Sergipe

7 comidas realmente típicas de Sergipe

Conheça as melhores comidas típicas de Sergipe para provar na sua viagem.

Sergipe é o menor estado do Brasil. Mas sua culinária não tem nada de pequena. Em viagem para Aracaju, provei as principais comidas típicas de Sergipe, incluindo petiscos, peixes, carnes e doces.

A lista vai começar como meus dias em Sergipe: pelo café da manhã sertanejo. E vai terminar com a melhor sobremesa tradicionak sergipanas.

O nome da capital, Aracaju, significa “cajueiro das araras”. E o que não falta em Sergipe é caju. Há muitas receitas de pratos elaborados com farofa da castanha de caju. Além de drinques, doces e sucos. Muita gente me disse que a castanha de caju em Sergipe era melhor. Achei que fosse exagero. Errei. Nunca comi castanha tão gostosa. Aliás: o caju é uma fruta brasileira, originária do litoral nordestino.

Comidas típicas de Sergipe: 7 pratos para experimentar na viagem

Todos os pratos de Sergipe que experimentei foram em barracas de praia e nos melhores restaurantes de Aracaju. Por isso, se você é sergipano, peço sua ajuda para melhorar essa lista, com dicas de pratos caseiros, mais presentes no dia a dia das famílias do estado.

Aproveite que você está aqui no blog e veja também nossas dicas de restaurantes para provar algumas destas delícias: Onde comer em Aracaju. Agora, nossa lista de pratos típicos de Sergipe que todos merecem provar.

1. Café da Manhã Sertanejo

O Café da Manhã Sertanejo ou Café da Manhã Nordestino é muito comum nos hotéis de Aracaju. Bem mais do que em outros estados da região. É ideal para quem gosta de uma refeição pesada e bem servida para começar o dia.

Entre os pratos que vem no Café Sertanejo, estão a macaxeira, o cuscuz, a tapioca e o queijo coalho. Alguns pratos de carne às vezes fazem parte, como o escondidinho de carne ou frango.

2. Bolo de Leite

Sergipe partilha com outros estados do Nordeste, como Pernambuco e Paraíba, a paixão pelo Bolo de Leite. Macio e levemente adocicado, esse bolo vai bem no café da manhã e também na hora do lanche. Sua receita leva farinha de trigo, açúcar, ovos, manteiga e, claro, leite.

3. Bolo de Puba

Cremoso, o bolo de puba é feito à base da massa de puba, que é extraída da macaxeira (ou aipim ou mandioca) fermentada. Existem muitas derivações do bolo de puba, de acordo com a região do Brasil. Em Aracaju, provei essa versão da foto acima, de textura macia e sabor suave. Ótimo para acompanhar um café.

4. Carne de Sol

Também comum a outros estados nordestinos, a carne de sol é uma das principais comidas típicas de Sergipe. Mais do que apenas a carne, o prato é conhecido por sua legião de acompanhamentos, como a farofa, o feijão de corda e a manteiga de garrafa.

Em Aracaju, fui no restaurante Carne de Sol do Ramiro, especialista no prato, e tive uma excelente experiência. Não à toa é considerado um dos melhores da cidade.

5. Moqueca Sergipana

Sabia que Sergipe já foi parte da Bahia? O estado foi emancipado politicamente apenas em 1820. Talvez por isso a culinária de Sergipe guarde tanta semelhanças com a baiana.

Pra mim, a maior felicidade foi encontrar moqueca com dendê, como deve ser (desculpa aí, capixabas), em muitos restaurantes de Aracaju. A melhor que provei foi no Pitú com Pirão da Eliane, na orla de Atalaia, onde também comi uma excelente peixada.

6. Pratos com caranguejo, aratu e guaiamu

O litoral de Sergipe é riquíssimo em mangues, de onde os locais retiram animais o aratu, como são conhecidas algumas espécies de caranguejos da região. Mas, pelo que descobri até agora, caranguejo e aratu são a mesma coisa. Já o guaiamu é um caranguejo maior, que chega a pesar meio-quilo.

A carne do caranguejo é suculenta, mas é preciso habilidade para retirá-la do casco, com a ajuda de um martelinho que acompanha esse “petisco” tão comum nas praias de Sergipe.

7. Queijadinha Sergipana

O mais tradicional doce típico de Sergipe é a queijada ou queijadinha. A receita veio de Portugal, onde é feito com ovo e queijo da Serra da Estrela. No Brasil, o queijo foi substituído por coco. A invenção é atribuída a um escravo da cidade histórica de São Cristóvão, a 23 km de Aracaju.

A tradição da Queijadinha de São Cristovão já tem mais de 200 anos e o prato foi reconhecido como patrimônio imaterial da cidade e do estado de Sergipe. Saiba mais: Queijadinha, patrimônio cultural.


Continue planejando sua viagem a Sergipe

Além das comidas típicas de Sergipe, experimentei também as melhores praias e destinos turísticos do estado. Organize sua viagem com nossas dicas e informações sobre atrações e roteiros, entre outras. Veja também:

 

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

1 Comment

  1. Dependendo do que você entenda como tííca, exceto a queijadinha, NADA dos demais é tipícamente sergipano.
    Entendo como comída típica, uma comida que foi realmente criada no local e se tornou costume entre os habitantes, como o caruru, vatapá. moqueca, feijoada e outros quitutes baianos, como a panelada puauiense, o rubacão, a sopa com nata e o arroz da terra com leite potiguar, o baião de dois cearense… Mas em Sergipe (onde eu moro e tenho um pequeno restaurante) mesmo só me recordo da folha de “Jongome” (João Gomes. Chamado de “brêdo” na Bahia), e que mal é usado nos restaurantes locais, assim como também pouco usado pelos populares.
    Caranguejo, Aratu, Moqueca, Feijoada (Até que essa eu incluiria na lista, apesar de não ser do meu agrado, cheio de legumes dentro)… tudo é copmida típica ou baiana ou nordestina em geral.
    Sergipe tem muita coisa linda, mas a culinária é fraca, tanto em variedade como em sabor.

Comentários