciso ter e como comprovar esses valores:

Segundo o Consulado de Portugal, é preciso comprovar ter um valor de 40 euros por dia de permanência em Portugal, além de 70 euros pela entrada. Por exemplo, se pretende ficar 10 dias em Portugal, é preciso ter pelo menos 47 euros por dia. Esses valores podem ser apresentados em dinheiro, extrato bancário e limites de cartões de crédito ou cartões de viagem.


Chip de celular em Portugal

Até pouco tempo atrás, eu diria para você levar todos os documentos necessários impressos. Mas hoje em dia, com a possibilidade de ter os comprovantes necessários na tela do celular, a recomendação é já chegar em Portugal com acesso à internet.

Você pode habilitar um plano internacional na sua operadora ou comprar um chip válido em Portugal e na Europa, antes mesmo de embarcar.

No última viagem, embarquei com um chip da Casa do Chip e o instalei ainda no avião. Quando desembarquei em Lisboa, já tinha internet para acessar tudo o que precisasse.

Mas é claro que, como precaução nunca é demais, eu já tinha as capturas de tela e todos os PDFs salvos.

Tempo máximo de permanência em Portugal

Atente-se que, ao viajar como turista, você poderá permanecer por no máximo 90 dias em Portugal. Caso passe em outro país do Espaço Schengen, o período é contabilizado em conjunto. Por exemplo:

  • Se já tiver ficado 50 dias na Espanha, poderá passar no máximo 40 dias em Portugal.

Dificilmente as autoridades irão atrás de você caso extrapole um pouco esse período. Mas você terá problemas na hora de deixar o país, e provavelmente não será autorizado numa próxima tentativa de entrar em Portugal. Então, respeite as regras e volta sempre.

Preços de voos do Brasil para Portugal

Portugal é o destino europeu mais próximo do Brasil e também o que recebe o maior número de voos. Por isso, é também para onde há voos mais baratos na maioria das datas.

Com o grande aumento nos preços passagens aéreas depois da pandemia, os valores médios das passagens para Portugal, ida e volta, saltaram de R$ 3.000 para R$ 5.000.

Mas é possível encontra voos mais baratos para Portugal.

Minha dica é comparar preços no Booking Flights, que busca passagens simultaneamente em várias cias aéreas, e é possível ordenar a partir do mais barato.

Buscando hoje no site indicado, encontrei passagem por menos de R$ 4.000 pela TAP, principal cia aérea portuguesa, saindo de capitais como Brasília, Fortaleza e Recife, com destino a Lisboa.


Documentos NÃO necessários em Portugal e outras informações

Até o presente momento, em janeiro de 2024, ainda não é exigido visto de brasileiros em Portugal, embora o parlamento europeu esteja propenso a declarar a obrigatoriedade desse documento.

  • Visto é exigido apenas de quem pretende morar, estudar ou trabalhar em Portugal.
  • O CIVP, Certificado Internacional de Vacina e Profilaxia, também não é necessário em Portugal.
  • Todas as regras relacionadas à COVID-19 já foram retiradas.

Boa viagem!

Viaje com tudo reservado

Descontos para você economizar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

  1. Se no caso mudança planos quero deixar o hotel antes dos dias prevista na reserva, serei cobrado por isso?

    1. Olá, Manuel. Depende das regras da reserva e da flexibilidade do hotel.

  2. Rodrigo Cruz disse:

    Excelentes informações, só tenho a agradecer,muito obrigado mesmo .

  3. Ótima dica obrigado pelo bom serviço prestado