Onde ficar em Budapeste: 7 melhores bairros e dicas de hotéis (2024)

Todas as dicas de bairros e hotéis para você escolher bem onde ficar em Budapeste. Um guia completo com opções de acomodações nos melhores lugares da capital da Hungria.

Aliás, parabéns pela escolha. Na minha opinião, Budapeste é capital mais bonita da Europa.

Além do impressionante Parlamento Húngaro, Budapeste tem outros edifícios de beleza impactante, como o Bastião dos Pescadores, e cafés centenários, como o Café New York, eleito o mais bonito do mundo. Hotéis nessas vizinhanças são disputados. 

Índice • Vá direto ao bairro de Budapeste que combina com você:

BAIRRO PERFIL PONTOS TURÍSTICOS DICA DE HOTEL
Distrito IX Bairro onde fiquei e gostei. Tranquilo e perto do Centro.
  • Bálna
  • Mercadão de Budapeste
Meininger ($)
Distrito V Coração do Centro Histórico, com bons restaurantes e atrações.
  • Parlamento
  • Basílica Santo Estêvão
 Emerald Hotel ($$)
Distrito I Do lado Buda, bairro tranquilo com a melhor vista de Budapeste.
  • Castelo de Buda
  • Bastião dos Pescadores
 Park Plaza ($$)
Distrito VI Acima do Centro, é o bairro da maior termas de Budapeste.
  • Termas Széchenyi
  • Castelo Vajdahunyad
 Medosz Hotel ($$)
Distrito VIII Histórico bairro judeu, hoje hispter, coladinho no Centro.
  • Sinagoga de Budapeste
  • Museu Nacional
Maverick City ($)
Distrito XIII Bairro da linda Ilha Margarida, no Rio Danúbio.
  • Museu do Fliperama
  • Torre da Ilha Margarida
 Ensana Thermal ($$$)
Distrito VII Bairro com hotéis baratos, entre o Centro e o Parque da Cidade.
  • Museu de História Natural
 D50 Hotel ($$)

Os 7 melhores bairros para ficar em Budapeste

Com nomes impronunciáveis, os bairros de Budapeste também são conhecidos por seus números, o que facilita bastante o entendimento.

O Distrito V (Lipótváros) é o Centro de Budapeste, principal região hoteleira e turística, onde fica o monumental Parlamento de Budapeste. Mas, na minha opinião, não é o melhor lugar para se hospedar, pois está sempre lotado, e tudo que vi é turístico demais pro meu gosto.

Por isso, aqui recomendo também outros bons lugares onde se hospedar. Eu mesmo preferi evitar o tumulto do centrão e fiquei no Distrito IX, que achei mais charmoso.

  • Durma no mínimo 4 noites em Budapeste. Com 3 dias inteiros de roteiro, dá pra conhecer os principais pontos turísticos e mirantes.
  • Em comparação com outras capitais da Europa, é barato se hospedar em Budapeste. Um hotel confortável e bem localizado custa em média a partir de 80 € por diária.
  • Hospede-se perto de uma estação de metrô. O transporte público de Budapeste é barato e eficiente.

Confira agora nossas dicas de onde ficar em Budapeste, a impressionante capital húngara, e escolha com inteligência seu hotel, de preferência perto de restaurantes, transporte público e pontos turísticos.


Distrito IX de Budapeste (Ferencváros)

↳ O melhor lugar onde ficar em Budapeste. Uma área bonita e tranquila ao lado do centro.

O entorno da estação de metrô Kálvin tér é uma das áreas mais interessantes de Budapeste. A Rua Ráday é repleta de bares e restaurantes.

Nessa área, a recomendo lanchar na padaria Bageri. Logo abaixo, está o Grande Mercado de Budapeste (Nagy Vásárcsarnok). Ótimo lugar para experimentar comidas típicas da Hungria e comprar lembrancinhas como camisetas e ímãs de geladeira.

Na orla do Rio Danúbio, o centro comercial Budapest Whale (Bálna) é um antigo galpão de armazenamento, revitalizado com arquitetura futurista e pólo gastronômico do bairro, onde funciona o Balna Terasz, entre outros bares.

📍 Onde ficar em Budapeste no Distrito IX

  • ($$) O Ibis Budapest Centrum está a poucos passos do metrô, numa rua simpática, com bares e cafés. Melhor custo-benefício.
  • ($) Atrás do mercadão e a 5 minutos de caminhada do metrô, tem o moderno Meininger Budapest, que funciona como hotel e hostel.
  • ($$) Olhe as fotos do The Three Corners e entenda porque ele é o melhor hotel do bairro. Está a apenas 3 minutos do metrô.

Distrito V de Budapeste (Lipótváros)

↳ O segundo melhor lugar onde ficar em Budapeste. Centro histórico e turístico.

Também conhecido como Lipótváros, o Distrito V é o Centro de Budapeste. Região mais movimentada da cidade, onde estão muitos cafés, hotéis, estações de metrô e pontos turísticos.

O Parlamento de Budapeste, um dos edifícios mais impressionantes da Europa, fica no bairro.

Outros pontos turísticos importantes são a Basílica de Santo Estêvão e o histórico Café Gerbeaud, inaugurado em 1858 e até hoje um dos melhores lugares para provar doces e bolos tradicionais húngaros.

📍 Onde ficar em Budapeste no Distrito V

  • ($$$) Os hotéis mais próximos do Parlamento de Budapeste são o luxuoso Áurea Ana Eurostar, que ostenta 5 estrelas, e o bem planejado Lansky, que tem ótimo custo-benefício.
  • ($$) No coração do turismo em Budapeste, o Emerald Hotel é a melhor opção.
  • ($) Precisa de um lugar mais barato? Fique no bem avaliado Balance Home.

Distrito I de Budapeste (Lado Buda)

↳ Bairro tranquilo, com a melhor vista de Budapeste. Fique aqui se prefere bairros pacatos.

De lá do Rio Danúbio, o Distrito I está no “Lado Buda” de Budapeste.

Apesar de ter a melhor vista para o Parlamento de Budapeste, e pontos turísticos importantes como o Fisherman’s Bastion e o Castelo de Buda, essa é uma área muito mais tranquila.

E o relevo demanda um bom preparo físico. Há muitas ladeiras e longas escadarias. Se não gosta de andar, ou tem alguém com mobilidade reduzida no seu grupo, pode ser complicado.

Mas, se você quer ter vista privilegiada para os lugares mais bonitos de Budapeste, e estar a uma curta caminhada de monumentos impressionantes, este é o seu bairro.

📍 Onde ficar no Lado Buda de Budapeste

  • ($$) Na parte plana do bairro, os melhores hotéis são o Park Plaza e o Victoria Budapest. Ambos tem quartos com vista para o Rio Danúbio e o Parlamento de Budapeste.
  • ($$$) Junto ao Fisherman’s Bastion, está o Hilton Budapeste, um dos melhores hotéis da cidade.
  • ($$$) O Baltazár Boutique fica numa pacata rua residencial, a menos de 10 minutos do mirante mais bonito do bairro.

Nessa região fica a estação de trem Budapest-Déli, que conecta a capital da Hungria a destinos nacionais e a países como Eslovênia, Áustria, Eslováquia e Croácia. O hotel Ibis Castle Hill está a apenas 200 metros da entrada da estação.


Distrito VI de Budapeste (Terézváros)

↳ Entre o centro e as maiores termas de Budapeste. Bairro com o melhor custo-benefício.

O bairro de Terézváros, ou Distrito VI, se localiza entre o Centro de Budapeste e o Parque da Cidade (Városliget). Dessa forma, há duas áreas muitos distintas.

No inverno, o lago do parque se congela, transformando-se na maior pista de patinação no gelo da Europa, o City Park Ice Rink. Portanto, se a sua estadia for entre dezembro e março, tem mais essa importante atração na região.

Além disso tudo, a região concentra hotéis com ótimo custo-benefício, pois os preços são moderados e a localização é excelente.

📍 Onde ficar em Budapeste no Distrito VI

Prefere se hospedar perto de bons restaurantes e ruas movimentadas?

  • Fique na região colada ao centro, onde estão os hotéis Medosz Budapest ($$) de ótimo custo-benefício, e o Hard Rock Hotel ($$$) Ambos perto do metrô.

A outra parte do bairro é mais residencial. Dessa forma, mais tranquila e silenciosa, embora com menos opções de comércio e gastronomia.

  • Nessa área mais calma, está a melhor termas de Budapeste, que fica dentro do Parque da Cidade. O hotel Ibis Heroes Budapest ($) está numa localização estratégica, entre as termas, o Museu de Belas Artes de Budapeste e uma estação de metrô.

Distrito VIII de Budapeste (Józsefváros)

↳ O bairro judeu de Budapeste é central, hipster, com muitas estações de metrô e rico em história.

Este é Józsefváros, o bairro judeu de Budapeste, onde está a Grande Sinagoga, que foi atingida por 27 bombas durante a Segunda Guerra Mundial.

Completamente restaurada, ela é a maior sinagoga em solo europeu.

Além de histórico, Józsefváros é um bairro com forte vocação artística e cultural. É repleto de galerias de arte, cafés descolados e prédios grafitados.

A poucos passos da sinagoga, está o Szimpla Kert, considerado o melhor ruin pub de Budapeste e um dos lugares mais animados na vida noturna da cidade.

Saiba mais sobre o renascimento de Józsefváros, que era um lugar perigoso nos anos 1990, e se transformou numa das zonas mais interessantes de Budapeste, onde hoje a cena musical, os cafés com mesas disputadas e a atmosfera cultural enchem de vida o bairro literalmente marcado por balas e bombas da Segunda Guerra Mundial.

📍 Onde ficar no bairro judeu de Budapeste

  • ($$) O Hotel Museum Budapest é o mais reservado do bairro. Fica a 5 minutos da Grande Sinagoga e do metrô.
  • ($) O Maverick City Lodge é um hostel bom e barato, com dormitórios mistos e femininos, pertinho das melhores festas de Budapeste.
  • ($) Bem em frente ao metrô, o Centerpoint Panzio é um dos hotéis mais baratos do bairro.

Distrito XIII de Budapeste (bairro da Ilha Margarida)

↳ Na dúvida se fica em Buda ou Peste? Fique no meio, na Ilha Margarida.

Sabia que tem uma ilha no Rio Danúbio, na zona central de Budapeste? Ela fica no Distrito XIII, também conhecido como Angyalföld.

É a fotogênica Ilha Margarida, ou Margitszget em húngaro.

A ilha é um parque.

Não vi casas, prédios ou comércio convencional. Apenas grandes jardins floridos, ciclovias, parquinhos para crianças, lanchonetes em quiosques, quadras esportivas e um parque de diversões.

Então, ao se hospedar na ilha, utilize táxi ou ônibus para ir até a Buda ou Peste, pois as caminhadas são longuíssimas. Numa viagem em casal, no modo luxo, é o melhor lugar onde ficar em Budapeste, inclusive devido às excelentes opções de hotéis.

📍 Dicas de hotéis na Ilha Margarida em Budapeste

Atualmente existem apenas estes três hotéis na Margitszget, sendo um albergue e duas opções mais confortáveis, em locais muito tranquilos da ilha:

  • ($) O mais barato e mais próximo do zona central da cidade é o Island Hostel. Possui um charmoso terraço com vista para o Rio Danúbio.
  • ($$$) Na outra extremidade da ilha, estão dois bons hotéis 4 estrelas, o Ensana Gran Margaret, e o Ensana Thermal, que possui piscinas de águas quentes, sendo perfeito para o inverno em Budapeste.

Distrito VII de Budapeste (Erzsébetváros)

↳ Bairro bem localizado, entre o Centro e o Parque da Cidade, com ótimos hotéis.

O bairro de Erzsébetváros apresenta duas áreas bastante distintas. Abaixo da avenida principal, é praticamente uma extensão do centro, repleto de lojas, bares e cafés.

📍 Onde ficar em Budapeste no Distrito VII

Acima da avenida, estão ruas residenciais, menos voltadas para o turismo, sendo uma área mais pacata e silenciosa. 

  • Nessa região mais tranquila, destaco o D50 Hotel ($$) que fica a poucos passos do Parque da Cidade e das Termas Széchenyi.
  • Mais em conta, o Star City ($) é um hotel 3 estrelas do tipo “bom e barato” em Budapeste,

Nos limites do Distrito VII está o Café New York, eleito em 2023 como a cafeteria mais bonita do mundo. E ele está conectado ao Anantara New York Palace Budapeste ($$$) um luxuoso hotel 5 estrelas, que ocupa um majestoso edifício no século XIX.
.


.
Isso mesmo, hóspedes do hotel não precisam sair na rua para ir ao café. Olha que nível de conforto, além de todo o altíssimo padrão do hotel.


O melhor lugar de Budapeste para cada perfil de viajante

A lista de bairros turísticos de Budapeste é extensa, então fica complicado mesmo escolher uma região. Por isso, a dica de ouro é pensar qual bairro mais combina com você.

  1. Gosta de arte de rua e festas animadas? Fique no Bairro Judeu de Budapeste (VIII) onde estão os melhores ruin pubs da cidade e uma agitada cena cultural. Ótima opção para jovens e mochileiros.
  2. Faz questão de estar perto dos principais pontos turísticos? Escolha o Bairro do Paralmento de Budapeste (V), rico em história, restaurantes e estações de metrô.
  3. Viagem em casal no modo luxo? Fique na Ilha Margarida (XIII) para dormir em silêncio, com vista para o Rio Danúbio, ou no Lado Buda (I) perto dos lugares mais bonitos da capital húngara.
  4. Para viagens em família com crianças e idosos, prefira também os bairros mais centrais, como o Distrito V, para evitar grandes deslocamentos.
  5. No meu caso, escolhi o Distrito IX, pois queria estar perto do metrô e do Centro, mas numa rua mais tranquila. Também uma boa escolha para viagem em casal.

Continue planejando sua viagem a Budapeste

Vale a pena visitar Budapeste. Reserve seu hotel com a máxima antecedência possível, para ter acesso aos melhores valores e promoções.

Mas, antes disso, entenda quando ir para Budapeste, afinal a cidade tem estações do ano bem definidas, com um inverno rigoroso que pode impactar muito no seu roteiro.

Falando em roteiro, eu fui de trem de Budapeste para Liubliana, na Eslovênia, e recomendo muito combinar os dois destinos. Ou melhor, os três, pois da Eslovênia, a dica é seguir para a Itália.

Aproveite e veja também esta lista de passeios em Budapeste, na agência parceira do blog, e já reserve seus ingressos e tours na lindíssima capital da Hungria.

Veja no site do Ministério das Relações Exteriores o histórico das relações diplomáticas entre Brasil e Hungria.

Em caso de dúvidas sobre algum hotel ou para ter dicas personalizadas sobre onde ficar em Budapeste de acordo com seu perfil e orçamento, fale comigo pelos comentários abaixo. 

Desejo a você uma excelente hospedagem e uma viagem inesquecível!


Créditos: a foto da Grande Sinagoga é de Jerome Strauss. As demais imagens pertencem ao blog Buenas Dicas e não podem ser reproduzidas sem a nossa autorização.

Viaje com tudo reservado

Descontos para você economizar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

  1. Adorei este post, e devo ir em Novembro. É uma boa cidade para visitar sozinha?

    1. Oi Susana. Budapeste me passou bastante sensação de segurança, inclusive à noite. Fiquei mais tranquilo lá do que em outras cidades da Europa, como Praga, Paris e até mesmo Berlim.

      Mas andei apenas por esses bairros históricos, mais movimentados. Recomendo ver alguns posts da Luísa, no blog Janelas Abertas, que foi sozinha a Budapeste e tem muitas experiências pra relatar nesse sentido. Boa viagem!

  2. Que matéria maravilhosa. Quero visitar esse lugar.

    1. Vá mesmo! Aproveite que se hospedar em Budapeste é bem mais barato do que em Paris, Roma, Viena, Madrid, Londres…e a cidade ainda é mais bonita. Boa viagem.