Nem só de queijo gouda vivem os holandeses. O país dos moinhos de vento tem uma culinária rica em doces, quitandas, molhos e frituras. Provei muitas receitas e selecionei algumas melhores comidas típicas da Holanda, além de pratos exóticos que poucos estrangeiros têm coragem de encarar.

No meu roteiro por Amsterdam e Haia, ignorei as críticas e mergulhei sem preconceitos na culinária holandesa. E para completar essa lista com 12 comidas típicas da Holanda, pesquisei em sites internacionais de gastronomia e outros blogs de viagem, todos relacionados. Os britânico que me desculpem, mas fiquei mais fã da gastronomia holandesa do que das comidas típicas da Inglaterra.

Se liga na lista! Tem entradas, petiscos, pratos principais e sobremesas na lista, além de muitas frituras. Vem comigo desbravar o melhor da gastronomia holandesa.

 

1. Kroketten, o croquete holandês

O amor dos holandeses pelo kroketten é tipo o nosso pelo pastel. E, pelo que li aqui (tem a receita), o kroketten é uma invenção holandesa. É basicamente um bolinho de carne frito, geralmente de frango, cheio de temperos e com um molho picante ou mostarda pra acompanhar. Pode ser encontrado em qualquer lanchonete ou carrinho de comida de rua.

 

2. Pannekoeken, o crepe holandês

O delicioso crepe holandês | Foto CC de Gourmandise

Foi a segunda comida típica da Holanda que eu mais comi nas minhas visitas ao país. É uma massa de crepe tradicional, feita de farinha, leite e ovos, bem fininha. Diferente do crepe francês e brasileiro, o Pannekoeken é servido aberto, forrando o prato, com o recheio por cima: pode ser queijo, ovos com bacon e outros sabores salgados. E também pode ser puro, com mel, frutas ou outros recheios doces. Geralmente a opção mais barata do cardápio é essa da foto acima, só com acúcar de confeiteiro por cima.

 

3. Rookworst, a salsicha holandesa

Mesmo odiando os vizinhos alemães, os holandeses não conseguem evitar as semelhanças na culinária. Uma delas é o amor pelas salsichas. Ou salsichões, como é o caso da rookworst, preparada com carne bovina, sal, pimenta e outros temperos, defumada ou não. Tradicionalmente é servida sobre um purê de batatas e vegetais, outra receita típica da mal afamada culinária holandesa.

 

4. Frikandel, a salsicha recheada da Holanda

Vai um X-tudo de salsicha aí? | Foto de SnackNiews

Não tem comida típica da Holanda mais barata do que essa. O Frikandel é uma salsicha frita recheada com um molho de cebola, maionese e ketchup. Se comprar em mercados, festas e feiras, vem dentro de um plástico ou papel no seu formato, com um molho extra pra garantir aquela queimação básica depois. E como tudo que é frito, é quase sempre gostoso.

 

5. Kaassoufflé, o risole holandês

Mais uma deliciosa fritura pra lista. O Kaassoufflé é tipo um risole grande: massa folhada frita, recheada com queijo. E se tratando de queijo na Holanda, pode saber que é muito gostoso. Vale a pena provar.

 

6. Queijos típicos holandeses

No país das vacas holandesas, não é de se estranhar que o queijo seja uma das paixões nacionais. O mais famoso (e gostoso, na opinião de quem não gosta de queijos mofados) é o Queijo Gouda, que, aliás, tem esse nome por ter sido criado na cidade holandesa de Gouda. Enquanto no Brasil o queijo gouda é caro e considerado gourmet, na Holanda ele é tipo muçarela. Outros queijo muito gosto e barato é o Leerdammer, vendido fatiado em qualquer mercado do país e perfeito para ser comido puro ou derretido no pão.

Outros queijo típicos da Holanda são: Beemster, Edam, Graskaas,, Leyden e outros que você pode ver aqui na Wikipedia, onde tem um link com mais detalhes sobre cada um.

 

7. Hollandse Nieuwe (exótico)

E aí, vai encarar? | Foto CC de Marine Stewardship

Esse é o nome que os holandeses dão ao pequeno peixe Arenque quando ele é pescado em junho e julho, época em que tem no mínimo 16% de gordura corporal. Complicado, né. É vendido principalmente nas haringhandles, as bancas de peixe. O jeito tradicional é servir o arenque cru, acompanhado de cebola picada e picles. Pra enfeitar, uma singela bandeirinha da Holanda. Na hora de comer, outra tradição holandesa: pegue o peixinho pelo rabo, vire sua cabeça para traz e deixe a iguaria cair inteira na boca.

Vai encarar?

 

8. Broodje gerookte makreel

Pode traduzir para sanduíche de peixe e é mais comum nas cidades litorâneas da Holanda, principalmente nas feiras, mercados e praias. Makreel é o peixe em questão, que lembra uma sardinha, mas é parente (ou é a própria) “cavalinha”.

 

9. Drop, o falso doce holandês

Não se deixe enganar pelo aspecto de balinha preta gostosa. O drop é feito de alcaçuz, aquele doce geralmente vendido em palitos moles, e não tem nada de doce. Digo isso porque já fui enganado e tive que jogar um saco inteiro fora. Mas os holandeses adoram. Vá entender…

 

10. Old Dutch-Snoep, a balinha bonitinha da Holanda

Pegue um, pegue mil | Foto CC de 2timesM

Pra tirar o gosto amargo do drop da boca, compre um pode bem grande de balinhas do tipo Old-Dutch. Vende em qualquer supermercado e o nome é esse mesmo, mistura de inglês (old dutch = velho holandês) e holandês (snoep = doce). Algumas embalagens tem o nome todo em inglês, tipo Old Dutch Candies ou Old Dutch Sweet Mix. Se decorar o nome for um problema, vá pela aparência: são balinhas multicoloridas, listradas e com desenhos legais.

 

11. Appeltaart

Particularmente, odeio torta de maçã e passo longe de Apfelstrudel, sobremesa típica da Alemanha. Mas pelo visto os holandeses não têm o mesmo gosto que eu, porque eles amam sua torta de maçã, a Appeltaart. A receita é simples: massa de torta, pedaços de maçã, passas e canela. A receita completa e o modo de preparo estão no EntrePanelas.

 

12. Stroopwafel, o waffle holandês

Foto CC de Jocelyn e Cathy

Pra fechar a lista de comidas típicas da Holanda, aqui vai meu doce holandês preferido. Típico doce de rua da Holanda, muito comum em feiras e festas tradicionais. Eles fazem dois waffles bem fininhos e consistentes, e colam um ao outro com uma calda doce. Não tem erro: doce barato, gostoso e que enche a barriga.

 

Sobre as máquinas de comida de Amsterdam (as “vending machines“): não coloque seu dinheiro ali dentro. Em vez de você pegar algo pra comer, elas é que vão comer o seu dinheiro. Perdi vários euros tentando tirar sanduíches naquelas coisas. Ou não liberavam nada, ou liberavam o lanche errado. E olha que sou até esperto pra essas coisas e entendi bem as instrução em inglês. Se estiver com o dinheiro contado, melhor não arrisca.

Bittergarnituur, pra comer um pouco de tudo: se você é apaixonado por frituras como os holandesas e quer experimentar várias comidas típicas da Holanda de uma vez, sente-se no melhor bar que tenha bittergarnituur no cardápio. Trata-se de um combo de petiscos, incluindo muitos bitterballens, o croquete mais famoso da Holanda. Tem a receita e fotos dele aqui no Diário de Pernambuco.

Mais comidas típicas do mundo:

Comidas típicas do Chile

Comidas típicas da Argentina

Comidas típicas da Bolívia

 Como economizar na viagem:  

  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Seguros Promo: compare preços de seguro viagem (cupom de desconto: BUENASDICAS5)

Escreva seu comentário