Misture séculos de história, arquitetura rica em detalhes, lindas praias e uma atmosfera única de inovação. Essa é Barcelona. E não falta o que fazer em Barcelona. Tem atrações e atividades pra todo mundo.

Se você já conhece Madrid e outras cidades da Espanha, saiba que Barcelona é muito diferente. Até o idioma é outro: os locais preferem falar em Catalão do que em Espanhol. E tem a paixão “nacional” deles, o Barcelona Futebol Clube.

Tudo isso e muito mais deve fazer parte da sua viagem a Barcelona. Selecionamos aqui os principais pontos turísticos da cidade, com muitas dicas de passeios e lugares para incluir no seu roteiro.

O que fazer em Barcelona: 20 lugares e passeios imperdíveis

Independente do motivo que te leva a Barcelona, aqui você encontra diferentes atrações para sua viagem. Seja o foco dela esportivo, cultural ou simplesmente conhecer um pouco de tudo.

Antes de mais nada, saiba que é muito fácil se locomover em Barcelona e região. A cidade conta com um excelente sistema de metrôs, com estações próximas às principais atrações e locais para hospedagem.

E para fazer os passeios pelos arredores, inclusive para praias próximas, pode ir de trem.

Para conhecer os principais pontos turísticos dos bairros históricos, que são verdadeiros museus a céu a aberto, a dica é caminhar bastante. Barcelona é uma cidade muito segura, inclusive para andar à noite.

Olha só como ficou nossa lista com dicas sobre o que fazer em Barcelona:

  1. La Sagrada Família
  2. Bairro Gótico
  3. Las Ramblas
  4. Castelo de Montjuic
  5. Arco do Triunfo
  6. Parque Tibidabo
  7. Palácio da Música Catalã
  8. La Pedrera
  9. Estádio Camp Nou
  10. Mercado La Boqueria
  11. Basílica de Santa Maria del Mar
  12. Fonte Mágica
  13. Museu Nacional de Arte da Catalunha
  14. Museu Picasso
  15. Recinte Modernista de Sant Pau
  16. Praia La Barceloneta
  17. Parc Güell
  18. Mosteiro de Montserrat
  19. Casa Batló
  20. Passeios de um dia a partir de Barcelona

1. La Sagrada Família

Monumento mais famoso de Barcelona e um dos lugares mais visitados da cidade, a Sagrada Família foi projetada pelo arquiteto catalão Antoni Gaudí. Muitos a consideram impressionante (não foi o meu caso) e tem grande riqueza de detalhes.

Começou a ser construída em 1882 e ainda está em obras. Tem 172 metros de altura e fica localizada no coração de Barcelona. Pode ser avistada dos principais mirantes de Barcelona, como do Parque Tibidabo e do Parque Güell.

Opinião pessoal: apesar da fama e da grandiosidade, não deixa de ser um campo de obras, cheio de guindastes. Mas como é o monumento mais importante da cidade, vale a pena ir lá para tirar suas próprias conclusões.

E apesar de estar sempre linda nas fotos profissionais, como essa imagem acima, é complicado enquadrar La Sagrada Família. Para isso, a melhor forma é ter uma câmera com lente grande angular, ou celular do tipo “wide”, como os novos iPhones.

  • Preço do ingresso: a partir de 17 Euros na bilheteria ou no site oficial.
  • Dica esperta: é um dos lugares mais lotados de Barcelona. Na alta temporada, vale a pena comprar o ingresso sem fila.

2. Bairro Gótico (El Gòtic)

Barcelona não tem exatamente um centro histórico, pois são inúmeros os bairros da parte antiga da cidade. O principal deles é o El Gotic. Tem esse nome pois é repleto de construções no estilo gótico de arquitetura.

Além de pontos turísticos importantes, como a Catedral de Barcelona, o bairro concentra restaurantes, bares, museus, monumentos e praças, como a Plaça Reial, que já foi cenário de filmes como O Perfume: História de um Assassino. A vida noturna é muito animada na região.

