São Paulo

Onde ficar: 6 melhores bairros para se hospedar em São Paulo

Tudo sobre os melhores bairros para se hospedar em São Paulo, com dicas de hotéis bem localizados.

Onde se hospedar em São Paulo? Boa pergunta. Mas todo mundo quer ficar perto da Avenida Paulista, seja do lado supervalorizado dos Jardins ou nas ladeiras tumultuadas do Bela Vista. Só que existem bairros bem melhores para escolher seu hotel ou apartamento.

Região da Avenida Paulista: a grande maioria dos visitantes faz essa escolha na hora de decidir onde ficar em São Paulo. Talvez por não conhecerem nenhum outro ponto de referência na cidade. Ou por acharem que a região está perto de tudo. Mas há lugares bem mais interessantes.

Para ter uma ideia geral de valores, veja preços de hotéis em São Paulo na data da sua viagem.

Índice / Melhores bairros pra se hospedar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo: 6 melhores bairros

Cada bairro paulistano tem suas vantagens e desvantagens. Falei um pouco mais sobre cada um, com dicas de hotéis, restaurantes e pontos turísticos próximos. Desses, já adianto que o meu preferido é o Itaim Bibi, por ser mais seguro e ter tudo perto, então dá pra fazer muitas coisas a pé.

Neste mapa, vemos a localização das primeiras 4 regiões da lista. O número 1 engloba os principais bairros na região da Av. Paulista. Não aparecem os bairros Moema e Brooklyn, que ficam mais ao sul.

Como encontrar hotéis mais baratos em São Paulo
        • Dica 1: Viaje no final de semana ou em feriados. Diferente de cidades turísticas, São Paulo tem diárias mais baratas nos hotéis às sextas, sábados e domingos. Em feriados, promoções são comuns.
        • Dica 2: Reserve com antecedência. Quanto mais perto da viagem, menor a chance de encontrar vaga nos hotéis com melhor custo-benefício. E os preços vão subindo. Não perca tempo.

1. Paulista: vantagens e desvantagens de se hospedar na região

Não sou o fã número 1 da região. Pois tudo que acontece em São Paulo, trava completamente o trânsito na Av.Paulista. E tudo acontece lá. De protestos políticos a encontros nacionais dos ruivos tatuados, sempre tem algum acontecimento.

Mesmo assim, concordo que é a região mais prática para se hospedar.

Afinal, na Paulista e seu entorno estão cinemas, teatros, restaurantes e o melhor de tudo: muitas estações de metrô da Linha Verde. Inclusive uma bem em frente ao MASP, um ponto turístico obrigatório na cidade.

Bairros ao redor da Avenida Paulista

Se você já está convencido a ficar perto da Avenida Paulista, é preciso apenas entender as ruas e regiões a rodeiam. Vou dividir o entorno da avenida em 4 regiões principais.

1.1. Consolação (bairro na Paulista)

Bairro pequeno e multifacetado. Vai da movimentada Avenida Consolação até a Rua Frei Caneca, reduto gay e hipster de São Paulo, passando pela charmosa Rua Bela Cintra e pelo agito sem limites da Rua Augusta.

Procure ficar nos quarteirões mais próximos à Avenida Paulista.

No bairro, já falei sobre o Hotel San Gabriel e o Ibis Frei Caneca, em cujas avaliações você pode ver mais detalhes e dicas sobre a região.

  • Bom a barato, o Ibis Budget ainda fica do lado do metrô. Quartos pequenos e funcionar. Ideal para ficar sozinho.
  • Mais completo, o Intercity Paulista é ideal para viagem em casal.

Confira as melhores opções de hotéis na Consolação, dos mais baratos aos mais luxuosos.

1.2. Jardim Paulista (bairro na Paulista)

Conhecido popularmente apenas como Jardins, o bairro concentra os restaurantes mais famosos (e caros) de São Paulo, como o D.O.M, do Alex Atala. Mas não pense que dá pra ir a pé em tudo. O bairro é grande, cheio de ladeiras e cortado pela movimentada Avenida 9 de Julho.

Procure ficar nos quarteirões mais próximos à Paulista, de preferência entre as alamedas Santos, Jaú e Itu. Se for mais pra baixo, perde a proximidade com o metrô, mas ganha em estilo com a Alameda Lorena e a Rua Oscar

  • O La Residence fica a 5 minutos de caminhada da Paulista, num dos melhores pontos dos Jardins.
  • Perto do MASP, o Royal Jardins Boutique é um dos melhores hotéis 4 estrelas da região.
  • Na região da Oscar Freire, o H4 Opera também vale a hospedagem.

Confira mais opções de hotéis nos Jardins, desde pousadas boas e baratas a hotéis 5 estrelas no bairro mais luxuoso de São Paulo.

1.3 Bela Vista (bairro na Paulista)

Bairro cheio de hotéis e hostels, mas é preciso saber escolher onde ficar por lá. Recomendo se hospedar no máximo até a altura da Alameda Ribeirão Preto.

Pra baixo, as ladeiras são impossíveis de subir andando e o clima de centro se intensifica, principalmente ao redor da Praça 14 Bis, na Av. 9 de Julho.

Entre os destaques do bairro estão o Shopping Pátio Paulista e o Teatro Gazeta, além da proximidade com o Bixiga, bairro do Centro onde estão as melhores cantinas italianas de São Paulo.

Veja nossa lista com os 10 melhores hostels de São Paulo, onde você encontra boas opções de albergues nesse região boêmia no entorno da Av. Paulista.

1.4. Paraíso (bairro na Paulista)

Entre a Paulista e o Ibirapuera, vai do clima comercial da parte alta ao estilo residencial beirando o parque. Privilegiando o transporte, recomendo ficar mais perto da Avenida Paulista, onde estão as estações Brigadeiro e Paraíso do metrô, sendo que essa última conecta as linhas verde e azul.

  • Bem avaliado e barato para quem viaja sozinho, o Quinta Hostel tem localização privilegiada, colado no metrô.
  • Confortável e também perto do metrô, o Tryp Paraiso é o melhor custo-benefício da região.

2. Itaim Bibi – Para fazer tudo a pé, como as modelos (hotéis aqui)

Gosto muito da localização do Charlie in Itaim, na Rua João Cachoeira, próximo a excelentes cafés e restaurantes charmosos como o Ruella Bistrô. Foi onde me hospedei na última visita a São Paulo. Adorei o apartamento espaçoso e a cozinha equipada. Ótima escolha para quem precisa de estrutura para trabalhar ou vai passar uma temporada maior.

Sem dúvidas o melhor bairro de São Paulo para quem vem a negócios e excelente também para os turistas.

O Itaim Bibi concentra as empresas mais modernas do mundo (Facebook e Google), grandes agências de modelos e excelentes restaurantes de culinária japonesa, árabe, francesa, italiana etc. A vida noturna também é animada, com alguns dos bares mais badalados de São Paulo.

Além de ter tudo perto, o Itaim Bibi é um bairro plano e seguro para caminhar, inclusive à noite. Aliás, na minha opinião, é um dos bairros mais seguros de São Paulo.

A desvantagem é que o Itaim Bibi não possui metrô e o trânsito é complicado. A dica é evitar os horários de pico e aproveitar que grandes avenidas cortam o bairro para chegar rápido a outros bairros. Sem engarrafamentos, se chega em 10 minutos à Av. Paulista.

No coração do Itaim Bibi está o Brascan Open Mall, um pequeno shopping a céu aberto, com praça de alimentação e cinemas da rede Kinoplex. Além de ser próximo ao Ibirapuera, o bairro conta com seu próprio parque: o Parque do Povo, inaugurado em 2008, com ciclovia, pista de caminhada, jardins e gramados.

3. Vila Olímpia – Bairro ostentação das empresas de tecnologia (hotéis aqui)

vila olimpia sao paulo

A Vila Olímpia está exatamente entre o Itaim Bibi e a região da Berrini, no Brooklin. O bairro é novo, abarrotado de construções, hotéis, prédios espelhados e helipontos. Segundo reportagens, é o único bairro do mundo que possui mais helipontos do que pontos de ônibus.

Vale a pena se hospedar na Vila Olímpia apenas se você vai trabalhar ou ter reuniões na região. Ou se você encontrar um hotel em promoção. Nesses casos, aproveite-se dos bons restaurantes da região e de estar perto de dois shoppings de luxo, o Vila Olímpia e o JK Iguatemi.

Não tem metrô na Vila Olímpia. Mas quase: no bairro fica uma estação da CPTM, cia de trens de São Paulo, que se conecta à Linha Amarela do metrô. A estação é vazia em horários alternativos e lotada na hora do rush.

Dicas de hotéis na Vila Olímpia: antes de morar em São Paulo, me hospedei no Grand Mercure (antigo Caesar Business) que fica quase em frente ao Shopping Vila Olímpia e tem boa oferta de restaurantes ao redor. Outra boa opção é o Radisson Vila Olímpia, que costuma divulgar boas promoções para hospedagem aos finais de semana.

4. Pinheiros / Vila Madalena – Para ser cool (hotéis aqui)

O bairro de Pinheiros é um dos maiores da parte “nobre” de São Paulo. Escolhendo a rua certa, é um dos melhores lugares onde ficar em São Paulo. Mas cuidado pra não errar: ruas como Cardeal Arco Verde e Teodoro Sampaio são sujas e barulhentas. A região do Largo da Batata, um antigo terminal rodoviário, foi revitalizada, tem estação de metrô e fica ao lado do Mercado de Pinheiros, mas ainda  possui casas de prostituição e botecos risca-faca.

A melhor região do bairro é a Rua dos Pinheiros e seus arredores. Da estação Fradique Coutinho, Linha Amarela do metrô, você vai direto até a Av. Paulista. Descolados e hipsters amam a região. Quase tudo que é cool ou vanguarda em São Paulo, surge primeiro nessa parte de Pinheiros. Aliás, em Pinheiros acontece a Feirinha da Benedito Calixto.

A segunda melhor região para se hospedar em Pinheiros é a Vila Madalena, região de ladeiras, galerias de arte, bares famosos e pontos turísticos como o Beco do Batman. O Selina Madalena é o único hotel na Vila Madalena. Mas não faltam albergues, como o animado Madá Hostel.

Hotéis bem localizados em Pinheiros
        • O Hilton Garden Inn Rebouças fica a apenas 300 metros da estação Fradique Coutinho do metrô. É o melhor hotel em Pinheiros atualmente.
        • Apartamento de temporada no Nobile Residence são modernos e bem avaliados.
        • A poucos metros do Beco do Batman, o Selina Madalena tem ótimo custo-benefício

5. Brooklin / Berrini – Região de escritórios e trânsito horroroso (hotéis aqui)

berrini ponte estaiada

O bairro do Brooklyn é sobretudo residencial, com ruas tranquilas e casas de classe média alta. A coisa muda de figura na região da Avenida Berrini, paralela à Marginal Pinheiros.

A Berrini concentra grandes prédios de escritórios. Seu trânsito é um dos piores de São Paulo. Mas se você vai viajar a trabalho e tem compromissos na Berrini, é melhor se hospedar por aqui, onde estão bons hotéis, como o Transamerica Berrini. Só assim você conseguirá não se atrasar para suas reuniões na região.

A estação Berrini da CPTM se conecta à Linha Amarela do metrô. É o jeito mais rápido e barato de ir até a Av. Paulista e ao Centro. Mas evite a hora do rush, quando a estação fica lotada. Se quiser um shopping, na continuação da Berrini tem dois, o Morumbi e o Market Place, próximos à sede da Rede Globo SP.

Dicas de hotéis da região da Berrini

6. Moema – Bairro rico e seguro, mas MUITO perto do aeroporto (hotéis aqui)

Bairro residencial, logo abaixo do Itaim Bibi. É um bairro tranquilo, que tem um estilo tradicional de São Paulo, com boas padarias, um grande shopping center, boas pizzarias e muita gente andando entre ruas arborizadas. Para os visitantes, Moema conta com alguns hotéis (não tantos quanto o Itaim e os Jardins) e muitos flats. Talvez seja o bairro da cidade que mais tem flats e onde eles têm o melhor custo-benefício.

Desvantagens: Moema também ainda não conta com metrô e, se você não gosta de avião tirando um fino da sua janela, melhor buscar algo mais distante da rota de pouso do aeroporto de Congonhas.

Facilidades: o grande centro de compras do bairro é o  Shopping Ibirapuera, um dos mais antigos de São Paulo. O bairro também tem uma das unidades mais antigas da Pizzaria Bráz, umas das melhores de São Paulo. Algumas regiões do bairro são coladas no Parque Ibirapuera. De táxi ou ônibus, se chega à Av. Paulista em 15 minutos.

Dicas de hotéis e flats em Moema: se quiser se hospedar perto do Parque Ibirapuera, a dica é o Mercure Apartments. Perto do Shopping Ibirapuera, tem o 4 estrelas Bourbon Convention. Numa rua mais tranquila, a dica é o Estanplaza (adivinha) Ibirapuera.

Mais dicas de onde ficar em SP

Fotos: Buenas Dicas; Michell Zappa (Beco do Batman, Vila Madalena – CC BY-SA 2.0). Outras: Buenas Dicas.

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

222 Comments

  1. Olá,Nivaldo! Eu e minha filha precisamos ficar em SP, pela 1a. Vez durante 20 dias, por motivos de cirurgia. Pretendemos só andar de uber e ficar num lugar bem legal e seguro. Podes ajudar a escolher entre Av. Paulista, Itaim Bibi ou Vila Mariana. Pretendemos alugar por airbnb a hotel por causa da cozinha. Terias uma bela indicação pra gente? Obrigada! Um abraço

    • Nivaldo responder

      Oi Dayse. Relatei hoje minha experiência no Charlie Itaim, que fica bem localizado, numa região plana e que considero muito segura. Pra uma estadia assim mais longa, pode ser uma boa opção. Mas se preferir um apto de 2 quartos, aí a melhor escolha é Airbnb mesmo.

  2. Os primeiro parabéns pelo excelente disponibilidade de explicar TD com tanto detalhe. Estou indo agr carnaval e no conheço nada aí sp , estou indo para descansar e conhecer restaurante Erik jacquin e fogaça. E claro passear um pouco se der . Olhei Airbnb uma casa q gostei na Cerqueira César (jardins) e tb o hotel nomah ,mas fiquei com dúvida. Os 2 parecem bons mas precisava msm decidir , pode me ajudar?

    • Nivaldo responder

      Oi Cinthia.

      Já olhou o Radisson Oscar Freire? Fica exatamente ao lado do Restaurante Président, do Chef Jacquin, numa das melhores áreas dos Jardins, bairro mais recomendado para hospedagem em SP. E está a 5 minutos de caminhada da estação de metrô, para ir com mais rapidez e segurança a outras regiões de São Paulo.

      Sobre Airbnb, já viu o tanto de taxa extra que tem? E ainda não tem café da manhã, kkkk. Recomendo muito mais hotel, ainda mais em São Paulo, pra ter mais tranquilidade.

    • Boa tarde Nivaldo
      Estou indo para SP final de ano pela primeira vez; na vdd minha primeira viagem;
      gostaria de dica de algum lugar bom para ficar, tanto faz hotel ou Ap por temporada;
      Pois tenho medo de pegar algo muito longe muito perigoso.
      Poderia me ajudar?

      • Nivaldo responder

        Oi Arieli. Para a primeira vez em SP, recomendo ficar hospedada na região da Av. Paulista. Aqui tem bons hotéis que recomendo. Por exemplo, o InterContinental Hotel tem ótima localização e é muito bem avaliado.

  3. Márcia Regina de Oliveira responder

    Olá, Nivaldo. Antes de mais nada, quero lhe parabenizar pela atenção e paciência em sanar todas as dúvidas dos turistas, que assim como eu, não têm ideia de onde se hospedar em São Paulo. A minha dúvida é a seguinte: vou em julho de 2020 em São Paulo juntamente com minha filha, no show da Taylor Swift no Allianz Park. , vou ficar quatro dias de quinta a segunda-feira e também gostaria de conhecer alguns pontos turísticos como o mercado e museus. Pesquisando, gostei muito do Transamerica Prime Paradise Garden, que fica no bairro Paraíso. Gostaria da sua opinião sobre esse bairro, se é seguro para passear à noite, se tem lugares baratos para comer e se é fácil para chegar no Allianz Parque de metrô ou Uber no domingo. Pretendo ir de metrô e voltar de Uber. Desde já agradeço a sua generosa atenção. Márcia

    • Nivaldo responder

      Olá, Márcia. Realmente é complicado entender São Paulo, por isso as melhores dicas são essas assim personalizadas. Pois bem:

      Me parece ser um bom hotel esse Transamerica Prime. Dá pra ir a pé até as estações de metrô Paraíso e Brigadeiro. Ambas tem um entorno relativamente seguro, mas a estação Brigadeiro fica num lugar mais bonitinho, digamos assim. Então, se for sair à noite, vá por ela, mesmo que tenha mais subidas até lá. Já pra ir para a Estação Paraíso durante o dia, tudo bem. Lá se conectam as linhas Verde e Azul. A vantagem de estar perto da Linha Azul é que ela vai até lugares de interesse no Centro, como bairro da Liberdade, Sé, Mercadão, 25 de Março (Estação São Bento) e Estação da Luz (em frente à Pinacoteca).

      Sobre ir de metrô ao show

      Não tem estação perto do Allianz Parque. Na verdade, até tem a estação Palmeiras-Barra Funda, mas o caminho é bizarro e perigoso até o estádio, não recomendo ir a pé. E mesmo se descer lá e resolver pegar um táxi, é um lugar meio tenso e complicado de se orientar. Outra estação no bairro do estádio é a Sumaré, que fica a uns 30 minutos de caminhada do Estádio, na descida. Se chegar durante o dia, pode ir andando que é tranquilo. À noite é um lugar meio estranho.

      Dica

      Vá de Uber mesmo, mas vá bem mais cedo. Do lado do estádio tem o Shopping Bourbon, que tem restaurantes bons, lojas, cinemas e é bem agradável. Pode ir pra lá com boa antecedência e ficar matando o tempo, depois vai a pé pro estádio. Digo isso pois, se essa cantora for famosa (confesso que não conheço), a tendência é ficar tudo completamente engarrafado.

      Dica extra

      Perto do estádio tem a Leggera Pizza Napoletana, que é uma das melhores de São Paulo. Passe lá se possível.

      Ajudou?

    • Márcia Regina de Oliveira responder

      Olá Nivaldo!!! Ajudou muito!!! Muito obrigada, suas dicas foram muito esclarecedoras, até mais do que eu imaginava. No dia do show, vamos fazer exatamente como você indicou. Ah, a Taylor Swift é uma cantora pop famosa, chegou a esgotar os ingressos do primeiro show, teve que agendar outro show extra… minha filha adora!!! Tudo de bom pra você e mais uma vez, obrigada!! Márcia

  4. Bom dia…
    Estou precisando de uma ajuda…

    Estou pensando em passar o revellion em SP esse ano.. 28/12 a 01/01, a princípio fazer passeios durante o dia em pontos turisticos e a noite bar, balada.. uma dica onde me hospedar..??
    E virada do ano.. me dá uma dica.. na avenida é seguro..??

    att

    • Nivaldo responder

      Olá, Juliano. Em 2015 escrevi estas dicas de réveillon em São Paulo. Não mudou nada. Sobre hospedagem:

      A região da Av. Paulista é uma das mais seguras da cidade, principalmente no lado dos Jardins. Se não conhece SP, é o melhor lugar para se hospedar, pois vai ter metrô na porta e estará perto de pontos turísticos.

      Se já conhece um pouco, um busca um lugar fora da rota clichê, te indico o Itaim Bibi, um bairro pequeno, rico, com bons restaurantes e ótimo para andar a pé, além de ser menos visado do que a região da Paulista, o que faz ser um lugar mais seguro e ótimo para caminhar. O único porém é que não tem metrô.

  5. Junio Alberto responder

    Nas férias estamos indo, eu, esposa e filhos de 6 e 10 anos, para São Paulo visitar alguns locais com as crianças, como catavento, aquário, zoo, etc. Escolhemos o hotel century paulista, no paraíso. O q vc pode me dizer do hotel, da região, transporte e segurança, para q possamos nos acautelar?

    • Nivaldo responder

      Olá! A localização do Century Paulista é boa. Fica perto da estação Paraíso do metrô, que conecta linhas Verde e Azul, as melhores pra quem viaja a turismo: vai poder ir direto para lugares como Liberdade (bairro oriental), Mercadão, Rua 25 de Março e outros atrativos no centro. E a estação Brigadeiro é ainda mais perto e mais agradável para ir a pé, pois passa por ruas mais bonitas, sem viadutos.

      O Paraíso é um bairro rico, embora tenha alguns poucos lugares mais feios, com cara de centro sujo, nas imediações do metrô Paraíso. Perto do hotel é simpático. E ele fica perto de dois dos melhores restaurantes árabes de São Paulo, o Halim e o Tenda do Nilo. Eu já andei muito a pé nessa região, inclusive à noite, sem problemas com segurança.

      Esse hotel especificamente eu não conheço. Tem nota mediana no Booking. Pela região seu supervalorizada, talvez cobrem caro demais pelo que oferecem, mas é assim em todos os hotéis da região da Paulista.

  6. Boa noite!
    Em abril eu, minha amiga e minha sobrinha vamos passar 5 dias em SP. Queremos ir na 25 de março, na Liberdade, Bras entre outros lugares, mas esses são os principais dessa nossa viagem. Vc indica algum bairro q seria de mais fácil acesso a esses lugares e q tenha um precinho bacana para hospedagem? Desde ja agradeço.

    • Rita de Cassia responder

      Olá boa noite!!!! Estou indo numa formatura aí em São Paulo em outubro nos seguintes locais: igreja nossa senhora do Brasil, sala são Paulo, Vila dos ipês e pro magno, gostaria de ficar o mais perto possível destes locais onde devo me hospedar, qual o bairro? Obrigado

      • Nivaldo responder

        Olá, Rita. Tracei esse mapa com os lugares que você precisa ir. Repare que a localização da Paróquia Nossa Senhora do Brasil é no meio dos caminho. Por coincidência, esse também é um dos melhores bairros pra se hospedar em SP, no Jardim Paulista (região da Av. Paulista). Há boas opções de hospedagem nessa área. Um dos hotéis com melhor custa benefício é o Quality Oscar Freire. Ele fica a poucos metros de bons restaurantes e da estação de metrô Oscar Freire, que vai ajudar você a chegar mais rápido em pontos turísticos. Resumindo, fica nos Jardins! E boa viagem!

    • LUZIA MARY DE BARROS responder

      Olá
      Eu e minha filha queremos ir a São Paulo para fazer compras na região do Brasil e Bom retiro.Nao conhecemos a cidade e estou com receio de ficarmos em um local longe e perigoso Você pode nos ajudar?

      • Nivaldo responder

        Oi Luzia. Não é um bairro turístico, mas tem hotéis bem avaliados, como o Fênix Bom Retiro Hotel, que fica atrás do Parque da Luz e perto da Pinacoteca, além de ser a apenas 7 minutos de caminhada da Estação Tiradentes do metrô. Se for buscar hotéis mais simples e baratos, recomendo verificar se o local não se trata de motel (tem alguns na região, cobram por hora, não costumam ser ambientes familiares).

        E também pode se hospedar em qualquer outra região da cidade, desde que fique perto do metrô. Por exemplo, no Bairro da Liberdade, onde tem estações da mesma Linha Azul do metrô.

  7. Raíssa Eccard responder

    Boa tarde, vou para o festival Lollapalooza 2019, e gostaria de dicas de hospedagem! Onde posso ficar, qual lugar posso conhecer, local onde tenha metrô e etc… Nunca fui á SP, vi que no Autódromo não é tão legal de se hospedar e que vale mais a pena um local um pouco distante mas que tenha fácil acesso a metrôs, gostaria muito da sua ajuda para saber onde posso ficar! Agradeço desde já

  8. JULIANA DE JESUS NASCIMENTO responder

    Oi Nivaldo! Vi que você tem dicas perfeitas para viagens à São Paulo. Vou me hospedar no Meliá Paulista, e quero saber se dá pra andar na região a pé ou metrô e quais pontos turísticos mais proximos. Claro que quero ir também à 25 de Março. O que você me indica?

    • Nivaldo responder

      Olá, Juliana. Que bom que as dicas estão ajudando. Eu já morei pertinho do Meliá Paulista e é uma ótima localização. Fica bem em frente ao metrô, não tem nada mais prático. Nessa região, recomendo lanchar na Bella Paulista e como um Pastel de Belém na Manteigaria. Dê uma volta no Conjunto Nacional, onde fica a grande Livraria Cultura. O MASP, o mirante da 9 de Julho e o Parque Trianon ficam a apenas 4 quadras do hotel (o MASP é lega, esses dois últimos passe apenas pra dar uma olhada e durante o dia). Andando mais alguns quarteirões, recomendo o Blue Pub. Pode ir a pé também até as baladas da Rua Augusta (se descer demais, melhor voltar a pé).

      É uma região movimentada até altas horas. Na própria Paulista, ando de boa mesmo depois da meia-noite. Com o metrô em frente ao hotel, vai ser fácil ir até a 25 de Março, aos pontos turísticos do centro e a pólos gastronômicos como a Rua dos Pinheiros.

  9. Boa tarde Nivaldo.
    neste mês terei um congresso em Águas de Lindóia, e vou aproveitar para alugar um carro apos o congresso para conhecer Campos do Jordão e para finalizar a viagem quero conhecer um pouco mais de SP. Estou querendo ficar dois dias em São Paulo com meu esposo e estou super perdida onde me hospedar e o que conhecer em dois dias.
    Sou doida pra conhecer o mercado municipal, o Ibirapuera como também jantar no Paris 6 (entre outras coisas claro).. enfim, pensei em ir de carro de Campos do Jordão até SP e entregar o carro (pq dirigir em SP deve ser um tormento).
    Pelo seu post me hospedar em Itaim Bibi seria interessante, mas também não sei o que tem de pontos turísticos próximo.
    O que você indicaria?? Lembrando que meu voo de volta pra casa sai de Guarulhos.
    Obrigado desde já pela atenção.

    • Nivaldo responder

      Oi Pamela. Já ia te dizer isso mesmo, é melhor evitar circular de carro em São Paulo. Além do trânsito lento, é muito caro pra estacionar.

      Então, eu quase sempre indico o Itaim Bibi porque é o melhor bairro para andar a pé, inclusive à noite, e comer a qualquer hora, porque tem dezenas de bons restaurantes, todos próximos. Além de ser todo plano. O defeito do bairro, para turistas, é não ter metrô. Então você vai precisar de táxi ou aplicativos de transporte para ir até pontos turísticos, pois a maioria fica no centro, como falo no post O que fazer em SP. Apesar de não ter metrô, a localização do Itaim Bibi é estratégica, a menos de 15 minutos de carro de atrações como Mercadão, MASP e Vila Madalena. Dependendo da horário, claro.

      Mas, pra quem vai fazer o turismo básico em São Paulo, com foco em pontos turísticos do centro, o melhor mesmo é se hospedar perto da Avenida Paulista. Assim você vai de metrô para a Sé, República, Viaduto do Chá, 25 de Março e outras atrações no centro. E pode ir a pé para o MASP e restaurantes dos Jardins. Inclusive para o Paris 6 e Rua Oscar Freire, dependendo da região do seu hotel. Por exemplo, o Hotel Matiz Manhattan fica a menos de 10 minutos a pé do metrô Consolação e do MASP, para um lado, e apenas 4 quarteirões acima da Oscar Freire, que você combina com um almoço no Paris 6 (Ou outros restaurantes bem melhor e com menos fila. Já fui algumas vezes ao Paris 6 e nunca gostei nem da comida e nem da sobremesa).

      Ah, aproveitando que vai curtir o frio na serra, dá uma olhada também nas minhas dicas de Onde ficar em Campos do Jordão. E se ainda tiver dúvidas, é só perguntar.

      • Boa tarde Nivaldo, muito obrigado por toda sua explicação. Pra nós é sempre meio complicado entender SP mas você facilitou um pouco.
        Mesmo assim tenho dúvidas do que conhecer por ai e se será necessário uso de metro mesmo, enfim! Por mais que eu queira ficar em ITAIM, talvez eu aproveite mais ficando mais próximo a Avenida Paulista mesmo, assim também visito o Jardins e não fico tão depende de transportes. Teria algum outro hotel que você poderia indicar? Tem o hotel ibis próximo de la, queria algo com custo menor.
        Quanto a campos, valeu pela dica de hotéis, espero conseguir aproveitar bem o local.
        Ah sobre aluguel de carro, onde tu indica com melhor valor? ate porque pretendo retirar o veículo no aeroporto de Guarulhos e também não sei onde da pra entregar em SP.
        Brigadão por todas as dicas.

        • Nivaldo responder

          Boa tarde. Então, na própria Av. Paulista tem o Ibis Paulista. Perto dele e geralmente mais barato, tem o Ibis Budget Paulista, onde inclusive já me hospedei antes de morar em São Paulo. Ambos ficam a poucos passos do metrô.

          Agora, mais barato do que eles e a tipo 600 metros da Paulista, na Rua Frei Caneca, tem o Hotel San Gabriel. No booking tem muitas outras opções, dá uma pesquisada lá, olhando no mapa deles.

          Das últimas vezes que aluguei carro, fui na Movida, porque eles dão 3 horas a mais pra devolver o carro e tem várias lojas em São Paulo. Também vale a pena pesquisar preços na RentCars. Aí, no seu caso, é melhor escolher uma locadora que tem loja perto do seu hotel, o que não vai ser difícil, já que muitas tem ponto em Guarulhos e perto da Av. Paulista.

      • Boa tarde, Nivaldo. Muita gratidão pelo seu trabalho nesse site. Obrigada, por expor suas opinioes, sugestões e tantas informações importantes e interessantes com clareza e objetividade a respeito de viagens e afins.

        Eu gostaria de pedir uma ajuda..
        Estou indo fazer um curso por 3 meses no CERS, que fica na Rua Bela Cintra no CONSOLAÇÃO.
        Preciso de um lugar pra me acomodar por esses 3 meses de estudo, o mais próximo possível do curso, pela praticidade e otimização do tempo no descolamento.

        Nesse caso seria melhor (custox benefício) alugar um quarto em uma Pensão ou Hostel?!
        Haveria algum pra me indicar nessa rua ou redondezas?

        Obrigada.

        • Nivaldo responder

          Olá! Muito obrigado, é um prazer continuar ajudando os viajantes.

          Bom, opções não faltam pra se hospedar nessa região. Por exemplo, o Bee Hostel fica a poucos metros do CERS. Essa é a região mais tranquila do bairro. Morei na Consolação por pouco mais de um ano, e sempre preferia passar pela Bela Cintra pra chegar em casa, evitando o caos da Rua Augusta.

          Problema é que, pra 3 meses, vai sair muito caro se hospedar o tempo todo em hotel ou hotel. Procure também pelo Airbnb, apesar de também ter muitas coisas caras, por causa da localização.

          O que eu faria: reserve um hostel por alguns dias ou semanas até encontrar uma pensão ou apartamento para dividir com alguém do curso, por exemplo. Provavelmente vai ter mais gente na mesma situação.

          Outra dica: procure também hostels, pousadas e pensões na Vila Mariana, perto do metrô. É um bairro muito mais barato do que a região da Paulista, e como seu curso fica quase ao lado da estação, vai chegar lá em 10 minutos.

          Aliás, com essa proximidade também com a Estação Paulista da Linha Amarela, olhe também em Pinheiros, perto da Estação Fradique Coutinho, como o The Pod. Olha só o último post do Buenas Dicas: dicas de hotéis e hostels perto das melhores estação de metrô em SP.

  10. Oi Nivaldo !

    Me passa umas dicas….

    Estou indo com a família primeira vez em Sampa e nosso objetivo é turistar e 25 de Março.

    Vamos chegar por Guarulhos e pretendo me locomover de carro uber, 99pop…

    Me ajuda aí….vejo que o Itaim Bibi é um bairro muito indicado por você tô quase convecido de ficar por lá….serão 5 dias por entre dias de semana e fim de semana.

    Obrigado e bom fds !!

    • Nivaldo responder

      Olá, Luciano. Verdade, indico muito o Itaim Bibi. Morei 3 anos no bairro, e acho lá um dos lugares mais seguros de São Paulo e um dos únicos locais agradáveis pra andar até à noite, pois é um bairro plano, bem iluminado e com ótimos restaurantes praticamente em todas as ruas. Tudo que tem nos Jardins, tem no Itaim, com a diferença que nos Jardins tem ladeiras e as distâncias são maiores.

      Exceto pelo MIS e pelo Museu da Casa Brasileira, não tem outros lugares reconhecidos e de apelo turístico no bairro, além de não ter metrô. Mas como seu plano é andar mais de Uber e táxi, é uma boa escolha. Pois o Itaim Bibi fica perto da Paulista e tem fácil acesso por avenidas rápidas (em horários com menos trânsito) até o Centro, onde estão a 25 de Março, o CCBB, o Mercadão, entre outras atrações.

      Dá uma olhada aqui no Booking na lista de hotéis no Itaim Bibi. Se nada te agradar, como opção secundária indico a Paulista, que apesar de ter hotéis mais caros, tem a vantagem do metrô. E, se estiver em SP no domingo, não deixe de passear pela Av. Paulista, que fica fechada pra pedestres.

    • Marília Costa responder

      Boa noite Nivaldo. Também estarei indo com minha família, incluindo crianças de colo, para passear, levar as crianças ao zoo e aquário por exemplo. Qual bairro você recomenda?

      • Nivaldo responder

        Olá, Marília. Pra ir no lugares que você falou, pode se hospedar na Vila Mariana ou Moema. O Paraíso, perto da Paulista, também é uma boa opção.

    • Olá Nivaldo!

      Preciso de auxílio, estou pra sampa na próxima semana, tenho um evento no são paulo expõ na rodovia dos imigrantes.estou em dúvida onde me hospedar .gostei muito do Itaim pelas suas indicações é por vc dizer que lá é um dos lugares mais seguros uma vez que estou indo sozinha.mas estou em dúvida quanto à distância pelo fato do bairro não ter acesso ao metro.gostaria de ficar em um lugar seguro,de fácil deslocamento é que seja tranquilo andar à pé tanto de dia como à noite. Porque pretendo conhecer alguns pontos turísticos.o que vc me sugere Itaim ou próximo à avenida paulista ? Ficando no itaim é fácil locover de lá para o são paulo expo é avenida paulista ? Tinha olhado hotel na avenida adoock lobo sabe me dizer sê é uma região tranquila?

      • Nivaldo responder

        Olá. Pra ir no São Paulo Expo Imigrantes é melhor se hospedar mais pro zona sul ainda, abaixo do Itaim Bib. Isso pra facilitar o transporte. O “bairro bom” mais próximo é Campo Belo. Mas é muito residencial, não tem tanta oferta de restaurantes e ficar distante dos interesses turísticos de São Paulo, além de quase não ter hotéis. Entre o Itaim Bibi e Campo Belo, tem o bairro de Moema. Região rica, com bons restaurantes, shopping, madames passeando com cachorros. Menos interessante do que o Itaim, mas vai facilitar o transporte até o evento.

        É isso, de bairros bons onde dá pra sair pra jantar a pé à noite, os mais próximos são Moema e Itaim Bibi. Tem bons hotéis perto do Aeroporto de Congonhas, mas ali é inóspito pra quem gosta de circular a pé.

        A Haddock Lobo é legal. Bom lugar pra se hospedar. Aí é só pegar o metrô Consolação (Linha Verde) e trocar pra Linha Azul na estação Paraíso e seguir nela até estação mais próximo do Expo Imigrantes. Boa escolha. Seria a minha escolha.

        • Nivaldo

          O que vc me diz do hotel Astron Garden localizado na rua Dr.melo alvez seria uma boa escolha?

          • Nivaldo

            Que bom que já encontrou outro. Não estava encontrando a localização nem o bairro desse hotel aqui. Abraço.

        • Nilvado muitíssimo obrigada pelas dicas, como você me ajudou.Estava totalmente perdida.Já ia me hospedar numa região considerada perigosa é nem fazia idéia kkk suas pastagem são excelente me fez entender um pouco como funciona São Paulo! Fiquei super curioso é com vontade de hospedar em Itaim, mas segui seu concelho é optei por ficar próximo alguma metro para facilitar minha locomoção para meu evento. Optei por ficar no
          Central Park Flat Jardins
          Al. Ministro Rocha Azevedo.espero que tenha feito boa escolha.percebi fica próximo haddock é alameda Jaú espero ter acertado kkk muito obrigada mesmo já estou indicando a página para vários amigos. ☺

          • Nivaldo

            Oi Ana! Que bom que ajudou. Escolheu uma ótima localização, lugar bonito (pra são paulo) e com bons restaurantes. Vá com sapato confortável e sem salto, porque do seu flat até a Paulista a subida é forte.

            Obrigado, indica mesmo 👍🏼👍🏼👍🏼. Boa viagem.

  11. Ouvi falar de um ponto que apenas os locais de Perdizes conhecem, uma torre que nunca se apaga, um ponto de referência para as almas perdidas vagando os bares e a sarjeta…

    • Nivaldo responder

      Olá, Dêivis. Essa torre, que emerge na zona mais alta da capital, antigamente era conhecida como Torre da Band. Em 2011 a nomenclatura popular mudou, após a visita de um DJ, guitarrista e cover brasiliense de Freddie Mercury (dizem que ele viajou para fazer turismo sexual). Desde então ela passou a ser conhecida, segundo moças de todos os sexos, como Torre Abramo. Quem viu de perto confirma que a estrutura é realmente rosa, embora não seja legal dizer essas coisas em tempos de polêmicas de Copa do Mundo.

      Fora a curiosidade, essa é uma boa região para se hospedar em São Paulo, perto de restaurantes e de estações do metrô.

  12. Olá, Nivaldo. Eu estou querendo morar em sampa, quarto individual, cozinha coletiva, banheiro coletivo ou individual. Não fumo, não bebo, não tenho animal. Sou psicanalista. Quero algo bem barato, tipo no máximo 600,00. Provavelmente algum tipo de pensão ou pensionato. Será que vc pode me dar alguma dica? Obrigado!

  13. Luciene Lima responder

    Ola! Estou indo à São Paulo em meados desse mês (jun/18) e ha alguns dias ja venho pesquisando hoteis. Em principio pensei no centro, aí vem a polêmica: uma amiga paulistana que mora em BH me disse para não ficar no centro, ja um amigo paulistano que mora em Fortaleza me recomendou ficar no centro na regiao da Consolação. Vou com minha filha adulta e nosso proposito é turistar mesmo, mas claro que ir às compras também está na nossa programação. Pelo fato de minha amiga me falar que o centro é perigoso, acabei ficando receiosa em me hospedar la. Gostaria de um local em que eu não precisasse temer assaltos pois moro em Fortaleza, local deveras violento e estou fugindo disso ao menos nesses dias em que estarei em S Paulo. Não pretendemos andar a pé de noite. Por favor, me indique locais que tenham hoteis bem localizados. Se puder me indicar alguns locais para programa de turista, além de restaurantes, bares e o que mais você puder me passar de dicas bacana. Grata desde já. Ah, e parabens pelas dicas preciosas contidas neste texto. Abçs

    • Nivaldo responder

      Olá, Luciene. A divergência entre as opiniões dos seus amigos é normal. Porque o centro de São Paulo é assim, ou você ama, ou você odeia. Eu nunca gostei e passei 4 anos evitando chegar perto. Por fim, precisei fazer um curso bem na Praça da República, época em que comecei a andar muito na região. Ainda não gosto, mas aprendi a ver o lado legal do centro, além dos problemas. Se fosse bem cuidado, seria um dos centros históricos mais bonitos da América Latina. Daria show em Buenos Aires, Santiago e Bogotá, porque é muito mais grandioso. O problema é que tem partes muito sujas, prédios destruídos regiões inteiras dominadas pelas cracolândias. E não pense que os viciados ficam parados em um só lugar… Já vi situações que pareciam coisa de The Walking Dead.

      Apesar disso, e lembrando da grandiosidade arquitetônica e cultural do centro de SP, ele merece ser explorado. Pra isso, tem que saber os melhores horários e dias da semana. Em dias de semana, vá pela manhã e evite os horários de pico, tipo após as 17h. Aos finais de semana, é melhor no horário de almoço, porque tem bons restaurantes funcionando, e lugares legais como a Casa Mathilde. Qualquer dia, evite sair à noite, porque é terra de ninguém. Indo de manhã, até o meio da tarde você consegue ver os lugares mais interessantes, como o Theatro Municial, o CCBB e o Mercadão. Dá pra andar entre todos esses pontos e, pra acelerar, é só pegar o metrô.

      Abaixo vou indicar alguns lugares pra conhecer. Pra saber mais, olha minha lista sobre O que fazer em São Paulo, com roteiros clássicos e programações fora da rota turística.

      Sobre hospedagem

      Como turista, inevitavelmente você vai precisar andar no centro. Mas acho que sua viagem vai ser mais agradável se escolher outro bairro pra ficar. Pra você, que quer segurança pra ver coisas bonitas e comer bem, é melhor se hospedar no Itaim Bibi. Bairro moderno, com ótimos restaurantes e, mesmo que não tenha planos de andar a pé, vai ser difícil resistir, inclusive à noite. Fica a 10 minutos de carro da Paulista e a 15 minutos do Centro, dependendo do trânsito. Além disso, o próprio bairro tem lugares interessantes pra conhecer, como o MIS, o Parque do Povo, o JK Iguatemi, a rua de lojas João Cachoeira e m Museu da Casa Brasileira.

      Além de tudo isso, o Itaim Bibi é um bairro plano, o que facilita as caminhadas, e tem hotéis com melhor custo-benefício do que nos Jardins, perto da Paulista. Dá uma olhada aqui, uma lista com ótimas hotéis no Itaim Bibi. Se tiver alguma dúvida sobre ruas e localização, é só perguntar.

    • Muitissimo obrigada pelas dicas mais que uteis e preciosas. Vou priorizar a hospedagem no Itaim Bibi, principalmente considerando o quesito segurança. Grata!

      • Bairro república passar 4 dias no fim de outubro responder

        Nunca fui a SP Eu e esposa 27 a32 outubro bairro república hotel soneca plaza… Gostaria muito da sua orientação Obg Nivaldo

        • Olá. O Soneca Plaza está bem avaliado aqui no booking.com e com ótimo custo-benefício. Perto do metrô da Praça da República, do Bar Brahma e dos pontos turísticos do Centro, como a histórica rua Barão de Itapetininga e a Galeria do Rock. O único porém é a segurança, especialmente à noite. Se for sair mais tarde, vá de Uber.

Comentários