Na capital toscana, o transporte público é confuso, parte do centro histórico é sujo e a famosa Ponte Vecchio parece uma favela sobre o Rio Arno (é verdade). Para não passar raiva, é preciso escolher bem onde se hospedar em Florença, com foco em custo-benefício e economia de tempo e dinheiro com transporte.

Não vou falar de melhores bairros. Para o turista, a dica é estar perto dos melhores museus, restaurantes e pontos turísticos da cidade, para fazer tudo a pé. Se hospedar perto da estação de trem é outra boa escolha, principalmente se pretende visitar outras cidades como Lucca e Pisa. Tem também algumas dicas de hotéis, dos melhores aos mais baratos, pra facilitar sua escolha.

Nos 5 dias que passei em Florença, fiz longas caminhadas pela cidade. Principalmente porque fiquei fora do agito turístico. Hospedado no hostel 7 Santi, do outro lado da estação de trem Campo di Marte, atravessava diariamente a cidade. Foi bom pra conhecer, mas ruim pare chegar rápido aos lugares. Por isso o Centro Histórico é a melhor localização possível, mesmo que seja uma região mais cara, além de ter várias ruas lotadas de gente o dia inteiro.

 

Índice de onde ficar em Florença:

1. Centro histórico, perto dos principais pontos turísticos 

2. Perto da estação de trem principal, a Santa Maria Novella 

3. Região residencial, perto da pequena estação de trem Campo di Marte

 

1. Centro histórico, perto dos museus e pontos turísticos de Florença

Se você não gosta de museu, melhor nem visitar Florença. Mas, se você gosta, a dica é se hospedar perto deles. Assim você chega cedo na fila. Berço do renascimento, algumas das pinturas e esculturas mais famosas do mundo estão nos museus de Florença.

Por exemplo, a escultura de Davi mora na Galeria da Academia de Belas Artes de Florença. Pinturas de Leonardo Da Vinci, Michelangelo e Rafael, estão  na Galleria degli Uffizi. Obras de outros grandes artistas como Caravaggio, Tiziano e Van Dick estão no Palácio Pitti. No Museu Leonardo da Vinci, estão interessantes invenções do artista. E perto de todos esses museus, estão pontos turísticos famosos como a Ponte Vecchio, Catedral Santa Maria del Fiore e a Piazza della Repubblica, entre outros.

Resumindo, numa caminhada de 20 minutos, você vai de um extremo ao outro dessa região que concentra os melhores museus e pontos turísticos de Florença. Por isso, se hospedar nesse região é uma grande economia de tempo e dinheiro com transporte. Aqui vão algumas dicas de hotéis e hostels nesse miolo histórico e cultural fiorentino.

Dicas de melhores hotéis do Centro Histórico:

Hotel Colomba: perto da Galeria da Academia, tem 3 estrelas e uma das notas mais altas da cidade quanto à localização.

Hotel Spadai: fica a poucos passos do Palácio Médici, na rua da Catedral de Florença. Interior moderno e charmoso. Pela localização espetacular e sua boa estrutura, as diárias não são nada baratas. Se for uma viagem curta, vale a pena garantir o conforto.

• Pontevecchio Relais: pousada localizada exatamente entre a Ponte Vecchio e a Ufizzi, tem quartos com vista pro Rio Arno. Tem notas altas no Booking e sem dúvidas é o hotel com melhor custo-benefício no Centro Histórico de Florença.

Pitti Palace al Ponte Vecchio: do outro lado da ponte, tem vistas privilegiadas para as cúpulas renascentistas, para o rio e outros dos mais bonitos pontos turísticos de Florença.

• Soggiorno Pitti: simples e muito confortável, é uma das pousadas mais baratas e com ótimo custo-benefício em Florença. Por ser do outro lado da ponte, o agito de turistas é um pouco menor. A região tem bons restaurantes e ruas charmosas, mais limpas do que no centrinho. Fica em frente ao monumental Palácio Pitti, perto também do Giardino di Boboli, ainda mais impressionante.

 

2. Perto da Santa Maria Novella, a principal estação de trem

Escolher se hospedar perto de uma estação de trem é muito estratégico para quem quer explorar ao máximo a Toscana e outras cidades próximas. Assim, você evita perder tempo e dinheiro com longas caminhadas ou ônibus e táxi.

Só pra confundir ainda mais o turista, Florença tem 3 estações de trem: Santa Maria Novella, Campo di Marte e Statuto. A Santa Maria Novella é a maior e mais importante da cidade, conectada com toda a Itália.

Dicas de hotéis perto da estação:

Bella Firenze: quartos simples e funcionais. Excelentes notas nos sites de reservas.

Grand Hotel Minerva: a piscina no terraço tem uma vista impressionante. Um dos melhores hotéis de Florença. Apenas 300 metros de distância da estação de trem.

Rosso23: hotel design, mistura a modernidade com o estilo clássico de Florença.

A impressionante vista da piscina do hotel Grand Minerva, um dos melhores de Florença

3. Perto do Campo di Marte, estação de trem em bairro tranquilo

No caminho entre o centro histórico de Florença e a estação Campo di Marte, a paisagem vai se transformando. Os turistas quase desaparecem das ruas, e os monumentos e igrejas seculares dão lugar a prédios residenciais de classe média. O comércio fica cada vez mais raro. O primeiro hotel longe da muvuca é o Four Seasons. Ele fica a apenas 4 quarteirões de distância da estação.

Pra quem busca hotéis mais baratos, é preciso atravessar para o outro lado da estação. E a melhor maneira de fazer isso é por cima dela, pela passarela de metal. Se for dia, você já vai avistar atletas correndo na pista de atletismo de um grande ginásio. Um pouco mais à frente, está o estádio Artemio Franchi, casa da Fiorentina, importante equipe do futebol italiano.

É nessa região, que nada se parece como a turística Florença, que está o hostel e pousada 7 Santi, onde me hospedei. Ele fica colado à Chiesa dei Sette Santi, uma igreja neogótica de 1910. Funcionando dentro do prédio de um antigo convento, o hostel tem corredores largos e quartos grandes. O banheiro coletivo é o maior que eu já vi em um hostel, além de também ser um dos melhores.

Então, se busca um hostel barato em Florença, essa é a dica. A região não se compara ao centro em número de restaurantes e facilidades, mas tem alguns lugares pra comer, sorveterias e um mercado.

 

Mapa de hotéis e principais atrações e pontos turísticos de Florença

Para entender melhor a proximidade dos hotéis indicados com as principais atrações de Florença, marquei todos os locais indicados no mapa. De azul estão os pontos turísticos, de roxo estão os hotéis e hostels e de preto estão as estações de trem mais próximas do centro histórico. Para salvar o mapa na sua conta e pode acessar durante a viagem, mesmo offiline, basta clicar na estrela (barra cinza).

Boa viagem e ótima hospedagem para você em Florença! E se tiver qualquer dúvida ou dica de hotel, mande aqui pelos comentários.

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 50 reais de desconto no Booking
  2. 100 reais de desconto no Airbnb
  3. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Escreva seu comentário