Já mencionei essa questão de transporte em Buenos Aires em outros posts, mas a pergunta continua aparecendo, então aqui vai um post só pra explicar as vantagens e desvantagens no uso de táxi, Uber e Cabify em Buenos Aires. Qual é melhor? Qual é mais barato? Quais os problemas e riscos de cada um?

Como alertei no post O que NÃO fazer em Buenos Aires, na Argentina não é tão simples usar apps de transporte como no Brasil. Por isso a questão Uber ou Táxi é tão frequente. Essas dicas aqui são restritas a Buenos Aires, pois cada cidade tem suas particularidades, sendo que algumas nem tem todas as alternativas disponíveis.

Comparação de preços de Uber e Cabify em Buenos Aires

Nessa simulação de viagem entre Palermo Soho e a Casa Rosada, dá pra ver como os preços são similares. Uber um pouco mais barato (8 Pesos Argentinos a menos, algo como 0,60 centavos de real na cotação de hoje). Mas Cabify tem muitas vantagens, como explico a seguir.

Táxi em Buenos Aires

Vantagens: é o transporte clássico e principal opção até alguns anos atrás. Tem muitos carros pelas ruas de BSAS e parados perto de baladas e restaurantes. Se estiver em alguns dos melhores bairros de Buenos Aires, basta erguer a mão para um táxi livre que ele irá parar. Como é regulamentado, pode pegar táxi em qualquer lugar e para ir a qualquer lugar, como ao Aeroporto de Ezeiza.

Problemas: obviamente não são todos os taxistas, mas existe um grande número de golpistas ao volante em Buenos Aires. A cilada mais comum é quando eles ficam dando voltas para aumentar o valor da corrida. E como a maioria aceita pagamento apenas em dinheiro, ficamos sujeitos ao famoso golpe do troco.

Uber em Buenos Aires

Vantagens: é a forma mais barata de se locomover de carro em Buenos Aires. O aplicativo é universal, então pode usar o mesmo que usamos no Brasil.

Problema no pagamento: antes de chamar um carro, é preciso configurar para pagamento em dinheiro, pois terá muitas corridas recusadas se for pagar no cartão. Mesmo se algum motorista aceitar, tem chance dele estar puto da vida com você e pedir uma grana extra. Isso porque dizem que o Uber leva meses para pagá-los. Ouvi dizer também que, na verdade, alguns têm dívidas com a plataforma, que vai sendo descontada dos pagamentos no cartão, por isso eles evitam.

Problema com os taxistas: a rixa de taxistas com uberistas segue firme na Argentina. Por isso os motoristas de Uber evitam pegar passageiros perto de pontos de táxi e pedem que o cliente sente-se no banco da frente, para o trabalho ficar menos óbvio.

Problema com a lei: Uber não é regulamentado na Argentina. Os motoristas em Buenos Aires circulam de forma clandestina, digamos assim. Dessa forma não é legal para eles passar por pedágios e barreiras policiais, por exemplo. Ouvi casos de brasileiros que pegaram esse tipo de transporte em Ezeiza e a polícia no caminho pediu que eles descessem.

Cabify em Buenos Aires

Vantagens: multinacional espanhola e principal concorrente do Uber em muitos países, a Cabify é atualmente a melhor forma de se locomover de carro em Buenos Aires. Mais barato do que táxi, é legalizado e tem uma política mais rigorosa do que a Uber, o que a leva a ter carros mais novos e motoristas mais educados em sua rede. E aceita pagamentos em cartão de crédito sem irritar o motorista. Pode usar o mesmo app que temos no Brasil.

Desvantagens: ainda sofre um pouco com a implicância dos taxistas, então alguns motoristas pedem que o passageiro se sente no banco da frente. E tem algumas particularidades para sair e chegar dos aeroportos.

Afinal, Uber ou Táxi ou Cabify, qual o melhor transporte em Buenos Aires?

Atualmente, vitória fácil do Cabify. Mais barato e seguro do que táxi e sem as dezenas de problemas legais do Uber. Se estiver hospedado longe do metrô, para voltar tarde da balada ou simplesmente economizar perna, circular de Cabify em Buenos Aires tem hoje o melhor custo-benefício entre as formas de locomoção comparadas.

Lembre-se de baixar o aplicativo no Brasil antes de viajar, para evitar perrengues. E tenha um chip internacional de dados, enquanto as novas regras para roaming gratuito no Mercosul ainda não são totalmente aprovadas. Assim você não depende de Wi-Fi para usar o aplicativo em Buenos Aires.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
        • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
        • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
        • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
        • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
        • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS10 na EasySim4U e tenha  10% de desconto  em chip internacional
        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.
Autor

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários