Planejamento de viagem

Os 5 principais riscos ao utilizar o Airbnb

Já usei muito o Airbnb e continuo usando. Mas é importante conhecer os riscos da plataforma e dicas para evitar problemas.

Depois de ter mais uma reserva cancelada pelo anfitrião no Airbnb, resolvi escrever sobre os perigos de utilizar a plataforma. Um dos maiores sites de reservas de hospedagem do mundo, o Airbnb tem nos hóspedes o elo mais fraco. Por isso é importante tomar alguns cuidados.

Ainda não sabe direito o que é o Airbnb? Então antes veja mais sobre ele aqui no blog, como nessas dicas do Airbnb e nesse comparativo Airbnb ou Booking. Agora, os principais riscos e problemas comuns ao reservar e se hospedar pelo Airbnb.

1. Cancelamento na véspera da viagem

Nunca vi um hotel cancelar reserva. Mas isso acontece muito no Airbnb. Aconteceu hoje comigo. Reservei uma casa para o réveillon há cerca de 20 dias. Hoje, recebo uma mensagem da anfitriã dizendo que a família dela vai usar a casa na mesma data, cancelando a reserva. Agora, mais perto do feriado, tem menos casas disponíveis e os preços estão mais altos.

Isso é mais comum do que parece. Basta ler no comentários. Quase sempre tem uma resposta automática com a mensagem: “The host has cancelled this reservation X days before arrival. This is an automated posting”. E o hóspede não recebe nenhuma multa. Quando é o contrário, as políticas de cancelamento protegem o anfitrião, que em alguns casos pode receber o valor parcial ou integral da reserva após o cancelamento pelo hóspede.

2. Localização diferente do mapa

O mapa do Airbnb não mostra a localização exata do imóvel. A ideia é proteger o anfitrião, afinal muitos moram na casa em questão. Mas isso acaba prejudicando o hóspede, que só descobre o endereço real quando faz o pagamento e confirma a reserva. Além disso, não é raro que essa marcação esteja errada. Por isso, nunca reserve sem antes fez algumas perguntas para o proprietário.

3. Check-in exótico ou complicado

Nem sempre o anfitrião está lá para nos receber. Já precisei retirar a chave do imóvel que aluguei de um cofre na rua.  E com o porteiro do prédio vizinho. Pior é quando precisamos de uma senha pra entrar no prédio, e o anfitrião envia as instruções apenas no dia da chegada no imóvel.

Parece corriqueiro, mas pense que um dia de chegada, geralmente é um dia de voo e às vezes de desembarque num país diferente, em que o celular pode estar sem bateria e a internet pode não funcionar. E que o aplicativo do Airbnb é cheio de problemas e as mensagens não chegam a tempo. Por isso é importante estar preparado.

4. Anfitrião mala ou sem educação

Já imaginou pagar uma nota pela hospedagem e no fim se ver lavando o banheiro da casa, que outros hóspedes também usaram? Essa situação aconteceu em NY com uma das autoras aqui do blog. Apesar do imóvel cobrar uma taxa de limpeza e não ter nenhum aviso nas regras, a anfitriã não foi com a cara das hóspedes e passou a exigir delas a limpeza semanal dos banheiros.

Também não são raros casos de assédio, falta de educação e até agressões. Por isso, a dica é sempre ler todos os comentários e buscar imóveis com o selo “superhost” que é dado apenas aos anfitriões mais elogiados.

5. Sorria, você pode estar sendo filmado

Um dos maiores problemas que o Airbnb enfrenta é a curiosidade e perversão dos anfitriões. Muitos instalam câmeras escondidas nos quartos e imóveis alugados. Um site até elaborou dicas para encontrar câmeras escondidas no Airbnb. Pra você ver que isso é muito comum.

Duvida? Só buscando nas últimas notícias, vi casos de câmeras escondidas em Airbnb’s na China (aqui), em Portugal (aqui), no Canadá (aqui) e em São Paulo (aqui). Então, siga as dicas e se encontrar uma câmera, chame a polícia.

Mais dicas de hospedagem e sites de reservas

Antes de viajar, confira aqui no Buenas Dicas os artigos e guias mais completos e sinceros da internet. A gente já comparou os principais sites de reservas de hotéis pelo mundo, incluindo o próprio Airbnb. E também temos dicas para você economizar muito na viagem, seja com hospedagem ou outros itens importantes. Veja:

* O Buenas Dicas é um blog parceiro do Airbnb. Se fizer uma reserva pelos links indicados, receberemos uma comissão. Mas você não paga nada a mais por isso.

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

  1. CLAUDIA SALDANHA RIBEIRO responder

    Bom dia Nivaldo!
    Sou superhost do Airbnb na belíssma Maceió.
    Achei seu blog por acaso pq ontem meus hospedes sairam do apto e simplesmente levaram uma toalha e um copinho de licor de Barcelona da coleção que coloco para dar um charme ao apto.
    Conversei com eles, e simplesmente disseram que não levaram.
    A saída é entrar com o AIRBNB mas, o hospede tem que confirmar! Um absurdo! Ele não vai concordar nunca! Vai negar.
    Tenho avaliação 5 estrelas em todos os meus comentários, Em todos!
    Se eu fizer o comentário negativo dele e ele não fizer nenhum meu, nenhum outro anfitrião saberá o que ele fez.
    Então, acho que nós anfitriões é que somos a parte mais fraca. Eles fazem o que querem nos nosso imóveis e a plataforma não dá um bom apoio.
    Sugere alguma coisa?
    Um abarço!

    • Nivaldo responder

      Oi Claudia. Obrigado por compartilhar aqui o ponto de vista e problemas que podem ser enfrentados pelos anfitrões. Realmente requer muitos cuidados. Se tem a certeza de que esses hóspedes realmente levaram os objetos, precisa relatar ao Airbnb. Mas acho que pode não resultar em muita coisa, a não ser que tenha provas. Por exemplo, uma filmagem do momento da chegada dos hóspedes (na última casa que me hospedei, tinha essa precaução, que pode ser válida para ambas as partes).

Comentários