Berlim

20 principais pontos turísticos de Berlim, com mapa e preços

Veja os principais pontos turísticos de Berlim, com informações básicas para visitar, preços e se vale a pena conhecer.

Não falta o que fazer em Berlim. Entre os principais pontos turísticos, estão museus, parques, monumentos e resquícios da 2º Guerra Mundial e do Muro de Berlim, que dividiu a cidade de 1961 a 1989.

Junto aos principais pontos turísticos de Berlim marcados no mapa, tem informações básicas, lugares próximos para combinar no roteiro, preços de ingressos e quais locais são gratuitos.


Principais pontos turísticos de Berlim, índice:

  1. East Side Gallery
  2. Portão de Brandemburgo
  3. Parque Tiergarten
  4. Coluna da Vitória
  5. Potsdamer Platz
  6. Checkpoint Charlie
  7. Topografia do Terror
  8. Prédio do Reichstag
  9. Memorial do Holocausto
  10. Gendarmenmarkt (e as igrejas iguais)
  11. Ilha dos Museus
  12. Berliner Dom
  13. Bebelplatz
  14. Alexanderplatz
  15. Torre de TV de Berlim
  16. Rio Spree
  17. Museu Judaico de Berlim
  18. Palácio de Charlottenburg
  19. Sachsenhausen (Campo de concentração e extermínio)
  20. Palácio Sanssouci

Mapa de pontos turísticos em Berlim


O que fazer em Berlim – Pontos turísticos em ordem pra facilitar o roteiro

Além de ver preços e se vale a pena visitar cada ponto turístico de Berlim, aqui eles estão numa ordem pra facilitar o seu roteiro. Começa por uma atração afastada do centro, a East Side Gallery, chegamos às melhores atrações centrais e depois, duas dicas de bate e volta a partir de Berlim.

1. East Side Gallery

Já imaginou pintar um muro que era sinônimo de prisão e morte? Foi o que centenas de artistas fizeram nesse trecho preservado do antigo Muro de Berlim. O local se transformou numa galeria de arte a céu aberto e tem obras famosas, como um beijo entre um líder soviético e um presidente da Alemanha Oriental.

  • Preço: local público e gratuito.
  • Vale a pena conhecer? Sim. Local histórico, bonito e fotogênico.

2. Portão de Brandemburgo

Cartão-postal e mais famoso ponto turístico de Berlim. Tem 26 metros de altura e no seu topo tem uma estátua da deusa grega Irena, sendo puxada por quatro cavalos. Fica na avenida Unter den Linden, uma dais mais importantes da capital, próximo à entrada no parque Tiergarten.

  • Preço: local público e gratuito.
  • Vale a pena conhecer? Sim. Inclusive vá duas vezes, durante o dia e à noite.

3. Parque Tiergarten

Tiergarten significa “jardim de animais”. É o segundo maior e o mais importante parque de Berlim. Fica próximo ao Portão de Brandumbergo. Além de grande área verde e pistas para correr e pedalar, concentra inúmeros monumentos e atrações como o Zoológico de Berlim. No verão, não repare se encontrar algum nudista se bronzeando nos jardins.

  • Preço: parque público e gratuito.
  • Vale a pena conhecer? Sim. A dica é alugar uma bicicleta e passar uma tarde toda explorando o parque.

4. Coluna da Vitória (Siegessäule)

Tem 66 metros de altura e é o principal monumento no Tiergarten e um dos principais pontos turísticos de Berlim. Foi construída para celebrar a vitória da Prússia diante da Dinamarca, em 1864, na Guerra dos Ducados do Elba.  Foi instalada no endereço atual pelo Partido Nazista.

  • Preço: monumento de rua, no meio de uma rotatória, acesso grátis.
  • Vale a pena conhecer? Naturalmente vai passar por lá durante o passeio pelo Tiergarten.

5. Potsdamer Platz

Centro financeiro de Berlim, estabelecido em região destruída por bombardeios na Segunda Guerra. Hoje, um dos lugares mais modernos da cidade. É onde fica o Sony Center, complexo de entretenimento com lojas,  hotéis, museus e cinema. Anualmente, recebe o Berlinale, o Festival de Cinema de Berlim.

  • Preço: apenas entradas em cinema, teatro e museus são cobradas.
  • Vale a pena conhecer? Depende. Não é uma das atrações principais da cidade. Se passar por lá, descanse à beira do Piano-See, um lago artificial com um estiloso bar.

6. Checkpoint Charlie

Nesse local funcionava a principal passagem entre Berlim Oriental e Berlim Ocidental, divididas pelo muro entre 1961 e 1989. Local de tensão entre as forças russas e capitalistas, se tornou um dos símbolos da Guerra Fria. Com a queda do Muro de Berlim, se converteu num dos mais visitados (e criticados) pontos turísticos de Berlim.

  • Preço: fica no meio da rua, sendo um lugar gratuito. Mas se quiser tirar foto com os homens fantasiados de soldados, eles irão to cobrar uns 3 euros por isso.
  • Vale a pena conhecer? Fica numa rua importante, cheia de restaurantes e próximo a outros pontos turísticos. Então passar por lá não vai impactar em nada no seu roteiro. Pode ir.

7. Topografia do Terror

Museu que expõe documentos e fotos da época do governo Nazista, desde sua ascensão até os últimos dias. Funciona no local que era a sede da Gestapo, a violenta polícia secreta, e das SS, uma espécie de tropa de elite da época.

  • Preço: ingressos grátis
  • Vale a pena conhecer? Sim, principalmente se você tem interesse pela história da Segunda Guerra Mundial. Tem um relato sobre a visita aqui no blog Simplesmente Berlim, que recomendo ler.

8. Prédio do Reichstag

Símbolo do renascimento de Berlim. Sede do parlamento, foi incendiado em 1933 e a culpa recaiu sobre um militante comunista, dando a Adolf Hitler um trunfo a favor de seu movimento ultraconservador. Mas, segundo relato de ex-nazista, pode ter sido um ataque do próprio Partido Nacional Socialista. Ainda mais destruído após os bombardeios finais da guerra, o prédio foi reconstruído com uma cúpula de vidro.

  • Preço: a visita é gratuita e precisa ser reservada pelo site oficial.
  • Vale a pena: muito! É provavelmente o edifício mais conhecido da Alemanha, além da grande riqueza histórica e de ser realmente muito bonito.

9. Memorial do Holocausto – Memorial aos Judeus Mortos da Europa

Ao lado do Portão de Brandemburgo, numa vasta área, estão instalados 2.711 blocos de concreto. Um grande monumento de arte abstrata a céu aberto, inaugurado em 2005. A intenção, segundo os realizadores, é causar uma confusão mental, em referência à cegueira que o movimento da extrema direita gerou na Alemanha, levando à Segunda Guerra Mundial.

  • Preço: visita gratuita.
  • Vale a pena: sim. Monumento essencial em Berlim. Entre o Portão de Brandemburgo e o Tiergarten, é facilmente combinado a essas e outras atrações.

10. Gendarmenmarkt (e as igrejas quase iguais)

A Praça Gendarmenmarkt reúne alguns dos lugares de maior interesse arquitetônico em Berlim. Destaque para as duas igrejas praticamente idênticas, embora uma seja em estilo francês (Französischer Dom) e a outra em estilo alemão (Deutscher Dom). Entre elas, está a magnífica sala de concertos de Berlim (Konzerthaus Berlin). Com essa alta concentração de atrações, a Gendarmenmarkt é considerada a praça mais bonita de Berlim e ponto turístico obrigatório.

  • Preço: passeio gratuito, ótimo para fazer durante uma caminhada em Berlim.
  • Vale a pena: sim, pois é uma bela e gratuita atração cultural.

11. Ilha dos Museus

O nome explica tudo. A Ilha dos Museus (Museumsinsel) de fato é uma ilha no Rio Spree, que corta o Centro de Berlim. E nela estão os mais importante museus da capital alemã. São cinco museus: Museu Pergamon, Altes Museum (Museu Antigo), Neues Museum (Museu Novo), Alte Nationalgalerie (Galeria Nacional) e Museu Bode. Na ilha também estão outros dois pontos turísticos importantes, que são a Catedral de Berlim (Berliner Dom) e o Jardim das Delícias (Lustgarten).

  • Preço: passear pela ilha não custa nada. Mas os museus cobram ingresso. Pra economizar, você pode comprar esse passe que inclui todos os cinco museus.
  • Vale a pena: sim. Muitos lugares de interesse a poucos metros uns dos outros. Visite pelo menos o museu mais importante, que é o Pergamon.

12. Berliner Dom

Essa catedral luterana é a mais bonita igreja de Berlim. Ficou pronta no ano de 1905 e atinge 116 metros de altura. Teve sua cúpula e grande parte da estrutura destruídas em bombardeio dos Aliados em 1944. Reconstruída e restaurada, hoje é um dos principais pontos turísticos de Berlim. Fica localizada na Ilha dos Museus.

  • Preço: a visita ao interior da catedral é gratuita.
  • Vale a pena: sim, seja por interesse religioso, em arquitetura ou na história da II Guerra.

13. Bebelplatz

Foi aqui que o Partido Nazista Alemão promoveu a grande queima de livros científicos, comunistas e de outras coisas que eles não concordavam. Além desse terrível fato histórico, essa largo tem grande interesse cultural e arquitetônico, sendo o endereço da Ópera Estatal de Berlim (Staatsoper Unter den Linden) e da Faculdade de Direito de Berlim.

  • Preço: local público e gratuito
  • Vale a pena: fica no Mitte, o Centro de Berlim. Passe por lá durante uma caminhada, sem perder muito tempo.

14. Alexanderplatz

Importante central de transportes em Berlim, a grande praça Alexanderplatz conecta metrô, trem, bondes elétricos e ônibus. Ao seu redor estão restaurantes e galerias comerciais, além de ser um dos melhores lugares para observar a Torre de TV de Berlim. É la que fica o Relógio Mundial de Urania.

  • Preço: local público e gratuito.
  • Vale a pena: você provavelmente vai passar por lá mesmo.

15. Torre de TV de Berlim (Berliner Fernsehturm)

Construída para ser um símbolo de poder e modernidade da Alemanha Oriental. Tem 368 metros de altura, sendo em 1969, ano de sua inauguração, a segunda torre mais alta do mundo. Seu mirante fica a 203 metros de altura e tem um restaurante aos 207 metros.

  • Preço: o ingresso simples para o mirante custa 13 euros na bilheteria local. Costuma ter uma longa fila de espera. Se tiver pressa, pode desembolsar mais pelo ingresso prioritário
  • Vale a pena: você provavelmente vai passar por lá mesmo.

16. Rio Spree

É o maior rio que passa por Berlim. É possível fazer um pequeno cruzeiro (nome chique para um tour de barco) pelo rio, passando pelos pontos turísticos mais importante de Berlim. No verão, se torna a praia oficial de Berlim, com direito a uma grande piscina pública (Badeschiff).

  • Preço: local público e gratuito
  • Vale a pena: no verão, faça como os locais e se jogue na piscina.

17. Museu Judaico de Berlim

Foi criado em 1933, ironicamente no ano em que Adolf Hitler se tornou chanceler da Alemanha. Obviamente entrou no radar de ódio do Führer e foi fechado apenas quatros anos depois. Foi reaberto em 2001, num belo edifício em arquitetura moderna.

  • Segundo o site oficial, o acervo permanente está fechado para manutenção.

18. Palácio de Charlottenburg

Construído em estilo barroco italiano, ficou pronto em 1699, com a missão de ser um importante palácio real do Reino da Prússia. Tem um grande jardim francês, obras de arte e móveis de época, sendo aberto à visitação.

  • Preço: 10 euros para adultos.
  • Vale a pena: fica fora do centro e vai demandar um bom tempo de visita. Vá apenas se tiver tempo de sobra em Berlim.

19. Sachsenhausen – Campo de concentração e extermínio

Na cidade de Oranienburg, a apenas 30 km de distância de Berlim, fica essa campo de trabalho e extermínio nazista, onde foram assassinadas mais de 12 mil pessoas. Depois da guerra, também foi utilizado pelos soviéticos. Dá pra ir de trem e considero uma atração essencial no seu roteiro.

  • Preço: a entrada é grátis no memorial e nos museus. Paga-se apenas por tours guiados ou pelo áudio guia, que considero essencial e custa 3 euros. (Mais informações no site oficial).
  • Vale a pena: é um passeio de praticamente um dia inteiro. Se tem interesse em fatos históricos, é uma visita essencial.

20. Palácio Sanssouci

Outro ponto turístico de Berlim que na verdade fica em outra cidade, Potsdam. Mas também são apenas 30 km de distância até o centro de Berlim. Trata-se de um antigo palácio que era usado como residência de verão de Frederico o Grande, Rei de Prússia entre 1740 e 1786.

  • Preço: 14 euros por pessoa.
  • Vale a pena: outro passeio de um dia inteiro. Vá se tiver tempo de sobra no roteiro.

Continue planejando sua viagem para Berlim

Agora que você já sabe quais são os principais pontos turísticos de Berlim, pense no seu tempo de viagem e o que vai conseguir incluir no seu roteio. E se tiver alguma dúvida sobre como é visitar Berlim e suas principais atrações, basta perguntar. Eu respondo sempre o mais rápido possível. Aproveite e veja também onde ficar em Berlim, em nosso guia completo de bairros e hotéis.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Passagens aéreas: melhores sites para pesquisar preços de passagens
      • Airbnb: reservas de quartos e apartamentos de temporada

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

    • Nivaldo responder

      Oi Ana Paula! Sobre esse assunto, também tem um post completão aqui no blog: comidas típicas da Alemanha. Se viajar para Berlim, vai encontrar a maioria delas nos restaurantes da cidade. Se o coronavírus permitir. Na torcia para essa pandemia acabar logo.

Comentários