Serra Gaúcha

Neve em Gramado: histórico e quando tem mais chance de nevar

Quer ver neve em Gramado? Veja registros históricos, meses mais frios e quando tem mais chance de nevar em Gramado e Canela, na Serra Gaúcha.
Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Como explicado no artigo Clima em Gramado, não é raro nevar em Gramado e Canela, na Serra Gaúcha. Mas é pouco comum. Em média, o fenômeno ocorre no máximo uma vez por ano, variando bastante em forma, volume e intensidade.

Quando nevou em Gramado – Registros dos últimos 15 anos

Não é todo ano que neva em Gramado. Observando notícias e registros históricos, reparamos em anos em que nevou mais de uma vez, e em períodos de até 3 anos sem ocorrência alguma.

  • 6 de julho de 2005
  • 1 de julho de 2009
  • 4 de agosto de 2010
  • 26 e 27 de junho de 2011
  • 4 de agosto de 2011
  • 25 de setembro de 2012
  • 23 de julho de 2013
  • 26 de agosto de 2013
  • 17 de julho de 2016
  • 21 de agosto de 2016
  • 17 de julho de 2017
  • 10 de agosto de 2018
  • 6 de julho de 2019

Resultado da neve que caiu em Gramado no dia 26/8/2013:

Quando tem mais chance de nevar em Gramado e Canela

Quanto mais frio e mais úmido, maior a chance de nevar. Na região de Gramado, os meses mais frios são junho e julho. Mas, como mostra a histórico acima,  já nevou em agosto e até mesmo em setembro, em plena primavera.

É preciso contar com a sorte. Mas você também pode ir pela probabilidade dessa pequena amostra. Repare que, entre treze registros de neve, duas datas se repetem: 17 de julho e 4 de agosto.

Onde neva mais do que em Gramado e Canela

Apesar de ser o destino de inverno mais famoso do Brasil, Gramado está atrás de várias cidades quando o assunto é neve. No comparativo Campos do Jordão ou Gramado, mostrei que na estância paulista, cidade mais alta do Brasil, neva mais do que em Gramado.

Outra região que supera a Serra Gaúcha é a Serra Catarinense, onde está São Joaquim. Foi lá que aconteceu a segunda maior nevasca da história do Brasil, na dia 20 de julho de 1957. Já a maior de todas foi em Vacaria, no Rio Grande do Sul, em 7 de agosto de 1970, segundo o G1.

Neve em Gramado o ano inteiro

Se não se importa que ela seja artificial, você pode ver neve em dois parques temáticos de Gramado o ano inteiro. No Snowland tem até pista de esqui na neve gerada artificialmente. Outro local é a Aldeia do Papai Noel, onde renas e bonecos de neve garantem o clima natalino de janeiro a dezembro.

Atenção a notícias falsas (ou muito otimistas) de neve em Gramado

O frio é o que mais leva turistas a Gramado e Canela. Por isso, todo ano surgem boatos de grandes frentes frias chegando à Serra Gaúcha. Não acho que portais de notícias locais e agências de turismo agem de má fé, mas eles pegam a menor das probabilidades e espalham a informação para o país inteiro.

E aí, com grandes manchetes tipo NEVE EM GRAMADO ou MAIOR FRENTE FRIA DA HISTÓRIA e outras do tipo, espera-se atrair mais gente e mais dinheiro para a região. Por isso, recomendo ter atenção e pesquisar em sites de previsão do tempo antes de marcar a viagem com a expectativa de ver neve em Gramado.

Sites como CPTEC e Clima Tempo mostram a previsão do tempo para até 15 dias adiente e são mais confiáveis do que pequenos sites de notícias. Lembrando que nada mais imprevisível do que a previsão do tempo.

Mais dicas de Gramado

Nem só de frio e neve vive o turismo em Gramado. Tem muito mais o que fazer na região, faça chuva, neve ou sol. Por exemplo:

Fontes: Compilação de Wikipedia e notícias que comprovam as datas dos registros de neve em Gramado.

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Get Your Guide: ingressos e tours para atrações no mundo inteiro

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários