Arraial D'Ajuda

7 dicas de ouro de viagem para Arraial d’Ajuda

Ao lado de Porto Seguro, mas muito mais tranquila e charmosa, Arraial D'Ajuda é um dos melhores destinos no litoral da Bahia. E aqui tem todas as dicas.

Arraial D’Ajuda, oficialmente, faz parte do município de Porto Seguro. Mas, na prática, são lugares completamente diferentes. A atmosfera é outra. Arraial é mais charmosa, tranquila e completamente independente de Porto Seguro.

Mas o que fazer em Arraial D’Ajuda? É perigoso? Como é a praia? Quais são os principais passeios turísticos? Como chegar lá? Quantos dias ficar? Vale a pena conhecer? Calma, Betty. Aqui vão todas as dicas de viagem para Arraial D’Ajuda.

  • População de Arraial D’Ajuda: 17 mil habitantes (Censo 2010)
  • Aeroporto mais próximo: Aeroporto Internacional de Porto Seguro
  • Principais destinos turísticos próximos: Porto Seguro, Trancoso, Caraíva, Santo André

Dicas de Arraial d’Ajuda, Bahia – Como planejar a viagem

  1. Como chegar
  2. É seguro em Arraial d’Ajuda?
  3. Quantos dias ficar
  4. Melhor lugar para se hospedar
  5. Passeios e praias
  6. Onde comer
  7. Vale a pena conhecer?
Praia dos Coqueiros, Trancoso. Passeio básico pra quem ficar em Arraial D’Ajuda.

1. Como chegar em Arraial D’Ajuda

Se for de avião, desembarque no Aeroporto de Porto Seguro. O jeito mais prático, rápido e barato para seguir até Arraial D’Ajuda, é combinar Uber ou Táxi + Balsa + Van ou Táxi. Funciona assim:

  1. Siga para a Balsa. Na saída do aeroporto, pode embarcar num táxi cooperado ou Uber. Até balsa, uma corrida em carro do aplicativo custa a partir de R$ 11.
  2. Embarque a pé na balsa. Você não precisa atravessá-la de carro. Para pedestre, a passagem custa R$ 5,40 e paga-se apenas no sentido Porto Seguro-Arraial. A volta é grátis. A balsa é pontual e parte em média a cada 30 minutos. A travessia dura menos de 10 minutos.
  3. Siga para o centro de Arraial D’Ajuda. Na saída da balsa, você vai ver vários ônibus e vans estacionados. É possível encontrar táxi ou chamar Uber. Mas é fácil ir de van. A passagem custa R$ 3,50 até o centrinho turístico da vila.

No total, esse trajeto de Porto Seguro a Arraial d’Ajuda, via travessia de balsa, leva de 30 a 40 minutos. Na baixa temporada vale a pena, tanto para pedestres quanto para veículos (R$ 20). Mas no verão, a fila pra embarcar de carro pode ser demorada, o que pode justifica fazer o caminho alternativo, um trecho de 63 km de estradas, com uma duração média de 1h10 de viagem.

2. Segurança em Arraial D’Ajuda

Acostumado a receber avisos sobre segurança em outras cidades da Bahia e do Nordeste, cheguei em Arraial D’Ajuda com o pé atrás. Afinal, apesar de pequena, ela fica a poucos minutos de Porto Seguro.

Mas, segundo os locais, a região sul do estado é bem menos perigosa do que Salvador e Ilhéus. Especialmente Arraial D’Ajuda.

Andei à noite tranquilamente nas imediações da Rua do Mucugê. Assaltos e roubos violentos, disseram, são muito raros. Também senti um clima de segurança nas praias e durante os passeios.

3. Quantos dias ficar em Arraial D’Ajuda

Depende.

  • Tá de carro? Com mais flexibilidade para circular entre as praias da região e seguir seu roteiro, dedique pelo menos 2 dias para Arraial d’Ajuda. É o tempo pra conhecer o básico: Praia do Mucugê e centrinho.
  • Depende de passeios com agências? Melhor ficar no mínimo 5 dias. Aí, além do básico, pode conhecer Trancoso, a Praia do Espelho, Caraíva e curtir mais as praias próximas.

Vale a pena alugar carro para o seu Roteiro em Arraial d’Ajuda caso planeje conhecer mais praias, como Caraíva, a Praia do Espelho e Trancoso. De carro, dá pra passar mais tempo onde você quiser. Se estiver em família ou tiver mais gente pra dividir o veículo, sai até mais barato do que comprar passeios com agências de turismo.

4. Hospedagem

Para quem vai sem carro, é importante se hospedar perto do centrinho, o que facilita muito pra sair à noite e ir até a Praia do Mucugê. Dessa forma, pra fazer tudo a pé, busque se hospedar nas imediações da Rua do Mucugê. Essa região mais turística, onde estão as melhores pousadas e restaurantes, fica basicamente entre a Mucugê, a Alameda dos Flamboyants e a Praça São Brás.

Nessa região central estão lugares que valem a hospedagem, como a Pousada Coqueiros, numa rua super tranquila, e a Pousada do Mel, bem no meio do agito.

Prefere ficar o mais próximo da praia?

  • A Atmosphera Pousada combina o melhor dos dois mundos. Fica a 500 metros da praia, e também a uma curta caminhada do melhor ponto do centro.
  • Pé na areia da Praia do Mucuguê, o Mar Paraíso Hotel tem uma das melhores estruturas da região.
  • Na tranquila Praia de Araçaípe, a Pousada Rigatoni (foto acima) possui acesso direto ao mar e é muito elogiada pelos hóspedes.

Confira nossa lista de Pousadas boas e baratas em Arraial d’Ajuda, para se hospedar bem e gastar pouco. Entendo que o assunto hospedagem causa muitas dúvidas, pois a região é mesmo um pouco complexa. Pode perguntar à vontade!

5. Dicas de passeios em Arraial d’Ajuda

Arraial D’Ajuda é a maior vila de praia que eu já vi. São várias ruas interessantes, de comércio vibrante e boa gastronomia. O único ponto turístico de fato na própria vila é a Igreja Matriz Nossa Senhora D’Ajuda, com sua vista pro mar, mais conhecido como “mirante das fitinhas“.

Na hora de organizar sua viagem, é preciso ir além.

Se tem Arraial d’Ajuda como única base, a dica é fazer os passeios para outras praias da região, todos com ida e volta no mesmo dia.

Em sites de agências de turismo online, é possível comprar e agendar os principais passeios em Arraial d’Ajuda a preços competitivos. Por exemplo, esta Excursão para Trancoso, um dos passeios mais baratos de Arraial, vale a pena fazer caso esteja sem carro. Mas há muitas outras atividades, incluindo, para os mais ousados, um Voo de Parapente, que percorre as praias mais bonitas da região.

Centro Histórico e Comercial de Arraial d’Ajuda

O que chamam de Centro Histórico de Arraial D’Ajuda é praticamente um shopping a céu aberto. O eixo principal é a Rua do Mucugê, onde se encontra de tudo, principalmente bares e restaurantes. Ela vai da Praia do Mucugê até a região conhecida como Broadway, repleta de lojas de artesanatos, cachaças regionais, moda praia e malhas. Ótimo lugar pra comprar presente.

Igreja Matriz Nossa Senhora D’Ajuda e o Mirante das Fitinhas

Logo após a Broadway, a simpática igreja é um dos cartões-postais da vila. No ponto mais alto, ela tem a melhor vista, que alcança as principais praias de Arraial D’Ajuda. Lá fica o “Mirante das Fitinhas”, que nada mais é do que um local para observar o oceano, onde turistas amarram fitas coloridas do Senhor do Bonfim.

Praia do Mucugê e Praia do Parracho

Ladeira abaixo a partir do centro, em 15 minutos de caminhada se chega à Praia do Mucugê. Protegida por arrecifes, tem mar geralmente calmo, com formação de piscinas naturais na maré baixa. Estava limpa quando visitei.

Tem muitos bares, que oferecem cadeira e guarda-sol aos clientes.  Alguns cobram consumação mínima. Grande número de ambulantes. Pode ir andando até a vizinha mais tranquila, a Praia do Parracho.

Passeio para Trancoso

Trancoso merece um roteiro à parte. Mas quem não tem tempo, pode fazer um bate e volta a partir de Arraial D’Ajuda. Compensa ir com agência de turismo, pois eles buscam no hotel e levam até a Praia dos Coqueiros, a mais tranquila de Trancoso.

Dependendo da agência, podem te isentar de pagar consumação mínima no bar.

No fim da tarde, é tradicional o passeio pelo Quadrado de Trancoso. Fui com a Arraial Trip Tour e gostei, apesar de ser mais cara que as outras agências. Também é possível comprar no site da Civitatis, uma agência internacional de turismo que trabalha em parceria com operadoras locais.

6. Onde comer em Arraial d’Ajuda – Dicas de restaurantes típicos

A Rua do Mucugê segue por vários quarteirões com restaurantes dos dois lados da pista, além de galerias e “becos” com mais restaurantes, onde você pode comer bem gastando de R$ 20 a R$ 150 por pessoa.

Não sei você, mas eu não vou à Bahia para comer pizza. Por isso, foco em restaurantes de comida baiana e aceito no mínimo pratos característicos do litoral brasileiro.

  • Comida regional: vá ao restaurante Paulo Pescador, um dos mais antigos e tradicionais da região, que serve pratos como moqueca de peixe e bobó de camarão. Muito bem servido e a preços justos.
  • O melhor almoço à beira-mar: Na Praia dos Pescadores, a Barraca do Nel é a melhor para comer peixe frito em toda a região. Lugar simples, sem frescuras, com preços abaixo da média.

7. Vale a pena conhecer Arraial d’Ajuda?

Bom, se você leu tudo até aqui, já percebeu que gostei bastante de Arraial d’Ajuda.

Além de estar no meio do caminho, Arraial é um meio termo entre o agito brega de Porto Seguro e a tranquilidade hippie-chique de Trancoso e Caraíva. Então, se quer ficar num lugar com infraestrutura, boa gastronomia e uma praia razoável para ir a pé, Arraial D’Ajuda é sua vila de praia na Bahia.

Quer mais dicas de Arraial D’Ajuda ou tem dúvidas?

Tentei colocar o máximo de informação, da maneira mais resumida possível. Se por acaso sentiu falta de alguma dica específica, ou ficou alguma pergunta sem resposta, utilize os comentários aqui abaixo. Eu respondo sempre o mais rápido possível. Em breve teremos mais conteúdo sobre a Costa do Descobrimento.

E boa viagem para Arraial D’Ajuda!

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

4 Comments

  1. Vanessa Santos responder

    Nivaldo, suas dicas estão sendo muito úteis para mim, que vou pela primeira vez à Bahia. Amo passeios à cavalo e sempre tive o desejo de cavalgar na praia, vi sua foto e fiquei encantada. Procurei pela internet mas não vi passeios à cavalo em Trancoso, como está nesta página. Poderia me dar mais informações de como fez o passeio? Muito obrigada!

    • Nivaldo responder

      Oi Vanessa. Esse foto eu tirei na Praia dos Coqueiros, que é a principal de Trancoso. Quem cavalgava era justamente o dono do animal, que estava procurando clientes para fazer passeios pela praia. Tem muitos por lá, é só chegar é fazer o passeio. Mas não cheguei a perguntar valores e outros detalhes do passeio. Boa viagem!

  2. Nossa muito boas suas dicas! adorei. Tenho cachorro, é pequeno e tranquilo. Será que as pousadas aceitam? Vc saberia dizer? Obrigada.

    • Nivaldo responder

      Que bom que as dicas estão ajudando. Olha, vi muitos cachorros em Arraial, inclusive na praia principal. Sendo pequeno, vai ser tranquilo deixar ele no quarto. Tem muitas pousadas que aceitam. Por exemplo, a Pousada Jardim das Bromélias, que fica numa rua tranquila, perto do centro e da praia do Mucugê. No Booking tem muitas outras, basta filtrar a busca clicando na opção “aceita pets”. Boa viagem, você e seu filhote vão adorar Arraial D’Ajuda. E vale alugar um carro e esticar até Caraíva!

Comentários