Gramado

Onde ficar em Gramado

Gramado além do Centro. Conheça os principais bairros, com dicas de hotéis e pousadas charmosas.

Escolher onde ficar em Gramado (RS) é o primeiro passo para organizar melhor sua viagem. A cidade tem bairros espalhados, então é preciso decidir se prefere ficar no Centro, onde estão a Rua Coberta e a Borges de Medeiros, pra fazer muitas coisas a pé, ou se reserva um hotel com melhor custo-benefício em outras regiões.

Dicas completas de hospedagem em Gramado, com relatos de nossas experiências na cidade e comparativos. Por exemplo, entenda se é melhor ficar no Centro ou em locais mais afastados, onde é mais seguro ou mais estratégico para fazer os passeios.

E se você ficar na clássica dúvida de hospedagem entre Gramado ou Canela, veja também: Onde ficar em Canela

Melhores lugares para se hospedar em Gramado

Já visitei Gramado muitas vezes e sempre me hospedei em lugares diferentes. E conhecendo localizações diversas, acho que posso palpitar sobre quando vale a pena ficar na região central e quando é melhor ficar numa pousada mais confortável em outras regiões. São vários fatores a considerar.

1. Centro de Gramado – Melhor localização para fazer quase tudo a pé

Rua Coberta, pólo gastronômico e de lazer no Centro de Gramado.

A região central de Gramado é bem compacta. Praticamente tudo o que interessa está na Rua Borges de Medeiros e suas travessas. A famosa Rua Coberta faz esquina com ela, quase em frente ao Palácio dos Festivais e à Paróquia São Pedro. Lojas de chocolate se enfileiram. Restaurantes, tem pra todos os gostos: fondues, churrascarias, pizzarias e cafés coloniais. Além de serviços como bancos, farmácias e agências de turismo.

Então, se você faz questão dessa praticidade, melhor se hospedar no centro. Vai poder conhecer várias atrações pertinho do seu hotel, além de sair à noite e não se preocupar com estacionamento.

A desvantagem são os preços altos. Quanto mais próximos da rua Borges de Medeiros, mais caros são os hotéis e pousadas. E se for de carro e ficar nessa região, melhor escolher um hotel com garagem, pois é praticamente impossível estacionar na rua. Eu já fiquei no Hotel Vovó Carolina, que fica na própria avenida, e gostei, apesar de saber que, pelo mesmo valor, tem hotéis de mais alto padrão em outras áreas.

Dicas de hotéis e pousadas no Centro de Gramado

Selecionei diferentes padrões de hospedagem na região central de Gramado. Todos os hotéis e pousadas a seguir estão bem localizados e facilitam bastante um roteiro a pé pelo Centro. Veja a partir da pousada mais barata até o hotel mais luxuoso:

  • Hostel Chocolatchê – Hostel bom e barato na principal avenida de Gramado;
  • Pousada Bernardete – Confortável e com ótimo custo-benefício, a poucos passos da Rua Coberta;
  • Laghetto Stilo – Pertinho do Palácio dos Festivais e outras atrações do Centro de Gramado.

2. Região do Lago Joaquina Rita Bier – Tranquilidade perto de pontos turísticos

Algumas das melhores pousadas de Gramado estão nessa região, que considero a melhor pra se hospedar na cidade. Isso porque combina a tranquilidade de um bairro residencial, com a proximidade do Centro, a uma curta caminhada de distância. E tem opções gastronômicas e pontos turísticos importantes, como o Mini-Mundo e o próprio Lago Joaquina Rita Bier, onde acontecem apresentações do Natal Luz. A Praça das Etnias também fica perto.

Mas claro que as caminhadas dependem do clima. Já me hospedei nessa região no inverno, e era bem complicado ir congelando até o centro. No verão é o oposto. Então, desde que o clima não esteja extremo, pode fazer muitas coisas a pé, como visitar a Praça das Etnias.

E as diárias das pousadas nessa região são mais em conta do que no Centro. Dá pra achar lugares bem confortáveis, em ruas muitos silenciosas. Recomendo essa região principalmente para casais.

Dicas de hotéis perto do Lago Joaquina Rita Bier

Impossível falar da região sem citar o Laghetto Gramado, que é um dos hotéis mais conhecidos da cidade e tem vista privilegiada para o lago. Sua desvantagem é estar localizado na avenida, então recomendo ficar num quarto de fundo.

Um pouco mais em conta e em local mais tranquilo, o Interlaken Gramado é um perfeito hotel em clima serrano, muito aconchegante.

Já me hospedei na Pousada Árvore da Coruja, que tem ótimo custo-benefício e tem chalés em estilo serrano super simpáticos. Os quartos internos são aconchegantes, embora o isolamento acústico entre eles precise de melhorias.


3. Região do Lago Negro – A parte mais europeia de Gramado

O Lago Negro é um dos principais pontos turísticos de Gramado. O bairro onde ele fica lembra muito as pequenas cidades da Alemanha. Longas ladeiras, árvores altas e bonitas casas com jardins. Apesar das ruas vazias, achei muito seguro caminhar por aqui.

Fora o próprio Lago Negro e o comércio ao seu redor, o bairro é estritamente residencial. Não tem muito o que fazer e você vai precisar de carro para ir até o centro. Pode acreditar. Eu já fui e voltei a pé do Centro ao lago e é bastante cansativo. E nessa região tive a sensação de fazer mais frio que no restante de Gramado.

Dicas de hotéis perto do Lago Negro

Mais barato. A Pousada Vista do Lago tem a melhor localização possível, bem em frente aos pedalinhos do lago. Como desvantagem, é muito simples e os hóspedes reclamam bastante de problemas no aquecimento, o que fica complicado nos dias mais frios.

Maior estrutura. O melhor hotel da região é o Estalagem St. Hubertus, que além da vista pro lago e do conforto dos quartos e áreas comuns, ainda tem uma bela piscina coberta aquecida.


4. Avenida das Hortênsias – Estrada de um lado, o vale do outro

A Avenida dos Hortênsias corta a cidade, mas aqui estamos falando da região “estrada” dela, que faz a ligação entre Gramado e Canela. Mas não pense que é um lugar feio e inóspito. A pista corre entre uma colina e um lindo vale, para o qual algumas pousadas têm vista. E tem uma calçadão, pelo qual é possível ir andando até o Centro de Gramado.

Ao longo da via, estão dezenas de pousadas e alguns atrativos turísticos. Por exemplo, o Mundo Encantado e a Aldeia do Papai.

Onde ficar na região da Avenida das Hortênsias

Melhor custo-benefício. Gostei mais quando fiquei no início da avenida, mais perto do Centro de Gramado. Na última viagem, me hospedei no bom e barato Britânico Hostel e Suítes, que além de quartos compartilhados, também tem quartos privativos, sendo inclusive considerado uma das melhores pousadas de Gramado. De lá até o centro, são 10 minutos de caminhada. Achei seguro andar na região, inclusive à noite.

Maior estrutura. Próximo a ele, o Laghetto Siena tem maior infraestrutura, com piscina coberta, parquinho, sala de jogos e espaço para convenções. Ótimo lugar para ficar com crianças e bebês, por exemplo.

5. Dutra e Carniel – Últimos bairros de Gramado antes de Canela

Também já me hospedei nessa região. A partir de 2 km depois do centro de Gramado, seguindo pela Avenida das Hortênsias, estão dois pequenos bairros que têm vida própria além do centro. Neles estão restaurantes conhecidos, para ir a pé, por exemplo:

  • Café Colonial Bela Vista
  • Galeto Mamma Mia (rodízio colonial italiano)
  • Tio Müller (restaurante alemão)

Além de atrações muito visitadas, como  o Hollywood Dream Cars, o Reino do Chocolate e o Dreamland Museu de Cera.

Então, apesar da distância com o centro, tem muito o que fazer nesses pequenos bairros de Gramado. A grande vantagem de se hospedar nessa região, é ficar no meio do caminho entre Gramado e Canela.

Onde ficar nos bairros de Dutra e Carniel

Já me hospedei no Hotel Galo Vermelho, que é um grande e antigo hotel 3 estrelas, à beira da pista principal. Se não quer gastar muito, mas busca grande infraestrutura, com direito a piscinas, ofurô, brinquedoteca e balcão de turismo para marcar passeios, eu recomendo mesmo esse hotel.

Agora, se prefere pousadinhas charmosas, também têm muitas nessa região. Na minha primeira viagem a gramado, fiquei na Pousada das Flores, que se divide em quartos internos, tipo hotel, e uma área com cabanas à beira da mata. Ainda me lembro do excelente café da manhã, que continua bom, pelo que vi nos comentários de hóspedes mais recentes.

Mais à frente, em Dutra, perto do Pórtico de Canela, a Vivenda dos Sonhos tem um perfeito clima de serra, sendo um lugar romântico, com muitos casais em Lua de Mel. E a pousada ainda tem bicicletas para os hóspedes, então dá pra ir pedalando para Gramado ou Canela.

Consultoria de roteiros e hospedagem em Gramado

Ainda não conseguiu escolher onde ficar em Gramado? Então fale com a gente. Fazemos consultoria especializada, com ajuda no planejamento e roteiros pela Serra Gaúcha. Também posso ajudar na escolha do seu hotel, de acordo com seu perfil e orçamento.

Para isso, basta comentar ou enviar um e-mail para nivaldo@buenasdicas.com. Vai ser um prazer ajudar você a organizar todos os detalhes da sua viagem para Gramado.

Quer conhecer melhor alguns hotéis de Gramado por dentro? Olha neste vídeo como foi a visita a alguns dos hotéis com melhor infraestrutura em Gramado:

Gostou das nossas dicas de hospedagem em Gramado? Então aproveite e salve no seu pinterest a imagem abaixo, e compartilhe com quem for viajar com você. E se precisar de mais informações, veja nosso guia completo: Dicas de Gramado.

Pórtico italiano na entrada de Gramado – Onde é melhor se hospedar – Guia 2020
Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
      • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

→ Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem → Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado. → Chip internacional de dados e voz com  15% de desconto  se usar o cupom CHIPMAISBARATO.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

8 Comments

  1. Fomos em Gramado a alguns anos e ficamos no Hotel Serra Azul, bem no centro, é excelente!! Não sei o valor hoje em dia, mas me lembro que pegamos uma mega promoção, porque o hotel era um pouco caro kkkk

    • Nivaldo responder

      Oi Ana Paula! Quem bom que achou promoção. Já fiquei hospedado lá no centro também, na última viagem, e o hotel era bem caro para o que oferecia. Na próxima vou pra um bairro mais distante mesmo.

      Obrigado pelo comentário.

  2. Gostei muito da matéria. Que hotel você indica pra casal? Queria gastar no máximo 300 reais por diária…tem algum bom nessa faixa de preço?

    • Nivaldo responder

      Oi Rosa! Que bom que gostou. Bom, depende se vai em dia de semana, alta temporada, essas coisas. Por exemplo, se vai na baixa temporada e de segunda a sexta, pode ficar no hotel 3 estrelas Pequeno Bosque, onde achei diárias por menos de R$ 200 em outubro. Fica perto do Mini-Mundo.

      E mais ainda pro centro de Gramado, o Laghetto Stilo fica bem econômico em dias de semana. Encontrei diárias a R$ 312. Olha se na data da sua viagem tá bom assim.

      Importante: esse ano os preços estão oscilando mais do que o normal devido ao Coronavírus. Tem hotéis com promoções agressivas, tentando a retomada do turismo. Recomendo buscar hotéis que permitem o cancelamento gratuito, sem multa, caso seja impedida de viajar.

  3. Já me hospedei neste hotel Interlaken de Gramado, muito bom para ir com crianças também..pretendo voltar em breve!

    • Nivaldo responder

      Olá. Obrigado pelo comentário. É realmente um dos melhores hotéis de Gramado, que vale a hospedagem.

  4. Olá! Gostaria de saber sobre as opções de tranporte pra quem fica na região do Lago Negro. Tem transporte do hotel, taxi, e/ou carros de aplicativo disponíveis?

    • Nivaldo responder

      Olá, Ana Luiza. Se ficar num hotel nessa região do Lago Negro, a melhor opção de transporte até o Centro de Gramado e ou pontos turísticos urbanos é de táxi ou aplicativos de transporte, como Uber, que funciona bem em Gramado. Uma corrida desse bairro até a Borges de Medeiros e Rua Coberta, por exemplo, custa em média de R$ 7 a R$ 10 pelos apps de transportes.

Comentários