Santiago

Onde ficar em Santiago, Chile: 8 melhores bairros e hotéis

Selecionamos os 8 melhores bairros para se hospedar em Santiago, com dicas de transporte e pontos turísticos perto dos melhores hotéis.

Sou um apaixonado por Santiago e já me hospedei em diferentes regiões da cidade. Reparando em segurança, transporte, pontos turísticos e outros detalhes, selecionei os 8 melhores bairros para se hospedar na capital chilena. Tem também algumas dicas de hotéis bem localizados (como o Lastarria Boutique), para você escolher sem erro onde ficar em Santiago e aproveitar ao máximo seu roteiro.

Separei por estilos. Em Santiago, cada bairro vai propiciar uma experiência completamente diferente. Por isso, tenha seus focos em mente. As dicas também vão ajudar você a se decidir entre flats, pousadas, hostels e hotéis.

Mas não se preocupe: Santiago tem opções de hospedagem para todos os orçamentos e tipos de viagem, seja inverno ou verão. De pousadas baratas a hotéis com o melhor-custo-benefício nos melhores bairros, veja nossas dicas.

Onde ficar em Santiago – Os 8 melhores bairros para turistas

Classifiquei os bairros de Santiago ordem crescente, como um ranking de bairros favoritos e mais indicados para viajantes. Do bairro com mais estações de metrô e atrações turísticas, para fazer tudo a pé, até o bairro mais luxuoso perto da Cordilheira dos Andes.

Entenda as vantagens e desvantagens de cada um dos melhores bairros para escolher bem onde ficar em Santiago. Onde tem mais restaurantes e mercados, onde é mais seguro e onde é mais bonito.

Ainda mais importante, é avaliar cada região de acordo com seu estilo de viagem, tipo: se vai alugar carro, se vai passar mais tempo, se vai ter foco em balada ou em passeios. O que mais combina com você?

Selecionamos os 8 principais bairros para você definir com certeza absoluta onde prefere ficar hospedado na capital chilena:

  1. Providencia 
  2. Lastarria 
  3. Bellavista 
  4. Paris-Londres 
  5. Centro 
  6. Barrio Brasil 
  7. Las Condes 
  8. Vitacura

Se não encontrar a informação que precisa de algum desses bairros de Santiago, é só perguntar nos comentários. Ou solicitar uma consultoria personalizada – contato no final das dicas.

1. Providencia – Melhor bairro para ficar a primeira vez em Santiago

Melhor custo-benefício para hospedar em Santiago. De apartamentos de temporada baratos pelo Airbnb a hotéis de luxo, Providencia tem de tudo. Também é rico em restaurantes. E ainda conta com muitas estações de metrô, que facilitam o trajeto até os pontos turísticos em outros bairros.

Este vídeo abaixo mostra como é o bairro e seus lugares mais interessantes, como o Paseo La Villa, rua em estilo inglês, cheia de lojinhas e lugares legais para conhecer.

Vantagem de se hospedar em Providencia: a região é segura, limpa e rica em restaurantes. O mais famoso deles é o “Aqui Está Coco” (que eu fui e não recomendo, mas tem gosto pra tudo). O famoso Restaurante Giratório e o tradicional Bar Liguria também ficam em Providencia.

Desvantagem de ficar em Providencia: o bairro não é lá muito bonito e não tem atrações turísticas próprias, embora seja perto do centro e o metrô facilite o acesso. A Av. Providencia é o principal eixo do bairro e ficar perto dela facilita, mas o barulho do trânsito é insuportável. Busque hotéis ou apartamentos em ruas de fundo ou com isolamento acústico.

Dicas de hotéis em Providencia


2. Lastarria – Microbairro muito charmoso e perto do centro

Lastarria conserva ruas com incomparável preservação histórica. Andar por lá é como percorrer a Santiago dos anos 50, com a vantagem dos deliciosos cafés,  bares da moda e restaurantes conceituados, especialmente para fãs de vinhos e frutos do mar. Tudo isso em apenas uma rua e suas imediações: a Rua José Victorino Lastarria.

A parte mais legal da rua, a partir da Praça Mulato Gil de Castro, é fechada para carros. Um microbairro perfeito para fazer tudo a pé, dia e noite. Sem dúvidas uma ótima região onde ficar em Santiago, seja sua primeira ou segunda viagem.

Vantagens de ficar em Lastarria: ter à porta alguns dos cafés e restaurantes mais charmosos de Santiago. Pontos turísticos para ir a pé, como Cerro Santa Lucia, Museu Nacional de Bellas Artes e Parque Florestal. E apesar de ser colado ao Centro, tem vida à noite, sendo bem mais seguro.

Desvantagens de ficar em Lastarria: por ser tão pequeno, tem poucos hotéis e fica difícil encontrar vaga nos melhores lugares, principalmente em cima da hora. Consequentemente, são hotéis caros.

Dicas de hotéis em Lastarria


3. Bellavista – O bairro boêmio onde vivia Pablo Neruda

É o bairro boêmio de Santiago, onde morava o poeta Pablo Neruda. Tem restaurantes famosos, tipo o Como Agua para Chcolate e o charmoso Pátio Bella Vista, um pequeno shopping a céu aberto. Mas o melhor do bairro são mesmo os bares. Fica aos pés do melhor mirante da cidade, o Cerro San Cristóbal (a dica é subir de funicular e descer de teleférico).

onde ficar em santiago bellavista
Patio Bellavista, shopping aberto com boas lojas e restaurantes. Foto de Rafa Alves

Localização e transporte: não existe uma estação de metrô dentro dos limites do bairro. Mas, com poucos minutos de caminhada, se alcança as estãoes Bellas Artes e Baquedano. E, com menos de 30 minutos andando, se chega à Plaza de Armas, no centro de Santiago.

Pontos turísticos do bairro: La Chascona, Cerro San Cristóbal, Patio Bellavista. E o lindo Cerro San Cristóbal, de onde se tem a vista mais impressionante de Santiago, especialmente se estiver tomando um Mote con Huecillos.

Onde ficar no Bairro Bellavista – Dicas de hotéis

  • Airbnb no Bellavista – A região tem excelentes opções de hostels, hotéis, flats, pousadas (B&B) e quartos disponíveis pelo Airbnb. Como é um bairro turístico, gastronômico e eternamente na moda, está entre os mais caros de Santiago.
  • Bom e barato – Um lugar bom e barato que já me hospedei e recomendo é o Suites Bella 269, que funciona como hostel e como um hotel, já que tem um casarão e um pequeno e moderno prédio no mesmo lote. O Hotel Loreto, um pouco mais confortável, também tem ótimo custo-benefício.
  • Charme e luxo – Um dos hotéis mais elegantes de Santiago, o Castillo Rojo, fica no Bellavista, pertinho da Casa do Pablo Neruda.

4. Bairro Paris-Londres – Um pedaço da Europa em Santiago

Ao lado do centro de Santiago, é um micro-bairro histórico que com alguns dos edifícios mais bonitos de Santiago, em estilo clássico europeu. E fica a poucos passos de pontos turísticos importantes, como o Palácio de la Moneda e o Cerro Santa Lucia, além da proximidade com estações de metrô.

paris-londres santiago

Curiosidades: mesmo composto basicamente por duas ruas, a Calle Paris e a Calle Londres, o bairro possui relevantes pontos de interesse. Aproveite os charmosos cafés e até mesmo uma pitoresca lanchonete que serve deliciosos completos e italianos, essenciais para entender a culinária chilena.

Transporte: com a Bernardo O’Higgins na porta de casa, onde estão as estações de metrô Santa Lucia e Universidad de Chile, transporte não é um problema.

Ponto de Interesse: Instituto O’Higginiano, ex-prédio do Partido Socialista Chileno, que se transformou em centro de tortura durante a ditadura. Guarda fotos e artigos relacionados a esse período sangrento da história chilena. Calle Londres, número 40.

Hotéis no Bairro Paris-Londres – E outros tipos de hospedagem

  • Melhor custo-benefício – O clássico Hotel Paris-Londres ocupa um edifício histórico de quase 100 anos, declarado patrimônio cultural. Instalações antigas, por isso mesmo é mais barato do que outros nesse estilo.
  • Moderno e confortável – O Novapark é um hotel 3 estrelas de alto padrão. Tem quartos super modernos, ambiente descolado e bem decorado, restaurante e funciona num bonito prédio. E tem a opção de cobrar o café da manhã à parte, assim ninguém é obrigado a acordar cedo.
  • Airbnb – Para grupos de até 5 pessoas, esse loft duplex é um dos melhores apartamentos de temporada da região, pertinho do metrô, do Paris-Londres e do centro, do outro lado da avenida.

5. Centro – Bairro com muitos pontos turísticos e metrôs, mas perigoso à noite

Lotado durante o dia, concentra os principais pontos turísticos de Santiago, como a Plaza de Armas, o Palácio de la Moneda e o Mercado Central. Tem bares e restaurantes históricos, além dos polêmicos “cafe con piernas”. Se locomover é fácil pelas muitas estações de metrô. Por outro lado, é abandonado à noite, sendo perigoso andar sozinho mais tarde.

cerro santa lucia santiago
Portal no alto do Cerro Santa Lucía, Centro de Santiago

Vantagens de ficar no Centro: acordar a poucos passos das mais famosas atrações turísticas de Santiago, como a Plaza de Armas, o Palacio de La Moneda, o Mercado Municipal e o mirante do Cerro Santa Lucía. Além de grande comércio e opções de restaurantes.

