Há anos Palermo é um dos bairros mais procurados por turistas em Buenos Aires. Entre os motivos, se destaca seu grande número de restaurantes, bares e baladas. Mas os maiores atrativos da bairro – em tamanho mesmo – se escondem sob as copas das centenárias árvores portenhas: os parques de Palermo.

Palermo também atrai os viajantes a negócio, pois concentra, especialmente na região chamada de Palermo Hollywood, grande número de empresas de entretenimento e comunicação. O que garante o agito constante em meio aos inúmeros parques do bairro. Aliás, os parques são um dos motivos que fazer Palermo se destacar no nosso ranking de onde ficar em Buenos Aires.

Mas quem vai com pressa a Palermo, apenas para uma reunião ou em busca de um restaurante da modinha, pode não reparar em seus parques e praças, com monumentos históricos e grandes árvores como jacarandás e ipês, por onde passaram personalidades como o escritor Jorge Luis Borges e se localizam atrações como o Jardim Japonês e o Zoológico de Buenos Aires.

Conheça os melhores parques de Palermo

Descubra a seguir quais são os principais parques do bairro de Palermo e o que esperar da sua visita a cada um deles. Aliás, uma boa dica para o passeio, é alugar uma bicicleta, assim pode percorrer os parques de maneira mais rápida, ganhando tempo para completar seu roteiro.

Plaza Italia

De um lado da avenida Santa Fé, o grande agito causado pelas lojas. Do outro, a tranquilidade – mas nem tanto, já que a praça possui uma estação de metrô e é ponto de partida de diversos ônibus – desta grande praça construída em 1898. Com uma estátua de Giuseppe Garibaldi à cavalo em seu centro, a Plaza Italia é parada obrigatória para quem vai ao Zoológico de Buenos Aires.

Buenos Aires Zoo

LLAMAS_ZOO_BUENOS-AIRES

Sua entrada principal é na esquina da avenida Sarmiento com a avenida General Las Heras. Em seu interior, encontram-se elefantes, girafas, lhamas e outras espécies, inclusive o urso-de-óculos – ou urso-andino –, típico porém bastante ameaçado mamífero da Cordilheira dos Andes.

Parque Las Heras

PALERMO_LAS-HERAS

No limite de Palermo com a Recoleta e o Barrío Norte de Buenos Aires, está  o Parque Las Heras. Ele foi construído no local onde até 1960 funcionou a Penitenciária Nacional Argentina. É repleto de altas palmeiras, que diz a lenda, são as mesmas que protegiam os presos do sol no pátio da cadeia.

Plaza Güemes

Conhecida também como Plaza Guadalupe, é uma praça pequena para os padrões argentinos, com algumas grandes árvores. Fica em frente à imponente Basílica del Espíritu Santo, um importante marco da arquitetura românica em Buenos Aires.

É centro de uma região de Palermo Viejo conhecida como “Villa Freud”, por haver um grande número de clínicas de psicólogos – aliás, dizem dizem que a Argentina é o país das Américas com o maior número de psicólogos por habitantes.

Plazoleta Julio Cortázar (Plaza Serrano)

Ou, para os íntimos e frequentadores da badalada noite portenha, simplesmente Plaza Serrano, coração da movimentada região conhecida como Palermo Soho, repleta de bares, baladas e galerias de arte.

Aos finais de semana, a Plaza Serrano abriga uma feira de arte e artesanatos, que colabora para atrair turistas juntamente com as lojas especializadas em móveis e moda.

Além, é claro, dos inúmeros bares que fazem da Plaza Serrano um dos lugares mais agitados de Buenos Aires e destino certo para quem busca diversão e gente bonita na cidade.

Parque Tres de Febrero

PARQUES_PALERMO_BUENOS_AIRES

Também conhecido como Bosques de Palermo, é onde se encontra o famoso Jardim Japonês de Buenos Aires, construído em 1967 para receber o então príncipe e atual imperador do Japão, Akihito.

A Plaza Sicília, onde está o Jardim Japonês, é apenas uma nesse enorme conjunto de praças – projetadas pelo paisagista Carlos Thays – que formam os Bosques de Palermo.

No interior do Parque Tres de Febrero também encontra-se o Planetário Galileo Galilei, fácil de ser avistado e fotografado por quem chega em Buenos Aires pelo Aeroporto Jorge Newbery, o “aeroparque”.

Entre as outras praças do parque, destacam-se a Plaza Alemania, com seu tabuleiro de xadrez gigante, e a Plaza Holanda, conhecida também como Parque del Rosedal, que atrai muitos visitantes por seu jardim de rosas em estilo parisiense. Sem dúvidas um dos pontos turísticos Buenos Aires mais imperdíveis.

Agora que já viu alguns dos principais refúgios verdes de Buenos Aires, a dica é ir pessoalmente conhecer alguns desses parques de Palermo e garantir excelentes momentos de descanso, além de ótimas fotos.

E boa viagem! Aproveite bem os seus dias em Buenos Aires. Em caso de dúvidas, basta utilizar os comentário abaixo para enviar sua pergunta.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Passagens aéreas: melhores sites para pesquisar preços de passagens

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

Comentários