Mesmo com a grande oferta de voos e ônibus de Toronto para Montreal, preferi fazer a viagem de trem. Acho que valeu a pena. Aqui vou contar todos os detalhes, como onde comprar a passagem, preços, embarque, tempo de viagem e como é o trem.

Trem ou Ônibus ou Avião

Como falei, acho que foi uma boa escolha optar pelo caminho sobre trilhos. Acho que é o melhor custo-benefício para fazer a viagem entre Toronto e Montreal. Comparando com outros meios de transporte:

• Ônibus de Toronto para Montreal

São 547 km de distância por estrada e em média a viagem dura entre 7 e 8 horas. Ou seja, quase duas horas a mais que a viagem de trem, em nível de conforto bem inferior a um trem. Pesquisando pela GreyHound, uma das viações mais econômicas do país, a passagem mais barata custa em média 46 CAD. Eu iria de ônibus apenas se não tivesse trem ou o preço fosse muito mais baixo, o que não foi o caso.

• Avião de Toronto para Montreal

Apenas 1h10 de voo separam Toronto e Montreal. Bem mais rápido que trem. Se comprar a passagem com antecedência, em companhias baratas como AirTransat e Porter, pode encontrar voos por até 70 CAD, menos de R$ 200 na cotação de hoje e próximo aos preços do trem. Se estiver hospedado no centro de Toronto, prefira voos que saem de Billy Bishop Toronto City Airport (YTZ), o aeroporto de Toronto Islands. A desvantagem de ir de avião é a necessidade de se descolar aos aeroportos distantes, a burocracia e a espera do voo. Mesmo assim, o tempo de viagem é menor que de trem.

Onde comprar e passagem de trem de Toronto para Montreal

A única empresa que realiza a viagem é a Via Rail Canada. Recomendo comprar diretamente por esse site oficial, que tem a primeira página em português, mas as seguintes somente em inglês. Como deixei para a última hora, as passagens por ele já estava esgotadas e precisei comprar por um atravessador, o Wanderu, que é um comparador de preços de transportes.

Preços das passagens

Paguei exatamente 100 CAD, considerando o valor da passagem e o IOF. Na cotação de hoje, o equivalente a R$ 290. Mas foi um preço alto por ter sido em cima da hora. Por isso recomendo comprar com antecedência. Pesquisando agora, encontrei as tarifas básicas “Escape” por R$ 39 dólares.

Tempo de viagem

Da Union Station, em Toronto, até a Gare Centrale, em Montreal, meu trem levou cerca de 6 horas. Mas o tempo de viagem muda de acordo com os horários de saída e paradas pelo caminho. Segundo o site oficial, o trem mais rápido faz em 4h50 e o mais lento em 8h47, pois inclui uma conexão em Ottawa. Aliás, se você tiver tempo de sobra no seu roteiro, aproveite que é caminho e passe pelo menos duas noites na capital canadense.

Embarque em Toronto

Os trens partem da Union Station, principal estação de trens e metrôs de Toronto, localizada no centro da cidade e muito acessível por transporte público. A estação é grande e a sinalização é confusa. Por isso recomendo chegar com pelo menos 1 hora de antecedência, assim dá tempo de encontrar sua plataforma de embarque. Perto do meu portão tinha bancos para esperar e banheiros limpos. O trem partiu na exata hora marcada.

Por dentro do trem da Via Rail Canada

O trem é espaçoso e em bom estado, mas está longe do padrão do Amtrak que fui de Montreal a NYC. Para uma viagem de 6 horas, achei razoável. Bem melhor do que se tivesse ido de ônibus, afinal tem mais espaço entre as poltronas, banheiro limpo e corredor para esticar as pernas da vez em quando.

Assentos aleatórios. Na passagem é definido apenas o vagão. Então, chegando no seu, escolha rápido um bom lugar. Boa parte das poltronas é daquelas pra viajar de costas, o que dá vertigem em muita gente. Então recomendo perguntar aos funcionários qual será o sentido do trem na viagem. No início de cada vagão tem um grande espaço para malas maiores. As menores podem ser acomodadas no bagageiro da parte superior.

No início de viagem, um comissário entregou cardápios pra gente fazer pedidos. Um rápido serviço de bordo, com poucas opções como refrigerantes e petiscos industrializados. Pagamentos somente em dinheiro e com pouco troco. Se quiser comprar algo, recomendo ir com notas pequenas.

Interior do trem da Via Rail Canada de Toronto para Montreal. Não é novo, mas está em bom estado e tem bom espaço entre poltronas.
Cozinha do trem
Cardápio do trem
Tomada do trem, em padrão canadense. Funciona. Carregamento muito lento.

Paisagem comum, nada especial

Diferente do Trem de Montreal para NYC, essa viagem passa por um trecho corriqueiro de paisagens canadenses. Fazendas de gado, plantações, pequenas matas e subúrbios sem nada de interessante.

Chegada em Montreal

No hora marcada, o trem freava na estação central de Montreal, a Gare Centrale. Chega lá uma das principais vantagens de ir de trem e não de ônibus. Afinal a estação é realmente no centro de Montreal, próxima a muitos hotéis e lugares de interesse turístico. Pra quem está hospedado longe, basta pegar um metrô do lado de fora. Andei cerca de 5 minutos até a estação Square-Victoria–OACI, da Linha 2 Laranja, que cruza toda a região mais turística da metrópole (mapa do metrô de Montreal)

Partiu Montreal! Essa é a escada da estação.

Mais Buenas Dicas no Canadá:



Booking.com

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Chip Internacional: internet no celular em qualquer lugar do mundo

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários