Esse ano passei um mês em Barcelona e dediquei um dia para fazer o passeio a Montserrat, o bate e volta mais rápido e comum da cidade. E agora vou contar como chegar, o que fazer e o que esperar dessa famosa atração natural, religiosa e histórica da Catalunha.

Primeiro, o que é Monsterrat?

Traduzido para português, o “Monte Serrado” já diz muita coisa. A 50 km de Barcelona, Montserrat é uma montanha de rocha maciça que se ergue abruptamente diante da cidade de Monistrol, com formas arredondadas moldadas por chuvas e ventos. Já esteve no fundo do mar. Seu ponto mais alto tem 1.236 metros de altura, podendo ser visto inclusive do Parque Tibidabo, em Barcelona.

Mas além da beleza natural, o que também chama a atenção em Montserrat são as belas construções no alto dessa grande rocha. Lá em cima está o Mosteiro Beneditino de Montserrat, cuja maior atração é a imagem da Nossa Senhora de Montserrate, teoricamente obra de São Lucas e levada ao topo da montanha por São Pedro. Mais que um ponto turístico, Montserrat é uma atração para diversos público.

  • Quer chegar rápido a Montserrat? Então escolha bem Onde ficar em Barcelona e tenha uma estação de metrô pertinho do hotel.

Como chegar em Montserrat

A maneira mais simples e barata é de trem. Foi o que eu fiz e recomendo. A viagem é rápida e os trens intermunicipais da Catalunha são razoavelmente confortáveis, apesar do espaço apertado entre as poltronas (caso você consiga uma).

cremallera montserrat

• Em Barcelona, vá para a estação Plaza Espanya, que conecta importantes linhas do metrô e também funciona como estação de trem.

• A estação é bem sinalizada, com várias placas que indicam onde está a plataforma que leva a Montserrat, com o símbolo da FGC, a companhia de trens da Catalunha.

• Se ainda não tem a passagem, tem um guichê lá só pra isso. Comprei o pacote incluindo: Ida de Trem Barcelona-Monistrol + Trem Cremalheira de Monistrol a Montserrat + Volta de trem de Monistrol a Barcelona. Custou 27 EUROS. O preço do pacote completo é 29,30, mas como o funicular de Montserrat estava parado, abateram o preço dele do total.

• Você pode optar por subir à montanha de teleférico ou de trem cremalheira. Se escolheu o primeiro, desça na estação Montserrat Aeri. Se escolheu o segundo, desça na estação Monistrol.

• De teleférico ou trem, a vista da montanha é incrível. Fiz a subida de trem, lentamente, e recomendo.

• Na volta, comprei o bilhete do teleférico e desci rapidamente, apreciando a vista. O teleférico chega na estação Monistrol Aeri, de onde embarquei de volta pra Barcelona.

O que fazer em Montserrat

Quando avistei o maciço rochoso já vi que seria um grande passeio, sem dúvidas um excelente bate e volta de Barcelona, com trilhas, museus, mirantes e um mosteiro inteiro pra explorar. Vou listar os pontos mais interessantes para ver por lá.

patio montserrat

Monestir de Montserrat | O mosteiro foi fundado em 1025, destruído por Napoleão em 1811 e reconstruído a partir de 1858, se tornando o segundo centro de peregrinação mais importante da Espanha.

Museu de Monsterrat | Tem obras de El Greco, Picasso, Degas, imagens russas, arte moderna e até uma múmia egípcia. Seu salão audiovisual mostra o dia a dia dos monges e conta a história do mosteiro.

Basílica | É nele que está a sagrada imagem de Nossa Senhora de Montserrate, principal atrativo para os religiosos em Montserrat, também chamada de La Moreneta. Sua benção benção é muito procurada pelos recém-casados. Em estilo renascentista, foi criada no século 16. Só entrei pra dar uma espiada, não cheguei a fazer o tour e nem ver a imagem, que está num nicho criado por Gaudí.

Santa Cova | Local onde foi encontrada a imagem da Santa. Fica num pico acessível por funicular, que infelizmente estava em manutenção no dia da minha visita. Dizem que a vista é fabulosa.trilha montserrat

Trilhas | Para os não religiosos como eu, sem dúvida caminhar pela montanha é o maior atrativo de Montserrat. Peguei uma trilha isolada, de terra, e fui até onde aguentei, entre pedras gigantes e árvores. Passei também por uma rota de imagens religiosas, imagino que recriando a rota sacra. A trilha mais importante leva até Sant Jeroni, o pico mais alto de Montserrat. Os caminhos são sinalizados e já ouvi histórias de quem viu cabras das montanhas por lá.

Feira de Queijos | tive a sorte de ir pra Montserrat num domingo e encontrar a Feria del Requesón de Monistrol de Montserrat. Me deram vários queijos diferentes pra experimentar, entre outros quitutes. Já revirei a internet, mas não descobri se a feira é ocasional ou se acontece mesmo todo domingo.

Uma pausa nos mirantes espetaculares

Praticamente de qualquer lugar de Montserrat a vista é fantástica. Seja no final de uma trilha, do pico mais alto ou das passarelas abaixo do Café, apreciar a vista é sem dúvidas o maior atrativo de Montserrat.

vista tibidabo montserrat

Olha o Tibiadado ali! O dia ficou nublado, mas a silhueta é inconfundível.

Lá do algo consegui ver o Tibidabo, em Barcelona, e até a mancha azul do Mar Mediterrâneo. Dizem que nos dias de céu limpo é possível enxergar até a silhueta dos Pirineus, a cadeia de montanhas que marca a divisa de França e Espanha, sobre onde está o pequeno país de Andorra.

Só não recomendo fazer como esta menina e mais uma galera que estava escalando o monumento à beira do precipício, sem qualquer proteção aparente.

escultura montserrat

Onde comer

restaurante montserrat
Fila do Café de Montserrat

Fazer a trilha, mesmo que pequena e do jeito que quis, me deu uma fome incontrolável. Como já previa isso, quando cheguei em Montserrat dei uma geral pra ter uma ideia de onde comer. Reparei em quatro lugares principais:

Hotel Abat Cisneros | Se pode gastar um pouco mais, a culinária típica da Catalunha é o atrativo no restaurante do único hotel da montanha. Fica dentro da muralha do mosteiro.

Cafeteria | Parece um pequeno e confuso shopping, com banheiros, lojas de artesanato e um grande restaurante self-service, além de um belo mirante. Saindo da estação, vire à direita e percorra a passarela à beira do vale.

Hot-dog de Montserrat
Hot-dog de Montserrat

Bar de la Plaça | Foi a lanchonete onde comi e indico aos mãos de vaca. Tinha um pouco de fila, mas o cachorro-quente estava barato e gostoso. Fica ao lado de uma fonte d’água, tipo piscininha de pombo.

La Botiga | Mercadinho com petiscos e frios. Se o foco é economizar, pode sair mais barato do que o hot-dog.

Onde ficar

A não ser que você seja um religioso fervoroso, não recomendo passar a noite em Montserrat. Mas pensei agora num outro motivo para ficar por lá: o legítimo silêncio de mosteiro, e não existe nada melhor do que isso para dormir como um rei.

hotel montserrat

O único hotel em Montserrat é o Hotel Abat Cisneros, que tem uma vista fabulosa sobre o Pátio do Mosteiro, com as belas montanhas e o vale de brinde. Os quartos são simples, mas com aquele visual de aconchego que parece saído de algum conto de Natal. Conferindo os preços agora, achei o valor justo, com diárias a partir de R$ 160 nas datas que pesquisei.

A outra única opção no alto de Montserrat é o flat Montserrat Abat Marcet. Ou você pode ficar na cidade de Monistrol, no vale, em hotéis e pousadas que têm vista pra montanha, como o Hostal Guilleumes e o Cal Gaitero.

Vale a pena ir a Montserrat?

Eu gostei, principalmente pelas trilhas fáceis de fazer e pela vista quase onipresente. Além do passeio de teleférico, que eu tenho uma ponta de medo mas sempre gosto de dar uma volta. Mas eu tinha muito tempo em Barcelona, então não precisei sacrificar algo outro passeio na cidade. Ou seja, se vai ficar pelo menos uma semana em Barcelona, tire um dia pra conhecer Montserrat.

Se vai ficar menos de uma semana, não recomendo trocar as praias, ruas históricas e xiringuitos de Barcelona por mais nada. A viagem até Montserrat leva apenas uma hora, mas entre esperas nas estações, comidas, paradas pra fotos e filas, se pegar, vai gastar o seu dia inteiro.

Isso se você não for religioso, historiador, arquiteto ou engenheiro. Porque se você gosta de obras inacreditáveis, beleza e ainda é um católico fervoroso, Montserrat é sim um bate e volta indispensável a partir de Barcelona.

montserrat caminhoEssa foi a primeira foto que tirei do maciço de Montserrat, assim que consegui avistar a montanha de dentro do trem.

metro barcelonaNa volta de Montserrat não teve jeito. Tive que fazer como esses ciclistas e ir em pé. Como falei no início, os trens intermunicipais da Catalunha são confortáveis, mas com pouco espaço para as pernas, caso as suas sejam compridas como as minhas.

Mais Buenas Dicas em Barcelona:

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

  1. Ola vc tem sugestões para visitar como dias da semana e indicado visitar sábado e domingo e segunda funciona normal pontos turísticos como montserrat e a cidade de Barcelona grato

    • Nivaldo responder

      Oi Marcello. Não entendi bem sua pergunta, acho que teve algum erro no envio e não apareceu pontuação. Fiz a visita a Montserrat num domingo e achei tranquilo. Muitas pessoas, mas não tinhas filas ou demora em nada, nem no teleférico. Para dicas de Barcelona, recomendo ver primeiro: O que fazer em Barcelona.

Comentários