Esse post é um aviso importante para turistas em Santiago. Apesar de muito mais segura do que as capitais brasileiras, Santiago sofre com a desonestidade de muitos taxistas (e falsos taxistas). Vendo cada vez mais reclamações sobre o assunto, lembrei que eu mesmo caí num golpe desses na minha primeira viagem ao Chile, em 2008. Ou seja, são golpes velhos e que ainda enganam muita gente.

Listei os principais golpes e armadilhas para turistas relacionadas aos táxis em Santiago e relatei abaixo como acontece cada um. Depois de entender o que eles fazem, veja como evitar esses golpes e malandragens, e veja alternativas para os táxis na capital chilena.

Não são todos! A maioria dos taxistas de Santiago é de trabalhadores honestos e eficientes. Infelizmente uma minoria golpista acaba manchando a reputação da cidade. É somente desses malandros que estamos falando.

Mas que golpes são esses?

Se você já assistiu o programa Capitais do Delito, sabe que muitas cidades no mundo sofrem com taxistas malandros. Buenos Aires e Praga são as cidades que mais sofrem com o problema no ocidente. E pelo visto em Santiago o serviço está cada vez pior.

Golpe do Troco

É o golpe mais comum dos taxistas de Santiago. Consiste em devolver um troco menor do que o correto. Exemplo: sua corrida custou 5 mil pesos e você paga com uma nota de 20 mil pesos, sendo 15 mil pesos o troco correto. Em vez disso, o taxista devolve 5 mil pesos. Se você reparar e insistir no restante do troco, ele faz um escândalo, ameaça chamar a polícia, grita e te coloca pra fora do carro aos berros.

Golpe do Caminho

Outro golpe universal de taxistas que é muito comum em Santiago. Em vez de pegar o trajeto mais curto ou o mais rápido para o seu destino, o taxista começa a passear por lugares totalmente fora do trajeto, fazendo sua viagem ficar muito mais cara.

Taxímetro adulterado

A fiscalização ajudar a inibir esse golpe, mas ainda é possível cair nele em Santiago. Os taxistas simplesmente fazem o taxímetro rodar mais rápido, tornando sua viagem bem mais cara do que seria. Se reparar que o taxímetro está mais rápido do que o normal, NÃO acuse o taxista, que pode apelar. O melhor a fazer é pedir pra descer em local seguro e pegar outro transporte.

Táxi pirata no aeroporto

Ao atravessar a porta do desembarque em Santiago, não ceda às abordagens de supostos taxistas. Os táxis oficiais ficam do lado de fora do aeroporto, esperando pelos passageiros. Se você cair no golpe, será levado para algum estacionamento sombrio, onde vai entrar num carro normal, sem taxímetro, e provavelmente custará mais caro do que táxi ou uber.

Alternativas de transporte em Santiago

Felizmente está cada vez mais fácil evitar essas malandragens, principalmente por causa da internet e dos aplicativos de mapas e transporte. Olha só algumas alternativas de transporte em Santiago, que além de mais seguras, podem sair mais barato do que pegar táxi aleatório na rua.

Uber e Cabify

São os principais aplicativos de motoristas particulares que existem e ambos já estão operando em Santiago. Custam mais barato do que táxi e o motorista precisa seguir o caminho indicado no mapa até o seu destino. Ele é monitorado em todas as corridas, os usuários podem reclamar e é muito difícil cair em golpes. Atenção somente pra ver se o carro que chegou é o mesmo veículo que apareceu listado quando você chamou.

Easy Táxi e Safer Táxi

Aplicativos com mais taxistas cadastrados em Santiago. Além de poder aproveitar vários descontos nas corridas, outra vantagem de chamar táxi pelos aplicativos é o controle pela central das empresas. Os usuários podem avaliar os taxistas e relatar problemas, levando os piores a serem expulsos da plataforma. O que gera a uma maior segurança nas corridas, afinal todos querem ser bem avaliados.

Taxistas indicados

Se você estiver sem wi-fi e não puder usar os aplicativos, prefira pegar táxis indicados pelos hotéis e restaurantes de Santiago. Apesar de não ter controle como nos aplicativos, pelo menos eles são conhecidos de alguém e você pode denunciar malandragens e golpes.

Metrô

Santiago tem o melhor metrô da América do Sul. Os principais pontos turísticos da cidade tem estações por perto. E também é possível escolher hotéis e albergues próximos das estações. Isso se você planejar muito bem onde ficar em Santiago.

Ficar esperto e ter trocado

Se não tiver jeito mesmo e você precisar pegar um táxi aleatório na rua em Santiago,  fique atento à velocidade do taxímetro e ao trajeto, se valendo da localização pelo Google Maps. E, na hora de pagar, entregue de preferência o valor exato da corrida. Se só tiver notas grandes, entregue com atenção, de preferência comentando tipo: só tenho uma nota de 20 mil pesos, você tem troco?

E você, tem alguma dica de transporte ou conhece outros golpes em Santiago?

A criatividade dos malandros é surpreendente. Quando descobrirmos um golpe, eles já tem dezenas de outros. Por isso é importante ficar ligado e compartilhar dicas com que vai pro Chile depois de você. Se tiver alguma outra sugestão de transporte ou souber de algum outro golpe que rola nos táxis em Santiago, manda pra gente aqui nos comentários.

* Créditos das foto do táxi chileno em destaque: betoscopio

Viajar com tudo reservado é bem melhor
      • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
      • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
      • Passagens aéreas: melhores sites para pesquisar preços de passagens

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

2 Comments

  1. José Alfredo responder

    Relamente pegar taxi em Santiago às vezes pode ser uma dor de cabeça!
    Muito boas as dicas!

Comentários