Jericoacoara

O que fazer em Jericoacoara: 8 dicas de praias, passeios e esportes

Jeri vai muito além da sua lagoa paradisíaca. Saiba onde ir e o que fazer de melhor na região.

Mesmo sendo um destino ideal para curtir a preguiça, tem sim muito o que fazer em Jericoacoara. Em uma semana na vila, aproveitei o que esse pedacinho de paraíso no litoral do Ceará tem de melhor.

Fiz todos os passeios possíveis, passei longas tardes nas praias, pratiquei esportes e aproveitei o melhor da culinária local. Também dei uma olhada nos pontos turísticos de Jericoaocara, que também podem entrar no seu roteir

Mas nem tudo é perfeito. Por aqui, aqui também tem dicas para você evitar ciladas e o famoso “perrengue chique” em Jericoacoara.

Saiba mais: Onde se hospedar em Jericoacoara

Melhores passeios e lugares para conhecer em Jericoacoara

o que fazer em jericoacoara

Nas melhores coisas para fazer na região, estão considerados os principais pontos turísticos de Jericoacoara e alguns dos lugares mais visitados por turistas. Além de dicas de coisas diferentes para fazer, saindo um pouco do clichê.

E se você quiser mais dicas sobre o que fazer em Jericoacoara, não hesite em perguntar. A gente responde rápido e tira todas as suas dúvidas. Confira agora as melhores atividades de Jeri:

1. Praia principal e outras praias

Em um dos pontos mais bonitos do litoral brasileiro, Jericoacoara tem mar azul escuro, de águas mornas e ondas fracas. O que significa que é perfeito para banhistas. Se na água é bom assim, na areia a diversão é outra.

A praia principal, que considero uma das melhores praias de Jericoacoara, tem uma longa faixa de areia, com alguns bares e pousadas pé na areia. Dá pra ficar nas mesas dos bares, que exigem consumação mínima, ou pode estender a toalha na areia. Entre os bares de praia, o My Blue tem a melhor estrutura, no melhor ponto da praia. Uma opção boa e mais em conta é o Bar do Alexandre.

E para qualquer lado que andar, a praia fica mais vazia. Caminhando em direção à Duna do Pôr-do-Sol e adiante, vai encontrar praias praticamente desertas.

2. Pedra Furada e outras trilhas em Jericoacoara (Passeio Litoral Leste)

O Parque Nacional de Jericoacoara tem apenas 88 km2 de área e as principais atrações da região estão lá dentro ou muito próximas. Eu fiz o caminho mais básico de todos, que foi a Trilha da Pedra Furada, optando ainda pelo trajeto mais curto.

Trilha muito fácil em quase toda sua extensão, com trechos de média dificuldade, pois tem grandes pedras no caminho. Para os mais preparados fisicamente, trilhas até a Praia do Preá e lagos de Jeri também são possíveis.

Eu cheguei ao início da menor trilha com o bugueiro, pois a Pedra Furada faz parte do passeio ao Litoral Oeste, logo depois da Lagoa do Paraíso e da Praia do Preá. Sem dúvidas uma das melhores coisas a se fazer em Jericoacoara.

3. A linda Lagoa do Paraíso (Passeio Litoral Leste)

A Lagoa do Paraíso é um dos principais pontos turísticos de Jericoacoara e, na minha opinião, um passeio obrigatório. A melhor forma de chegar lá é de buggy, num passeio que custa em média R$ 80 por pessoa e inclui paradas em outros locais do passeio ao Litoral Leste.

A Lagoa do Paraíso é linda, de águas mornas e cristalinas. Lá tem como alugar pranchas de SUP, pedalinhos ou dar uma volta de veleiro por um preço muito em conta. O jeito mais barato de chegar lá é na carroceria de uma caminhonete adaptada. Mas tem outras formas de transporte e muito mais para fazer por la. Olha só tudo o que falei sobre a Lagoa do Paraíso.

Ao lado da Lagoa do Paraíso está a Lagoa Azul, que estava quase seca e sem ninguém quando estive por lá, em dezembro. Então, se quer ver as lagoas mais cheias, melhor ir pra Jeri até outubro.

4. Laguinho da Torta (Passeio Litoral Oeste)

O segundo passeio mais vendido em Jericoacoara é para o chamado Litoral Oeste. Também recomendo ir de buggy, no passeio vendido pela mesma média de preços do Litoral Leste, em média R$ 80.

No roteiro, o passeio que passa pelos braços de mar, pela fazenda de cavalos marinhos, por Mangue Seco, Tatajuba e termina no Laguinho da Torta, que achei uma versão piorada da Lagoa do Paraíso. Talvez seja culpa da seca, pois, como falei acima, fui em dezembro, último mês da alta temporada e o mais seco do ano na região.

  • Vale a pena fazer esse passeio? Depende. O destino final não me impressionou, mas isso se deve à época do ano, pois a lagoa já estava quase seca em dezembro. Mas tem lindas praias pelo caminho e ótimos lugares para fotografar.

5. Árvore da Preguiça, o ponto turístico forçado de Jericoacoara

Tenho que falar dela porque é conhecida como um dos pontos turísticos de Jericoacoara. Mas, como falei aqui, ela é basicamente uma árvore que nasceu torta e isolada na areia da praia. Como virou atração e parada de turistas depois de um longo passeio pelo Litoral Leste, se tornou mictório oficial do pedaço. Pois é, o pessoal só vai lá tirar fotos e mijar na pobre árvore. E ainda tem gente que faz fila no lugar.

  • Vale a pena visitar a árvore da preguiça? precisa fazer xixi? Faça em outro lugar, não precisa ir nessa árvore que resiste bravamente sob um sol escaldante. Não deveria ser um atrativo turístico. Mas como geralmente é ponto de parada no passeio ao Litoral Leste, tudo bem, vale olhar e fotografar.

6. Aulas de Kitesurf e Windsurf

De junho a dezembro é a temporada dos ventos no litoral cearense. Nessa época o mar de Jeri vira o parque de diversões de atletas de kite e windsurf do mundo inteiro.

É possível fazer aulas de kitesurf em Jericoacoara. A principal escola do esporte é a ClubVentos, que fica bem em frente à Praia Principal. Em média, uma pessoa precisa fazer de 8 a 10 aulas para poder sair em segurança. Eu mesmo fiz três aulas e ainda estava longe de aprender a controlar a pipa.

  • Preço das aulas de kitesurf em Jericoacoara: na Clubventos, o valor de uma aula de 1h30 na temporada 2020 é R$ 198. Quanto mais aulas você fizer, mais barato fica o custo por hora.

7. Gastronomia e vida noturna em Jericoacoara

Se não falta o que fazer em Jericoacoara, também é abundante a oferta de bons lugares para comer e beber. A vila tem restaurantes sofisticados como o Tamarindo, boas peixarias como o Pescador Jeri, comidas nordestinas gostosas como no Pimenta Verde e muitas opções de bares e restaurantes baratos.

Pra acompanhar a deliciosa culinária típica, recomendo a imensa variedade de caipifrutas do Ceará. Tem caipifruta de caju, de manga, de seriguela e outras frutas típicas do nordeste.

No quesito vida noturna, Jericoacoara vem se tornando cada vez mais animada. Antigamente tudo se resumia aos forrós pés de serra. Tanto que a rua do agito em Jeri se chama Beco do Forró. Hoje a vila é mais eclética, com bares de música ao vivo, como o Samba Rock Café. Para tomar drinques caprichados (e caros) com vista para a praia, o Café Jeri é o lugar.

8. Fim da tarde na Duna do Pôr-do-Sol

A Duna do Pôr-do-Sol é o ponto turístico mais conhecido de Jericoacoara. Assistir por lá esse espetáculo da natureza é irresistível no primeiro dia e obrigatório no último, pra fechar com chave de ouro a viagem para Jeri. Aproveite e faça muitas fotos desse fenômeno raro no Brasil, que é o sol se pondo exatamente em cima do mar.

A duna está pertinho do centro de Jericoacoara, então dá pra ir a pé, não precisa comprar passeio ou pagar nada. Vá andando e se junte ao formigueiro humano nesse lugar privilegiado.

Vale a pena visitar a Duna do Pôr-do-Sol? Sim. Por mais que tenha um mar de gente, esse é um passeio gratuito e obrigatório em Jeri. E como ela fica ali do lado do centrinho da vila, basta andar um pouco e curtir o espetáculo.

Vídeo com o Buraco Azul e mais dicas sobre o que fazer em Jericoacoara

É sempre bom pesquisar mais opiniões. Neste vídeo abaixo tem muitas informações sobre Jeri, incluindo como é a visita ao Buraco Azul, local que existe apenas desde 2017, quando a cratera foi preenchida pela água das chuvas, formando uma imensa piscina de água azul turquesa.

Como visitar as principais atrações de Jericoacoara

Ainda precisamos saber como ficará o turismo em Jericoacoara depois da pandemia de coronavírus, se as atrações terão limite de público e se a vila terá mais burocracia para receber visitantes.

Imaginando um cenário mais próximo do normal, a visitação aos pontos turísticos de Jericoacoara não é complicada. No centrinho da vila tem muitas agências de turismo, que fazer os principais passeios, como para a Lagoa do Paraíso e a nova atração Buraco Azul, também no litoral leste.

Para visitar os pontos turísticos mais próximos da vila, como a Praia Principal, a Duna do Pôr-do-Sol e a Praia da Malhada, não é preciso gastar nada além de calorias, pois é tudo perto e agradável de ir caminhando pela areia.

Aqui estão as melhores dicas de Jericoacoara. Salve no seu Pinterest tudo o que tem de melhor pra fazer na região de Jeri, com melhores passeios e pontos turísticos.
Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • Touron: ingressos e tours em Buenos Aires e em todo o Brasil
  • Confidence: compra de moedas e cartão pré-pago internacional

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

→ Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguro Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem

→ Acesse o Airbnb por esse link e ganhe mais de  R$ 150 em crédito  de hospedagem se ainda não for cadastrado.

→ Chip internacional de dados e voz com  15% de desconto  se usar o cupom CHIPMAISBARATO.

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

3 Comments

  1. Simone Durães Maia responder

    Obrigada pelas dicas!!!!

    Consigo fazer esses passeios e aproveitar com uma criança de 4 anos????

    • Nivaldo responder

      Olá, Simone. A maioria das atividades é possível sim fazer com crianças, com exceção de trilhas maiores, como para Pedra Furada. Os passeios de buggy e transportes em Hylux até os pontos turísticos aceitam crianças. As empresas que vendem passeios online, como essa que indiquei no post Reservas de Passeios em Jericoacoara, geralmente aceitam crianças de até 3 anos gratuitamente. Fiz os passeios de buggy e tem uns trancos pelo caminho e o carrinho é todo aberto, então nesse caso tem que segurar firme a criança. Tem buggys maiores com bancos “normais” atrás, então tem mais segurança do que os menores, em que é preciso andar sobre o banco.

Comentários