Planejamento de viagem

Melhor caminho e estradas de São Paulo a Paraty

Fiz o teste: desci a serra pela Rodovia dos Tamoios e subi pela Oswaldo Cruz. Dicas de estradas e rotas alternativas de São Paulo a Ubatuba, Caraguatatuba e Paraty.

Para ir de carro de São Paulo a Paraty, é preciso escolher bem as estradas. Há caminhos bem diferentes, especialmente para descer a Serra do Mar.

Fiz a viagem até Paraty por um caminho e voltei por outro. Assim posso comparar as rotas e ajudar você a escolher como chegar em Paraty a partir de São Paulo.

Viagem de São Paulo a Paraty

Não acredite no Google Maps. Segundo o aplicativo, o caminho mais rápido de São Paulo a Paraty é seguir pela Dutra até Guaratinguetá, e lá pega o trevo em direção a Cunha e Paraty. Mas a descida com Cunha é a mais lenta e sinuosa da Serra do Mar, com longos trechos em paralelepípedos.

Estes são os dois melhores caminhos de São Paulo a Paraty:

  1. Via Tamoios / São Paulo – São José dos Campos – Caraguatatuba – Paraty
  2. Via Oswaldo Cruz / São Paulo – Taubaté – Ubatuba – Paraty

Trechos e dicas da viagem:

Um terceiro caminho possível é a rota cênica pela BR-101, com início em Santos. De fato é a estrada mais bonita, cortando todo o litoral norte de São Paulo. Mas é uma viagem com mais de 7 horas de duração e pistas simples desde a descida para a costa. E pode durar muito mais devido aos engarrafamentos, pois ela passa por destinos importantes como Bertioga, Maresias e São Sebastião.

1. Via Rodovia dos Tamoios – Toda duplicada

  • São Paulo – São José dos Campos – Caraguatatuba – Paraty
  • 300 km / 5h30 horas na minha viagem

A Rodovia dos Tamoios é hoje a melhor estrada para descer a Serra do Mar em São Paulo. Está toda duplicada e em excelentes condições. Faça assim:

Saindo de São Paulo, siga pela Via Dutra até a altura de São José dos Campos. Siga as placas ou o GPS para pegar a Rodovia dos Tamoios. Fica logo após o Frango Assado, melhor parada do caminho, onde também tem um posto BR.

A duplicação da Tamoios ficou pronta em 2022. Há dois pontos de cobrança de pedágio.

Para a descida de serra, é usada a pista que já existia. Por isso achei confuso no início, pois ainda há placas na direção contrária e faixas contínuas proibindo a ultrapassagem.

Mesmo sendo uma pista de mão única, não faça loucuras. Siga devagar, pois há muitas curvas e precipícios.

Em Caraguatatuba, infelizmente é preciso passar no meio da cidade. Nessa parte a sinalização é péssima e até o GPS errou. De lá até Ubatuba, são 52 km de distância em pista simples com muito movimento de carros, motos, bicicletas e pedestres atravessando a estrada, o que requer muita atenção.

2. Via Oswaldo Cruz – Curvas muito loucas

  • São Paulo – Taubaté – Ubatuba – Paraty
  • 300 km / 4h30 horas na minha viagem

A Rodovia Oswaldo Cruz faz a ligação de Taubaté a Ubatuba. Para escolher esse caminho, faça assim:

Em São Paulo, pegue a Via Dutra, passe por São José dos Campos e siga até a altura de Taubaté, onde está o trevo para Ubatuba.

Sinuosa desde o início, a Rodovia Oswaldo Cruz estava com trânsito rápido, pra não dizer apressado. Mesmo com muitas curvas e poucos locais para ultrapassagem, vi muitos carros acima de 120 km/h.

Mas é faltando cerca de 15 km para Ubatuba que a coisa complica. A estrada desce em caracol a Serra do Mar. Algumas curvas tem quase 180º. Não é erro de matemática: a gente passa em pistas praticamente paralelas, mas muitos metros acima.

Já desci e subi por essa estrada, e achei a subida ainda mais tensa.

Mais do que ir de devagar e confiar em si mesmo, é preciso confiar nos outros. O que é complicado. Para evitar essa roleta-russa, pegue outra estrada. Se não, procure pelo menos ir durante o dia e com tempo seco. Se chover ou baixar a neblina, fica difícil enxergar e fácil escorregar.

Tamoios os Oswaldo Cruz, qual a melhor estrada da Serra do Mar?

Sem dúvida a Rodovia dos Tamoios, agora toda duplicada, é o caminho mais rápido e seguro da Dutra até o litoral de São Paulo.

Mas, se for seguir viagem para Ubatuba ou Paraty, a ida pela Tamoios aumenta o tempo de viagem em quase 1 hora. Isso ocorre pois o trecho entre Caraguatatuba e Ubatuba é muito movimentado e nos obriga a passar pelo centro das cidades.

Eu fui pela Tamoios e voltei pela Oswaldo Cruz. Apesar de o GPS indicar apenas meia-hora a menos no caminho pela Oswaldo Cruz, peguei muito trânsito na chegada a Ubatuba, o que faz a viagem pela Tamoios levar cerca de 1h20 a mais.

Estrada de Ubatuba a Paraty

Depois de Ubatuba, a viagem até Paraty costuma ser de trânsito tranquilo, especialmente em dias de semana. Mas é uma estrada que também requer cuidados:

  • Há bastante travessia de animais. Respeite os limites de velocidade, por mais que aparentemente seja possível acelerar mais.
  • As quedas de barreiras/desmoronamentos são comuns. Mesmo em meses sem muitas chuvas, é comum ver deslizamentos e há muitos pontos com homens trabalhando para conter as encostas.
  • A estrada é muito escura. Cerca pela Mata Atlântica, a estrada por vezes parece um túnel, com as copas das árvores se encontrando na pista.

Esse trecho da BR-101 de Ubatuba a Paraty é todo em pista simples em condições entre boas e razoáveis. Reparei num único trecho esburacado, que não passava de 2 km, já no estado do Rio de Janeiro. Não há cobrança de pedágio.

Chegada a Paraty

Sem dúvidas chegar a Paraty faz valer cada segundo da viagem. A cidade superou todas as expectativas, desde o imperdível passeio de barco pelas ilhas de Paraty, às caminhadas e jantares no preservado Centro Histórico.

Se tiver alguma dúvida sobre qual caminho escolher, basta perguntar. Essa viagem foi realizada entre junho e julho de 2022. Como as condições da estrada vão mudar com o tempo, conto com os comentários para manter os próximos viajantes atualizados.

Veja também:

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários