Já recebi muito esta pergunta: e aí, quantos dias ficar em Santiago? A reposta é sempre “depende”. Isso porque o que fazer em Santiago depende muito da época do ano, além de datas específicas como férias e feriados. Sem falar no estilo de cada viajante: se gosta de vinho, se faz questão de ir na praia, se é lento ou focado no roteiro.

Pra ajudar os principais perfis de viajantes, vou indicar quantos dias ficar em Santiago de acordo com as principais programações possíveis na capital chilena. Se não tiver a resposta que você procura, é só perguntar nos comentários.

4 Roteiros em Santiago

Como falei, montei 4 diferentes tipos de roteiro, pra você calcular melhor quantos dias ficar em Santiago de acordo com o que pretende fazer. Começa com uma roteiro urbano, pelos principais pontos turísticos de Santiago, depois tem um roteiro com praia e em seguida um roteiro com passeio na neve. Por fim, um roteiro de uma semana, com um pouco de tudo: atrações de Santiago, praia e neve. Leia com atenção e veja qual é o melhor pra você.

Embalse em Yeso, em Cajon del Maipo, que você pode visitar se passar mais dias em Santiago.

 

1. Roteiro básico urbano em Santiago – 4 dias e 3 noites

Se o plano é conhecer apenas os principais pontos turísticos urbanos de Santiago, dois dias inteiros são mais do que suficientes. Como não gosto de vinho, não incluí nada relacionado a passeios em vinícolas. Mas se você faz questão de conhecer lugares como Concha y Toro e Undurraga (mais dicas no Muita Viagem), recomendo dedicar um dia inteiro aos vinhos e concentrar os passeios urbanos todos no outro dia, o que é possível se tiver foco. Dica de roteiro:

Dia 1: chegada, traslado ao hotel e jantar, de preferência para experimentar as melhores comidas típicas do Chile.

Dia 2: acorde e vá direto conhecer o Cerro San Cristóbal, de onde se tem a vista mais espetacular de Santiago e da Cordilheira dos Andes. Suba de funicular, desça de teleférico e depois dê uma volta pelo Bellavista, aproveitando para conhecer a casa-museu La Chascona, onde morou Pablo Neruda. Almoce em algum dos bares simpáticos do bairro e em seguida vá conhecer o prédio mais alto da América do Sul, onde tem outro mirante imperdível, o Sky Costanera. A entrada ficou muito cara esse ano, então, se não quiser pagar um absurdo, curta o shopping e faça fotos dele.

Dia 3: explore o centro de Santiago. Vá de metrô para a Plaza de Armas, ande está o Palácio de La Moneda, veja a arquitetura do Barrio Paris-Londres e suba até o topo do Cerro Santa Lucía, de onde se tem outra impressionante vista. Depois, vá almoçar no Mercado Central. À tarde, pode explorar as ruas do centro, quem sabe entrar num Café con Piernas. À noite, saia para jantar no simpático Barrio Lastarria.

Dia 4: Retorno ao Brasil.

 

2. Roteiro em Santiago e praias, com noite em Vinã del Mar – 5 dias e 4 noites

Se você tiver um dia a mais, seja inverno ou verão, recomendo ir conhecer as praias mais próximas de Santiago, em Valparaíso e Vina del Mar. É possível fazer só um bate e volta de ônibus, mas eu recomendo muito que você passe pelo menos uma noite pertinho do mar. Então calcule muito bem quanto dicas ficar em Santiago para poder incluir esse passeio.

Chegue até a hora do almoço na rodoviária de Viña del Mar (mais organizada do que a de Valparaíso), pegue o metrô até a estação Miramar e vá andando para as principais atrações da cidade, como o Reloj de Flores (sem graça), o Castillo Wulff, o Cassino Enjoy del Mar e o Muelle Vergara. Pra conhecer as melhores atrações, veja o que fazer em Viña del Mar.

Depois, pegue novamente o metrô e vá ver o pôr-do-sol em Valparaíso, depois de subir o morro de “ascensor”: o Concepción e o Reina Victoria são os mais acessíveis e levam às vistas mais bonitas.

 

3. Roteiro em Santiago e dia na neve – 5 dias e 4 noites

O ano inteiro: a pouco mais de 1 hora de Santiago, Cajón del Maipo é uma opção de paisagem andina para curtir no verão, na primavera e no outono. No inverno, principalmente em julho e agosto, quando caem as maiores nevascas, a subida é perigosa. Mesmo no verão, os picos continuam nevados, embora seja muito mais bonito ver as montanhas cobertas de neve.

No inverno: agora, se você quer esquiar, ou simplesmente deitar e rolar na neve, a dica é ir para Santiago no inverno. A neve começa a cair em junho e derrete entre outubro e novembro. Então, pra garantir, é melhor programar sua viagem em julho, agosto e setembro. É possível fazer bate e volta de Santiago para diferentes estações de esqui e diversão na neve, mas sem dúvidas as duas melhores são Valle Nevado (a vista é mais bonita e a estação é boa para quem já sabe esquiar), e Farellones, um complexo com tobogãs outras coisas divertidas pra fazer na neve.

 

4. Roteiro de uma semana em Santiago – Praia, neve e vinícolas

Agora, se você faz questão de conhecer tudo o que a região de Santiago oferece, incluindo Valparaíso e Viña del Mar, Cajón del Maipo ou Farellones, Vinícolas e passeios urbanos na capital, a dica é passar pelo menos uma semana em Santiago. Imaginando como seria um roteiro básico, a viagem fica mais ou menos assim:

Dia 1: chegada em Santiago.

Dia 2: Cerro San Cristóbal, Bellavista e Sky Costanera

Dia 3: bate e volta em Farellones ou Valle Nevado se for inverno, ou em Cajón de Maipo nas outras estações.

Dia 4: Cerro Santa Lucía, Plaza de Armas, La Moneda, Mercado Central, Paris-Londres e Lastarria ou passeio em Vinícolas perto de Santiago

Dia 5: ida para Viña del Mar e Valparaíso

Dia 6: Concón (se for verão) e Isla Negra, a casa de praia de Neruda e retorno à noite para Santiago

Dia 7: retorno ao Brasil

 

Agora que você já sabe quantos dias ficar em Santiago…

Para aproveitar o melhor possível da capital chilena, seja seu roteiro de 2 ou 10 dias, veja todas as nossas dicas do Chile. Para economizar com transporte e ter segurança e bons restaurantes por perto, planeja muito bem onde ficar em Santiago.

Seja inverno ou verão, é importante planejar quantos dias ficar em Santiago do Chile
Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários