Onde se hospedar em São Paulo? Boa pergunta. Mas todo mundo quer ficar perto da Avenida Paulista, seja do lado supervalorizado dos Jardins ou nas ladeiras tumultuadas do Bela Vista. Só que existem bairros bem melhores para escolher seu hotel ou apartamento.

Ok, não é todo mundo que quer ficar perto da Avenida Paulista, mas a grande maioria dos visitantes faz essa escolha na hora de decidir onde ficar em São Paulo. Talvez por não conhecerem nenhum outro ponto de referência na cidade. Talvez por acharem que a região está perto de tudo. Talvez por falta de pesquisa.

Dica 1 para economizar com hospedagem em SP: o Booking tem mais de 700 opções de hospedagem em São Paulo, entre hotéis, flats, pousadas e hostels. Além das ofertas de sempre, o maior site de reservas do mundo também dá descontos para hóspedes frequentes. Veja aqui todos os hotéis do Booking em São Paulo.

Dica 2 para economizar com hospedagem em SP: São Paulo tem boas opções de hospedagem pelo Airbnb, que pode sair bem mais barato do que hotel. E se você ainda não tem cadastro, pode usar esse código de desconto.

Primeiro, onde ficar perto da Avenida Paulista

Não sou o fã número 1 dessa região de São Paulo, afinal quase tudo em São Paulo trava o trânsito da Avenida. Protesto contra o aumento da passagem? Na Paulista. Marcha da maconha? Na Paulista. Parada gay? Na Paulista. Movimento dos albinos evangélicos tatuados? Na Paulista.

Mesmo assim, concordo que existem muitos motivos para ficar perto da Av. Paulista, incluindo a grande variedade de cinemas e atrações culturais como o MASP, além da localização estratégica entre o Centro e os Jardins. Além, é claro, das inúmeras estações de metrô da Linha Verde e o fácil acesso às linhas azul e amarela.

Se você já está convencido a ficar perto da Avenida Paulista, é preciso apenas entender as ruas e regiões a rodeiam. Vou dividir o entorno da avenida em 4 regiões principais. Dica para economizar na hospedagem: além de hotéis, a região está cheia de apartamentos para se hospedar pelo airbnb.

• Consolação

Bairro pequeno e multifacetado. Vai da movimentada Avenida Consolação até a Rua Frei Caneca, reduto gay e hipster de São Paulo, passando pela charmosa Rua Bela Cintra e pelo agito sem limites da Rua Augusta. No bairro, já falei sobre o Hotel San Gabriel e o Ibis Frei Caneca, em cujas avaliações você pode ver mais detalhes e dicas sobre a região. Procure ficar nos quarteirões mais próximos à Avenida Paulista. Veja aqui mais hotéis na Consolação.

• Jardim Paulista

Conhecido popularmente como Jardins, o bairro concentra os restaurantes mais famosos (e caros) de São Paulo, como o D.O.M, do Alex Atala. Mas não pense que dá pra ir a pé em tudo. O bairro é grande, cheio de ladeiras e cortado pela movimentada Avenida 9 de Julho. Procure ficar nos quarteirões mais próximos à Paulista, de preferência entre as alamedas Santos, Jaú e Itu. Se for mais pra baixo, perde a proximidade com o metrô, mas ganha em estilo com a Alameda Lorena e a Rua Oscar Freire. Veja aqui os hotéis do Jardim Paulista.

• Bela Vista

Bairro cheio de hotéis e hostels, mas é preciso saber escolher onde ficar por lá. Recomendo se hospedar no máximo até a altura da Alameda Ribeirão Preto. Pra baixo, as ladeiras são impossíveis de subir andando e o clima de centro se intensifica, principalmente na mini-cracolândia que se formou na Praça 14 Bis, na Av. 9 de Julho. Entre os destaques do bairro estão o Shooping Pátio Paulista e o Teatro Gazeta, além da proximidade com o Bixiga, bairro do Centro onde estão as melhores cantinas italianas de São Paulo. Confira aqui uma seleção de bons hotéis no Bela Vista.

• Paraíso

Entre a Paulista e o Ibirapuera, vai do clima comercial da parte alta ao estilo residencial beirando o parque. Privilegiando o transporte, recomendo ficar mais perto da Avenida Pauslita, onde estão as estações Brigadeiro e Paraíso do metrô, sendo que essa última conecta as linhas verde e azul. Reservas de hotel no Paraíso.

 

Finalmente, os 5 melhores bairros para ficar em São Paulo

No geral eles são seguros, com boas opções de restaurantes, hotéis mais em conta e movimentados na medida certa, sem aquele exagero da Paulista. Cada um tem suas vantagens e desvantagens. Para entender melhor como escolher seu bairro em SP, fiz uma lista com as principais características.

 

5 – Brooklin / Berrini – Para fugir do trânsito mergulhando nele (hotéis aqui)

berrini ponte estaiada
Avenida Berrini vista do terraço do Corporate Centar, ao lado do Shopping Cidade Jardim. Na imagem, dá pra ver a Estação Berrini da CPTM, o Edifício Robocop e a Ponte Estaiada.

O bairro do Brooklin se divide em vários. Novo Brooklin, velho Brooklin, Brooklin… e por aí vai. Mas sem dúvidas sua região mais disputada é o entorno da Avenida Berrini. A Berrini concentra milhares de escritórios, centenas de milhares de pessoas e sem dúvidas, bilhões de carros. Sim, a Berrini tem o pior trânsito de São Paulo. Coloquei o bairro na lista apenas como opção para quem tem compromissos na região. A Berrini deve ser totalmente evitada em horários de pico em ambos os sentidos. Lá não tem essa de contra fluxo. Para onde quer que se vá, tenha paciência. É o olho do furacão.

Facilidades: a região tem bons hotéis e a estação de trem Berrini da CPTM, que se conecta à linha amarela do metrô, que vai até a Avenida Paulista e o Centro. Evite a hora do rush no trem. Se quiser um shopping, na continuação da Berrini tem dois, o Morumbi e o Market Place. Nessa continuação da Berrini também tem a sede paulistana da Rede Globo, onde são apresentados os jornais locais, com a bela vista marrom do Rio Pinheiros. Ainda bem que TV ainda não transmite cheiro.

Desvantagens: Já falei do trânsito né? A Berrini só é a melhor opção se os seus compromissos são exatamente lá.

Dicas de hotel perto da Berrini: muito bem localizado na Rua Guararapes, perto de esquina com a Berrini e com fácil acesso à Marginal Pinheiros, o Estanplaza Nações Unidas tem bons preços e é muito bem avaliado. Perto dele, numa região cheia de bons restaurantes, outra boa opção no bairro é o 4 estrelas Intercity Berrini.

→ Veja aqui todos os hotéis na região da Berrini e Brooklyn

 

4 – Vila Olímpia – Para ser moderno futurista (hotéis aqui)

vila olimpia sao paulo
Cruzamento da Avenida Funchal com a Gomes de Carvalho. Vista de dentro da lanchonete Wendy’s.

A Vila Olímpia está exatamente entre o Itaim Bibi e a região da Berrini, no Brooklin. O bairro é novo, abarrotado de construções, hotéis, prédios espelhados e helipontos. Já saiu em diversas reportagens como o único bairro do mundo que possui mais helipontos do que pontos de ônibus. É também onde se concentram aqueles prédios novos com apartamentos minúsculos.

Desvantagens: como a Vila Olímpia é muito comercial, o bairro é cheio nos dias úteis e praticamente abandonado aos finais de semana. Não espere ver pessoas passeando com cachorros ou padarias abertas aos domingos.

Facilidades: como é, digamos, 90% comercial, o bairro tem ótimos restaurantes de quilo abertos durante a semana. Sem dúvidas bem melhor para comer do que a região da Paulista. Num raio menor que 1 km, a Vila Olímpia abriga dois grandes shoppings centers: o mediano Vila Olímpia, com boas opções de alimentação, e o luxuoso JK Iguatemi, lotado de madames e lojas de grife. Quanto a transporte, o bairro é servido pela estação Vila Olímpia de trem, que se conecta à linha amarela do metrô. A estação é vazia em horários alternativos e lotada na hora do rush.

Dicas de hotel na Vila Olímpia: antes de morar em São Paulo, me hospedei no Caesar Business, que tem fica quase em frente ao Shopping Vila Olímpia e tem boa oferta de restaurantes ao redor. E ele fica no mesmo prédio da Academia Reebok. O bairro também tem boa oferta de flats bem localizados, como o Villa Funchal, que fica entre os shoppings JK Iguatemi e Vila Olímpia, e tem farmácia e Starbucks na rua ao lado.

→ Veja aqui todos os hotéis da Vila Olímpia

 

3 – Moema – Para ser paulistano de primeira classe (hotéis aqui)

aviao bairro moema

Bairro residencial, logo abaixo do Itaim Bibi. É um bairro tranquilo, que tem um estilo tradicional de São Paulo, com boas padarias, um grande shopping center, boas pizzarias e muita gente andando entre ruas arborizadas. Para os visitantes, Moema conta com alguns hotéis (não tantos quanto o Itaim e os Jardins) e muitos flats. Talvez seja o bairro da cidade que mais tem flats e onde eles têm o melhor custo-benefício.

Desvantagens: Moema também ainda não conta com metrô e, se você não gosta de avião tirando um fino da sua janela, melhor buscar algo mais distante da rota de pouso do aeroporto de Congonhas.

Facilidades: o grande centro de compras do bairro é o  Shopping Ibirapuera, um dos mais antigos de São Paulo. O bairro também tem uma das unidades mais antigas da Pizzaria Bráz, umas das melhores de São Paulo. Algumas regiões do bairro são coladas no Parque Ibirapuera. De táxi ou ônibus, se chega à Av. Paulista em 15 minutos.

Dicas de hotéis e flats em Moema: se quiser se hospedar perto do Parque Ibirapuera, a dica é o Mercure Apartments. Perto do Shopping Ibirapuera, tem o 4 estrelas Bourbon Convention e até um hostel, o Hostel Ibirapuera. Numa rua mais tranquila, a dica é o Estanplaza (adivinha) Ibirapuera.

→ Veja aqui todos os hotéis de Moema

 

2 – Pinheiros / Vila Madalena – Para ser cool (hotéis aqui)

O bairro de Pinheiros é um dos maiores da parte “nobre” de São Paulo. Por isso mesmo é bom ver em qual região você pretende ficar. Escolhendo a rua certa, sem dúvidas o bairro é um dos melhores lugares onde ficar em São Paulo. As ruas Cardeal Arco Verde e Teodoro Sampaio são a parte feia do bairro, parecem um centro decadente, mas são excelentes lugares para comprar, respectivamente, instrumentos musicais e móveis. A região do Largo da Batata, um antigo terminal rodoviário, vem sendo revitalizada, tem estação de metrô e fica ao lado do Mercado de Pinheiros, mas ainda é uma região que eu não recomendo para hospedagem, por concentrar muitos casas de prostituição e forrós risca-faca.

Então onde ficar em Pinheiros?

A primeira opção deve ser a Rua dos Pinheiros e quarteirões ao redor, como nas excelentes ruas Mateus Grou e Fradique Coutinho, onde está uma estação de metrô da Linha Amarela. A região é certamente uma das mais descoladas da cidade. Sabe aquela sorveteria vegana? É lá. Aquele petshop para quem cria hasmters? É lá. Aquela hamburgueria da moda? É lá. 90% do que é cool ou vanguarda em São Paulo, surge primeiro nessa região de Pinheiros.

Reserve aqui seu hotel em Pinheiros 

Dicas do que fazer no bairro: uma atração interessante para visitar em Pinheiros é a feira da Praça Benedito Calixto. De estátuas velhas a roupas hippie, na feirinha você encontra de tudo. É um eterno point de hipster, bem entre as tumultuadas ruas Cardeal e Teodoro. Funciona somente aos sábado, das 14h30 às 18h30.

Vila Madalena. sim, a Vila Madalena, apesar de já ser considerada um bairro independente por vocação e estilo, é na verdade uma sub-região de Pinheiros. Entre ladeiras intermináveis e galerias de fundo de quintal, a Vila Madalena concentra restaurantes da moda e dezenas de bares lotados. Tem bar pra todos os gostos. Isso se você gosta de lugares lotados, é claro. Tem alguns dos melhores hostels de São Paulo.

Desvantagens: poucos hotéis na parte realmente boa do bairro. Os flats que existem ainda foram pouco avaliados no Booking e no Tripadvisor, sistemas de hospedagem mais confiáveis.

Dicas de hotéis e hostels em Pinheiros: recomendo o Pinheiros Room, o bonito Grou SP e o simpático Hotel L’Opera, poucas quadras abaixo dos restaurantes e bares da moda. Pertinho das melhores coisas do bairro também está um dos 5 hostels mais bem localizados de São Paulo, o The Pod Hostel.

 

1 – Itaim Bibi – Para fazer tudo a pé, como as modelos (reserve aqui)

Ciclovia externa do Parque do Povo, na Itaim Bibi com a Marginal Pinheiros

Sem dúvidas a melhor opção para quem vem a negócios e excelente também para os turistas. O bairro concentra as empresas mais modernetes do mundo (Facebook e Google), as maiores agências de modelos da cidade e pelo menos um exemplar de cada bom restaurante, como América, St. Louis, Baruk e Les 3 Brasseurs, além das melhores redes de hotéis, como Tryp e Staybridge, e hotéis mais simples e baratos, como o super bem localizado Hotel Gran Chevalier.

Muitos restaurantes: o Itaim Bibi é provalmente o bairro brasileiro com mais restaurantes japoneses por metro quadrado. E mais restaurantes franceses. Também tem restaurantes espanhóis, cantinas italianas, hamburguerias, sorveterias, churrascarias e excelentes botecos. Ótimo para quem se hospeda a trabalho ou turismo.

O melhor bairro para caminhar em São Paulo: o bairro concentra tudo em poucos quarteirões, que podem ser facilmente percorridos a pé. Diferente de outros bairros de São Paulo, o Itaim Bibi é totalmente plano e suas ruas são paralelas. Assim dá pra andar sem suar e sem se perder. Como o bairro é movimentado noite e dia, considero uma das regiões mais seguros se São Paulo. E se suar de tanto andar, é só parar em alguma das excelentes sorveterias do bairro, como a Vipiteno e a Cuordicrema.

Ofertas em hotéis no Itaim Bibi •

Desvantagens: o Itaim Bibi não possui metrô e tem um trânsito complicado. Mas se locomover é facil, já que é delimitado por grandes avenidas (Nove de Julho, Faria Lima e Juscelino Kubitschek) e sua localização é excelente, entre os Jardins, a Vila Olímpia, a região da Berrini e a Vila Nova Conceição, além de estar a apenas 7 km da Av. Paulista.

Facilidades: o Itaim Bibi não tem um grande shopping center, mas conta com o Brascan Open Mall, um pequeno shopping a céu aberto, com ótima praça de alimentação, onde estão Burger King, Mcdonald’s, Starbucks, Galeto’s, Braugarten e outros, além da rede Kinoplex, livraria Saraiva e alguns serviços. Além de ser próximo ao Ibirapuera, o bairro conta com seu próprio parque: o Parque do Povo, inaugurado em 2008, com ciclovia, pista de caminhada, jardins e gramados.

Dica de hotel no Itaim Bibi: como falei acima, já me hospedei e gostei bastante do Tryp, que fica no centro do bairro e tem ótimos restaurantes ao redor.

Mais dicas de onde ficar em SP

Onde ficar em SP de acordo com os melhores hostels > Os 5 melhores hostels de São Paulo

Onde ficar perto do metrô em SP > 5 hostels bacanas e baratos perto do metrô em SP

Onde ficar perto do seu evento > Onde ficar em SP perto do que você precisa

Dicas de albergues > Os 10 melhores hostels de SP

Ainda não se decidiu? Veja mais todos os posts com hostels, pontos de interesses e outras dicas de onde ficar sp

Quando se perguntar onde se hospedar em São Paulo, primeiro pense nos seus compromissos e prioridades. Escolha primeiro o melhor bairro e para você e aí sim pense nos hotéis. Seja a viagem a turismo ou a negócio, siga as dicas do Buenos Dicas.

Fotos: Buenas Dicas; Michell Zappa (Beco do Batman, Vila Madalena – CC BY-SA 2.0)

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

177 Comentários

  1. Olá, Nivaldo. Eu estou querendo morar em sampa, quarto individual, cozinha coletiva, banheiro coletivo ou individual. Não fumo, não bebo, não tenho animal. Sou psicanalista. Quero algo bem barato, tipo no máximo 600,00. Provavelmente algum tipo de pensão ou pensionato. Será que vc pode me dar alguma dica? Obrigado!

  2. Ola! Estou indo à São Paulo em meados desse mês (jun/18) e ha alguns dias ja venho pesquisando hoteis. Em principio pensei no centro, aí vem a polêmica: uma amiga paulistana que mora em BH me disse para não ficar no centro, ja um amigo paulistano que mora em Fortaleza me recomendou ficar no centro na regiao da Consolação. Vou com minha filha adulta e nosso proposito é turistar mesmo, mas claro que ir às compras também está na nossa programação. Pelo fato de minha amiga me falar que o centro é perigoso, acabei ficando receiosa em me hospedar la. Gostaria de um local em que eu não precisasse temer assaltos pois moro em Fortaleza, local deveras violento e estou fugindo disso ao menos nesses dias em que estarei em S Paulo. Não pretendemos andar a pé de noite. Por favor, me indique locais que tenham hoteis bem localizados. Se puder me indicar alguns locais para programa de turista, além de restaurantes, bares e o que mais você puder me passar de dicas bacana. Grata desde já. Ah, e parabens pelas dicas preciosas contidas neste texto. Abçs

    • Nivaldo Responda

      Olá, Luciene. A divergência entre as opiniões dos seus amigos é normal. Porque o centro de São Paulo é assim, ou você ama, ou você odeia. Eu nunca gostei e passei 4 anos evitando chegar perto. Por fim, precisei fazer um curso bem na Praça da República, época em que comecei a andar muito na região. Ainda não gosto, mas aprendi a ver o lado legal do centro, além dos problemas. Se fosse bem cuidado, seria um dos centros históricos mais bonitos da América Latina. Daria show em Buenos Aires, Santiago e Bogotá, porque é muito mais grandioso. O problema é que tem partes muito sujas, prédios destruídos regiões inteiras dominadas pelas cracolândias. E não pense que os viciados ficam parados em um só lugar… Já vi situações que pareciam coisa de The Walking Dead.

      Apesar disso, e lembrando da grandiosidade arquitetônica e cultural do centro de SP, ele merece ser explorado. Pra isso, tem que saber os melhores horários e dias da semana. Em dias de semana, vá pela manhã e evite os horários de pico, tipo após as 17h. Aos finais de semana, é melhor no horário de almoço, porque tem bons restaurantes funcionando, e lugares legais como a Casa Mathilde. Qualquer dia, evite sair à noite, porque é terra de ninguém. Indo de manhã, até o meio da tarde você consegue ver os lugares mais interessantes, como o Theatro Municial, o CCBB e o Mercadão. Dá pra andar entre todos esses pontos e, pra acelerar, é só pegar o metrô.

      Abaixo vou indicar alguns lugares pra conhecer. Pra saber mais, olha minha lista sobre O que fazer em São Paulo, com roteiros clássicos e programações fora da rota turística.

      Sobre hospedagem

      Como turista, inevitavelmente você vai precisar andar no centro. Mas acho que sua viagem vai ser mais agradável se escolher outro bairro pra ficar. Pra você, que quer segurança pra ver coisas bonitas e comer bem, é melhor se hospedar no Itaim Bibi. Bairro moderno, com ótimos restaurantes e, mesmo que não tenha planos de andar a pé, vai ser difícil resistir, inclusive à noite. Fica a 10 minutos de carro da Paulista e a 15 minutos do Centro, dependendo do trânsito. Além disso, o próprio bairro tem lugares interessantes pra conhecer, como o MIS, o Parque do Povo, o JK Iguatemi, a rua de lojas João Cachoeira e m Museu da Casa Brasileira.

      Além de tudo isso, o Itaim Bibi é um bairro plano, o que facilita as caminhadas, e tem hotéis com melhor custo-benefício do que nos Jardins, perto da Paulista. Dá uma olhada aqui, uma lista com ótimas hotéis no Itaim Bibi. Se tiver alguma dúvida sobre ruas e localização, é só perguntar.

    • Muitissimo obrigada pelas dicas mais que uteis e preciosas. Vou priorizar a hospedagem no Itaim Bibi, principalmente considerando o quesito segurança. Grata!

  3. Olá!
    Por favor, gostaria de saber sobre o Distrito República em São Paulo. É um local seguro para se hospedar por 1 final de semana? Irei a trabalho.
    Quais os outros bairros com bom custo-benefício e seguro para se hospedar?
    Obrigada.

    • Nivaldo Responda

      Olá, Carol. A República é o miolo do centro de São Paulo. Acho lá mais seguro em dias de semana, com movimento no comércio e nos metrôs. Fim de semana fica mais largado. Ainda assim, acho OK pra andar a pé durante o dia. Se for andar de carro na região, melhor manter os vidros fechados, porque é cheio de ladrão de celular nos semáforos (armados com faca e revólver). Não é pra colocar pânico, mas já roubaram amigos meus lá assim, então é melhor avisar. Comigo mesmo nunca aconteceu nada por lá, e já andei bastante, tanto em dias úteis quanto em finais de semana, percorrendo lugares culturais como CCBB e Theatro Municipal. E essa é a vantagem de se hospedar por lá, porque dá pra fazer esses passeios legais a pé.

      Se não for longe do seu local de trabalho, recomendo mais que se hospede no Itaim Bibi. Acho uma região mais seguro do que os Jardins, e tem hotéis com melhor custo-benefício.

      Resumindo, se for mais perto do seu local de trabalho e estiver muito mais barato, pode se hospedar no centro. Ficando esperta e não andando à noite, tudo bem. Mas se for só um pouco mais em conta e a distância não atrapalhar, melhor ficar perto da Paulista ou no Itaim Bibi.

  4. Boa noite! O que você poderia dizer sobre quem vai a um jogo no Estádio do Morumbi (Cícero Pompeu)? Irei a São Paulo para ver um jogo no estádio, único objetivo, e gostaria de saber se vale a pena se hospedar nos arredores ou se é melhor ficar em um desses bairros acima citados, já que tem os caminhos de ida e volta para o Aeroporto de Congonhas.

    Obrigada!!

    • Nivaldo Responda

      Oi Vanessa. Tem poucos hotéis perto do estádio. Se algum deles te interessar, é uma escolha que vai te poupar de qualquer atraso, principalmente por causa de trânsito. Se puder ir a pé, melhor ainda. Bom que economiza táxi.

      A escolha oposta é se hospedar em frente ao aeroporto, num hotel que é só sair do saguão e atravessar a rua. Tipo o Ibis Congonhas.

      No seu caso que não quer fazer mais nada em São Paulo (apesar de todas essas dicas aqui), essas são as melhores escolhas pra economizar tempo e dinheiro com transporte.

      Mas, no caminho entre o Morumbi e Congonhas tem bairros legais como o Itaim Bibi e Moema, onde estão ótimos restaurantes e muito mais hotéis pra escolher.

      Resumindo, você tem muitas boas opções. No seu lugar, eu escolheria mais pelo custo-benefício do hotel, considerando essas três regiões.

      • Exagerei como único objetivo, mas é porque ficarei somente um dia e uma noite. Mas, claro que precisarei ir a restaurantes e passar o dia. O que acha de Pinheiros? Obrigada!

        • Nivaldo Responda

          Ótima escolha. A rua dos Pinheiros e imediações tem ótimos restaurantes, sorveterias e lugares legais pra conhecer.

  5. flavia mayara Freitas Nunes Responda

    Oi oi, cai nesse post procurando sobre qual bairro do centro para morar ! hehe Pelo que eu li nos comentários as indicações como itaim/pinheiros, etc.. perfeitos para hospedagem, mas para alugar fica surreal de cara a região. :(
    Estou mudando de Florianópolis para São Paulo, na procura de um bairro barato, para quem não tem carro de pra fazer as coisas a pé, seguro e de fácil localização. Encontrei algumas opções na Consolação, Republica e bela vista… (tenho um e-commerce, maior parte do trabalho é em casa, mas também tem bastante visita a fornecedor, reuniões em regiões centrais). Se você como morador puder passar alguma dica, sugestão seria muito bacana! Obrigada e desculpa textão de uma desesperada!

    • Nivaldo Responda

      Oi Flávia. Pois é, entre morar e se hospedar mudam alguns critérios, principalmente por causa do preço. Eu já morei em Perdizes, Pompeia Itaim Bibi, Brooklyn e Consolação (na Rua Frei Caneca, perto da Paulista). Sempre sem carro. Cada lugar tem vantagens e desvantagens. O lugar que mais senti falta de carro, por incrível que pareça, foi na Consolação, único lugar que dava pra ir a pé ao metrô. Isso porque era no mínimo 10 minutos de caminhada até a estação ou até algum ponto de ônibus. Outro problema da Consolação é a grande quantidade de craqueiros e doidões nas ruas, a qualquer hora. Já no Itaim, não tem metrô, mas tem localização mais estratégica, ruas mais seguras e ponto de ônibus em qualquer esquina. Já em Perdizes e Pompeia, o problema é andar à noite, porque algumas ruas são muito paradas e escuras. Brooklyn é um misto de comercial e residencial, por isso é legal a qualquer hora, embora seja muito na zona sul, longe dos lugares mais legais de São Paulo.

      Então, mesmo que não vá todo dia até seus fornecedores, é melhor não morar muito longe. E evite ao máximo se locomover em horários de pico.

      Se seus fornecedores ficam em locais centrais, próximos a estações de metrô, então é melhor morar perto de uma estação também. Tipo na Vila Mariana. Acho que é o bairro residencial com melhor custo-benefício nesse sentido. Tem muitos apartamentos próximos às estações e o aluguel não é muito caro.

      Apesar do grande número de nóias na rua, beirando o minhocão, Santa Cecília é perto do centro, tem metrô e aluguéis em conta.

      Outra opção, bem mais cara, é morar nos Jardins e Cerqueira César.

      De qualquer forma, na maioria dos casos não adianta só olhar o bairro, porque todos têm ruas boas e ruas ruins. Vale a pena sempre dar uma conferida do Google Street View pra sentir o clima do lugar.

    • Nivaldo Responda

      Então dá mais uma pesquisada nesses regiões. Se tiver mais dúvidas sobre bairros, ruas, segurança ou o que for, pode perguntar à vontade. (Embora a melhor dica que eu possa dar seja pra você continuar morando em Santa Catarina).

      • flavia mayara Freitas Nunes Responda

        Nivaldo muitooo obrigada por compartilhar essas informações! sério, ajudou muito muitoo. :) Um abraço

  6. Boa noite Nivaldo,

    dei uma olhada em suas dicas e gostei muito. Facilita bastante para quem quer conhecer SP.
    Apesar de ter clareado bastante as idéias, confesso que permaneço com algumas dúvidas, poderia me ajudar?
    Vou para o Lollapalloza e estou bem perdida quanto aos hotéis… Fiz uma reserva já algum tempo no WZ Jardins (ainda pode ser substituído por outro hotel), mas depois de ler suas dicas já não sei se é um bom lugar para ficar. Irei para os 3 dias do festival, e ficarei ate terça-feira. O objetivo é aproveitar o festival ,ficar num local mais próximo pra me locomover mas sem perder a vantagem de estar perto de lugares bons pra sair, almoçar e coisas afins.
    Quero hotéis pela bancorbrás, há algumas opções em Moema, Morumbi, Vila Clementino, Consolação, Vila Olimpia… Desses bairros qual o melhor para locomoção, restaurantes e saídas?
    Se facilitar, posso enviar nomes de hotéis que pesquisei pela bancorbrás…
    Agradeço seu retorno,
    Carla

      • Valeu Nivaldo, também estava com as mesmas duvidas e consegui resolver bem rápido, ainda bem que não tinha fechado nada ainda.

      • Boa tarde

        Tira uma duvida, vc coloca o Hotel San Gabriel nas suas postagens, como hospedagem. Qual a diferença dele para o Moncloa, estou na duvida para reserva.

        Grata

        • Nivaldo Responda

          Olá, Marcelle. Eu falo sobre o San Gabriel porque é um hotel que conheço. Já visitei os quartos e morei 1 ano no quarteirão dele.

          Não conheço esse Moncloa. Vi no mapa agora que fica na Rua Augusta, mais distante da Av. Paulista. Parece ser um bom hotel e tem nota quase 8 no Booking, o que é ótimo. Mas, comparando, acho essa região mais feia e perigosa pra andar à noite.

          Se estiverem na mesma faixa de preço na data da sua viagem, recomendo se hospedar no San Gabriel, por ser uma região mais segura e mais próximo do metrô, além de ter nota mais alta no Booking. Além de ter mais opções de restaurantes próximos, inclusive no Shopping Center 3, pertinho dele.

  7. Olá Boa Tarde Preciso de uma ajuda estou querendo ir a São Paulo com a minha esposa nos dias 2,3,4 e 5 de Maio, será nossa primeira vez na cidade , Poderia nos dar dicas de onde ficar e quais as atrações que não podemos deixar de visitar

    Desde Já Muito Obrigado Pela Ajuda

    • Nivaldo Responda

      Oi, Jonatas.

      Como é a primeira vez e querem conhecer o essencial da cidade, recomendo se hospedar perto da Av. Paulista, região rica em metrôs e com fácil acesso ao centro, restaurantes e pontos turísticos. Nas datas da sua viagem, o hotel Royal Jardins tá com preços bons. E a localização é uma das melhores da cidade.

      Sobre programação, fiz um pequeno guia: O que fazer em São Paulo.

      Tem dicas de restaurantes, parques, museus e outras atividades.

  8. Thiago Pereira Responda

    Bom Dia… Nunca fui a São Paulo… Em julho/18 queremos passar apenas dois dias na capital (18 a 20/07/18) com a intenção de fazer pequenas compras na região central, 25 de março, etc… Não sei onde nos hospedar… Irei com minha esposa e minha filha de 02 anos… Me indicaram Hotel Intercity Premium Ibirapuera e o Ibis Paulista.. Queremos local seguro e que seja de fácil acesso ao centro… Próximo de metrô… restaurantes.. shoppings.. Você pode nos ajudar?

    • Nivaldo Responda

      Olá, Thiago. São dois bons hotéis bem localizados. Mas, pra vc que vai pra primeira vez, recomendo outros dois:

      Tryp Jesuíno Arruda: fica num lugar melhor do que esse Intercity Ibirapuera. Mais perto do centro e da pra curtir o bairro a pé, tem cinema, restaurantes, e acho a região mais segura e limpa da cidade. Este aqui: https://booki.ng/2HOj3bA

      Já o Ibis Paulista é do lado do metrô e a poucos passos da avenida Paulista. Estratégico. A Av. Consolação, onde ele fica, é feia é barulhenta. Mas é só andar dois quarteirões até a parte mais legal do Jardins. Ótimo custo benefício.

  9. Olá, preciso de um feedback seu. Estou indo a São Paulo com meu filho mais novo e preciso encontrar um bairro seguro. Com boa localização, estação de metro por perto, e o principal SEGURO. Indicaria algum hotel dentro dessas possibilidades?
    Minha ida a Sampa é a passeio, zoologico, aquário, etc…….

    • Nivaldo Responda

      Oi Gabriel. Pra ter proximidade com metrô e segurança, melhor ficar perto da Av. Paulista. Este hotel Transamérica fica numa das melhores localizações possíveis: https://booki.ng/2otahXJ

  10. Estou mergulhando nas suas dicas… mas é mta informação, estou tentando juntar tudo pra ver o que consigo fazer em 3 dias!rsrs
    Tenho um evento de dois dias no Transamérica Expo Center e quero ficar um dia a mais na cidade pra conhecer o básico. Indica algum lugar que consiga dar uma passeada e ter fácil acesso pra ir pro Transamérica?

    Parabéns pelos posts!!!

    • Nivaldo Responda

      Oi Malu, obrigado pelo elogio. No seu caso, é difícil escolher uma localização que seja perfeita tanto pra ir no evento, quanto pra curtir São Paulo. Se for se deslocar muito mais vezes do hotel para o evento, melhor se hospedar perto do Transamerica Expo. Quanto mais perto, melhor, porque o melhor jeito de chegar lá é de carro (a estação Santo Amaro do trem fica a mais de 1 km de distância e as ruas são meio estranhas pra andar, então vá de táxi/uber/cabify). Vi que o Hotel Transamerica parece ser o único na região que dá pra ir a pé.

      Recomendo evitar os hotéis ao redor do Shopping Morumbi. Apesar das facilidades do shopping, a região não é nada amigável com pedestres e os hotéis ficam isolados, sem nada interessante ao redor.

      As melhores opções mais próximas estão na região da Avenida Berrini. Fica a pouco mais de 5 km de distância, mas tem cafés legais e restaurantes que pode ir a pé. Além de muitos motoristas de táxi e aplicativos rodando a região noite e dia. Evite os hotéis na Marginal Pinheiros, porque aí fica um pouco mais perigoso e pior pra caminhar. A localização do Estanplaza Berrini é uma das melhores do pedaço. Aí, além de uma distância ok pro evento, você fica perto da Vila Olímpia (melhores shoppings) e do Itaim Bibi (melhores restaurantes). E também poderá ir de trem/metrô ou táxi até o Centro e Av. Paulista, onde estão os principais pontos turísticos de São Paulo.

  11. Eduardo Rigo da Costa Responda

    Boa tarde,
    Estou indo pra aí para ir no lollapaloza, mas gostaria de conhecer um pouco da noite de São Paulo também pois não conheço. Eu li alguns posts sobre onde ficar, mas como não conheço nada fiquei meio perdido. Gostaria de achar um lugar com uma logística boa para ir ao show no autódromo de Interlagos e curtir a cidade também. Tem alguma recomendação?
    Valeu!!
    Muito bom seus posts.

  12. LUIZ ANTONIO GRECO FILHO Responda

    Prezados Senhores,
    Não conheço nada em São Paulo e gostaria que me falassem um pouco do bairro REPÚBLICA, pois, o hotel que devo ficar é o Boulevard Inn, na Av. São Luís.
    Vale a pena ficar? Não é um local perigoso?
    Vou eu e minha esposa para conhecer o Mercado Municipal, 25 de Março, ED. Itália, entre outros.

    Obrigado,
    Luiz Antonio

    • Nivaldo Responda

      Olá Luiz. É excelente a localização desse Boulevard Inn. Esse trecho da av. São Luís é bonito, arborizado, cheio de prédios, comércios e lugares pra comer. Vai poder ir a pé nos principais pontos turísticos do centro, como esses que você falou, ente outros como a Rua Barão de Itapetininga e o Theatro Municipal. Fiz um curso aí perto e depois da aula saía pra fazer turismo a pé todo dia, é a parte mais bonita de São Paulo.

      Sobre segurança, o Centro de SP merece atenção como em outras capitais brasileiras. Durante o dia é tranquilo andar. Vai ver muitos pedintes, mas o movimento de trabalhadores é bem maior. E à noite é melhor evitar andar nas redondezas. De carro, mantenha os vidros fechados quando parar em semáforos.

  13. Que texto excelente cara! Estou em dúvidas de onde ficar em SP,estava querendo ficar na Paulista justamente por ser o único local que nós que somos de fora ouvimos falar mais. Estarei indo para a BGS em outubro que será na Expo Center Norte,vou passar uma semana em SP e queria saber se você tem alguma dica de local. Estava pensando em ficar próximo a Expo Center,mas os preços dos hotéis são bem caros.

    • Nivaldo Responda

      Valeu, Felipe! Pois é, também fui turista em São Paulo antes de morar aqui, então lembro que também só conhecia a Paulista. Dá uma olhada aqui abaixo na minha resposta pra Débora, que também tem evento no Expo Center Norte. E também no post Onde ficar em São Paulo perto de eventos e outros locais.

      Mas, resumindo, depende do que mais você pretende fazer em São Paulo. Se vai só pro Expo Center norte, tipo foco 100% no evento, vale a pena se hospedar lá perto, porque vai economizar muito tempo e dinheiro com transporte. Se considera ir de metrô até lá perto (Estação Portuguesa-Tietê) e quer fazer programas culturais, vale ficar perto da Paulista mesmo.

      Itaim, Moema e Vila Olímpia já ficam um pouco mais distantes. Na hora do rush, de táxi ou metrô, pode levar mais de 1h30 até o evento. Então indico como principais opções:
      1. Ficar perto do Evento.
      2. Ficar no meio caminho, em bairros como Santa Cecília e Barra Funda.
      3. Ficar perto da Av. Paulista e suas estações de metrô.

      Dá uma olhada também no post O que fazer em São Paulo.

  14. Olá!Obrigada pelas excelentes dicas que disponibiliza!Vale à pena ir à São Paulo em pleno carnaval para curtir a cidade e seus museus,shoppings,restaurantes,bares etc.?Eles funcionam bem nesta época?Museus abrem?Vamos de carro(onde me aconselha ficar?)Grata pela atenção.

    • Nivaldo Responda

      Oi Kelly! Sexta, sábado, domingo e segunda pré-carnaval, São Paulo funciona normalmente. Comércio em geral, shoppings, museus e outros lugares seguem seus horários normais de funcionamento. Apesar das festas e blocos de rua começarem semanas antes, feriado de fato mesmo é só a Terça de Carnaval. Se não quiser correr risco de perder algo, olha aqui O que fazer em São Paulo, nossa lista com programação, alguns horários e sites oficiais.

      E como muita gente desce para as praias de SP, a cidade fica mais vazia, com menos trânsito na maior parte da cidade e com menos filas em restaurantes e atrações culturais. Ano passado, aproveitei o sábado pra ver uma exposição que queria no CCBB, que era sempre lotada, e não peguei nada de fila.

      Problema: a maioria dos blocos e festas de rua acontece na região da Avenida Paulista (Augusta, Consolação, Frei Caneca, Praça Roosevelt e centro adentro). Então essa região fica complicada para dirigir, com muitas ruas bloqueadas. É o caos. Então é melhor ir de metrô ou ônibus fazer passeios nessas regiões.

      Bom, se quer fugir de bêbados, barulho e festas de rua, melhor se hospedar longe da Região da Av. Paulista. Aqui no post tem muitas dicas em bairros mais tranquilos nesses dias, como Perdizes e Itaim Bibi.

  15. Olá! Irei em um congresso no final de Janeiro. Será realizado no Expo Center Norte. Se eu ficar no Itaim Bibi pegarei muito trânsito? O valor do Uber ou Taxi fica muito caro?

    • Nivaldo Responda

      Oi Débora. Trânsito sempre tem, às vezes rola até de madrugada, haha (risos de tristeza). Boa parte do trajeto do Itaim Bibi até o Expo Center norte é pela Av. 9 de julho, que tem faixa exclusiva para ônibus e táxis, o que ajuda um pouco a vencer o trânsito. Então, se for pra lá hora do rush, é melhor usar táxi do que Uber ou Cabify, que não têm esse benefício.

      Dá pra calcular o preço do táxi por este site: http://www.tarifadetaxi.com/sao-paulo
      Testei sua rota e deu R$ 53.

      Outra opção:

      Se você se hospedar perto de alguma estação de metrô, pode embarcar em direção à Estação Portuguesa-Tietê, a mais próxima do seu destino, aí lá você pega um táxi pro Expo Center Norte.

  16. Thalia Pasetto Responda

    Olá!! Obrigada pelo post e pelas inúmeras respostas, tirei muita informação útil de ambas ahaha
    Eu e uma amiga vamos para SP para o Lolla, do dia 23 a 26 de março. Vamos no festival apenas dia 25, no domingo; sexta a tarde e sábado o dia inteiro pretendemos visitar os pontos mais turísticos e culturais, tipo MASP e Pinoteca, e a noite conhecer alguns restaurantes e pubs bacanas. Nosso meio de transporte seria preferencialmente metrô e a pé. Qual local você recomendaria para hospedagem (pensamos em airbnb) nessas circunstâncias? Pensei que os arredores da Paulista seriam os melhores locais, pela facilidade de locomoção e a noite poderíamos pegar um Uber ou até metrô até o Itaim Bibi, por exemplo. O que me deixou na dúvida foi para ir até o Autódromo no domingo, será que ficaria muito complicado pegar o metrô e fazer conexão com o trem para ir até la?
    Muito obrigada desde já, e parabéns pelo blog!
    ps.: acho que um post para quem vai para o Lolla seria da hora hein ahah
    Thalia

    • Nivaldo Responda

      Oi Thalia! Obrigado a você pelo comentário. Que bom que está ajudando.

      Sim, ficar perto da Paulista vai ser muito estratégico pra vocês. Lá mesmo tem bons restaurantes e pubs, então dependendo de onde estiver hospedada, pode ir andando à noite mesmo. De pubs nessa região, gosto do The Blue Pub e do O’Malley’s (olha a localização deles no mapa. A região desse O’Malley’s é muito agitada, cheia de bares, cafés e gente bebendo na rua a noite toda).

      Sobre o transporte até o Autódromo de Interlagos, acho tranquilo em finais de semana. Domingo então, só vai ter gente indo pro Lolla no trem. O trem é praticamente idêntico ao metrô, só que é a céu aberto e demora um pouco mais pra passar. Já fui em algumas corridas, sempre foi OK. Trens limpos, bancos disponíveis e tal.

      É só fazer o seguinte:
      1. Embarque em metrô na Av. Paulista
      2. Conexão pra Linha Amarela (Estação Paulista) e pegar trem sentido Butantã
      3. Na Estação Pinheiros, subir as escadas rolantes e conectar com o trem (Sentido Grajaú)
      4. Descer na Estação Autódromo

      O que pega mesmo pode ser o horário da volta. Nas últimas edições do Lolla a CPTM operou em horários especiais, olha aqui: http://www.cptm.sp.gov.br/noticias/Pages/Lollapalooza-2016-transporte-sobre-trilhos-%C3%A9-a-melhor-op%C3%A7%C3%A3o-para-ir-ao-festival.aspx
      Não sei como vão fazer esse ano.

