Onde ficar em Roma • 3 melhores bairros (2024)

Você não precisar entender a fundo sobre dezenas de bairros para escolher onde ficar em Roma e reservar, sem erro, um hotel bem localizado. Basta ficar num dos três bairros que realmente oferecem praticidade ao roteiro.

Simples assim: o primeiro é o melhor bairro de Roma, o segundo é o mais charmoso e o terceiro é o mais barato para viajantes.

Em cada bairro indicado, tem dicas de hotéis bem localizados, do mais barato ao mais luxuoso, considerando fatores como proximidade com atrações, restaurantes e estações de metrô.

Sabia que é mais barato dormir em Roma de segunda a sexta? As diárias também custam menos em meses de baixa temporada, como fevereiro, março, outubro e novembro, tem boas promoções nos hotéis de Roma, então vale a pena aproveitar.

Os 3 melhores bairros de Roma para se hospedar

1. Centro Histórico / Pontos turísticos (melhor bairro)
2. Trastevere / Charme e gastronomia (menos movimentado)
3. Termini / Economia e transporte (bairro mais barato)

Repare no mapa acima que, apesar de ser uma cidade imensa e complexa, escolher onde ficar em Roma depende basicamente de três fatores principais. E como diz o ditado, cada escolha é uma renúncia.

1. Centro Histórico, bairro das atrações monumentais de Roma

O melhor lugar onde ficar em Roma, mas também é o bairro mais caro e movimentado.

Fontana di Trevi, localizada no coração do centro histórico, o melhor lugar onde ficar em Roma numa primeira viagem.

O Centro Histórico de Roma é um dos bairros mais bonitos, lotados e caros do mundo. É onde ficam os principais pontos turísticos de Roma, como o Coliseu, a Fontana di Trevi e o Panteão.

Dependendo de onde escolher seu hotel no Centro Histórico, também estará perto do Vaticano e do Castelo de Santo Ângelo, do outro lado do Rio Tibre.

Pra quem gosta de fazer tudo a pé, o Centro é o melhor bairro de Roma.

A desvantagem é o turismo massivo, que gera filas de gente pelas ruas, calçadas sujas cheias de pombos e avenidas barulhentas. Então, tenha muita tenção ao endereço do seu hotel.

No Centro Histórico é realizado o Free Tour em Roma, uma caminhada de 2 horas, com guia turístico, com explicações sobre os lugares mais importantes do roteiro, como a Fontana di Trevi e o Panteão de Agripa. Vale a pena fazer. A reserva é gratuita. No final da atividade, você contribui com o valor que achar justo.

Onde ficar em Roma no Centro Histórico • Dicas de hotéis

Quarto de hotel confortável no Centro Histórico de Roma, próximo a importantes pontos turísticos.
Quarto do Hotel Manfredi, no centro histórico de Roma
  • Bom e barato – Econômico para os padrões de Roma, o Relais Parlamento oferece apartamentos modernos, numa rua não tão movimentada, a apenas 10 minutos de caminhada da Fontana di Trevi e do Panteão.
  • Custo-benefício – Numa rua charmosa, a poucos passos dos jardins da Villa Medici e das escadas da Piazza Spagna, o Hotel Manfredi cobra um preço justo e ainda fica perto do metrô.
  • Luxo – Ja imaginou tomar banho olhando o Coliseu? Ou ter essa vista do café da manhã? O Palazzo Manfredi é um dos poucos hotéis de Roma que possibilita essa experiência.

2. Trastevere, a região mais charmosa de Roma

O bairro turístico mais romântico de Roma. Ideal para viagem em casal.

Panorama do Trastevere, o melhor lugar onde ficar em Roma em busca de charme e tranquilidade.

Do outro lado do rio, afastado da superlotação do centro histórico, o Trastevere é o bairro mais charmoso de Roma.

Algumas de suas estreitas ruas de paralelepípedo estão repletas de bares, pizzarias e restaurantes. Pousadas charmosas se escondem em ruas tranquilas, com menos muvuca dos turistas.

Com o Rio Tibre ao fundo, o pôr-do-sol no bairro parece saído de uma pintura.

Mas é claro que, como em cada centímetro de Roma, você vai encontrar muitos turistas pelas ruas. Afinal, além de super bonito e fotogênico, é um bairro no meio do caminho entre o Centro Histórico e o Vaticano.

Onde ficar em Roma no Trastevere • Dicas de hotéis

Interior de quarto de hotel moderno e com bom custo-benefício no Trastevere.
  • Bom e barato – Realmente barato para a média de Roma, o Hotel Trastevere é confortável, tem café da manhã e uma localização muito elogiada.
  • Custo-benefício – Perto da Basílica de Santa Maria em Trastevere, o hotel Etruska luxury Trastevere agrada quem gosta de design e modernidade.
  • Luxo – Não existem hotéis 5 estrelas no Trastevere. Mas há dois hotéis muito charmosos e de alto padrão, o Una Hotels e o Loly Boutique.

3. Termini, o bairro central mais barato em Roma

Ao lado do Centro e com estações de trem e metrô, Termini tem suas vantagens e problemas.

Rua movimentada em frente à Termini, demonstrando o quão prática e caótica pode ser a hospedagem nesse bairro central de Roma.

É muito prático de hospedar perto da Estação Termini. Ela é a principal central de transportes de Roma, conectando trens e metrô.

Daqui, fica fácil ir aos outros bairros de Roma ou fazer um bate e volta a destinos como Florença e Nápoles. Além disso, fico perto do Centro Histórico e possui uma infinidade de pousadas baratas e hostels.

Mas a Termini tem uma desvantagem: ruas sujas e fama de insegura.

Já me hospedei perto da Roma Termini e andei até durante a noite sem notar ameaças. Na minha opinião, está longe de ser como “beira de rodoviária” no Brasil. De qualquer forma, tenha atenção redobrada ao se hospedar nessa área. E evite entrar nos becos.

Onde ficar em Roma perto da Termini • Dicas de hotéis

Dentro de quarto de hostel bom e barato na Termini, bairro estratégico de Roma.
  • Bom e barato: hostel muito perto do metrô, que também tem quartos individuais, o Generator Rome ocupa um bonito prédio, bem ao estilo romano. Conta com dormitórios femininos e mistos.
  • Custo-benefício: Se for na baixa temporada, o Hotel Impero costuma oferecer ótimo custo-benefício.

Entenda quando é melhor viajar para Roma e planeje sua viagem no melhor clima, ou na baixa temporada, quando é possível encontrar promoções e hotéis mais em conta.

FAQ – Perguntas frequentes sobre onde ficar em Roma

Além da lista acima com os melhores bairros de Roma, agora você confere respostas para as dúvidas mais comuns sobre hospedagem em Roma, como regiões mais adequadas para cada perfil e hotéis para diferentes orçamentos, entre outras.

• Quantos dias ficar em Roma?

Dá pra passar a vida inteira em Roma, e ainda assim você estará longe de conhecer tudo o que interessa. Mas, numa viagem a turismo em busca dos principais pontos turísticos, como Panteão, Coliseu e Vaticano, é preciso ficar no mínimo 3 dias inteiros em Roma. E ir embora com um gostinho de quero mais.

• Onde é mais barato se hospedar em Roma?

Roma é uma das capitais mais caras da Europa. Para encontrar hospedagem em barata, você tem duas alternativas: ficar num quarto compartilhado de hostel, como no The RomeHello, de ótimo custo-benefício ou num hotel em bairro distante dos pontos turísticos, como o Gate40, que apesar de afastado, fica ao lado de uma estação de metrô. Na região da estação de trem Roma Ostiense também há muitas opções de hotéis baratos.

• Qual o melhor bairro para ficar em casal?

Roma é uma cidade romântica de uma ponta a outra. Mas se o plano é ter ainda mais romantismo numa viagem em casal, recomendo o bairro de Trastevere, região mais charmosa de Roma. Além da próprio clima único do bairro, o Trastevere tem excelentes pousadas e hotéis perfeitos para casais.

• Vale a pena usar Airbnb em Roma?

Tem apartamentos de temporada espalhados por toda Roma, para alugar em plataformas como Airbnb, Booking.com e Vrbo. Apartamentos com melhor custo-benefício estão em bairros menos turísticos, como San Baba e Celio. Mas leve em consideração que esses imóveis não têm confortos como café da manhã e limpeza diária.

Onde se hospedar se estiver de carro

Se você está num roteiro de carro pela Itália, e faz questão de passar algumas noites em Roma, a única dica realmente importante é: deixe seu carro na garagem, pois o trânsito em Roma é péssimo, além de ser praticamente impossível estacionar perto dos pontos turísticos. Escolha um hotel com estacionamento privativo, com atenção para a taxa extra, e seja feliz.

Dicas de hotéis com garagem em Roma:

E você, tem mais dicas de bairros e hotéis em Roma?

Você tem alguma experiência em Roma para contar? Então ajude os próximos viajantes e leitores do blog. Pode ser uma dica de hotel barato, hostel animado, pousada bem localizada e com bom custo-benefício, ou aquele hotel ou região que é um verdadeiro achado.

Caso tenha alguma dúvida sobre onde ficar em Roma, basta comentar abaixo ou entre em contato pelo email para nivaldo@buenasdicas.com.

Mais dicas de hospedagem na Itália:

Salve no seu Pinterest nossas dicas de hospedagem e melhores bairros em Roma. E boa viagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 Comentários

  1. Fernanda Almeida disse:

    Oi Nivaldo!! Adorei as suas dicas! Eu e meu marido estamos indo passar 8 dias em Roma no final de outubro. Qual bairro você sugere para hospedarmos que seja bom, de fácil acesso a transporte público e não seja muito caro? Gostamos de boa comida e queremos ficar longe dos restaurantes turísticos, você indica restaurantes com boa comida e bom custo benefício?

    Um abraço,
    Fernanda

    1. Olá, Fernanda. Juntar as três necessidades num bairro só, é complicado. Pode escolher duas pra cada.

      Por exemplo, ótimo pra transporte e relativamente barato, tem a região da Termini. A desvantagem é que não é um bairro bonito em comparação com os outros dessa parte central. Nessa região, a pousada Target Inn tem ótimo custo-benefício.

      Outro bairro que indico, é o Trastevere. Bom, perto de tudo, charmoso e com restaurantes menos tumultuados. Lá não tem metrô, mas basta atravessar a ponte para chegar ao miolo do centro histórico de Roma. Pode visitar muitos lugares a pé. Em média custa menos se hospedar aqui do que nos bairros mais turísticos, como nas regiões do Panteão ou da Fontana di Trevi. No Trastevere, tem muitas opções pelo Airbnb e apartamentos de temporada, como esse Toc Toc, muito bem avaliado.

      Dica: já pensou em dividir sua estadia com outra cidade? Se gosta de pizza e mar, vá até Nápoles, de onde pode fazer bate e volta tranquilo até Capri e Pompeia. Outra vantagem de Nápoles, é que os hotéis são muito mais baratos do que em Roma, inclusive alguns com vista pro mar e vulcão Vesuvio.

    1. Sim! Principalmente para quem escolher bem onde ficar. Por exemplo, num hotel ou hostel localizado em algum desses 3 bairros das dicas. :)

      1. Oi Nivaldo! Interessante suas dicas em Roma, acredito que esse ano conheço Roma, tenho visto alguns blogs de viagem, uns falam que não é bom o Termine, outros dizem que não é bem assim, pois é um local com um terminal de trem que leva para muitas cidades do país, como quero fazer alguns bate e volta me parece que ficar no Termine onde vc indicou seria uma boa opção, para visitar os pontos principais turísticos de Roma , melhor pegar ônibus ou metrô ficando na região do Termine? Obrigada!

        1. Oi Vera. Então, sou da turma do “não é bem assim”, haha. Acho que depende da experiência de cada um. Por exemplo, comparando com o Centro de São Paulo, a Termini não assusta ninguém. Nas vezes que passei por lá, vi uma ou outra pessoa mal encarada nas ruas próximas da estação. Andar tarde da noite não deve ser legal. Mas durante o dia é super tranquilo. Mas, comparando com outros bairros de Roma, por exemplo a região do Trastevere, a região da Termini é menos limpa e menos segura.

          Se hospedar perto da Termini ajuda muito para visitar pontos turísticos e nas viagens próximas (recomendo Nápoles e Florença, inclusive para se hospedar nela, em vez de apenas ir um dia).

          Mas você nem precisa ficar perto da própria Termini. Pode escolher um lugar perto de qualquer outra estação de metrô.

        2. Olá!! Quando fui a Roma fiquei em um apt ótimo bem na Fontana de trevi mas agora não consigo encontrá-lo queremos ir assim que abrirem pra brasileiros ele acomodava 6 pessoas e era muito bem localizado