Para complementar nossas dicas de onde ficar em São Paulo, a pedido de uma leitora estou fazendo estas dicas de hospedagem e transporte para quem vai ao festival Lollapalooza, que todo ano acontece em São Paulo. Em 2018, mais uma vez o o evento será no Autódromo de Interlagos.

Em 2017, cerca de 190 mil pessoas foram ao Autódromo de Interlagos nos dias do Lollapalooza. Então imagine como ficam o trânsito, a tarifa dinâmica de Uber e Cabify, os preços fechados dos táxis e os preços dos estacionamentos perto do autódromo (o oficial custa mais de R$ 100 por dia). É o caos.

(Se pretende se hospedar em hostel, veja os 10 melhores hostels de São Paulo e também nossas dicas de hostels baratos e perto do metrô, o que facilita muito pra quem vai ao Lolla. Para os momentos de folga dos shows, veja o que fazer em São Paulo).

Morando em São Paulo há 6 anos, já fui em alguns shows e corridas no distante Autódromo de Interlagos. E sempre fui da forma mais barata, de trem. Por isso a principal dica de hospedagem para quem vai ao Lolla, é ficar perto de uma estação de trem ou metrô. Ver melhores hotéis para o Lollapalooza →

Como chegar de trem no Lollapalooza em Interlagos

É o melhor transporte até lá. Os trens de São Paulo são modernos em limpos, especialmente os da Linha 9 Esmeralda, que leva a Interlagos. Isso porque essa é a linha que passa nas regiões mais ricas da cidade, como o Itaim Bibi e Avenida Berrini. Então não se preocupe, o trem é seguro e moderno, praticamente um metrô a céu aberto.

Mas pode estar lotado. Segundo o site oficial do festival, o Lolla 2018 acontece nos dias 23, 24 e 25 de março. Ou seja, começa numa sexta-feira, dia mais lotado nos trens de São Paulo. Peguei muito essa Linha 9, e ela é um inferno no horário do rush, que em São Paulo começa 17h e vai até 20h, em média. Então, se você vai no primeiro dia do Lollapalooza, cuidado com a hora do rush, seja no trem, nas marginais e em qualquer lugar de São Paulo, que trava completamente.

Esse mapa acima é oficial da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), com linhas de trem e metrô em São Paulo. O mapa interativo está aqui no site oficial.

A estação mais próxima do Autódromo de Interlagos é  a… Estação Autódromo. Então não tem erro. É só descer lá e andar cerca de 800 metros até a entrada do Lollapalooza. Com o grande público do evento, é só seguir a multidão, passando pelas ruas residenciais do bairro de Interlagos.

Horários dos trens: em dias de Lollapalooza, a CPTM costuma ampliar o horário de funcionamento dos trens. Essa informação do ano passado explica o funcionamento em 2017. Vamos esperar para ver como será agora em 2018.

Não vale a pena se hospedar em Interlagos

O bairro de Interlagos é muito longe da parte legal de São Paulo. É uma região completamente residencial, cheia de casas de classe média e pouquíssimos hotéis. Aliás, se for se hospedar em Interlagos, cuidado para não reservar um motel (a não ser que seja sua intenção mesmo).

Olhando no Booking, a único hotel bem avaliado na região é o Interlagos Small Resort. Não sei exatamente como é o caminho para ir a pé de lá para o autódromo.

E o Ibis Interlagos? Bom, ele fica a 5 km do autódromo e não recomendo fazer o trajeto a pé. Se quiser se hospedar lá, o jeito é apelar para táxi ou aplicativos de transporte, sujeitos a tarifa dinâmica.

Onde é melhor se hospedar para ir no Lollapalooza

Se você vai aproveitar o trem para chegar em Interlagos, a melhor dica é ficar perto de uma estação de trem ou metrô. Principalmente nas estações com acesso mais rápido a Interlagos. Por sorte, os melhores bairros de São Paulo têm fácil acesso à Linha 9 do trem.

Além das dicas de hotéis a seguir, nos melhores bairros, em dias de Lolla surgem opções informais de hospedagem. Por exemplo, de moradores de Interlagos que transformam seus jardins em área de camping. Pode sair muito mais barato do que hostel. Vi anúncios nos grupos do Lolla Brasil no Facebook. Não vou indicar nenhum aqui, porque não é possível saber histórico de conforto e segurança nos locais. Vi também pousadas pequenas que já incluem o transporte pro evento. Pra quem topa se arriscar, é só procurar no lá no Face.

Itaim Bibi e Vila Olímpia

Bares da moda e trajeto mais rápido até o Lolla

Considero o Itaim Bibi um dos melhores bairros para se hospedar em São Paulo. E lá tem a Estação Cidade Jardim, da mesma Linha 9 da CPTM. Ou seja, dá pra ir a pé até a estação de trem e embarcar direto para Interlagos, sem conexão. Em volta da estação Cidade Jardim é um tanto ermo, então não recomendo andar sozinho até lá à noite. Infelizmente não medi o tempo de viagem, mas calculo em mais ou menos 30 minutos do Itaim Bibi até Interlagos.

Aproveite que o Itaim Bibi tem os melhores bares e restaurantes de São Paulo, é plano e seguro para andar a pé e tem muitos hotéis. Não é um bairro de hotéis baratos e não tem hostel na região. Mas tem bons hotéis a bom custo-benefícios. As melhores localização são a do Tryp Itaim e a do Transamerica Executive Faria Lima.

Colada no Itaim Bibi, lotada durante o dia e sem vida à noite (quando fecham os shoppings), a Vila Olímpia também tem sua estação de trem, ainda mais perto de Interlagos. Os hotéis mais próximos da Estação Vila Olímpia são o Estanplaza, o Mercure JK e o Radisson Vila Olimpia. Um pouco mais afastado, o Caesar Vila Olímpia custa um pouco menos.

Perto da Paulista

Pontos turísticos clássicos e fácil conexão com trem

Com três estação de metrô da Linha Verde, a região da Avenida Paulista também tem fácil acesso à Linha 9 de trem que vai para Interlagos: é preciso fazer conexão na Linha Amarela (Estação Paulista) e depois na Estação Pinheiros para pegar o trem. Calculo a viagem de trem da Paulista até Interlagos em mais ou menos 1h40.

Os diferentes bairros que cercam a Avenida Paulista têm restaurantes, pubs, baladas e uma grande oferta de hotéis, hostels e hospedagem pelo Airbnb (use nosso código de desconto).

Nessa região, as dicas de hotéis são o San Gabriel, o Ibis Frei Caneca (principalmente público gay) e o Ibis Budget Paulista, que fica exatamente ao lado de uma estação da Linha Amarela do metrô, o acesso mais fácil possível ao Lolla a partir dessa região.

Também tem muitos hostels de qualidade perto da Paulista, como o The Hostel Paulista e o Soul Hostel.

Perto da Rua dos Pinheiros

Bom pra comer, beber e… ir para o Lolla

Meca hipster de São Paulo, a região da Rua dos Pinheiros é uma versão brasileiro do bairro novaiorquino de Williamsburg. Entre hamburguerias, mercados orgânicos e brechós, surgiu uma estação de metrô. É a Estação Fradique, da Linha Amarela, que faz conexão com a Linha 9 do trem. Ou seja, fácil acesso a Interlagos. Também não medi o tempo de viagem, mas calculo mais ou menos em 1h20.

Pinheiros não tem muitos hotéis, mas surgiram algumas boas opções de hostel perto do metrô, como o The Pod e o Backpackers.

Hotéis e hostels bem localizados para ir no Lollapalooza

Além dos hotéis indicados nos bairros acima, selecionei outros hotéis com fácil acesso ao trem que leva até o Lollapalooza. Lembrando que os bairros foram indicados por serem legais e terem fácil acesso ao Lolla, mas existem muitos outros bairros, hotéis e hostels perto do metrô em São Paulo, em outros bairros menos interessantes para se hospedar. Muitos deles estão no nosso guia Onde ficar em SP.

Pra facilitar, marquei todos os hotéis indicados no mapa, de azul. De vermelho, estão as estações de trem e metrô mais próximas e também a Estação Interlagos. De roxo, lá embaixo no mapa, está marcado o Autódromo José Carlos Pace, mais conhecido como Autódromo de Interlagos, onde será o Lollapalooza em 2018.

Alguma dúvida de como chegar e onde se hospedar para o Lollapalooza?

Impossível esclarecer todas as possíveis dúvidas de uma vez só. Então, se tiver alguma pergunta, é só mandar nos comentários aqui embaixo, que aí eu respondo o mais rápido possível (geralmente no mesmo dia). Então boa viagem e bons shows pra todo mundo no Lollapalooza.

Foto em destaque (Liliane Callegari) CC BY 2.0



Booking.com

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Criador e editor-chefe do Buenas Dicas. Contato: nivaldo@buenasdicas.com

38 Comentários

  1. Oi Nivaldo! Ótimas dicas, parabéns!!
    Minha filha de 17 anos vai com um amigo da mesma idade. Vão se hospedar na Vila Andrade/Panamby. É perigosa a região..
    Aluguei um apartamento pelo airbnb. É seguro ir e voltar de uber? Eles não conhecem essa região de São Paulo, e nunca pegaram trem… fico preocupada. Se puder me dar alguma informação.. Obrigada

    • Nivaldo Responda

      Olá, Jane. Essa região da Vila Andrade é onde fica Paraisópolis, a maior favela de São Paulo. Um contraste muito grande, pois logo ao lado estão os prédios de luxo e mansões do Morumbi. Pessoalmente, conheço muito pouco esses bairros. Conheço mais é pelas notícias, quase sempre ruins. Algumas recentes:
      Tiroteios: https://glo.bo/2sMKLlG
      Arrastão: https://glo.bo/2ztmgcL
      Arrastão na ponte: https://glo.bo/2ycMkZ4

      Esse é o tipo mais comum de crime por lá. Os bandidos ficam no cruzamentos, esperando os carros, com armas em punho. A qualquer hora do dia. Claro que deve ter os locais mais perigosos, as ruas que devem ser evitadas. Deve ter muita gente que mora na região e nunca foi roubada. Mas, se quer reduzir as chances de roubo, recomendo se hospedarem em outro bairro, de preferência do outro lado da Marginal Pinheiros.

      Dá uma olhada em bairros como Moema, Itaim Bibi, Pinheiros, Vila Madalena, Brooklyn, Perdizes, Jardins, Bela Vista, Campo Belo e outros, que inclusive são mais próximos do local do Lolla. Alguns tem muitas opções pelo Airbnb. (Se for sua primeira reserva pelo site, pode usar nosso cupom de desconto: http://bit.ly/2GI54nD).

  2. Olá Nivaldo! Vou para o Lollapalooza só na sexta-feira. Vou ficar hospedada num hotel ao lado da estação de metro República. Pretendo ir pra lá de manhã, pra entrar assim que abrir. Minha preocupação é na volta, após o último show. Será q dá tempo de chegar antes do metrô fechar? Será que o metrô tem horário diferenciado nos dias do festival?

    • Nivaldo Responda

      Oi Hariana. Em 2016 e 2017, CPTM e metrô tiveram horários diferenciados nos dias do Lolla, agora em 2018, por enquanto, os horários não serão alterados. Acabei de ter esta resposta do perfil @DiariodaCPTM no Twitter:
      Em resposta a @buenasdicas
      “Olá, geralmente a CPTM reforça a operação com mais trens, porém o horário de fechamento das estações não é alterado. Mais informações. @CPTM_oficial @metrosp_oficial”.

      Mesmo assim, acho que os horários normais são suficientes. CPTM e Linha Amarela fecham à meia-noite em dias de semana e domingos e 1h aos sábados. Mas é preciso chegar com pelo menos 1 hora de antecedência à plataforma pra ter o embarque garantido. (Informações do site oficial: http://www.metro.sp.gov.br/sua-viagem/horarios/horarios-integracao.aspx)

      Olhando agora a programação oficial de shows do Lolla (https://glo.bo/2oBi6e9), teoricamente será possível ficar até quase o final somente no sábado, se quiser voltar de trem. Isso se não tiver atraso. Últimos shows de cada dia:

      Dia 23, sexta
      21h10 – 23h00: Red Hot Chili Peppers

      Dia 24, sábado
      21h00 – 23h15: Pearl Jam

      Dia 25, domingo
      21h00 – 22h30: The Killers

      Vai ter que ficar de olho no relógio e pesquisar transportes alternativos. Na saída provavelmente vai ter muita gente querendo dividir táxi, uber ou cabify. E como vai estar hospedada no centro, vai estar um pouco depois da rota da maioria das pessoas. Bons shows!

  3. Oi Nivaldo tudo bem,

    Estarei indo ao Lolla os três dias ficarei hospeda-se no Merak, Av Lavandisca – Moema é tranquilo ir e vir de uber ?!

    O que indicaria de restaurantes, pizzaria, queira muito conhecer o bistrô Paris 6

    • Nivaldo Responda

      Oi Vana. Moema já é início da Zona Sul, então é mais perto do que se ficasse na Paulista, por exemplo, e ainda evita um trecho de muito trânsito. Mas ainda são 16 km de distância até o Lolla em Interlagos. Na sexta à noite, o trânsito é pesado. Lembrando que engarrafamento em São Paulo, especialmente às sextas, geralmente começa 16h e vai até 21h ou mais, sem trégua. No sábado e no domingo é mais tranquilo.

      Dica: além do uber, instale também o aplicativo do Cabify. Tem menos motoristas circulando, mas os carros são melhores e o preço quase sempre é mais baixo, além da empresa ser um pouco mais rigorosa na seleção de motoristas.

      Restaurantes: você perguntou do Paris 6 pra pessoas que mais odeia ele, haha. Não recomendo de jeito nenhum. A comida é muito cara e vai de mais ou menos pra ruim. Não vale o preço. E muito menos vale a fila. Em finais de semana, ainda mais com o Lollapalooza lotando a cidade, a espera lá pode demorar mais de DUAS HORAS. Perto do seu hotel, tem a Pizzaria Bráz, que é uma das melhores da cidade. Se quiser um pub, indico o Blue Pub, perto da paulista, que é muito legal. Mas em Moema mesmo tem muitos bares e restaurantes bons, então então nem precisa ir longe se não tiver tempo.

  4. Gostei das dicas, Nivaldo! Minha única dúvida é em relação a segurança. Voltando de trem pela linha esmeralda, quais desses lugares são mais tranquilos de andar de madrugada? (Pinheiros, Vila Olímpia, Itaim, etc)

    • Nivaldo Responda

      Olá, Andre. Bom, não sei índices de assaltos nos entornos das estações, então vou comentar com minhas percepções pessoais:

      Estação Vila Olímpia: exceto aos sábados, é muito movimentada até o último horário. Saindo da estação, tem um trecho de uns 100 metros que é uma rua estreita e escura, mas geralmente fica movimentada de passageiros até pelo menos 23h, quando fecha a estação em dias normais. Se for um sábado de festa na Villa Mix, que fica perto da estação, vai estar mais movimentado ainda. Na esquina dessa rua escura, o que está dando mais vida à região é uma lanchonete Wendy’s, que fica aberta até meia-noite. Passando por ela, o bairro é muito iluminado e geralmente sem movimentos suspeitos. (Na região tem uma pequena favela-comunidade que ocupa um único beco, mas geralmente tem polícia em frente).

      Estação Pinheiros: muito movimentada em qualquer horário, porque conecta metrô, trem e ônibus. Mas o entorno dela é feio, o lugar nunca se recuperou da cratera, que casou aquele acidente. A não ser que seu hotel seja muito próximo da estação, não recomendo andar aqui à noite.

      Estação Cidade Jardim, no Itaim Bibi: é a mais isolada das estações da CPTM nessa região. Não tem comércio em volta e não tem movimentos suspeitos. Só trem prédios luxuosos por perto. Saindo do quarteirão da estação, que fica na nada simpática marginal, vai ter mais vida ao redor. Dependendo de onde se hospedar, é só caminhar um pouco até passar a ver bares lotados e restaurantes.

      Resumindo, pessoalmente eu não acharia tranquilo andar de madrugada saindo de nenhuma dessas estações. Isso em dias normais, porque imagino que o público do Lolla vá agitar mais as regiões. Se tivesse que escolher entre essas, ficaria perto da Vila Olímpia.

      Melhor mesmo é ficar perto das estações de metrô. Em qualquer uma da Av. Paulista, vai ter muita gente circulando por perto durante a madrugada inteira.

  5. Olá Nivaldo, obrigada pelas dicas! Eu vou ficar no The Pod, pretendo pegar a linha amarela até a estação pinheiros, para pegar o trem. Minhas dúvidas são mais em como funciona a logística de tudo isso. Por exemplo, como se realiza o pagamento do trem e na linha amarela? Uns amigos que já foram para SP falaram algo sobre comprar antecipado algum tipo de cartão (?), para evitar pegar filas na hora de comprar a passagem e na volta.. ou você acha desnecessário? E a troca da linha amarela para pegar o trem, como funciona? Obrigada!

    • Nivaldo Responda

      Oi Carolina. Boa escolha. Se o plano é andar de metrô e trem apenas entre o The Pod Hostel e o Lolla, acho que pode ser mais simples comprar só os bilhetes mesmo. Tem guichês em todas as estações e a fila geralmente não é demorada. É só comprar todos os tíquetes que vai precisar de uma vez só. A estação Fradique Coutinho, perto do seu hostel, é uma das mais vazias da cidade. A integração do trem com o metrô é gratuita, ou seja, com um único tíquete você chega no destino final. Não lembro se aceita cartão de crédito, então é melhor ter dinheiro vivo, de preferência em trocados.

      Conexão Linha Amarela com o trem: você vai descer na estação Pinheiros. Aí você sobe seguindo a multidão pelas escadas rolantes. Não tem que sair da estação. Continua subindo. Aí você continua seguindo o fluxo e atravessa uma passarela sobre a marginal. Pronto, já vai ver os trens passando. Aí você embarca Sentido Grajaú.

      Sobre cartão, o que existe é o Bilhete Único. Ele é válido prea andar de ônibus, metrô, trem e até pra retirar bicicleta nas estações Bike Sampa. A vantagem dele, além da praticidade, é que rola uns descontos nas conexões entre ônibus e metrô. Tipo, se você pegar um metrô e em seguida embarcar num ônibus, a segunda viagem sai mais barata. E se for de um ônibus pra outro, a segunda viagem é grátis até um certo período de tempo.

      No seu caso, que é turista, tem que comprar o Bilhete Único Anônimo, que custa R$ 4 + créditos que quiser colocar.

      O problema é achar esse cartão pra comprar. O site oficial (http://bilheteunico.sptrans.com.br/novobu.aspx) lista onde ele está à venda, mas pode acontecer de estar em falta. Se quiser, dá uma olhada nos postos de venda. Olhando por cima, parece que o Terminal Pinheiros é o local mais próximo do seu hostel. Se passar pela Estação Faria Lima, que é grandinha, pode perguntar sem tem pra vender lá também.

  6. Oi Nivaldo, primeiramente muito obrigada pelas dicas super uteis! Eu vou para o festival apenas na sexta-feira (o pior dia em relação ao trânsito) e pretendo assistir o último show da noite. Eu nunca fui para SP e estarei viajando sozinha, então estou com bastante medo de me perder de madrugada e coisas assim. A minha prioridade é ficar o mais próximo possível do local do show e se tiver que usar o transporte público que seja de uma forma que eu não tenha que fazer muitas baldeações ou andar muito a pé. Pra você ter uma ideia, na minha cidade não tem trem ou metrô, então eu serei um bichinho do mato na cidade grande. Por favor me ajude! haha
    Eu peguei as suas indicações de hotéis próximos a Interlagos e coloquei no google maps, mas obtive trajetos cheios de baldeações. No meu caso, qual é o melhor local para eu me hospedar e como eu faço pra ir e para voltar do festival?
    Desde já agradeço pela atenção!

    • Nivaldo Responda

      Oi Alessandra. Também sou de cidade pequena e me mudei pra São Paulo sem entender nada e me perdia muito, por isso sei que uma cidade desse tamanho precisa ser bem explicada.

      Então, você tá planejando fazer exatamente o que a dica não recomenda, haha, que é se hospedar em Interlagos.

      Como falei, até existem hotéis próximos, mas transporte público dentro de bairros de periferia assim é complicado. Se realmente se hospedar na região do autódromo, pesquise bastante sobre transporte e segurança na região do hotel.

      Dá uma olhada no mapa de hotéis do Booking (https://booki.ng/2HXF6g9), colocando a data da sua viagem. Nesse link, a primeira opção mostrada é o hostel B2B SP, entre o Shopping Morumbi e a estação de trem.

      Essa estação Morumbi do trem é uma das mais próximas à estação de Interlagos, além de ser uma das mais movimentadas da cidade. O que é importante, pois essas estações são na Marginal Pinheiros, avenida gigante, feia, fedida e movimentada. Por isso é importante usar uma estação , digamos, mais nobre e agitada como essa.

      Vá pelas dicas mesmo, fique perto de uma boa estação de trem (olha o mapa que fiz com hotéis e pontos de referência). Se inventar de ir de ônibus, a chance de se perder é maior.

  7. ola, vou ficar no Travel Inn Ibirapuera. como faço para chegar ao autodromo? nao conheço nada em sp!

    • Nivaldo Responda

      Oi Letícia. Tem duas estações de metrô próximas desse Travel In (https://booki.ng/2t9yNCM), a Vila Mariana e a Santa Cruz. Você pode pegar um táxi até um delas e ir de metrô-trem, fazendo as conexões.

      Ou pode pegar um uber até a estação de trem, pra acelerar a viagem, gastando um pouco mais.

      Ou pode ir tudo de táxi/cabify/Uber.

  8. Dicas muito boas, mas ainda tenho muitas dúvidas sobre onde ficar e principalmente como voltar do festival.
    Sobre o metro. Você considera seguro o caminho do metro até o local do Show? Principalmente na volta que é noite. Acha seguro?
    A noite mesmo que eu não fique para o ultimo show (vou na sábado) saindo umas 22h, acha muito dificil encontrar um uber/99?
    Sei lá talvez ir de metro e voltar de uber/99?
    Se for de carro que hotel ficar para fazer um caminho mais simples (faz tempo que não dirijo em SP)?

    • Nivaldo Responda

      Oi Daniela. Em dias normais, não acho seguro andar à noite entre a estação Interlagos e o autódromo. Bairro residencial, ruas vazias e escuras, favela próxima… Mas acho que vai ser diferente nos dias de shows do Lolla. Imagina que vai estar cheio de cambistas, vendedores de comida, cerveja, público fazendo o mesmo trajeto.

      Não recomendo ir de carro. Imagina a dificuldade no trânsito e o preço pra estacionar.

      Eu não vou esse ano, mas se fosse, decidiria na hora como ir embora, observando o movimento. Primeiro testaria chamar um Uber/táxi por aplicativo e se estivesse com preço alto ou demora absurda, acompanharia o movimento de gente até o trem. Em ultimo caso, pegaria um táxi parado na região. Cada dia vai ser de um jeito, acho difícil fechar um plano agora. Tem é que saber as alternativas.

    • Nivaldo Responda

      Sobre onde se hospedar, da uma olhada nos links de hotéis que coloquei e outros que leitores encontraram e também são boas pedidas, pra vários orçamentos.

  9. Olá, Nivaldo! Preciso da sua ajuda! Eu vou nos 3 dias do Lolla e terei que fazer essa ida e vinda sozinha. Além disso não sou de São Paulo, sou do Espírito Santo. Gostaria de um hotel numa localização legal e preço também, e que seja bem próximo de metrô para que eu consiga pegar uma linha direta para a Estação Interlagos (sem correr risco de me perder e coisas do tipo). Você pode me ajudar? Eu pensei em ficar no Transamérica no Jardins, mas segundo o mapa ele fica a quase 22km do Autódromo. Seria isso mesmo? Tem alguma opção melhor?

  10. Cara, ótimas dicas. Obrigado, estava procurando uma publicação recente como essa. Estou indo pro Lolla também, fiz reserva no Hotel Rivoli, você conhece? Sabe se tem alguma estação de trem/metrô perto? Caso tenha, tema linha que para em Interlagos? Ah, se puder recomendar alguns pontos turísticos próximos, agradeceria! Desde já, obrigado!

    • Nivaldo Responda

      Valeu, Sérgio! Se for este Hotel Rivoli aqui, da rua Don José de Barros, na República, é muito estratégica a localização. Em 5 minutos a pé você chega no metrô (estação República, linha vermelha). De lá, pega direto pra Estação Pinheiros, onde faz conexão com o trem e embarca para Interlagos. Muito fácil pra chegar no Lolla.

      Você vai estar no miolo do centro de SP, perto dos principais pontos turísticos. Comece pela rua Barão de Itapetininga, passe pelo Thetro Municipal, viaduto do chá, CCBB… Tudo perto. De boa andar durante o dia. À noite é melhor evitar andar a pé na região. E como vai estar do lado do metrô, da pra conhecer muito além. Da uma olhada nas minhas dicas sobre o que fazer em São Paulo: https://www.buenasdicas.com/o-que-fazer-em-sao-paulo-2-3282/

  11. Danilo Martins Responda

    Bom dia.

    Tens como dá dicas sobre bons hostels com uma boa liquidação, por favor?

  12. Olá Nivaldo,
    bom dia!

    Em primeiro lugar, super obrigada pelas dicas, mega úteis. Segundo, estou pensando em ficar no
    Caesar Business Vila Olímpia, achei o custo-benefício muito bom e pelo que vi, posso pegar o trem facilmente para o autódromo. Mas e quanto a diversão, bares, coisas para fazer em São Paulo. Para onde e como posso me locomover de lá?

    • Nivaldo Responda

      Oi Karine. Escolheu bem, lugar estratégico pra ir no Lolla. Se gosta de baladas sertanejas, esse hotel é do lado da Wood’s e pertinho da Villa Mix. No shopping Vila Olímpia, quase em frente, tem teatro, cinema e restaurantes. Fora isso, o bairro é morto aos finais de semana. Pra encontrar bares legais, melhor pegar um táxi pro Itaim Bibi, uns 2 km de distância, pra lugares como o bar Brexó e o Tatu Bola da Joaquim Floriano, entre outros que pode circular a pé. Se curte a vibe fitness, pode encontrar as blogueiras no Frutaria da rua Bandeira Paulista.

      Um pouco mais distante, acima de 20 reais de uber ou táxi, tem os bares da Vila Madalena.

      Bom, só algumas dicas, afinal não sei seu estilo. Mais duvidas pode perguntar. Boa viagem!

  13. Brenda Albuquerque Responda

    Nivaldo estou adorando o blog e as dicas! Porém, estou cada vez mais confusa com relação a hospedagem. Não faço questão de nada turístico, apenas gostaria de estar em um local seguro e pelo menos com algum bar ou restaurante por perto. Vejo todos indicando o transporte de metrô mas eu queria evitá-lo primeiramente por não conhecer a cidade e segundo por preferir algo mais prático e sem depender de fatores externos. Então tendo isso em vista gostaria de ficar proximo a interlagos. Você acha totalmente inviável a ida de taxi/uber? Gostaria de pagar até uns 50, 60 reais em uma ida por exemplo. Você acha que dá se eu me hospedar até onde mais ou menos? Eu vejo o mapa e não faço idéia das distâncias, tô doidinha aqui! kkkkkkkk Os eventos lá iniciam e terminam por volta de que horas? Obrigada desde já!!

    • Nivaldo Responda

      Oi Brenda! Então, se você quer um lugar seguro com restaurantes por perto, não recomendo Interlagos. O bairro é totalmente residencial. Ou seja, várias ruas escuras cheias de casas com portão fechado. Tem poucos hotéis no bairro e alguns funcionam como motel. Aqui no post listei os poucos hotéis de bairro que podem ser ok de se hospedar.

      Táxi vai ser complicado. Na ida vai ser melhor, dá pra chamar pelo 99 e até ganhar desconto. Mas na volta, se pegar qualquer lá na posta, eles costumam desligar o taxímetro e cobrar preço fechado altíssimo. Uber e cabify deve sair mais barato. O problema também vai ser na volta. No caos em volta dos portões do Lolla, imagino que seja difícil pra chegar de carro. Se for de carro, a solução pode ser descer bem antes da entrada e ir andando. Vai ter muita gente fazendo o mesmo.

      Pra você que não vai de trem e quer ficar num bairro legal, a melhor opção é Moema. Bairro seguro, shopping perto e bons restaurantes. Além de ser na Zona Sul, bem mais perto de Interlagos do que o centro ou a região da Paulista. Tem bons flats em moema. Dá uma olhada no Mercure Ibirapuera, que tem ótima localização.

      Horários de shows e bandas que vão tocar você acha no site oficial: https://www.lollapaloozabr.com/

      O G1 também fez matérias úteis pra ajudar na chegada.

    • Nivaldo Responda

      Oi de novo, Brenda. Esqueci desse detalhe sobre preço de táxi/uber de onde se hospedar até Interlagos.

      Uma corrida de táxi da região do Itaim Bibi até o Lolla fica em média R$ 65 na bandeira 1. Da região da Paulista até o Lolla, por exemplo se você estiver hospedada no Lobo Urban Stay 2018, o preço vai ser por volta de R$ 72 na bandeira 1. Já com bandeira 2, que pode ser cobrada entre 20h e 6h em dias úteis e sábados, e o dia todo em domingos e feriados, a corrida já supera os R$ 90. Isso sem contar engarrafamentos, porque quanto mais parado o táxi ficar, mais caro ele fica. MASSSSS… Em São Paulo a 99 Táxi tem muitos taxistas que oferecem todos os dias descontos de 30%. Então se chamar pelo app, selecionando essa opção com desconto, sai bem mais barato.
      Tem um site pra calcular preço de táxi em SP: http://www.tarifadetaxi.com/sao-paulo

      Se for de Uber e os preços estiverem normais, sem a tal Tarifa Dinâmica (quando tem excesso de demanda, o que pode acontecer nos dias de show), o valor final pode ser a metade do que pagaria em táxi.

      Melhor do que táxi e uber, é o Cabify, que considero o melhor aplicativo de transporte atualmente. É tipo o uber, inclusive quase todos os motoristas tem os dois apps instalados. Mas acho o Cabify mais seguro, por não aceitar pagamento em dinheiro. E quase sempre sai mais barato. Fique de olho nos cupons de descontos deles. Cansei de fazer corridas grátis usando eles. Olha como calcular preço lá: https://help.cabify.com/hc/pt-br/articles/115001144949-Como-posso-fazer-uma-estimativa-de-pre%C3%A7o-

  14. Leonardo Matos Responda

    Pretendo ficar no bairro Moema. É fácil de se chegar à Interlagos de lá?! Não conheço nada de Sampa!

    • Nivaldo Responda

      E aí, Leonardo. Moema é um ótimo bairro. Classe média alta, restaurantes legais (incluindo uma pizzaria Bráz), perto do aeroporto e com fácil acesso à região da Av. Paulista.

      De Moema até Interlagos são só 14 km, mas ainda não tem metrô bairro. Dependendo do horário que você for, o trânsito é terrível. Trava geral, principalmente no fim da tarde. Sexta-feira é o pior dia, não sei o que acontece. Se for para os shows de sábado e domingo, aí fica mais tranquilo. Então fim de semana vale a pena ir de carro (táxi, cabify, uber), porque o trânsito sentido zona sul vai estar mais suportável. Só não sei como fica nas imediações do autódromo.

      Dependendo da região de Moema que você estiver, pode ser mais rápido se for pra Estação Vila Olímpia do trem, e de lá ir de trem.

      Eu nunca fui de ônibus, se for, dá uma olhada nas linhas pelo google: https://goo.gl/Xy4YLf

    • Nivaldo Responda

      Que bom que gostou! Qualquer dúvida é só perguntar. E se tiver mais dicas pra quem vai, comenta também! :)

  15. Patricia Odorizzi Responda

    Duvida…
    Nao conheco nada de SP.
    Íbis Style Faria Lima, é um bom local para se hospedar pro lolla?

    Obrigada!!!

    • Nivaldo Responda

      Oi Patricia. Super estratégica a localização desse Ibis Style Faria Lima! Você vai estar a 5 minutos de carro da Paulista, da Vila Madalena e do Itaim Bibi, regiões mais legais de São Paulo, cheias de bares, baladas e atrações culturais. Pra Paulista, você pode ir de metrô, leva só uns 5 minutos também, embarcando na estação Faria Lima, Linha Amarela, que também vai até o Centro. Além de poder ir a pé para o Shopping Eldorado, Rua dos Pinheiros e Mercado de Pinheiros, onde tem a melhor pizza da cidade.

      O transporte dessa região pro Lolla é excelente também:

      1. Se for de carro, o hotel é pertinho da Marginal Pinheiros, geralmente o trajeto mais rápido até Interlagos, se o trânsito colaborar.
      2. Se for de trem, você pode ir andando para a estação Hebraica-Rebouças da CPTM, que vai direto para Interlagos, sem conexão.

Escreva seu comentário