Andar pelo Gótico é um dos melhores passeios gratuitos em Barcelona. Muita história, ótimos lugares para fotos, becos medievais, grandes praças e ótimos lugares para descansar pelo caminho.

  • Experiência diferente: entre os lugares mais inusitados do bairro, está o Hash Marihuana & Hemp Museum, o Museu da Maconha, que oferece uma verdadeira aula sobre a erva e suas utilidades.

3. Las Ramblas

Não existe nada mais turístico em Barcelona. Las Ramblas é o nome popular da avenida que separa o Bairro Gótico do El Raval, também histórico. Seu grande canteiro central é um dos lugares mais movimentados da cidade.

Ao redor de Las Ramblas estão dezenas de restaurantes, agências de turismo e hotéis. E todo tipo de gente. É praticamente impossível andar pela região sem alguém te oferecer maconha. No caso dos homens, ainda tem assédio de prostituas.

Barcelona é realmente muito segura. Mas, em Las Ramblas, todo cuidado é pouco. São comuns os furtos, golpes e outras armadilhas para turistas. Cuidado redobrado com as cildas.

4. Castelo e Mirante de Montjuic

O Montjuic é um dos pontos mais altos de Barcelona. E lá no topo fica um histórico castelo, que funcionava como fortaleza militar e prisão.

É possível percorrer seus corredores medievais e conferir a exposição de objetos históricos. Mas a melhor parte do passeio é a vista. Pelas muralhas do forte, dá pra ver o centro histórico de Barcelona, algumas praias e a imensidão do Mar Mediterrâneo.

Eu cheguei andando, ladeira acima. Mas o charme é subir de teleférico. Também existe a opção de subir pelo funicular.

Se busca o que fazer em Barcelona em 2 ou 3 dias, esse é um passeio indispensável. Isso porque combina um lugar histórico, vistas privilegiadas e um passeio de teleférico ou trilha urbana.

  • O valor do ingresso na bilheteria local hoje é 5 euros. Para ida e volta de teleférico, o preço é 13,50 euros.
  • A Estação Paral·lel do metrô é o melhor acesso até a região.

5. Arco do Triunfo e Parc de la Ciutadela

Sim, Barcelona também tem um arco do triunfo. Bem menor do que o arco francês, mas também muito bonito e turístico.

Construído em 1888, ele marca a entrada de um grande passeio público (onde os locais praticam esportes) que leva até o Parc de la Ciutadela.

O parque tem um belo trabalho de paisagismo. Cheguei lá apenas seguindo o fluxo de gente. Aí foi a maior surpresa quando vi a Cascada Monumental (foto acima), uma imensa fonte adornada com monumentos.

No interior do parque estão outros locais de interesse, como o prédio do Parlamento da Catalunha. Esse passeio pode durar menos de 1 hora e considero realmente imperdível. Além de ser gratuito.

6. Parque Tibidabo

Não precisa ser criança para gostar do Tibidabo, um parque de diversões com uma vista panorâmica de Barcelona. Imagine então curtir esse visual durante um passeio de roda-gigante.

Se não bastasse a vista alcançar a Sagrada Família, o mar e outras atrações de Barcelona, se olhar para o outro lado, num dia de céu limpo, poderá ver o maciço de Montserrat.

Para os religiosos e fotógrafos, outros motivo para visitar o Tibidabo é a igreja Sagrat Cor, com seu Cristo Redentor no topo. Além de ser um bom lugar para comer churros à moda espanhola.

E o parque já foi cenário de filmes como Vicky Cristina Barcelona, com Penélope Cruz e Scarlet Johansson.

Não tem como ir de metrô. Eu fui de ônibus e acho que valeu a pena o esforço. Aqui no blog já expliquei como chegar no Tibidabo sem gastar muito.

7. Palácio da Música Catalã (Palau de la Música Catalana)

Inaugurado em 1908, é um auditório de música que foi sede do Orfeu Catalão, um grupo de coral da burguesia catalã. Ótimo passeio para quem busca o que fazer em Barcelona num roteiro cultural.

Um bom passeio também para arquitetos.

Reúne diferentes estilos arquitetônicos, como o árabe, o modernista e o barroco, com muita riqueza de detalhes em sua fachada, como esculturas e vitrais. Hoje é um centro cultural e tem uma agenda cheia de espetáculos, o que é uma boa oportunidade para conhecer seu interior.

  • Pode ser visitado: sim.
  • Preço do ingresso: a partir de 20 Euros na bilheteria ou 16 Euros se comprar antes pelo site oficial.

8. La Pedrera ou Casa Milà

Mais um edifício desenhado pelo arquiteto Antoni Gaudí. Inaugurado em 1907, está localizado no bairro Eixample, na importante avenida Passeig de Gracia.

Um edifício inteiro sem linhas retas. E muito rico em detalhes, assim como outras obras de Gaudí. Considerado um verdadeiro monumento modernista.

Seu interior pode ser visitado e inclusive recebe diferentes exposições ao longo do ano. Essa foto acima, do topo do prédio, mostra um ângulo diferente do comum.

  • Valor do ingresso: a partir de 25 Euros na bilheteria ou 22 Euros se comprar antes no site oficial.
  • Dica esperta: o ingresso sem fila costuma ser vendido pelo mesmo valor ou até mais barato.

9. Estádio Camp Nou

Provavelmente o ponto turístico de Barcelona mais filmado e visitado da história: o Estádio do Barcelona Futebol Clube.

Aqui jogaram os maiores craques da história do futebol, em especial os craques do Barcelona, como Ronadinho Gaúcho, Lionel Messi, Rivaldo e Johan Cruyff.

Sua capacidade máxima atual é para 99.354 torcedores. Pode ser visitado mesmo sem jogo, num tour que inclui o Museu do Barcelona FC, onde estão troféus e objetos que contam da história do time.

  • Valor do ingresso: o tour básico custa a partir de 29 Euros na bilheteria ou 20 Euros no site oficial.

10. Mercado La Boqueria (Mercat de Sant Josep)

Eleito em 2016 como o melhor mercado público de mundo. Possui mais de 300 bancas que vendem de tudo, de produtos frescos como carnes, peixes e frutas, a doces, lanches e produtos turísticos.

O turismo transformou o mercado nos últimos anos, que de local de compras de moradores, se tornou um dos lugares mais visitados na cidade.

O passeio pode ser facilmente combinado com outras atrações de Barcelona, pois fica no histórico bairro El Raval, perto de Las Ramblas e do Bairro Gótico.

E para quem está passando uma temporada maior em Barcelona, hospedado na região, é um ótimo lugar para alimentos e preparar em casa algum prato típico da Catalunha.

11. Basílica de Santa María del Mar

Inaugurada em 1383, é um dos pontos turísticos mais antigos de Barcelona. Imponente, em estilo gótico, é destaque em sua simpática vizinhança, no bairro El Born. A construção da igreja é retratado na série A Catedral do Mar, disponível na Netflix.

Além de aberta diariamente para as missas, o visitante que comprar o ingresso pode subir até o telhado da igreja e conhecer outras dependências.

  • Para fazer essa segunda parte do passeio, é preciso desembolsar partir de 10 Euros. Mais detalhes no site oficial da igreja.

12. Fonte Mágica de Montjuic

Construída em 1929 em frente à longa escadaria do Museu Nacional de Arte da Catalunha. Se tornou uma importante atração turística de Barcelona devido ao espetáculo que proporciona: ao som de música clássica, suas águas dançam e brilham em diferentes cores.

O espetáculo de dança das águas acontece em dias horários específicos, divulgados aqui. Então, se tem pouco tempo em Barcelona, é melhor consultar a agenda.