Desvantagens de ficar no Centro: superlotação durante o dia, com calçadas cheias de gente e avenidas barulhentas. Evite ao máximo ficar em frente a um corredor de ônibus. À noite, é meio tenso sair a pé, pois a região fica abandonada, entregue aos malucos de rua.

Dicas de hotéis no Centro de Santiago

Primeiramente, cuidado com as espeluncas. Seja um apartamento pelo Airbnb ou hotel mais confortável, leia com atenção as avaliações de outros hóspedes. Para facilitar sua escolha, aqui vão três hotéis que são ótimas opções de hospedagem no Centro de Santiago:

  • Hotel Diego de Almagro – Perto do Palacio de la Moneda, esse hotel 4 estrelas com piscina funciona num belo casarão antigo numa das maiores avenidas de Santiago.
  • Hotel Panamericano – No coração do Centro Histórico de Santiago, esse hotel 3 estrelas é um dos mais elogiados da região. Se vai se deslocar mais de carro à noite, esse é um dos hotéis em que vale a pena de hospedar no Centro de Santiago.
  • Plaza de Armas Hostel – Albergue em frente e com vista para a importante Plaza de Armas, próximos a bares e estações de metrô.

6. Barrio Brasil –  Bairro universitário barato perto do centro

Este histórico bairro de Santiago está a apenas alguns quarteirões a oeste da Plaza de Armas, do lado oposto à rota turística. O que pode ser bom ou ruim, dependendo do ponto de vista. Para quem gosta de estar perto dos principais pontos turístico, culturais, gastronômicos e arquitetônicos, talvez o Barrio Brasil não seja a melhor escolha.

bairro brasil santiago chile
Grafite nas estilosas ruas do Bairro Brasil em Santiago | Foto de Ben Bowes

Bairro jovem:  clima universitário e preços mais em conta. Ótima opção para hospedagem de jovens. Já foi o bairro preferido dos ricos de Santiago, mas hoje em dia faz mais o estilo boêmio alternativo. Não tem lugares famosos. Seus pontos de interesse são os bares universitários e a bela arquitetura ao redor da Plaza Brasil.

Transporte: apesar da relativa distância de lugares mais turísticos como Bellavista e Providência, o Barrio Brasil se conecta rapidamente a esses e outros pontos de interesse pela estação Cumming do metrô. Também está próximo do Terminal de Buses los Heroes e do Terminal San Borja, importantes rodoviárias de Santiago.

Dica de hostel no Barrio Brasil

  • Uma das únicas coisas que justifica a hospedagem no Barrio Brasil, é gastar pouco. E como economia pouca é bobagem, indico ficar em hostel. O melhor do pedaço é o Happy House Hostel.
  • Para outras alternativas de hospedagem nessa área, busque em plataformas de apartamentos de temporada, como o Airbnb.

7. Las Condes – Bairro rico com muitos hotéis de luxo

Seguindo em direção aos Andes, Las Condes é o próximo bairro depois de Providência. É um pouco mais ostentação que seu vizinho, com ruas largas e arborizadas, prédios luxuosos e pouca gente andando nas ruas. Ao caminhar por Las Condes, você se sente a anos-luz do Centro de Santiago, apesar da distância não passar de 10 km. Escolha Las Condes se o seu foco for a tranquilidade, mantendo uma certa distância do agito turístico. Nesse caso, não economize nos bons restaurantes e viva seus dias como um aristocrata chileno.

parque arauco santiago
Lojas de luxo no Shopping Parque Arauco, em Las Condes, um dos bairros mais nobres de Santiago

Para sair de Las Condes sem usar carro, utilize alguma das estações de metrô. A principal é a estação Escuela Militar, local que também funciona como um terminal de ônibus, de onde partem vans para o Parque Arauco, o shopping mais luxuoso de Santiago, também em Las Condes.

Onde ficar em Las Condes – Dica de apartamento pelo Airbnb e hotel

  • Pra não gastar horrores com transporte, procure se hospedar o mais perto possível do metrô. Tem muitos Airbnb’s na região. Ao lado da estação Escuela Militar, esse moderno apartamento tem cozinha, varanda e vista para a Cordilheira dos Andes
  • Se faz questão de um bom hotel com café da manhã, garagem e todas as regalias, o Icon Hotel tem ótimo custo-benefício para essa região, além de um terraço com piscina e uma das melhores vistas possíveis para os Andes.

8. Vitacura – Bairro luxuoso, longe do centro, aos pés dos Andes

Atualmente Vitacura é a comuna com maior desenvolvimento humano do Chile. Isso é resultado de apenas uma coisa: dinheiro. Separado de Las Condes pela grande avenida Costanera Norte, Vitacura é ainda mais esnobe que o vizinho.

Lojas de grife e escolas caras abundam pelo bairro. Também tem alguns hotéis, focados no mercado executivo de alto padrão. Não é um bairro que indico para quem busca onde ficar em Santiago na primeira viagem, mas ele tem seus encantos e vantagens.

santiago do chile vitacura andes
Parque Bicentenario, principal atração de Vitacura, com a Cordilheira dos Andes ao fundo | Foto de Jimmy Baikovicius

Vitacura não tem estações de metrô ou pontos turístico relevantes. Resumindo, não acho que seja uma boa opção para quem vai pela primeira vez a Santiago. O que justifica ficar na região é a proximidade com a Cordilheira dos Andes, além da ostentação de estar no bairro mais rico de Santiago, longe de grande parte dos turistas.

Dicas de hotéis em Vitacura

  • Um dos melhores hotéis 4 estrelas de Santiago fica em Vitacura, o NH Collection Costanera, localizado a poucos passos do Parque Bicentenario, para onde alguns quartos têm vista.
  • Mais em conta e também perto do parque, o Noi Vitacura é um elegante hotel 5 estrelas, com bar e piscina no terraço, de onde se tem uma impressionante vista 360º de Santiago, incluindo a Cordilheira dos Andes. Os melhores quartos também contam com o visual andino.

Links úteis

Consultoria de hospedagem em Santiago de acordo com seu perfil

Por exemplo, se você está em um mochilão,  certamente não vai querer gastar com táxis e restaurantes caros. Assim, é bom estar próximo de estações de metrô e supermercados. Agora, se a sua viagem é mais romântica,  evite o barulho dos bares universitários e procure estar próximo dos melhores restaurantes.

Agora que você sabe que onde ficar em Santiago não é problema, planeje bem sua viagem, faça as malas e curta muito seu roteiro! E se tiver qualquer dúvida sobre sua hospedagem na capital do Chile, basta perguntar pelos comentários abaixo ou enviar um e-mail para nivaldo@buenasdicas.com e solicitar uma consultoria personalizada.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

13 Comments

  1. José Alfredo responder

    Uau, mais um artigo que está ajudando muito a planejar minha viagem para Santiago. Parabéns novamente pelo blog e por todas as informações sobre o Chile. Continuarei acompanhando.

  2. Olá! Adorei as dicas. Queria saber um pouco mais sobre o Bellavista, porque já reservei hotel lá e você é o único blog que parece que realmente se hospedou lá. É um bairro seguro? É bom pra transporte? Obrigado!!!

  3. buenasdicas responder

    Pessoal, essas dicas de onde se hospedar em Santiago são atualizadas todo ano, conforme novas viagens, pesquisas e dicas de leitores. E se alguém tiver alguma dica extra, é só mandar aqui pelos comentários.

  4. As dicas são boas, mas aproveito para fazer uma correção, coisa de professor. Se os bairros estão na ordem onde os mais recomendados são os primeiros, a ordem é decrescente e não crescente.

    • buenasdicas responder

      Boa observação, Neto! Acho que caí numa auto pegadinha. Pensando na ordem crescente dos números, acabei colocando os bairros de Santiago em ordem decrescente de qualidade. Se fosse prova eu tinha perdido uns pontos agora. Se colocar no texto que é ordem “decrescente”, acho que também fica errado, porque os números estarão crescentes.

  5. Artigo atualizado hoje, 11/07/2017. Novas informações sobre os bairros e dicas de onde ficar em Santiago. Qualquer dúvida é só perguntar.

  6. Suzi Sarmento responder

    Gostei das dicas! Ainda estou na dúvida sobre onde ficar em Santiago. Não sei se prefiro me hospedar em Providência ou Bella Vista. Queria um lugar fácil pra pegar metrô, seguro, com bons restaurantes e tal. Onde indica? Alguma dica de hotel nesses bairros? Obrigado. =D

    • Providencia é o bairro de Santiago mais rico de metrôs. Pesquisa no mapa do booking e reserve um que fique ao lado de uma estação. Também acho Providencia mais seguro do que Bella Vista. Sobre restaurantes, nesse quesito Bella Vista é mais bem servido, principalmente com bares tradicionais, como o favorito de Pablo Neruda.

    • Atualizamos as dicas de onde ficar em Santiago. Se ainda não viajou, vem conferir as novidades. Tem mais fotos, dicas de hotéis, localização e outras informações úteis pra escolher sua hospedagem em Santiago do Chile. =D

  7. E sobre o bairro Ñuñoa, vc recomenda? Estou vendo um ap próximo à estação Irarrazaval!

    • Putzzz, esquece a resposta acima. Não tinha visto que já era perto do metrô. É que boa parte do bairro não é.

      Então é excelente. Vai tranquilo. Boa viagem!

Comentários