      Boa dica de post! Acho que vou fazer mesmo =D

  17. Ei, tudo bem? Fiquei meio perdida entre tantas referências, kkk. Pretendo ir à São Paulo em janeiro, ficar uns 3/4 dias, quero conhecer os principais pontos turísticos da cidade (ir na 25 de março). E além disso, ir em baladas/barzinhos a noite. Por isso, quero ficar num bairro movimentado a noite. De dia pretendo andar de metrô e a noite uber mesmo. Qual melhor localização com hotéis ou pousadas mais baratas. No airbnb fico meio receosa de ficar por chegar de madrugada na casa das pessoas… Obrigada!

    • Nivaldo Responda

      Oi Naiara. Obrigado pelo comentário, estou mesmo pensando numa forma de deixar o post menor, sem perder informação, pra facilitar a leitura.

      Pelo que você descreveu (bares + movimento + metrô), o ideal é se hospedar na região da Av. Paulista. Só que lá o preço é mais alto, exatamente por conta das facilidades. Um dos melhores hotéis baratos da região é o San Gabriel (post sobre ele). Pra gastar menos e ficar ainda melhor localizada, vale a pena se hospedar em hostel. Tem muitos perto dos metrôs da Paulista, como o The Hostel Paulista, que tem preços em conta e dormitórios só para mulheres. Tem muitos outros na região, dá uma vasculhada no Booking.

      Sobre Airbnb, tem opções que você tem o apartamento todo pra você, e não precisa se preocupar de incomodar, haha.

      Dá uma olhada na última lista que eu fiz de Melhores hostes de São Paulo.

      E se continuar na dúvida é só me perguntar!

  18. boa noite irei fazer uma prova neste final de semana 10/12 /2017 o colégio fica na BARRA FUNDA rua ALBUQUERQUE Lins ;COLEGIO E.E. conselheiro Antonio prado gostaria de uma indicação hostel algo barato se poder ajudar agradeço

      • Show de bola, valeu mesmo. Estou aqui ainda mais deu tudo Certo: o Colégio fica exatamente na frente do Hostel;cara Show de bola …. além da linha do metrô. Ser três quarentões valeu mesmo. Ainda vou aproveitar um pouquinho por aqui próxima semana retornarei a Belém Pará até a próxima .

        • buenasdicas Responda

          Que legal! Avisa o pessoal do hostel que eles estão no nosso ranking Aproveita aí São Paulo. Abraço.

  19. Olá. Irei a São Paulo com uma amiga em uma viagem de fim de semana (23 a 25 de fevereiro). O motivo da viagem é comemorar o aniversário dessa minha amiga, então, o q mais irá nos interessar serão restaurantes, bares e baladas. Que bairro vc indica para que fiquemos hospedadas?

    • buenasdicas Responda

      Oi Marina. Difícil indicar lugares de baladas sem conhecer o perfil de vocês. Por exemplo, São Paulo tem as boates com bebida que pisca do Itaim Bibi, as boates sertanejas da Vila Olímpia e os inferninhos rock da Rua Augusta.

      Arrisco dizer que o Itaim Bibi é o melhor pra vocês, por ter as próprias baladas VIP e ter fácil acesso tanto ao mundo sertanejo (Vila Olímpia) quanto às baladas alternativas (Augusta), e também fica a uma média distância dos bares agitadas da Vila Madalena. Além da localização estratégica, o Itaim tem alguns dos melhores restaurantes de São Paulo e tem o Eataly, o gigantesco empório italiano com diversos restaurantes dentro.

      Um hotel que já me hospedei e tem a melhor localização no Itaim Bibi é o Tryp Itaim Try it Yourself »

      • Obrigada pelas dicas. Somos ecléticas qto a gosto musical, mas, curtimos bastante baladas sertanejas. Estávamos realmente pensando em ficar no Itaim. Estava olhando hospedagem pelo airbnb e achei um flat bem em conta no Tryp Jesuíno Arruda e vi que fica bem próximo desse q vc indicou. Novamente, mto brigada. ;)

      • Olá. Por favor me indica um lugar bom,seguro e barato p passar umas semanas com minha bebê. Ela tem 10 meses.Vamos no inicio do ano p passear e o eu resolver umas coisas.Atuar do e agradeço! !

        • Nivaldo Responda

          Oi Deuzi. Tem muitos hotéis bons no Itaim Bibi, que considero o melhor bairro pra se hospedar em São Paulo, por ser um dos mais seguros, com mais restaurantes e localização estratégica.

  20. Gustavo Xingú Responda

    Bom dia, vou a SP com minha família, esposa e 2criancas, no próximo dia 16.
    De acordo com nosso cronograma de passeios e condições $, um hotel que identificamos como interessante foi o Hotel América do sul, na Praca Júlio Mesquita, centro https://www.booking.com/hotel/br/america-do-sul.pt-br.html?aid=843358;label=4709_city-banner_hero-cta_v2-;sid=0b0a74eb32d8e5cf5e5cfb78a80ac33d;checkin=2017-12-16;checkout=2017-12-18;room1=A%2CA%2C5%2C9;ucfs=1;hapos=13;highlighted_blocks=136198104_101607204_3_1_0;srpvid=5ca054064a9f01ca;srepoch=1512475023;srhp=1

    Existe algum inconveniente neste endereço, como insegurança ou “cracolandia”?

    • buenasdicas Responda

      Bom dia, Gustavo. Esse hotel fica a 1,5 km de distância da Cracolândia, atualmente concentrada na Alameda Cleveland. Eles chegaram a ser expulsos e passaram um tempo na Praça Princesa Isabel (mais perto desse hotel América do Sul), mas voltaram para a Alameda Cleveland. Ou seja, tem uma distância segura, mas inevitavelmente você vai ver doidões passando.

      Sobre a cracolândia: não é um endereço fixo, é uma região que muda muito, afinal é muita gente viciada perambulando e alguns vão bem longe.

      Hospedagem no centro de SP: a região tem duas grandes vantagens, que são a mobilidade (localização central e muitas estações de metrô) e ter bons hotéis a preços mais em conta. O lado ruim é ter que ficar mais esperto na rua. De dia, pode andar com a família, ir a pé pro metrô, sempre tem muita gente na rua. À noite, é melhor ir direto do hotel para dentro do carro. Dentro de táxi ou uber, evite ficar de janelas abertas, porque em SP, principalmente no centro, tem muito assalto a mão armada nos semáforos.

  21. Boa tarde,
    Estarei em São Paulo em dezembro com minha namorada, seguimos sua dicas sobre ficar hospiedado no Itaim e tal.
    Porém gostaria de saber dicas de restaurantes mais em conta naquela região.
    Obrigado

    • buenasdicas Responda

      Olá, Stive. Boa escolha.

      Pra almoçar, o mais baratos e de boa qualidade são os restaurantes por quilo e os árabes da Rua Joaquim Floriano, como Arably, Paco Esfiha (árabes) e New Taste (kilo).

      A qualquer hora, os bares são boas opções, como Tatu Bola e Zé Gordo, meus preferidos.

      Tem ótimas hamburguerias, como Fresto e Pão com Carne.

      E tem bons restaurantes não muito caros, como Don Mariano (espanhol), Vapiano (italiano) e Les 3 Brasseurs (francês). Se gosta de empanada, tem o La Guapa, que é da Paola Carosella, do Master Chef.

  22. Olá, em Março irei ao Lollapalooza com a minha namorada, passaremos 4 noites, queria uma opinião de locais que sejam bons para hospedagem e que sejam de fácil acesso ao autódromo (detalhe, só iremos a um dia do festival, os outros serão para conhecer a capital). O deslocamento do bairro Itaim Bibi ao Autódromo é bom?

    Agradeço desde já! = )

    • buenasdicas Responda

      Fala Gabriel. A melhor forma de chegar ao autódromo de Interlagos em dias de grandes eventos como o Lolla, é de trem. Por isso o Itaim Bibi é sem dúvidas o melhor bairro para se hospedar: o Itaim tem a estação Cidade Jardim da CPTM, de onde você vai direto, sem conexão, até a Estação Autódromo.

      Os trens são novos, tem ar-condicionado, é super tranquilo de usar, parece metrô.

      A Vila Olímpia e a Berrini também têm estações que vão direto para Interlagos, mas, como você quer combinar a viagem com outros pontos de interesse em São Paulo, o Itaim tem localização estratégica. E o bairro tem lugares super charmosos, as mulheres adoram.

  23. Oi!

    Estou indo para SP passar um final de semana com mais três amigas. Pretendemos conhecer pontos turísticos, comer bem, fazer umas comprinhas e pegar uma baladinha legal.

    Qual localização de hospedagem você sugere?

    • buenasdicas Responda

      Oi Alinne. A opção clássica é se hospedar perto da av. Paulista. Nessa região tem muitas estações de metrô, facilitando acesso a pontos turísticos no centro. E tem as baladas da Rua Augusta, que são mais alternativas, hipsters e tal.

      Olha se vale a pena pra vc pegar um hotel no Itaim Bibi. São hotéis melhores, mais novos e mais em conta que perto da av Paulista. No Itaim não tem metrô, mas tem baladas da moda, restaurantes legais e é um bairro bom pra andar a pé. É lá que moram as patricinhas e musas fitness, tipo Gabriela Pugliesi.

      • Janaína Vitiello Responda

        Olá, estamos pensando em ir a São Paulo, ficar apenas 3 noites, apenas para conhecer o Mercado Púplico e algumas Cantinas e Pizzaria (só para comer). Gostaria de ficar no Bairro do Bixiga, mas especificadamente em um uma pousada chamada dos Franceses ou do Carrão.
        O que tu indicaria, como vamos com a nossa filha de 6 anos, procuro um lugar seguro.
        Grata
        Janaína

        • buenasdicas Responda

          Oi Janaína. Particularmente, não gosto do Bixiga, acho um bairro velho mal cuidado e cheio de ladeiras. Mas é opinião pessoal. Há quem ache charmoso e goste das cantinas. De qualquer forma, é bem localizado, entre a paulista e o centro. Só não recomendo ir a pé pro centro, tem muitos viadutos no caminho. Caminhar até a paulista (ladeira acima) é OK durante o dia. Pra circular de táxi vai sair em conta.

  24. Ola! Estou indo pra SP daqui ha 2 semanas, vou passar apenas 3 dias e minha viagem é exclusivamente para compras na 25 de março. Gostaria de dicas de hoteis proximos e seguros e que tenha lugares para se alimentar dia e noite nas imediaçoes. Obrigada

    • buenasdicas Responda

      Oi Maria. A região da 25 de Março tem muitos hotéis baratos, restaurantes populares e ambulantes vendendo comida dia e noite. Sobre as hospedagens, não conheço nada pessoalmente e muitos hotéis são muito simples e não oferecem reservas online. Por isso fica difícil ver a reputação deles e detalhes como segurança e higiene.

      Mas, no Centro como um todo, incluindo locais próximos à 25 de Março, tem bons hotéis, muitos disponíveis no Booking. Dê uma olhada nesse mapa pra ver opções e faixa de preço dos hotéis no centro: https://goo.gl/trQQ5R

  25. Estou indo à Sampa em dezembro e vou me hospedar no TRYP em Itaim Bibi, mas vou passar 1 dia em Ipiranga, dá pra ir de ônibus ou ônibus e Metrô, pois no Ipiranga é apenas uma visita, mas em Itaim quero passar 3 dias curtindo gastronomia e passeios pela Av. Paulista. Ah, também quero dicas da escolha da hospedagem. Abraço

    • buenasdicas Responda

      Oi Roneide. Fez uma boa escolha de hotel em SP. Já me hospedei nesse TRYP ITAIM e morei 3 anos no Itaim Bibi, é uma das melhores regiões pra andar a pé e comer bem na cidade.

      Tem algumas linhas de ônibus que vão direto do Itaim Bibi pro Ipiranga. Conheço bem a 477A-10, que passa na Rua Tabapuã, pertinho do seu hotel e vai pro Ipiranga, passando perto do Parque da Independência e do metrô Ipiranga. Os ônibus são quase todos novos e com ar-condicionado.

      Também pode pegar algum dos muitos ônibus que vão da Tabapuã pro metrô Birgadeiro, LINHA VERDE. De lá, a mesma linha chega nas estações Sacomã, Alto do Ipiranga e Tamanduateí. Olha qual é melhor pra você.

      Sobre hospedagem no Ipiranga, não entendo muito sobre o bairro. Vale dar uma olhada nas opções do Booking na região. Pra ajudar a planejar seu roteiro, tem um artigo novo e bem completo aqui no blog: O QUE FAZER EM SÃO PAULO

  26. Vou ficar em um hotel na Av. Ipiranga, próximo ao Bar da Brahma, o local é seguro? Qual a sua opinião?

    • buenasdicas Responda

      Oi Thaís. Eu gosto muito dessa região de São Paulo, é um lugar muito bonito, tanto que inspirou Caetano na letra de Sampa . À noite não recomendo andar, tem muitos nóias. Durante o dia é movimentado e cheio de lugares legais que dá pra ir a pé, além de ter um metrô. É só andar esperta, igual em qualquer capital brasileira.

  27. Boa noite!

    Estou planejando ir em São Paulo em novembro/17 e gostaria de ficar hospedado no Centro, visto que pretendo fazer compras e visitar os pontos turísticos. Vi um hotel na Rua Araujo (Nobile Downtown São Paulo) e vi que fica próxima a Praça e metrô da República. Gostaria de saber se essas área e boa para ir no Centro a pé? A noite é perigoso de andar? Há restaurante próximos?

    • buenasdicas Responda

      Fala Marcelo. É uma boa localização, pertinho do metrô, de pontos turísticos e de restaurantes. Esse hotel é quase ao lado do Copan, onde tem dois ou três bons lugares pra comer (o mais famoso é o restaurante Dona Onça, que, particularmente, acho caro e ruim). A região também tem Starbucks e boas hamburguerias. O café Por um Punhado de Dólares é legal, bem perto também. Pra almoçar, vale a pena ir no restaurante de quilo Estação República, que fica num casarão histórico. A partir do hotel, a dica de roteiro é percorrer a Rua Barão de Itapetininga, passar pelo Theatro Municipal e seguir até o Mirante do Vale. (Mais sobre ele aqui: https://www.buenasdicas.com/mirante-edificio-martinelli-2810/)

      Pra andar durante o dia é ok, lugar super movimentado. À noite eu não recomendo.

  28. boa noite,

    Moro em Salvador-BA, entretanto, a situação em termos de emprego na area esta dificilima! Estou pra ir praSP esse ano de 2017 a procura de oportunidades na minha area,sou advogada desde 2009 , pos grasuada em trabalhista e calculista trabalhista. Milito em diversas areas. Onde ficar em SP, em que tenha bastante escritorio de advocacia , que o preço do aluguel seja em conta,e tenha tudo perto do local onde morar, tipo supermercado, feirinhas, farmacia,comercio em geral????? Nao sei onde ficar, e quero poder dividir uma casa ou flat ,dedois quartos com uma mulher, dividir as despesas.Ja entrei na OLX, EASYQUARTO, dentre outros e noa acho. Poderia me ajudar nessas perguntas e me orientar,quem sabe até me indicar alguemqe queira compartilhar casa ( prefiro quarto individual).Por favor , me ajude porque preciso consegui emprego.

    Parabens pela postagem e aguardo sua resposta se possivel o mais rapido que puder.
    Obrigado!

    e-mail: grasieleadvogada@hotmail.com
    whatsApp: 71 9 8637.8201

    Att.Grasiele
    Comentário em moderação. Publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

  29. Olá, então.. Semana que vem estou indo com minha namorada para SP e estamos muito em dúvida sobre onde ficar. Queríamos alguma região com passeios mais naturais, parques, e museus também fica de boa. Recomendaria onde? Grande abraço!!

    • buenasdicas Responda

      Fala Felipe. São Paulo não tem muitas opções de hospedagem perto da parques e natureza em geral. A cidade tem basicamente três parques que merecem ser visitados:

      O Ibirapuera, o Parque do Povo e o Villa-Lobos. Esse último fica longe de tudo o que interessa e não tem hotéis perto.

      A dica é se hospedar entre o Ibirapuera e o Parque do Povo, de onde pode ir andando para os dois. O bom é que essa região entre os parques é uma das mais interessantes de São Paulo, com muitos restaurantes, hamburguerias e perto de dois museus legais, o MIS e a Casa Brasileira. Esse bairro é o Itaim Bibi.

      No Booking dá pra filtrar e ver hotéis só no bairro. Dá uma olhada aqui

      Vai por mim, fica no Itaim (putz, rimou)

  30. Vamos em casal durante uma semana. Nosso objetivo é conhecer os museus, centro, bares, restaurantes. Estou completamente confusa com a localização, são muitas informações… O bairro Bela Vista seria legal? O que me sugere?

    • Oi Sônia. A região da Av. Paulista tem o MASP e metrôs que vão te deixar na porta dos museus do Centro. Também tem muitos restaurantes. Bela Vista é um dos bairros que cercam a Paulista, mas tem regiões dele que ficam distantes da Avenida, tem que ver exatamente onde é o hotel. Se quiser, me manda o nome que eu analiso a localização pra você.

      Outra dica de bairro em SP pra você é o Itaim Bibi. Lá tem mais restaurantes do que na região da Paulista e é muito bom pra andar a pé, mesmo à noite. E você vai estar a 20 minutos de caminhada, sem ladeiras, do Parque Ibirapuera. E também vai poder ir andando pro Parque do Povo, MIS, Museus Casa Brasileira e JK Iguatemi. É o NÚMERO 1 aqui da lista.

      • Lorrane Sezinando Responda

        Oi, acabei fazendo a publicação anterior com outro login. O que acha da localização do Mercure Paulista? E o The Universe Paulista by Intercity?

        • Oi Lorrane. Gosto muito da localização do Mercure Paulista. Tem todas os benefícios da Paulista, como fácil acesso ao metrô, com a vantagem de ser numa rua paralela muito mais tranquila, com padarias por perto e movimento de pedestres noite e dia. Um lugar legal pra andar e fazer muitas coisas a pé. Tem o shopping Cidade São Paulo a dois quarteirões e muitas outras coisas legais do outro lado da avenida, bem pertinho.

          O The Universe Paulista também tem boa localização, a 500 metros (ladeira acima) da Avenida Paulista e fica numa rua ainda mais tranquila.

          Mas eu escolheria fácil o Mercure, porque não tem como competir com essa proximidade dele com a Paulista, ainda mais ficando em uma rua legal como fica, que, apesar de ser no bairro Bela Vista, tem um clima muito mais Jardins.

  31. Olá eu vou fazer aniversario agora em agosto e queria passar uns 3 dias em sp,queria um lugar onde encontrasse as melhores boates e bares com bastante agitação , O que você sugere ?
    Desde ja agradeço

    • Oi Larissa. Depende do estilo de bares e boates que você prefere.
      Se for um estilo country, na Vila Olímpia tem as boates sertanejas Woods e a Villa Mix, entre outras menores.
      Se for prefere um estilo mais chique ostentação de balada, as melhores estão no Itaim Bibi e nos Jardins.
      Estilo alternativo, música eletrônica e rock estão concentrados principalmente nas imediações da Rua Augusta, perto da Paulista, onde também tem pubs legais, como o The Blue Pub e o O’malleys.
      Agora, se prefere samba, estilos brasileiros, música ao vivo e um pouco de tudo, seu lugar é na Vila Madalena, que concentra o maior número de bares por metro quadrado em São Paulo. No seu caso, viagem focado em se divertir, a vila é um bom lugar pra se hospedar.

  32. Boa tarde!! Estou em dúvidas entre IBIS São Paulo Ibirapuera e IBIS Morumbi. Vou com meu esposo e minha filha para levá-la ao Parque da Mônica, Kidzânia, Aquário e Zoo, Ibirapuera, M Catavento e da Imaginação. Tb queremos ir num Restaurante da Famiglia Mancini e conhecer alguns restaurantes legais. Qual Hotel vc acha que teremos mais facilidade de acesso utilizando táxi ou uber? Minha dúvida tb é estar muito fora da rota para os locais, sem vias de acesso rápido e em locais de muito trânsito encarecendo os valores das corridas. Vc acha que esses Hotéis estão bem localizados, é seguro andar por lá com criança? Vc sugere alguns restaurantes próximos ? Desde já agradeço!!

    • Oi Cris. São dois hotéis bem localizados em bairros nobres pra quem pretende andar de carro. Mas são péssimos pra fazer coisas a pé.

      • Nessa região do Ibis Morumbi, a única coisa que tem é o Shopping Morumbi, que é imenso e tem de tudo dentro. Fora dele, não existe vida por vários quarteirões. Se der uma volta a pé, vai ver só a marginal (fedida, engarrafada e perigosa pra andar), ruas de casas sem gente na porta e avenidas com muros intermináveis de construções e lojas de construção.

      • Perto do Ibis Ibirapuera tem um pouco mais de vida, embora não tenha muito o que fazer a pé. A Av. Santo Amaro não é nada amigável com pedestres. Tem bons lugares próximos, como a Pizzaria Bráz a 500 metros, o restaurante Le Manjue a 700 metros, o Shopping Vila Olímpia a 2 km e o próprio parque Ibirapuera a 1 km. Desses lugares, o único que vale a pena ir a pé é o parque. Para os outros, mesmo próximos, tem muitas avenidas confusas, ladeiras e lugares chatos de andar, principalmente com crianças.

      Se fosse eu, que não gosto muito de shopping, escolheria o Ibis Ibirapuera. Exceto pelo Parque da Monica, ele tem acesso mais fácil aos lugares que você precisa, além de estar inserido em uma região que lembra mais uma cidade. TRANSPORTE: A Av. Santo Amaro tem faixa exclusiva para ônibus e táxis. Então, se usar táxi, vai evitar boa parte do trânsito da cidade.

  33. Boa noite
    Vou ficar 2 dias em SP, e gostaria de saber qual localizao m sugere?? Procuro por restaurantes veganos e parques, naturezaa

    • Oi Nagila. Meu restaurante vegan preferido em São Paulo é o Taste and See, na Vila Olímpia. Tem alguns bons hotéis perto e está tipo a 10 minutos de caminhada do shopping JK Iguatemi e do Parque do Povo. Aos finais de semana o bairro é meio sem vida, mas em dias de semana é bem agitado e legal de explorar.

      Também gosto do Barão Natural da Rua Mateus Grou, em Pinheiros. Essa região é mais legal do que a Vila Olímpia, porque é mais residencial e tem restaurantes mais legais. Tem mercado de orgânicos, cafés estilosos e muitos restaurantes que, embora não veganos, têm boas opções no cardápio. Não tem parque perto, mas tem o bairro Jardim Europa e suas ruas tranquilas e arborizadas, cheias de mansões. Um bom lugar pra andar. Ah, e o bairro tem a Estação Fradique Coutinho do metrô. Se ficar perto dela, tá de boas em SP. =D

  34. Qual seria o melhor hotel para ficar em termos de localização, o the tryp itam ou o the capital?

    • Oi Gabriela. O local do Tryp Itaim ganha de goleada. Ele fica bem no meio do bairro, longe das avenidas grandes. E repare no google maps o tanto de restaurante que tem perto, a maioria excelente. Também tem boas sorveterias, lojas, gente bonita dia e noite pelas ruas.

      O The Capital fica do lado de um cruzamento imenso de avenidas, uma área mais comercial, sem vida à noite.

  35. Olá, boa noite. Estamos programando uma viagem pra SP em agosto deste ano. São 2 casais com 2 crianças, e nosso foco é programação infantil. Parque da Mônica, Kidzania, Museu Catavento, Museu da Imaginação, Chácara Turma da Mônica, Zoo Safari, Aquário. Nossa intenção é usar táxi ou uber, ou até mesmo o metrô caso estejamos perto de alguma estação. Estamos inclinados em reservar o Novotel Jaraguá, mas estamos receosos sobre a segurança do local. Vc acha que este Hotel é bem localizado, de fácil acesso aos nossos destinos e fica em local seguro? Fica fácil sair do Hotel pra algum restaurante à noite? Vc indicaria algum outro Hotel?

    • Oi Tiane. Gostei da pergunta e do seu roteiro em SP, diferente da maioria das pessoas.

      Eu gosto da localização desse hotel. Vai estar perto das estações República e Anhangabaú, bom pra ir de metrô com as crianças para o Kidzania do Eldorado Shopping, por exemplo.

      Perto do hotel também tem outras coisas legais pra fazer, como conhecer o café Por Um Punhado de Dólares, subir no Mirante do Martinelli, comer uns doces portugueses na Casa Mathilde e matar a saudade (e quem sabe comprar) de brinquedos antigos na Galeria dos Brinquedos. Todos lugares que dá pra ir a pé deste Novotel Jaraguá.

      Fiz um mapa pra você, colocando os lugares que você citou e essas dicas da região: SEU MAPA EM SP.

      Como em qualquer lugar, essa localização tem vantagens e desvantagens. O lado ruim é que não é recomendável andar à noite na região. Durante o dia tudo bem, vai ter pedintes, moradores de rua, como em todo centro de capital brasileira, mas é um lugar muito movimentado e de boa pra andar.

      Outra coisa: se for fim de semana, o metrô é mais vazio e tem poucas chances de pegar trânsito forte. Mas, se sua estada em São Paulo for durante a semana, melhor evitar andar de carro ou usar o metrô do Centro nos horário de pico (que são longos, geralmente das 7h às 10h e das 17h às 20h).

      Qualquer dúvida é só perguntar. Boa viagem!

      • Muito obrigada pela resposta!! Adorei o mapa e suas dicas!! Me ajudou muito!! Parabéns pela cordialidade e atenção que vc dispensa a cada comentário. Realmente é um grande diferencial do seu site. Bem, essa questão da segurança, principalmente andar na região à noite me preocupa pois estaremos com crianças. Sobre o meu roteiro, vc indicaria algum outro Hotel em um local mais seguro, tanto de dia quanto de noite, que ficasse de fácil acesso às atrações? Ou quais os bairros que vc recomendaria pra que conseguíssemos acessar os destinos com facilidade e que pudéssemos tb nos deslocar à noite com as crianças para jantar com tranquilidade?

        • É um prazer ajudar, Tiane. Antes de me mudar pra São Paulo, também não sabia o que esperar dessa selva de concreto.

          Então, sobre seu hotel no Centro, se for sair pra jantar de uber ou táxi, não vai ter problema algum com segurança. De dia caminha de boa, de noite anda de carro.

          Pra sair pra jantar andando e fazer outras coisas a pé, recomendo o bairro número 1 dessa lista, o Itaim Bibi. Ele é campeão de restaurantes (japas, pizzarias, churrascarias, árabes, quilos…) e tem gente na rua dia e noite. É o bairro onde me sinto mais seguro em SP. Gosto muito das imediações do Kinoplex, um pequeno shopping à céu aberto. Lá não tem metrô, mas é plano e muito bem localizado, a 10 minutos de carro da Paulista e com fácil acesso a algumas das atrações da sua lista.

          Acho que pra você não vale a pena ficar nos Jardins e região da Paulista em geral. Não tem atrativos pra crianças e é muito inflacionado. Também tem muitos restaurantes, embora sejam mais espaçados. Por causa das ladeiras, não acho um lugar agradável pra andar.

          Também gosto muito da Rua dos Pinheiros, embora seja uma região pobre em hotéis.

          =D

  36. Olá, boa tarde @buenasdicas:disqus! Primeiramente, parabéns pelo seu post e pelas excelentes dicas! Irei com uma amiga em novembro participar de uma conferência que irá ocorrer no parque Anhembi. Pretendo passar uma semana em SP, para aproveitar além da conferência e fazer algumas compras e bons passeios. Já fui em SP algumas vezes e vi que a maioria dos hotéis que o evento coloca como parceria estão em regiões perigosas, alguns no Ipiranga e Augusta, e a grande maioria no centro antigo. Verifiquei alguns hotéis e me interessei pelo DAN INN PLANALTO HOTEL e H3 HOTEL PAULISTA. Mesmo assim ainda estou na busca, pois não queria uma região perigosa e queria algo perto da Paulista para que possamos passear a noite a pé. Gostaria de saber se você conhece hotéis perto do parque anhembi, em uma região que não seja o centro antigo, mas que também seja bom para passeio, tanto a pé, uber e metrô. Desde já, agradeço sua atenção! Abs.

    • Obrigado, Silmara! Vamos lá:

      O Ipiranga é um bairro residencial, em boa parte tranquilo e com o bonito Parque da Independência pra conhecer, mas é muito longe do Parque Anhembi. São mais de 10 km de distância, estranho a conferência indicar a região. Realmente não vale a pena ficar lá.

      A Rua Augusta não é toda perigosa. Do lado dos Jardins, ela cruza algumas das ruas mais charmosas de São Paulo, como a Oscar Freire. Do lado da Consolação, se não se importar com barulho de baladas e trânsito, é um bom lugar pra ficar até umas 5 quadras abaixo da Paulista, mais ou menos até a altura do Comedians.

      Sobre o DAN INN PLANALTO HOTEL, a região em que fica não me passa muita segurança. Durante o dia já andei muito por lá sem problemas, embora sabendo de presença de batedores de carteira e tal. Pra andar a pé durante o dia tudo bem, tem a 25 de Março e o metrô São Bento pertinho. Mas, à noite, realmente não é nada recomendável caminhar pela região, ainda mais agora que a cracolândia está espalhada.

      O H3 HOTEL PAULISTA realmente tem fácil acesso à Paulista, tipo 1 km de caminhada. Fora isso e as cantinas italianas do Bixiga, não tem muito que fazer por perto. Não sou fã do bairro, acho largado e tem umas ruas meio sinistras.

      Do lado da Anhembi acho que tem somente um Ibis e um Holiday Inn. São bons hotéis e vai estar do lado do seu evento, mas é só isso. Não tem nada o que fazer por ali. Parece uma beira de estrada, nada recomendável pra andar.

      DICA:

      Fique entre Higienópolis e Santa Cecília, perto do Mackenzie. É uma região jovem, que tá na moda em São Paulo. Tem o pub The Joy, o Sesc Consolação, a Padaria Bella Buarque, o Tabuleiro do Acarajé, o Takko Café e o Holy Burger. Anote esses nomes e fique por perto. E se quiser umas das melhores pizzas de São Paulo, é só andar um pouquinho até a Bráz. E ainda tem o Shopping Higienópolis por perto.

      POR QUE ESSE LUGAR?

      Além de ter várias coisas legais, fica no meio do caminho entre o Anhembi e a Paulista. Não sei se tem muitos hotéis. Vi apenas um Tryp Higienópolis e o Hotel Ville, olhando bem por cima. Vale dar uma pesquisada maior na região. Como todo mundo quer ficar ao lado da Paulista, lugares bons como esse tem hotéis mais em conta.

      SOBRE SEGURANÇA

      Vi que você é muito ligada em segurança. Também sou assim, por isso sempre entro em detalhes das regiões. Essa região de Santa Cecília e Higienópolis é bem diversa e mais segura do que grande parte da cidade, porque é muito movimentada, tem gente jovem na rua noite e dia. Mesmo assim, é sempre bom andar esperta, principalmente à noite, como em qualquer capital. E se for andando pro Centro, vá pela Consolação. Não atravesse embaixo do minhocão. Os quarteirões ao redor dele, do lado do centro, são barra pesada. Bocas de fumo, prostíbulos e tal.

      ACABEI?

      Ufa, haha, acho que por agora sim. Ajudei? Qualquer dúvida a mais é só perguntar de novo.

      Abraço.

      • Nossa, muito obrigada! Realmente conseguiu verificar o cerne da questão:
        segurança…rsrs. Vou ver os hotéis que me falou, e estou aberta a
        novas possibilidades, caso queira me indicar mais algum. Mais uma vez,
        parabéns por ser tão zeloso em suas respostas, sempre muito completas, o
        que demonstra que você realmente se importa com todos que pedem a sua
        ajuda. Obrigada pela ajuda e, em caso de dúvidas, certamente voltarei à
        incomodar…rsrs

        • Quem bom que gostou, Silmara!

          Higienópolis é um bairro rico e está entre os mais seguros de São Paulo. Mas, pela proximidade com o centro, você vai ver alguns nóias pela rua, como em qualquer capital do Brasil.

          Se você quer um bairro quase sem “nóias” pelas ruas e muito seguro, indico o Itaim Bibi. Além de ser o paraíso dos restaurantes. Fica abaixo da Paulista. Não tem metrô e é um pouco distante do seu evento. Mas, no quesito tranquilidade e segurança pra andar dia e noite, acho o melhor bairro de São Paulo.

  37. Milene Maciel Responda

    Olá, em outubro vou com mais três amigas para o show do U2, mas iremos passar três noites entre quinta e domingo pra curtir o agito da cidade. Estamos em dúvida onde hospedar entre o Itaim e Vila Olimpia. O que nos recomenda?
    Obrigada, Milene

    • Boa escolha, Milene. Ambos são ótimos bairros pra se hospedar.

      Vila Olímpia: depende de onde pretende se hospedar. Algumas partes do bairro são muito paradas e não têm nada por perto. Nos fins de semana, grande parte do bairro é um marasmo total.

      Itaim Bibi: melhor escolha. O bairro tem os melhores restaurantes de SP e baladas sofisticadas. Também tem bares pra todos os gostos, dos simples aos da moda. Em qualquer lugar do bairro, tem muita coisa pra fazer por perto. Como é movimentado dia e noite, também acho mais seguro pra andar do que na Vila Olímpia. E ainda tem acesso mais fácil à região da Avenida Paulista e dos Jardins.

      Ambos são boas dicas de bairro pra quem vai a eventos, como o show, no Estádio do Morumbi, pois ficam praticamente a meio caminho entre o aeroporto e o estádio.

  38. Olá, boa tarde!
    Eu e meu marido estaremos em SP durante um fds para evento na Expo Norte, mas Tb queremos conhecer o Bairro da Liberdade e os famosos outlets.
    Em qual bairro vc recomenda para a hospedagem? Estamos com muita dúvida sobre onde ficar.
    Obrigada!!!!

    • OI Fernanda! Pretende ir de metrô até perto do Expo Center Norte? Muitos eventos buscam os participantes no Terminal Tietê, onde tem a estação mais próxima. Se é esse o plano, vale se hospedar em SP perto de uma estação de metrô. Pra combinar Metrô + Liberdade, recomendo ficar no Paraíso ou no Bela Vista, bairros perto da Paulista e da Linha Azul do metrô, que vai até o Tietê. E deles, ainda pode ir a pé até a Liberdade. Ambos são bairros legais, com algumas áreas meio caóticas.

      Dá uma pesquisada neles e volta aqui se tiver dúvida sobre a localização do hotel.

      Agora, se busca bairros legais pra andar à noite, sair pra jantar e tal, recomendo Itaim Bibi e Moema, com a desvantagem de não terem metrô (mas são mais próximos ao aeroporto de Congonhas).

      • Olá! Então, vamos de metrô pra Expo Norte. Seguindo sua sugestão de ficar próximo a linha azul do metrô, escolhemos um hotel próximo da Estação Paraíso. E para ir aos restaurantes, pensamos em pegar um Uber.

        O que acha?

  39. Diego Rodrigues Responda

    Olá, gostaria de saber qual região/hotel você recomendaria para uma estadia em casal, para quem ainda não conhece bem a cidade, de preferência um lugar de fácil acesso e locomoção, que não seja dos mais caros mas também não fique em nenhuma região considerada perigosa. Um bom lugar para passar um tempo a dois, se possível que seja de fácil acesso a partir do terminal do Tietê.
    Obrigado.

    • Oi Diego. No seu caso, também é melhor ficar perto da Avenida Paulista, onde é seguro e você pode chegar de metrô a partir do Tietê. Além das dicas de bairro no início desse post, dá uma olhada no dá uma olha no Hotel San Gabriel SP e no Ibis Frei Caneca.

      Agora, um lugar mais charmoso, mais seguro e com mais restaurantes do que a região da Paulista, e com hotéis com melhor custo-benefício, é o Itaim Bibi. O único porém é o que o bairro não tem metrô, embora seja cercado de grandes avenidas, onde passam ônibus pra toda cidade.

      Google

  40. Boa noite. Em dezembro iremos de carro de Goiânia a São Paulo para CCXP.
    gostaria de ficar em um bom hotel com meus filhos adolescentes. E perto da estação do metrô pois deixaremos o carro no estacionamento. Faremos tudo de metrô. A noite queremos ir à um cinema legal uma pizzaria linda uma sorveteira de primeiro mundo. Obrigada.

    • Oi Inês. Boa escolha ficar perto do metrô. Vi aqui que o CCXP é no São Paulo EXPO, então dá pra pegar pra Estação Jabaquara e chegar bem perto de lá.

      Antes de ver isso, ia te indicar pra ficar em Pinheiros, bairro tranquilo e bom pra adultos e jovens. Mas lá na Rua dos Pinheiros tem estação da Linha Amarela, e vocês precisariam de duas conexões pra chegar no evento.

      Melhor ficar perto da Linha Verde e preferencialmente perto da Linha Azul. Não sei qual a faixa de preço de hotel você pretende pegar, mas aqui vão algumas dicas de localização:

      LINHA VERDE. Ao longo da Avenida Paulista, repleta de estações de metrô. A região é cheia de hotéis. Quanto mais perto da avenida, mais caro. Quanto mais longe, melhor o custo-benefício, mas aí vai ter que andar mais um pouco. Procure ficar a no máximo 5 quarteirões da Paulista, pra não ter que subir muita ladeira. No início do post listei os bairros ao redor dela, que são Consolação, Bela Vista, Cerqueira César Jardins e parte do Paraíso. Região rica também em teatros, restaurantes, festas, muita coisa que dá pra ir a pé a praticamente qualquer hora do dia e da noite.

      LINHA AZUL. Pra ir pro evento, é a melhor linha pra se estar perto. Nesse caso, a maior parte dos hotéis fica perto da Estação Paraíso. Muitos são velhos e muitos de frente para a Avenida. Evite ficar em frente à avenida. Ficar na Vila Mariana também é uma boa pra transporte, mas o bairro é residencial, sem muitas opções de restaurantes, festas e coisas culturais.

      MAPA BOOKING de melhores localizações pra você: https://goo.gl/WdxQPC

      Selecionei pra você, no mapa do Booking, os bairros mais interessantes pra ficar. Ele mostra os hotéis disponíveis. No seu caso, melhor focar ao redor da Paulista. Dá uma olha, se tiver dúvida, volta aqui que eu explico também. Boa viagem!

      https://goo.gl/WdxQPC

  41. Maryanna Euncie Responda

    Oii, gostaria que me ajudasse com a escolha de 1 hotel, o América do Sul… Eu gostei bastante dele por causa da sua localização, porém fiquei sabendo que o local é muito perigoso e não é indicado para andar a noite. Vou fazer passeios na 25 de março, mercadão, etc.. Você tem outros hotéis próximos a 25 de março para indicar? Hotéis que não seja localizado em uma região tão perigosa, que dê para andar de apé com mais tranquilidade.
    Desde já agradeço.

  42. Reginaldo Santos Responda

    Ola, estarei indo no final do mês para o show da Ariana Grande com minha esposa e filha. Fiz reserva no Braston Augusta por estar próximo a Av Paulista.
    Quero saber se fiz boa escolha, se consigo ir a pé até o Allians Park durante o dia, e se consigo ir até o centro a pé também.
    Pesquisando no Google Maps ele informa que são trajetos relativamente bons, em torno de 40 min a 1 hora de caminhada.
    Fiz boa escolha?

    • Oi Reginaldo. Pra uma viagem família assim, em que pretende andar muito a pé, a escolha não foi boa. Vou listar prós e contras.

      Prós

      Ir para o Centro: essa é a maior facilidade. O Braston é realmente perto dos principais pontos do centro, como a Praça da República. E é ladeira abaixo, muito fácil de ir caminhando.

      Ir para o Allianz Parque: Vai levar quase 1 hora andando, porque é muito sobe e desce e as ruas são sinuosas. Perto do Pacaembu parece um labirinto. Mas é um caminho bonito de se fazer, especialmente se for pela Avenida Higienópolis ou pela Rua Alagoas, que passa pelo Parque Buenos Aires e pelo estádio Pacaembu. Depois, morro acima, passa pelas mansões do bairro Pacaembu e vê uma parte bonita de Perdizes.

      Contras

      Drogas e prostituição: esse trecho da Augusta em que fica o hotel, é o mais barra pesada da rua. Principalmente à noite, as calçadas são cheias de “nóias”, ainda mais agora que o prefeito expulsou os viciados da cracolândia. Também tem muitos cabarés e algumas prostitutas fazem ponto na rua mesmo. De dia é OK de transitar, mas não recomendo andar à noite a pé.

      Av. Paulista: não é tão perto assim (1,5 km até o metrô), considerando que até lá é só subida, caminhando por uma rua lotada de gente e com trânsito pesado. Os ônibus tiram fino e jogam fumaça na cara. Morei mais de 1 ano na região e era horrível descer a Augusta todo dia.

  43. Ana Caroline Machado Responda

    Oi, Eu e um amigo estamos pretendendo ir a SP neste feriado de Corpus Christi e consideramos a opção de ficarmos no Maksound Plaza (na São Carlos do Pinhal, 424 – Bela Vista) ou Meliá Paulista (na própria Paulista, 2181).
    Pretendemos usar metrô, táxi/uber ou ir caminhando (quando possível) para nos locomovermos.
    Sabe me dizer se essas áreas são boas e seguras?
    Obrigada :)

    • Oi Ana. São hotéis com ótimas localizações. No Meliá Paulista, já vai descer no meio do agito. Se ficar no Maksoud, vai ser um pouco mais tranquilo e vai estar bem em frente a Pão de Ló, uma das melhores padarias de São Paulo.
      Resumindo, onde escolher, vai ser uma boa escolha.

  44. Desde já, parabéns pela atenção que dá a todos que perguntam por aqui.
    Estou numa situação parecida com a da Karla Giane.
    Estarei indo na segunda semana de junho e pretendo ficar 5 noites em SP. Devo ir a um jogo no Allianz Parque e visitar alguns pontos turísticos durante o dia e a noite curtir bares, restaurantes ou teatro.
    Vou de carro, mas pretendo deixá-lo em algum estacionamento e me locomover de táxi/UBER ou metrô.
    Gostaria de pagar até R$ 200 na diária.
    Fico com receio da violência, portanto gostaria de um hotel em região com menor incidência de assaltos.
    Qual sua sugestão?
    Valeu

    • Fala Coqueiro. Já falando sobre a região do estádio (Perdizes), ele seria um bom bairro pra ficar em uma viagem curta e sem foco em turismo. Tem bons hotéis perto do Allianz, ao lado do estádio tem o grande shopping Bourbon, que tem supermercado, cinema e até um teatro dentro. E, pra melhorar ainda mais o bairro, tem a nova melhor pizzaria de São Paulo, apenas um quarteirão acima da casa do Palmeiras. Além de ter ótimos bares e outros bons restaurantes.

      Mas, pra explorar a Paulista, o Centro Histórico, museus e outras regiões de SP, é um tanto fora de mão. Um Uber de Perdizes pra Paulista, deve estar na faixa dos R$ 20.

      Quando o assunto é o número de bares e restaurantes por metro quadrado, gente bonita, ruas claras e movimento noite e dia, o que dá mais segurança pra andar a pé, recomendo muito que fique no Itaim Bibi. Morei 3 anos no bairro e foi a melhor época. Pra fugir do calor, uma vez me hospedei do lado de casa, no Tryp Itaim, e a localização é imbatível. Hoje tá acima de R$ 300 na semana da sua viagem, mas pode aparecer alguma promoção. Do Itaim pra Paulista, onde se concentram metrôs e atrações culturais, tá por volta de R$ 14 o Uber ou Cabify. Dá uma pesquisa de mais hotéis no bairro, porque o Itaim é imbatível.

      Agora, pra ir andando até o metrô, poder ir a pé ao Masp e ter o centro histórico de São Paulo, como Luz e República, a poucas estações de metrô de distância, o negócio é se hospedar na região da Paulista mesmo. Os bairros ao redor dela são Consolação, Cerqueira César, Bela Vista e Paraíso. Só tem que ficar ligado se o hotel não é muito distante da Paulista, que é o topo da colina. Ou seja, ladeira para os dois lados.

      O Centro, como você falou que gosta de regiões mais seguras pra andar, eu não recomendo, especialmente agora que o prefeito espalhou a cracolândia para diversas ruas.

  45. Olá boa tarde,

    Estou indo a São Paulo próximo mês. Gostaria de visitar o MASP e a noite ir a alguns bons restaurantes, além disso pretendo ir ao Brás comprar alguns materiais. Ficarei hospedada provavelmente em algum IBIS, porém estou decidindo entre o IBIS da consolação(avenida Paulista) ou o do MORUMBI(esse é mais barato). Gostaria que se possível opinasse com uma das alternativas ou com outras que ache interessante. além disso queria saber boas opções de restaurantes nos arredores do hotel que por ventura eu vá escolher.
    Abraço

    • Oi Eliane. São dois bons lugares pra ficar em SP. Mas, no seu caso, o Ibis Morumbi é meio contramão. Ele fica numa região nada amigável para se andar a pé e a única coisa por perto é o Shopping Morumbi. Fica a 10 minutos de caminhada de uma estação de trem, que se conecta ao metrô, mas os trens geralmente são lentos e lotados de gente.

      Já o Ibis Consolação é bem melhor localizado, praticamente ao lado do metrô. Mais perto é impossível.

      E, de lá, dá pra ir a pé a diversos cinemas, alguns teatros e restaurantes. Numa caminhada de mais ou menos 20 minutos, também se chega ao MASP. Ou você pode ir até lá de metrô mesmo, já que tem uma estação bem ao lado do hotel e outra ao lado do MASP. Ficando na Consolação também é mais fácil de ir ao Brás.

      Também na região da Consolação, a cerca de 10 minutos do metrô, tem outro Ibis, o Ibis Frei Caneca.

  46. oi tudo bem , gostaria que vocês me informem qual a melhor região para me hospedar em São Paulo no mês de julho , estamos querendo fazer um tour pelos estádios de futebol, conhecer alguns pontos turísticos como Masp, templo de Salomão, Mercadão e a noite ir a uma peça de stand up . Não conheço Sao Paulo , por isso preciso de um hotel que fique em uma região mais segura e que eu possa sair à noite pra jantar e ir ao teatro, e que eu possa me locomover através de metrô e UBER, desde já agradeço sua colaboração.

    • Oi Karla. Depende do tipo de hospedagem que você procura e de quanto pretende gastar.

      Pra ficar perto de estações de metrô, recomendo basicamente duas regiões de São Paulo: ao longo da Avenida Paulista e na região da Rua dos Pinheiros.

      Na Paulista, o que não falta é hotel. Tem pra todos os gostos. Também tem muitos hostels e flats. De qualquer lado dela, ficando até 4 quarteirões pra baixo, vai estar perto de estações de metrô, restaurantes e teatros.

      Fui conhecer dois hotéis relativamente baratos na regiões, ambos na Rua Frei Caneca, que tem um shopping com um teatro importante, cheio de peças legais: o Teatro Frei Caneca

      Nessa rua, conheci o Hotel San Gabriel SP e o Ibis Frei Caneca

      Mas tem muitas outras opções. Olha no início do post, tem muitos detalhes sobre o entorno da Paulista e também sobre essa região da Rua dos Pinheiros, que tem um bom metrô, mas é um pouco pobre de hotéis.

  47. Carolina Albuquerque Responda

    Olá, tudo bem? Estou na mesma situação do Renato, estarei em SP em junho e estou procurando hotel que fique próximo ao Centro (podem ser em bairros vizinhos), vou sair alguns dias para comprar e outros para conhecer a cidade inclusive a noite, por isso que quero um lugar que seja “tranquilo” para chegar na madrugada também.

    • Oi Caroline. Perto do Centro, que dá pra ir a pé durante o dia e é um bom lugar que dá pra sair em volta pra comer à noite, ir no cinema ou no teatro e tal, é a Consolação. Já falei de dois hotéis na Rua Frei Caneca, uma das mais animadas do bairro:

      https://www.buenasdicas.com/ibis-frei-caneca-vale-a-hospedagem-3359/
      https://www.buenasdicas.com/hotel-bom-barato-sao-paulo-2967/

      Outra boa opção, que tem bons hotéis e os melhores restaurantes de São Paulo por perto, além de ser um bairro com segurança acima da média, é o Itaim Bibi. Mas lá não tem metrô e não dá pra ir a pé até o Centro.

      Pra você, acho que as melhores opções são mesmo a Consolação e arredores da Av. Paulista e o próprio Centro.

      O Centro de São Paulo tem boas áreas, onde dá pra andar tranquila durante o dia. Se achar algum hotel no centro que interessar, me manda o link que eu te digo se a rua é legal ou não.

  48. Olá,
    Pretendo ir à São Paulo para fazer compras na 25 de março e arredores, gostaria de saber se é tranquilo se hospedar próximo ao centro? Encontrei alguns hotéis que ficam +- há 1,5/2km de distância do centro. Seria indicado?
    Agradeço desde já a atenção.

    • Fala Renato. No geral, o centro é tranquilo para se andar durante o dia, sem dar bandeira, claro. Durante a noite é que alguns lugares ficam mais barra pesada. Isso depende da região e da rua. Na Luz, por exemplo, há boas ruas residenciais, mas há também péssimas quebradas.

      Se mandar os links ou nomes dos hotéis eu posso analisar as regiões e responder melhor.

  49. Beatriz Santos Responda

    Pretendo ir a São Paulo para estudar na Estácio, unidade Bela Vista, e estou um pouco preocupada com o ambiente, a localização (se é muito distante do centro de São Paulo) e principalmente a segurança. Não preciso necessariamente me hospedar neste bairro, mas pelo menos em um bastante próximo para facilitar a locomoção. Alguma dica/recomendação?

    • Oi Beatriz. Dei uma olhada aqui no mapa pra ver exatamente onde fica sua faculdade. É uma rua bem movimentada do Bixiga (bairro que se mistura em alguns pontos com o Bela Vista. Não sou muito fã do bairro, que apesar de ser famoso pelos restaurantes italianos e arquitetura antiga, acho um tanto caído. Mas, essa rua especificamente é legal. Tem muitos restaurantes (inclusive o Templo da Carne, bem famoso), bares e coisas culturais.

      Não sei que tipo de acomodação você busca, mas a região é rica em pensões, inclusive por ter muitos estudantes, tem hotéis e alguns hostels.

      Sobre transporte, é uma região relativamente fácil, por não ser distante do metrô. São mais ou menos 15 minutos de caminhada da faculdade até duas estações possíveis: Estação Brigadeiro, na Avenida Paulista, e estação São Joaquim, que fica na Av. Vergueiro, na altura da Liberdade, o bairro oriental de São Paulo. Como tem muita ladeira da Paulista pra baixo, imagino que vá ser melhor chegar pela Estação Brigadeiro e voltar pelo São Joaquim.

      Quanto a segurança, essa é uma região bem movimentada. A Avenida Paulista tem gente andando e muito trânsito a qualquer hora do dia e da noite. E seu entorno também. É só evitar becos e ruas paradas. Procure andar pelas vias principais. Você vai entender melhor quando estiver por lá.

      Sua faculdade é bem perto do Centro. Andando ladeira abaixo, você chega rápido na Praça da Sé. Isso se souber escolher bem as ruas, porque tem muitos viadutos pelo caminho, difíceis de atravessar andando.

      Espero ter ajudado um pouco. Qualquer dúvida é só perguntar. Eu morei na Rua Frei Caneca, colado no Bela Vista, e andei bastante por essa parte de São Paulo. Abraço.

  50. Suzi Sarmento Responda

    Legal, parecem legais esses bairros. Alguma outra dica de onde ficar em São Paulo? Estou querendo ir nas férias do meio do ano. Queria me hospedar perto de bons restaurantes e que fosse fácil visitar os pontos turísticos.

    • Pra ficar perto de restaurantes em São Paulo, o melhor bairro é o Itaim Bibi mesmo, seguido por Jardins/Cerqueira César, Moema e Vila Madalena. Desses, pra estar mais perto do metrô e de algumas atrações, como o MASP e a Rua Augusta (pra quem gosta de baladas), o melhor é Cerqueira César e outros bairros ao redor da Av. Paulista, como Paraíso e Consolação (que é meio ruim de restaurantes).

  51. Olá, estamos indo a São Paulo em julho nos primeiros dias (03 ou 04) e queremos ir ao bairro da liberdade com nossas filhas adolescentes. Iremos de carro então temos muitas duvidas sobre locais para hospedagem, tendo em vista que iremos dirigir em São Paulo. Me pergunto toda hora: Será que vamos nos perder? Então poderia nos ajudar? Creio que o melhor seria algum bairro um pouco mais afastado mas que tivesse opções de ônibus ou metrô, então deixariamos o carro no hotel e fariamos o percurso mais tranquilos de ônibus (obs: fizemos em salvador e deu super certo). Agradeço se nos ajudar.

    • Oi Medeiros. Para saber onde ficar em São Paulo sem erro, é bom analisar de acordo com sua programação. Pra frequentar a Liberdade, é bom mesmo ir de metrô, já que as ruas são estreitas, lotadas e é raro achar lugar pra estacionar por lá. Pra ir em outros pontos turístico de São Paulo, como o centro histórico, o MASP e o Mercadão, também vai ser bom usar metrô. Procure hotéis próximos a estações, como todos na região da Avenida Paulista, alguns na Vila Mariana e no próprio Centro.

      Dica de hotel bom, barato e perto do metrô: https://www.buenasdicas.com/hotel-bom-barato-sao-paulo-2967/

      Dicas de onde ficar em SP perto do que vc precisa: https://www.buenasdicas.com/onde-ficar-em-sao-paulo-1040/

      Se me der mais detalhes posso orientar melhor. Abraço.

  52. Vinícius Salazar Responda

    Olá, boa tarde!

    Estou planejando uma viagem para São Paulo com minha namorada para a semana santa deste ano.

    Como será nossa primeira vez na cidade, provavelmente iremos fazer os programas mais tradicionais de turista, como: Av Paulista, Ibirapuera, Mercadão, 25 de Março, etc. Isso durante o dia/tarde.

    A noite gostamos de fazer programas mais gastronomicos/culturais, como restaurantes e bares (principalmente sushis, hamburguerias e cervejarias), e também estamos pensando em assistir alguma peça de teatro em uma das noites.

    Minha pergunta seria:

    Vale mais a pena ficarmos no centro (perto da Paulista) para termos mais facilidade de deslocamento durante o dia para os programas turísticos ou melhor ficarmos em algum dos bairros residenciais mais afatastados (como Pinheiros e Itaim Bibi) e nos deslocarmos para o centro durante o dia para turistar e podermos ir para restaurantes e bares mais próximos ao local de estadia a noite?

    • Fala Vinicius!

      Já morei nas duas regiões, Itaim Bibi e Paulista.

      Sem dúvidas o Itaim Bibi é um bairro muito mais agradável de se andar: é plano, seguro e com muito mais opções gastronômicas. Tem algumas ruas do bairro que tem 3 opções de restaurantes japoneses, incluindo rodízio. Tem restaurante espanhol, italiano, francês, tailandês, português, vegetariano, hamburguerias e cervejarias, tudo a uma curta caminhada de distância. Pra compras, tem a rua João Cachoeira, que é um shopping barato a céu aberto. Dá pra ir a pé ao Parque do Povo e, se curte caminhar, em 20 minutos chega no Ibirapuera. Além de ser um bairro elegante, com gente bonita em todo lugar. Tem ônibus direto pro Centro e, se for de táxi ou Ubber pra pontos turísticos como o Mercadão (que é o mais longe), não vai gastar mais de R$ 30.

      Sobre a região da Avenida Paulista, é um lugar muito diverso. Eu, particularmente, não gosto de andar nem de comer por lá. E sempre movimentado demais e as comidas costumam ser caras e ruins, principalmente na Rua Augusta. Claro que ficar perto do Metrô tem suas vantagens, tipo poder ir pro Centro sem medo de se perder. Além de ser mais perto dos maiores teatros da cidade. Embora, dependendo de onde você fique, pode precisar de táxi pra chegar no teatro.

      Se quiser, me mande o link dos hotéis que você interessa que eu vejo se a região é legal e qual vale mais a pena.

  53. Edinaelson Cruz Responda

    Olá! estarei indo em uma feira no Anhembi! são 3 dias. Queria um próximo a Av. Paulista por conta de opções noturnas, mas o preço esta um pouco acima. Encontrei umas opções na região da Santa Efigênia. Prox. a Praça da Republica e no largo do arouche, o que acha? é indicado? é seguro sair a noite e ir em algum lugar para comer etc. Ou me indica outras opções?

    • Olá! A região da Paulista tá cara mesmo, mas tem algumas opções em conta. Já olhou o Hotel San Gabriel SP?

      Outra dica é ficar em Hostel. Fiz uma lista com os melhores e mais baratos hostels perto do metrô em SP.

      Não sou fã do centro de São Paulo pra hospedagem. É um lugar bom pra passear de dia, conhecer os pontos históricos e tal, mas é ruim pra comer e inseguro pra andar à noite. (Mas não é nada de outro mundo, é um lugar bem civilizado e policiado, mas é mais perigoso em relação a outras regiões como a Paulista e os Jardins, por exemplo).

  54. Olá! São Paulo, 3 adultos com 1 criança de 5 anos, para fazer passeio dirigido ao público infantil (parques, kidzania, turma da Mônica, zoo, aquário, catavento) além da pinacoteca, mosteiro de São Bento, mercado. Vc teria sugestão de hospedagem? Desde já obrigada!!

    • Oi Ana. Dois desses parques que vc falou ficam no Shopping Eldorado. O ideal seria ficar lá perto, mas a região não é legal pra andar a pé. Não por falta de segurança, mas por excesso de avenidas enormes, viadutos e tal.

      As outras atrações ficam no centro, e também é uma região que não recomendo pra se hospedar.

      No seu caso, acho que vai ser bom ficar no Itaim Bibi. Não tem metrô no bairro, mas é a meio caminho de tudo, com muita oferta de táxi e ubber. E os melhores restaurantes da cidade estão lá. Dá pra passar um mês sem repetir, e fazendo tudo a pé. Bairro seguro e limpo.

      Uma dica de hotel com bom custo benefício é o Tryp Itaim.

      Depois me conte o que achou do bairro.

  55. Bom dia, pretendo ir em SP em dezembro ficar um fds..
    Pretendo visitar o Aquario de Sp, mosteiro de Sao Bento, Mercado Municipal de Sp, 25 de março entre outros, qual o melhor lugar para me hospedar? E irei de onibus, ou seja, teria que ser perto de estações de metro.

    • Oi Laine. Exceto pelo Aquário de São Paulo, que fica no Ipiranga, todos os outros lugares que vc falou ficam no centro e próximos a estações de metrô, então faz bem mesmo em ficar perto de uma estação.

      Se busca algo mais em conta, dê uma olhada nos hostels da Vila Mariana, como o Olah e o The Hostel, que ficam perto do metrô. O bairro é residencial, próximo ao Ibirapuera e à Av. Paulista. Não tem muito mais o que fazer por lá. Alguns deles estão na minha lista: hostels bons e baratos em SP

      Ficar perto da Paulista é outra boa pedida, pois vai estar cercada de metrôs. Tem várias estações da linha verde e uma da amarela. Nessa região tem alguns bons hostels, como o Bee.W, que fica perto do agito da Rua Augusta. Outro muito bem localizado é o Beats Hostel. Agora, se vc prefere hotel, a região da Paulista tem algumas boas opções econômicas, como o Hotel San Gabriel (já falei dele no post hotel bom e barato em São Paulo e duas unidades do Ibis, um na Consolação e outro na Frei Caneca.

  56. Arquitetura ueg Responda

    Estou indo à São Paulo com um amigo. Ficaremos 3 noite. Queremos ia à Bienal de arte Contemporânea e conhecer o máximo da arquitetura da cidade. Qual região melhor para ficarmos? Aproveitando ao máximo e com aquele precinho bacana? Lembrando que não conhecemos nada lá e queremos evitar os famosos “passa-para-trás”. E qual melhor aeroporto para nosso destino? Que fique mais perto e tal, rs. NOS DÊ AQUELE HELP MARAVILHOSO! Obrigada, desde já <3

    • UEG? Dá-lhe Goiás!

      Pra chegar, o Aeroporto de Congonhas é beeeem mais perto. De táxi até a Paulista, dá uns 20 reais em 20 minutos.

      Mas se não tiver pressa e o voo estiver mais barato, dá pra chegar por Guarulhos e pegar o ônibus que vai de lá até o metrô por 5 reais em 50 minutos.

      Pra ficar perto do metrô e economizar na hospedagem, primeiro recomendo ler este post: hostels bons e baratos em SP

      Mas sendo um pouco mais específico sobre onde ficar em SP…

      A localização da Bienal, dentro do Ibirapuera, te dá muitas opções de hospedagem em diferentes bairros ao redor do parque. Mas já que tá na pegada econômica, recomendo dois lugares próximos ao parque:

      Vila Mariana: bairro residencial, com estações do metrô e muitos hostels. O bairro é grande, mas boa parte dele é colada no Ibirapuera.

      Região da Paulista e Baixo Augusta: se quer explorar umas baladas e o Centro de SP, é a região mais recomendada. Tem muitos hostels (como o Bee W. Hostel), hotéis acessíveis (como o São Gabriel e o Ibis) e muitos metrôs, além de muitos ônibus para o Ibirapuera.

      Dica de hospedagem extra: semana passada fui no tal Pitico, o bar hipster da moda aqui. E em frente ele tem o Garoa Hostel, muito bem avaliado no Booking. É na região do Largo da Batata, um lugar ainda meio feio, mas bem localizado, com estação de metrô e perto da Rua dos Pinheiros, que tem boas baladas e restaurantes melhores ainda.

  57. Quero ir á São Paulo para beauty fair e não sei onde fica melhor para me hospedar e qual aeroporto devo escolher. Por favor me ajude! Obrigada!

    • Carla, você tem várias alternativas de hospedagem. Se quiser ficar próxima ao evento, tenho um post com dicas de hotéis perto do Expo Center Norte .

      Ou se prefere ficar num bairro mais agradável e seu transporte até a feira será metrô, recomendo se hospedar perto da Linha Azul, pra economizar tempo. Você pode ficar num hotel ou hostel da Vila Mariana, por exemplo.

      Toda a região da paulista também é bem conectada de metrôs.

      Um bairro agradável e um pouco mais próximo do Expo Center Norte é perdizes, mas não tem metrô. Aí o jeito mais fácil é usar táxi ou ubber.

      Ou bairros centrais de SP, tipo LUZ e REPÚBLICA, não são meus preferidos, por serem um tanto perigosos, principalmente à noite, mas têm muitas estações de metrô, ônibus e estão próximos ao local da feira. E tem hotéis de todo tipo, principalmente baratos.

      Biz, Novotel Center Norte e Lua Nova são alguns dos hotéis próximos ao Center Norte.

      A dica é ficar perto do metrô em bairros mais centrais de São Paulo ou ficar bem próximo ao local, evitando qualquer chance de atraso nos seus compromissos.

      Biz, Novotel Center Norte e Lua Nova são alguns dos hotéis próximos ao Center Norte.

    • Quanto a aeroporto, Congonhas é muito mais perto do local do evento e dos melhores bairros pra ficar em SP. Um táxi até o Expo não passa de R$ 50. De Ubber é ainda mais barato.

      Já Guarulhos é bem mais afastado. Um táxi de lá pra São Paulo é mais de R$ 100. Mas existem outras alternativas descomplicadas, como o ônibus coletivo (R$ 5) que leva até o metrô tatuapé e o Airport Bus Service, um ônibus executivo que vai a diferentes pontos de SP.

  58. Quero ir à São Paulo para comer e beber ( hamburguerias e Pubs), vi que na região de Pinheiros se concentra grande parte deles. Se eu ficar na Paulista é tranquilo ir até lá a noite ou é melhor que eu me hospede em Pinheiros mesmo?

    • Obrigado!!! Sempre quis receber essa pergunta aqui, haha! Isso porque comer hambúrguer e sair pra beber é minha programação favorita em São Paulo. =D

      Vou responder por alto agora, mas essa semana mesmo vou montar um mapa mais detalhado com as dicas exatas pra você e quem mais quiser fazer esse turismo gastronômico em SP.

      É o seguinte: Pinheiros tem mesmo muita hamburgueria boa, mas tem pouquíssimos hotéis e hostels. E os Pubs ficam espalhados. Então, por mais que fique no bairro, pode precisar de ônibus, táxi ou Ubber pra ir de um pro outro. As regiões mais próximas e com grande oferta de hospedagem são a Paulista e o Itaim Bibi.

      Recomendo muito que fique no Itaim. Dá pra fazer tudo a pé e tem ainda mais hambúrgueres e pubs pra vocês provar. Meu burger favorito de São Paulo fica no bairro: FRESTO. Vc tem que experimentar. O melhor pub cervejeiro do itaim é o Les 3 Brasseurs, que tem várias cervas artesanais.
      De táxi pra Rua dos Pinheiros, vai de 10 a 15 reais.
      Desvantagem no Itaim: não tem metrô.

      Recomendo menos a região da Paulista. Tem menos bares legais, tem menos hambúrguer bom e tem gente demais. Além de ser mais caro. A vantagem é o metrô. Se ficar perto da estação Paulista da Linha Amarela, vai estar UMA estação da Rua dos Pinheiros. De táxi pra Rua dos Pinheiros, vai gastar de 15 a 20 reais, principalmente se tiver trânsito pesado, o que é normal até no fim de semana.

      Por agora é isso. Depois passo dicas de lugares imperdíveis no mapa. Abraço.

    • Felipe, tá pronto o mapa!

      Mapa de hamburguerias e pubs de São Paulo

      Salvei as melhores e as mais famosas hamburguerias de São Paulo. Também coloquei alguns dos melhores pubs. Só lugares que eu conheço e recomendo.

      Você vai reparar que ficam concentradas principalmente no Itaim Bibi, com focos menores nos Jardins e em Pinheiros.

      Aí você compara esse mapa com as regiões do hotéis que vc tá pesquisando, pra ver o que vale mais a pena.

      • Desculpe a demora da réplica haha. A conta de email que tá vinculada a esta conta é antiga e só vi agora sua resposta. Você montou o que eu tinha colocado em minha lista: Z-Deli, Meats, Delirium Café… você não colocou o bar da Brewdog. Conhece? Adoro a cerveja dos caras e gostaria de conhecê-lo. Obrigado pela dica. Meu programa favorito em minha cidade (Aracaju) é comer e beber cerveja artesanal rs Irei conhecer, com certeza, o Fresto e Les 3 Brasseurs (anotado).
        Abração!

        • Opa, que bom que viu antes da viagem. Ainda não conheço o Brewdog. Vi dizer que é caro, então sempre vou adiando.

          Fui de novo no Delirium Cafe e recomendo. Nunca vi tanta cerveja, algumas a preços honestos. Mas, nesse quesito preço, o Les 3 é imbatível. Impossível sair de lá andando, haha.

          Seu foco é hamburguer, mas vale desviar um dia pra pizza! Nesse quesito, recomendo muito ir na pizzaria Napole Centrale, que fica dentro do Mercado de Pinheiros . É a melhor da cidade e o preço é muito justo. Se come no balcão mesmo.
          Outra no estilo napolitano também muito boa é a Leggera, que tem um ambiente mais normal, tipo mesa, garçom e tal.
          Boa viagem.
          Volte aqui pra contar!

          • felipe rab

            Valeu mesmo pela dica. Devo ir pra Sampa, lá pelo meio do ano, tenho algumas viagens já agendadas (Manaus, Campo Grande e Natal). Volto sim pra contar.
            Obrigado, mais uma vez, pelas dicas! Abraço.

          • felipe rab

            Cara, fiquei só 3 dias em SP. Tudo muito corrido. Consegui conhecer a Meats (comi o greenator) e a Tradi (comi um que tem um monte de queijo cheddar com peperonni), ambos são excelente. Só achei o hambúrguer da tradi pequeno. Só consegui conhecer um bar o Empório Alto dos Pinheiros que é muito bom! Excelentes petiscos e cervejas. Tomei quatro cervas excelentes com destaque para uma IPA chamada Pacífico, vale a pena a experiência! Valeu pelo mapa, foi uma mão na roda! Abração.

          • E aí Felipe! Gostei da foto do hambúrguer dessa Tradi… Quero ir conhecer, mas então vou jantar antes pra não sair com fome, haha.

            Mandou bem nas escolhas. Abraço.

  59. Só pra lembrar, esse post sobre onde ficar em São Paulo, com dicas de hotéis, bairros e pontos de referência, é atualizado pelo menos duas vezes por ano. E em caso de qualquer dúvida sobre onde ficar em SP, é só entrar em contato aqui pelos comentários que eu respondo geralmente no mesmo dia.

  60. João Paulo Galdino Responda

    Vou a primeira vez a São Paulo, com minha namorada a Turismo, viagem de 3 noites. Qual região é melhor para me hospedar?

    • João Paulo, se você gosta de fazer turismo cultural, vale a pena ficar perto da Avenida Paulista, porque dá pra ir a pé no MASP, a Rua Augusta e tem várias estação de metrô, que levam pra lugares como República e Luz, no Centro. Se você gosta de comer, recomendo muito que fique no Itaim Bibi, o bairro mais completo de São Paulo no quesito gastronomia. Tem fácil acesso ao Centro, à Paulista, ao Shopping Iguatemi e ao aeroporto, entre outros lugares legais de São Paulo.

  61. Cara, tem informação trocada aí. O Bela Vista não fica perto da Cracolândia. A última rua do Bela Vista fica a uns 4 km da Cracolândia, e tem nada menos que o Centro da cidade entre as duas regiões.

Escreva seu comentário