Excelente passeio para quem procura o que fazer em Barcelona de graça, em qualquer época do ano. Costuma ficar lotado.

13. Museu Nacional de Arte da Catalunha (MNAC)

Se não bastasse ser lindo do lado de faro, ao fundo da Fonte Mágica, o MNAC é um dos mais interessantes museus de Barcelona. Dono de um dos mais ricos acervos da Espanha.

Aqui estão expostos desenhos, gravuras e pinturas de diferentes artistas e períodos históricos. Embora seu mais rico acero seja relacionado à arte românica da Catalunha.

O valor do ingresso na bilheteria, atualmente é 12 euros. A dica é combinar a visita ao museu no mesmo dia que o passeio melo Montjuic, pois são locais próximos.

14. Museu Picasso

Pablo Picasso foi o mais criativo e importante pintor nascido na Espanha. Precursor do cubismo, movimento artístico do início do século 20. Apesar de ter nascido em Málaga, Pablo Picasso viveu por muitos anos em Barcelona.

O Museu Picasso ocupa cinco diferentes palácios em estilo gótico. Por isso, mais do que uma visita às obras de Picasso, o passeio é um verdadeiro tour pela Barcelona medieval, num dos trechos de maior beleza do bairro El Born.

A visita é gratuita às quintas-feiras, entre 18h e 21h3o. O que faz esse ser o período com mais filas e lotação no museu. Em outros dias, o ingresso geral custa 12 euros. No site oficial você encontra mais detalhes e informações sempre atualizadas.

15. Recinte Modernista de Sant Pau

Com o propósito de ser o primeiro hospital geral da Catalunha, foi inaugurado em 1930, após 28 anos de obras. O objetivo era que funcionasse com uma cidade-jardim para o bem-estar e melhor recuperação dos enfermos.

O complexo foi tombado pela UNESCO em 1997, funcionou como tal até 2009 e em 2014 foi aberto à visitação. A visita guiada percorre esse verdadeiro monumento modernista, com seus jardins, túneis e exposições de arte.

Para fazer o tour pelo local é preciso desembolsar 15 euros, de acordo com a política de descontos do site oficial, onde você encontra informações sempre atualizadas.

16. La Barceloneta

Principal praia de Barcelona, La Barceloneta é um raro caso de praia urbana de sucesso numa cidade grande: bonita, limpa e segura.

Mas nem sempre foi assim. O ressurgimento da orla de Barcelona como local de lazer fez parte do processo de revitalização para as Olimpíadas de 1992.

A única época do ano viável para encarar o mar gelado é no verão, de junho a setembro. Se tiver sorte, em dias mais quentes de maio e outubro também é possível.

Aos mais puritanos, cabe um aviso: “topless” é normal e comum nas praias de Barcelona. Boa parte das locais tira a parte de cima do biquini para se bronzear sem marquinha. Justo.

Na orla central de Barcelona, La Barceloneta fica perto dos bairros históricos. Tem um belo calçadão, estrutura com banheiros e duchas e bares conhecidos como “chiringuitos”.

E algumas das melhores baladas de Barcelona estão na região, como a Opium Barcelona e o Shôko Lounge, na praia vizinha de Somorrostro. Exceto nos meses de inverno, andar pela praia é um programa imperdível em Barcelona.

17. Parc Güell

Adivinha quem planejou a criação do Park Guel? Ele mesmo, o arquiteto Antoni Gaudi. Ele inclusive morava na região e sua antiga casa hoje pode ser visitada, a Casa-Museu Gaudí.

E se tem uma obra de Gaudí realmente imperdível, ela é o Parc Guel, onde estão espalhados monumentos, casas e murais trabalhados pelo gênio catalão.

O cenário acima, que mais parece uma vila cenográfica, é o lugar mais visitado e fotografado do Parc Guel. Essa casinha à esquerda na foto é a “Casa del Guarda”.

Além de todas as criações de arquitetura e paisagismo, o Parc Guel também oferece uma excelente vista, sendo um dos melhores mirantes de Barcelona.

Para entrar no parque não é preciso pagar nada. Mas existe uma área delimitada, que é justamente onde estão as obras mais famosas, como La Salamandra, onde é preciso pagar 10 euros para entrar.

18. Mosteiro de Montserrat

Como os monges subiram nessa montanha de pedras para construir o maior mosteiro da Catalunha? De teleférico é que não foi.

Por mais que você não seja fã de roteiros religiosos, vale a pena ir a Montserrat. Simplesmente para ver de perto a grandiosidade do maciço, e subir até o completo do mosteiro, seja de teleférico ou funicular.

No complexo de Montserrat, além do mosteiro, estão um museu, a basílica e atrativos como trilhas pela natureza rochosa da região, incluindo uma caminhada sacra. Eu fui num dia que ainda tinha uma feira de queijos tradicionais.

O local tem estrutura completa para o turismo, com restaurante, banheiros e outras facilidades. Nas minhas dicas de Montserrat, expliquei em detalhes como chegar lá e o que fazer de melhor para curtir o passeio.

19. Casa Batló

A Casa Batló é um edifício de apartamentos que foi completamente reformado e remodelado por ele, Antoni Gaudí. O prédio logo se tornou um expoente da arquitetura modernista catalã e Patrimônio Mundial da Unesco.

Em 1995 o edifício foi aberto para visitação do público. Em seu interior, além de loja de presentes e um café, estão expostos objetos da época, como os móveis projetados por Gaudí.

Lindo e fotogênico por fora, caríssimo (para quem converte para reais) se quiser fazer o passeio pelo lado de dentro. Na bilheteria local, o ingresso geral é vendido por 15 euros. À noite, o evento Noches Mágicas cobra 20 euros por pessoa.

20. Passeios de um dia a partir de Barcelona

Mais do que uma última dica sobre o que fazer em Barcelona, aqui tem diferentes opções de viagem de um dia a partir da capital da Catalunha.

Além de linda, histórica e de ter praia, Barcelona fica numa região geográfica muito estratégica. Está próxima a cidades históricas da Espanha, a praias ainda mais bonitas do que as suas próprias e a montanhas geladas, com neve e tudo.

Sim, dá pra esquiar perto de Barcelona.

Se for no inverno, pode esquiar no Pirineus, ou em La Molina, mais viável para um bate e volta, a cerca de 2 horas de viagem de carro de Barcelona.

Resumo de bons destinos para bate e volta a partir de Barcelona:

  • Sitges – Praias numa pequena cidade a 30 minutos de trem de Barcelona. Muitas praias de naturismo e destino preferido do público LGBT de Barcelona.
  • Tarragona – Cidade histórica a cerca de uma hora de Barcelona. Guarda relíquias do Império Romana, como o Anfiteatro de Tarragona.
  • Besalú – Pequena cidade de grande importância histórica na Catalunha. Fica a menos de duas horas de Barcelona e pode ser combinada num roteiro junto a Girona.

Salve nossas dicas de Barcelona

Gostou das nossas dicas sobre o que fazer em Barcelona?

Então salve essa imagem no seu Pinterest e também compartilhe com quem vai viajar com você.

E se não gostou, ou se resta alguma dúvida, mande sua crítica ou pergunta pelos comentários abaixo. Eu respondo sempre o mais rápido possível. E posso ajudar você a montar seu roteiro, com dicas personalizadas de atrações em Barcelona.

Caso queira experiências diferentes em Barcelona, ou dicas de atrações menos conhecidas, suas pergunta também é bem-vinda. Tive a oportunidade de passar muitos dias em Barcelona e visitei muito além dos pontos turísticos famosos.

E boa viagem para Barcelona!

Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
      • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários