Chile

O que fazer em Santiago do Chile: 7 roteiros imperdíveis

Organizei em 7 categorias os melhores programas e passeios para fazer em Santiago do Chile.

Saber o que fazer em Santiago do Chile não é problema. Complicado mesmo é conseguir organizar tantos lugares e visitas mais importantes dentro do seu roteiro.

Para que não perca tempo em atividades chatas ou programas desnecessários, selecionei o que há de melhor para fazer na capital do Chile. Dicas que vão ajudar bastante no seu planejamento do viagem para Santiago, incluindo desde visitas obrigatórios na cidade, a dicas de bate e volta a destinos próximos.

Confira onde ir, o que ver, visitar e até o que vale a pena experimentar em Santiago. São as melhores coisas para fazer em Santiago, por quem já foi várias vezes e sempre encontra motivos para voltar.

O que fazer em Santiago – 7 Melhores lugares e passeios

  1. Roteiro no Centro de Santiago
  2. Mirantes de Santiago
  3. Destinos próximos
  4. Comidas de Santiago
  5. Museus de Santiago
  6. Vinícolas em Santiago
  7. Neve perto de Santiago

São dicas de passeios grátis, comidas tradicionais, parques, cidades próximas e outras atividades que vão enriquecer muito seus dias na capital chilena. Tudo organizado em categorias, incluindo distâncias e dicas de onde reservar as principais atividades.

E se tiver alguma dúvida, é só perguntar nos comentários. Confira agora o que realmente vale a pena fazer em Santiago, começando pelo passeio essencial na cidade.

1. Roteiro no Centro Histórico

Lugares para visitar no Centro de Santiago:

  1. Plaza de Armas
  2. Palacio de La Moneda
  3. Paseo Bandera
  4. Museu Chileno de Arte Precolombino
  5. Mercado Central de Santiago

O Centro de Santiago é a região mais importante da cidade e local de muitos pontos turísticos. Durante o dia, é uma região segura para andar. Além de ser um local plano, o que facilita as caminhadas entre as atrações. É o melhor lugar para o seu primeiro dia de roteiro em Santiago.

A dica é começar pela Plaza de Armas e finalizar com um almoço de frutos do mar no Mercado Central. O trajeto todo tem cerca de 3 km de extensão. Quanto tempo vai gastar depende do seu foco.

Além dos locais culturais, há um ponto turístico “instagramável” na região, o Paseo Bandera, uma rua exclusiva para pedestres, toda colorida e com instalações de arte.

Dica de ouro: faça uma caminhada com guia turístico pelo Centro de Santiago. Este “Free Tour em Santiago“, por exemplo, percorre as principais atrações do centro da cidade e não tem valor fixo. Você que escolhe quanto pagar.

2. Roteiro pelos mirantes de Santiago

Estes são os três melhores mirantes de Santiago:

  1. Cerro San Cristóbal
  2. Cerro Santo Lucía
  3. Sky Costanera

Aos pés da Cordilheira dos Andes, Santiago possui vistas impressionantes. Para admirar as cidade com as montanhas nevadas ao fundo, recomendo a visita a esses três mirantes.

Se tiver que escolher apenas um, vá ao Cerro San Cristóbal, uma colina em pleno Bella Vista, bairro boêmio de Santiago. Para chegar ao topo, a 280 metros de altura, você pode ir de funicular ou teleférico.

Como segundas opções, estão o Cerro Santa Lucía, um monte no Centro de Santiago, onde estão bonitas construções antigas, e o Sky Costanera, edifício mais alto da América do Sul, que possui um mirante no 61º andar.

3. Roteiro nos melhores destinos perto de Santiago

Estes são os melhores passeios para fazer nos arredores de Santiago:

  1. Viña del Mar – 122 km
  2. Valparaíso – 115 km
  3. Cajón del Maipo – 104 km

A praia mais perto de Santiago é Viña del Mar, uma cidade limpa, organizada, com cassino e bons restaurantes. Se for de ônibus, é só descer na rodoviária e seguir de metrô até a orla.

Ali perto de Viña, a vizinha Valparaíso é uma cidade completamente diferente, um tanto caótica, famosa por suas casinhas coloridas e elevadores que levam às colinas com vista pro mar.

Na direção oposta, rumo à Cordilheira dos Andes, está Cajón del Maipo, um cânion com lagoas e animais silvestres. É o melhor lugar para curtir o visual nevado DEPOIS do inverno.

4. Roteiro para experimentar as comidas de rua típicas de Santiago

Comidas típicas para provar em Santiago:

  1. Cachorro-quente “completo”
  2. Empanadas chilenas
  3. Moto con Huesillos

Os moradores de Santiago são apaixonados por abacate. A obsessão é tanta que eles colocam “palta” até mesmo no cachorro-quente, que leva o nome de Completo. Experimente, é mais gostoso do que parece.

Outra comida típica do Chile que você deve provar em Santiago é a empanada. Muito diferente da empanada argentina, a versão chilena é maior e traz recheios mais complexos, como a carne picante com passas e pimentas nativas. Existe também a empanada frita.

Pra beber, imperdível mesmo é o Mote con Huesillos, um chá feito com grãos de trigo cozidos, pêssegos desidratados e aroma de canela. É vendido em feiras de rua e locais turísticos, como no Cerro San Cristóbal.

5. Roteiro cultural nos Museus de Santiago

Melhores museus para visitar em Santiago:

  1. Museu de Arte Precolombino
  2. La Chascona, a Casa de Pablo Neruda
  3. Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Santiago tem diferentes tipos de museus e muitos deles merecem uma visita. Na minha opinião, o mais indispensável deles é o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana, que possui um dos maiores acervos de objetos e outros itens dos povos originários das Américas, como Incas e outras civilizações.

No Bairro Bellavista, La Chascona é a casa onde Pablo Neruda viveu com sua amante e terceira esposa, Matilde Urrutia. Convertida em museu, guarda objetos pessoais do poeta.

Considere também visitar o Museu da Moda e o Museu da Memória e dos Direitos Humanos, que conta a história de torturas e assassinatos cometidos pelo Ditadura Militar no Chile.

6. Roteiros para vinícolas perto de Santiago

O que fazer em Santiago se você gosta de vinhos:

  1. Concha Y Toro – 40 km de Santiago
  2. Viña Santa Rita – 39 km de Santiago
  3. Undurraga – 35 km de Santiago

Se além de beber vinhos, você tem interesse em saber mais sobre a produção e histórias das vinícolas, não deixe de fazer o passeio para a Concha y Toro, que produz o Casillero del Diablo, entre outras marcas. Fica a cerca de 1h30 de Santiago, usando metrô e Uber, e a visita básica tem 1 hora de duração.

Eleita uma das melhores vinícolas do mundo para vistar, a Santa Rita é também uma das mais bonitas da região de Santiago. Oferece 9 experiências diferentes de visitação, além de ter restaurante, café e museu. E você pode até se hospedar lá, no Hotel Casa Real, que fica dentro da vinícola.

Ainda mais perto de Santiago, a vinícola Undurraga é menor e menos visitada, mas produz vinhos e espumantes renomados, como o Altazor e o Trama.

É fácil ir por conta própria a todos essas vinícolas. Mas vá de carro apenas se tiver um motorista da vez. A dica é combinar o excelente transporte público de Santiago (ônibus e metrô) com táxi ou Uber até as vinícolas. Ou compre um passeio incluindo transporte e degustação, como algum destes “Undurraga Tours“, com diferentes experiências, das mais baratas às mais completas.

7. Roteiro de neve: vá esquiar perto de Santiago

Estações de esqui perto de Santiago:

  1. Valle Nevado – 66 km de Santiago
  2. Farellones – 70 km de Santiago
  3. El Colorado – 58 km de Santiago

O que fazer em Santiago no inverno? Esquiar! A temporada de neve no Chile depende do clima de cada ano. Mas, em média, vai de meados de junho a setembro. As condições da neve costumam estar melhor no auge do inverno, em julho e agosto.

Valle Nevado é a maior estação de esqui da América do Sul. Possui mais de 30 pistas de esqui, para diferentes níveis de praticantes, de iniciantes a profissionais. A estrutura do complexo é imensa, com restaurante, teleférico e hotel.

Para aproveitar outras atividades na neve, Farellones é o lugar ideal. Lá dá pra fazer esquibunda, fazer tirolesa e se divertir em brinquedos na neve.

Mais simples e com o passe diário um pouco mais em conta, El Colorado também atrai muitos turistas com suas pistas de esqui. É menos movimentada e possui mais pistas para iniciantes.

Um jeito fácil de conhecer Valle Nevado e Farellones de uma vez só, sem se preocupar com transporte e outros detalhes, é neste Tour de Esqui, uma excursão de um dia que inclui os dois lugares num único passeio.

Dúvidas sobre o que fazer em Santiago?

Para saber mais sobre passeios, parques, roteiros, restaurantes, hotéis, opções de bate e volta na praia ou na montanha, vinícolas e outras dicas de pontos turísticos e atividades, confira os outros posts do Buenas Dicas sobre o Chile e mantenha-se ligado nas atualização do blog.

Para ter um outro ponto de vista, recomendo assistir a este vídeo do Maurício Vargas:

E se tiver qualquer dúvida sobre o que fazer em Santiago, basta perguntar. Eu mesmo respondo sempre o mais rápido possível e vai ser um prazer ajudar você a montar seu roteiro e em todo o planejamento da viagem.

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

6 Comments

  1. Adorei seu blog! Mas eu gostaria de uma opinião sua. Estou querendo ir com minha família e meu filho de 1 ano para Chile em agosto, vc acha que é muito frio para ir com uma criança pequena que mora numa cidade quente? É muito frio? Tenho receio de ir e ele acabar adoecendo…

    • Nivaldo responder

      Oi Sarah. Tá aí uma coisa que eu não entendo nada, que é criança, hahaha.

      Frio vai estar, com médias de 5 °C a 17 °C. Dá uma olhada nos detalhes aqui: https://www.buenasdicas.com/quando-ir-santiago-melhor-epoca-4785/

      Mas o Chile é preparado para o frio. A maioria dos hotéis e restaurantes tem aquecedor. E a vedação de janelas é bem melhor que no Brasil. Entre outras estruturas.

      E pensa nas crianças chilenas que vão completar 1 ano no inverno. Eles também nunca tiveram que enfrentar o frio e vão lidar com isso, bem protegidos e agasalhados.

      Outro ponto é o transporte, tipo evitando andar a pé. Uber e cabify são baratos, nem vai precisar dos táxis malandros.

    • buenasdicas responder

      Obrigado Lid. Gostei do seu post e do seu blog. É sempre legal ter mais dicas sobre o que fazer em Santiago e ver outros pontos de vista sobre a cidade, pra que possamos fazer roteiros e viagens cada vez mais completas. Abraço.

  2. Excelentes dicas. Agora me permitam dizer: chamar as moças que trabalham nos cafés de “vadias” (mesmo com a brincadeirinha de deixar riscada a palavra) foi um desrespeito que destoa da qualidade deste site, um vacilo machista dos grandes.

    • Fala Dauro. Que bom que gostou das nossas dicas sobre o que fazer em Santiago.

      Sobre as profissionais que trabalham nos Cafés con Piernas, respeitamos e, como você mesmo observou, queremos riscar o preconceito, ainda mais numa sociedade tradicionalmente machista como a chilena. A palavra está riscada por seriedade, não por piada.

      Sua observação é válida, mostra que infelizmente há outras interpretações possíveis.

      Abraço.

Comentários