Gramado

Visita ao GramadoZoo e Parque Gaúcho

Em qualquer época do ano, o zoológico de Gramado mostra ao visitante a exuberante fauna brasileira. E aqui você vai descobrir preços, duração da visita e se vale a pena conhecer.
Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O Zoológico de Gramado, mais conhecido como Gramadozoo, é um tipo de passeio diferente na cidade. Bom para ir com crianças e ver de perto animais da fauna brasileira. Como eles têm espaços decentes e estão inseridos num ambiente natural, não senti aquele clima triste de outros zoológicos.

Saiba como chegar, quais são as espécies, como é a visita com crianças, preços e se vale a pena conhecer esse zoológico que já é um dos pontos turísticos mais visitados de Gramado.

Onde comprar ingresso do Gramadozoo mais barato

No site oficial e na bilheteria local o preço do ingresso é R$ 66. Mas é possível economizar bastante se comprar em sites de ofertas coletivas e agências como a Touron Turismo, onde hoje a entrada está pelo valor de  R$ 43,90. Quem compra o bilhete do GramadoZoo ganha ingressos para o Parque Gaúcho, uma espécie de mini-fazenda que fica perto, embora seja preciso ir de carro por uma estrada de terra (abaixo explico mais sobre ele).

  • Preço na bilheteria: R$ 66
  • Preço em agências de turismo: a partir de R$ 43,90
  • Duração da visita: 1 hora é o mínimo para percorrer tudo sem pressa

Como chegar ao zoológico

Na estrada para Três Coroas e a 7 km de distância do Centro de Gramado, o zoológico fica um tanto isolado. O site oficial informa que é possível chegar de ônibus pela viação Citral a partir das rodoviárias de Gramado e Canela. Mas sem dúvidas a melhor forma é ir de carro. Uma corrida de Uber até lá custa cerca de R$ 15. Se tiver alugado (compare preços aqui) ou for no seu carro, saiba que no local tem estacionamento privativo e o valor já está incluído no preço do ingresso.

Passeio e animais no GramadoZoo

Como informa a placa acima, na entrada do zoológico, não espere encontrar animais estrangeiros como girafa, leão, tigre e elefante. Ele é dedicado somente a espécies brasileiras, o que já é um diferencial. Logo no início, atravessamos um viveiro de aves, que voam nesse grande espaço junto aos visitantes. Segundo cuidadores no local, são aves resgatadas de traficantes e cativeiros.

Araras “soltas” no zoológico de Gramado
Viveiro de aves no zoológico de Gramado

Depois das aves, chegamos à parte dos mamíferos. Vi capivaras, lontras, uma puma dormindo e onças pintadas. Os felinos têm uma pequena área de mata e podemos vê-los através do vidro. O que permite uma proximidade bem maior do que se fossem grades.

Um belo veado também se deixou fotografar. Talvez seja o veado catingueiro que nasceu no local em 2018. Estava descansando tranquilamente no gramado.

Puma em Gramado
Onça pintada
Veado Catingueiro

Apesar desse blogueiro desatento não saber os nomes exatos das espécies, isso não é culpa do zoológico. Lá estão placas informativas com os devidos nomes científicos e mapa com locais de ocorrência. Como no exemplo abaixo do “mão-pelada” ou “guaxinim-sulamericano”. As placas também informam se são animais noturnos ou diurnos. O que justifica a ausência do lobo-guará na parte visível, afinal o bicho deve dormir o dia inteiro.

Próximo ao final do percurso, chegamos ao “alagado”, área com lago com estão jacaré e aves.

Estrutura, acessibilidade e visita com crianças ao Gramadozoo

Fiz esse passeio junto a um casal de amigos com seu filho de 1 ano e meio. Ele foi levado no carrinho, passou pro colo e se interessou bastante no início. Depois pegou no sono. O caminho do zoológico é relativamente longo (1.8 km de percurso) e tem algumas partes de trilha acidentada, apesar de ser toda pavimentada. No final, uma grande ladeira dificulta pra quem vai com carrinho ou cadeira de rodas. Pra quem vai com bebê e não leva carrinho, o GramadoZoo tem para emprestar ou alugar (não perguntei se cobra).

No início, no meio e no final do passeio, é possível ir ao banheiro e comprar água. Na saída, tem uma loja de lembranças, com brinquedos, canecas, pelúcias de animais e outras coisas turísticas à venda.

Parque Gaúcho

Depois do zoológico, uma estrada de terra morro acima leva ao Parque Gaúcho, a cerca de 5 minutos de carro. Passei lá pois o ingresso acompanha o do zoológico. É um grande galpão em temática rural, onde estão expostos itens que remontam à tradição gaúcha, como o carro de boi e objetos do dia a dia das antigas fazendas. Também tem uma espécie de arena de rodeios (não sei o que acontece ali) onde vi apenas um cavalo. Na área externa, vacas e um pônei pra criançada cavalgar, por uma taxa extra.

Existe um transporte entre o zoo e o Parque Gaúcho com saídas às 11h15, 13h45 e 15h45. Como são poucos horários e o tempo de permanência lá pode variar muito de uma pessoa pra outra, melhor não ficar refém desses horários e ir de carro mesmo.

Vale a pena visitar o GramadoZoo?

Gostei bastante e recomendo. E olha que não sou chegado em zoológicos, por toda aquela tradicional atmosfera de prisão. Mas achei que o GramadoZoo dá uma qualidade de vida digna aos bichos e oferece uma experiência diferente da habitual aos visitantes.

Fui no início da manhã e acho que é o melhor horário nos dias quentes, pois boa parte do trajeto não é coberto e há poucas áreas de sombra. Evite o meio-dia e também os dias de chuva. No inverno, vá bastante agasalhado, pois é área de mata.

Horários de visitação

Entrada das 9h às 17h. O parque fecha às 18h.



Booking.com

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Get Your Guide: ingressos e tours para atrações no mundo inteiro

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários